Page 1

INFORME SBACV REGIONAL RS Nยบ 003 2016/02

SBACV

REGIONAL RS

2016

NOVOS PATROCรNIOS PARA AS ATIVIDADES DA VASCULAR RS

NOVO FOLDER CHEGA AOS ASSOCIADOS


Informe SBACV Regional RS nº 003 2016/02

Informe SBACV SBACV Regional Regional RS RS Informe nº 003 003 2016/02 2016/02 nº

EVENTO PASSO FUNDO

DIRETORIA 2016/2017 Presidente: Renan Roque Onzi Vice-Presidente: Regis Fernando Angnes Secretário Geral: Guilherme Napp Vice-Secretário: João Luiz de Lara Elesbão Tesoureiro Geral: Claudio Nhuch Vice-Tesoureiro: Luciano Amaral Domingues Diretor Científico: Nilon Erling Junior Vice-Diretor Científico: Cleoni Pedron Diretor de Publicações: Luiz Francisco Machado da Costa Vice-Diretor de Publicações: Luciane Berreneche Narvaes Diretor de Defesa Profissional: Sharbel Mahfuz Boustany Vice-Diretor de Defesa Profissional: Joel Alex Longhi Presidente da Gestão Anterior: Marco Aurélio Grüdtner Contato com a Sociedade: E-mail: vascular@sociedadesonline.com.br Fone: (51) 8022- 5566 - Atendimento das 14h às 20h

Informativo da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular - Regional Rio Grande do Sul Jornalista Responsável Claudia Stivelman Registro: 61.00.025946-3 Editoração Laura Palmini Periodicidade Trimestral - 2016

A SBACV-RS AGRADECE TODO APOIO OFERECIDO À SOCIEDADE EM 2016

1ª JORNADA CIENTÍFICA DO PLANALTO MÉDIO 2º ENCONTRO DOS EX-RESIDENTES DE PASSO FUNDO


Informe SBACV Regional RS nº 003 2016/02

Informe SBACV Regional RS nº 003 2016/02

REUNIÕES CIENTÍFICAS TERAPIA DE PRESSÃO NEGATIVA NO TRATAMENTO DE FERIDAS VASCULARES

MULTILAYER STENT INDICAÇÕES E RESULTADOS No dia 1º de outubro a discussão foi voltada para o emprego de stent multicamadas modulador de fluxo para o tratamento de aneurismas. O palestrante convidado foi o Dr. Daniel Augusto Benitti, Cirurgião Vascular do Hospital da Universidade de São Paulo e principal referência em nosso país para este dispositivo. Foram revisados importantes informações sobre hemodinâmica nos aneurismas, medidas de estresse na parede vascular e sua relação com risco de ruptura. O conceito do stent multicamadas modulador de fluxo (sigla inglesa MFM) foi apresentado com suas características únicas de orientação de fluxo, salientando-se as indicações e contraindicações para seu implante que devem ser rigorosamente seguidas. Este dispositivo representa uma mudança de conceitos no tratamento de aneurismas aórticos, com especial valor para aneurismas que envolvam a transição toracoabdominal em paciente com pobre reserva funcional para cirurgia convencional. Dentre alguns pontos importantes do tratamento salientados pelo Dr. Benitti, destacou-se a mudança para uma abordagem mais agressiva das estenoses dos ramos viscerais antes do implante do MFM aórtico para evitar a trombose destes ramos. A discussão com os colegas presentes foi bastante valiosa contrapondo esta técnica à cirurgia endovascular com implante de endopróteses ramificadas ou em paralelo (chaminés) nestes aneurismas complexos.

Patrocínio: Patrocínio:

Já na reunião do dia 22 de outubro, mudou-se o enfoque para o tratamento de úlceras e feridas em cirurgia vascular. A palestrante convidado foi a Dra. Rina Maria Pereira Porta, Cirurgiã Vascular do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina, doutora em Cirurgia Vascular por esta mesma instituição. O tema abordado foi a terapia de pressão negativa nas feridas vasculares. Novamente o conceito do tratamento foi apresentado, bem como suas indicações e benefícios em relação a outras formas de curativos. De forma muito didática foram definidos diferentes tipos de úlceras e feridas de acordo com as suas causas, mostrando-se a evidência para o tratamento com a pressão negativa nestes diferentes cenários. Reforçou-se o ideia deste tratamento como mais uma ferramenta no armamentário do cirurgião vascular e não como solução única para qualquer situação sem a correta indicação médica. Os colegas de nossa regional Dr. Alexandre Mariante Horn e Dr. Claudio Nhuch apresentaram casos de sua experiência pessoal enriquecendo a discussão. De forma muito prática mostraram que o tratamento da isquemia da extremidade, bem como tratamento cirúrgico de tecidos inviáveis e infectados, além de cuidados clínicos adequados continuam sendo os pilares do tratamento e o terapia de pressão negativa possui grande valor se estas condições básicas forem adequadamente manejadas.


Informe SBACV Regional RS nº 003 2016/02

Informe SBACV Regional RS nº 003 2016/02

REUNIÃO CIENTÍFICA DE ENCERRAMENTO DE 2016 ACONTECEU

professor da PUC-RJ, falou sobre a Experiência no Tratamento da Síndrome de May-Thurner com Stent Zilver Vena. A

PAN 2016

CONE SUL

palestra

O XII Encontro de Angiologia e de Cirurgia Vascular do Conesul 2016, ocorreu em Florianópolis no Centro Internacional de mastor Pereira, ex-presidente da regional RS, foi homenageado pelo também Professor e ex presidente da regional RS, Dr. Eventos Costão do Santinho, nos dias 4 e 5 de novembro. Os associados da SBACV-RS brilharam com suas Luiz Francisco Costa. Como ocorre nos principais congressos internacionais de cirur- apresentações para os mais de 200 congressistas que participaram do tradicional evento. O Encontro, que acontece a gia vascular, as personalidades médicas que se destacam no cada dois anos entre as regionais do Rio Grande do Sul, Santa aspecto científico, de ensino e associativo, são homenageaCatarina e Paraná, sempre é um sucesso. das de forma especial. Durante o Pan 2016, no Rio de Janeiro, o Professor Dr. Ada-

foi

bastante

revisando fisiopatologia, diagnóstico e alternativas de tratamento tanto em pacientes eletivos, como em quadros agudizados

pela

No dia 3 de dezembro foi realizado o último encontro

e Viabilidade Financeira. Sua apresentação abordou

científico da SBACV-RS. Para esta data especial foi montado

aspectos médicos de indicação e resultados de cada

uma programação com temas: “venosos de intervenção

técnica, mas também fez uma análise econômica destes

endovascular” e “procedimentos para tratamento de varizes

procedimentos com simulações de diferentes cenários

dos membros inferiores”.

econômicos para seu emprego.

Esta reunião foi agraciada com a presença dois

A discussão foi iniciada pelo Dr. Pedro Pablo Komlós e

palestrantes com relevância para o tema em nosso país. O

posteriormente aberta aos colegas de nossa sociedade,

Dr. Gutemberg do Amaral Gurgel, professor da Universidade

abordando aspectos importantes como: a cobrança de

Potiguar do Rio Grande do Norte, que falou sobre o

honorários médicos e o papel de fontes pagadoras de

Tratamento de Varizes Comparando as Técnicas: Cirurgia,

saúde com novas tecnologias.

Radiofrequencia, Laser e Espuma. Vantagens de Cada uma

No segundo módulo da reunião, o Dr. Bernardo Massière,

trombose

venosa

profunda. O Dr. Gilberto Gonçalves de Souza foi o debatedor do tema, com importantes questionamentos sobre abordagem em quadros agudos, táticas para remoção de trombo, técnicas anestésicas

e

regime

de

anticoagulação. Novamente os colegas presentes participaram da discussão, enriquecendo nossa reunião científica como de costume.

DOENÇAS VENOSAS FOI O TEMA DA REUNIÃO CIENTÍFICA DE ENCERRAMENTO DE 2016

abrangente

O vencedor do sorteio com passagem, inscrição e hospedagem para Congresso Brasileiro de Cirurgia Vascular no RN, em Natal foi o associado de Bento Gonçalves, Dr. Aparecido Lucim.


Informe SBACV Regional RS nº 003 2016/02

Diretoria 2016

2016 EM REVISTA Finalizando o primeiro ano de nossa gestão é oportuno refletir sobre o trabalho

de todo o nosso cenário adequando às leis vigentes de forma mais profissional.

desenvolvido em nossa Regional da SBACV.

Criamos uma forte relação com a

reivindicarmos aumento de honorários.

Revendo as propostas feitas por ocasião da

indústria e laboratórios que atendem a

Entre promessas e intenções, apesar dos

posse da atual diretoria ficamos tranquilos

nossa especialidade. Este vínculo deu

meses transcorridos, não obtivemos ainda

e

condições de concretizar o nosso principal

um parecer ou sinalização de progresso

objetivo deste primeiro ano da nossa

nas negociações. Mas com otimismo

Como todos os colegas sabem, fomos

gestão: o retorno das atividades científicas

aguardamos a evolução deste processo.

surpreendidos logo no início do nosso

mensais, sempre com um calendário que

Lembramos também que diversos

trabalho com a mudança na relação entre a

facilitasse a presença dos colegas do

associados estão em condição de progredir

AMRIGS e a SBACV-RS após mais de 60

interior do estado.

de categoria de Aspirante, Pleno ou Efetivo

entusiasmados

com

as

metas

alcançadas.

anos.

Tivemos que agir rapidamente e

Conforme está no planejamento desta

ou até mesmo para Titular conforme o

organização

gestão, de levar a SBACV-RS aos principais

regimento interno da SBACV. A nossa

administrativa. Para isso contratamos a

polos do estado, começamos com Passo

equipe está à disposição para auxiliar

equipe da Sociedades Online e refizemos

Fundo, em setembro. O encontro foi muito

nesta tarefa para o sócio que se interessar.

toda a estrutura da nossa Sociedade. Uma

bem elaborado, como é de tradição dos

Lembramos que este critério é importante

mudança radical na política de marketing

colegas do Planalto Médio, com a presença

na

foi necessária e para isso criamos uma

de

reuniões da Câmara de Representantes e

nova página da internet. Retomamos

residentes e estudantes. Para o ano de

identidade visual tradicional da SBACV-RS e

2017 esperamos fazer este mesmo evento

Fugindo do tradicional jantar de final de

incrementamos a divulgação nas redes

nos pólos de Caxias do Sul e Santa Maria e

ano, resolvemos fazer uma atividade

sociais aos moldes da SBACV Nacional, que

outros.

científica para marcar o final do ano.

montar

uma

nova

implantamos na gestão do Dr. Pedro Pablo

diversos

cirurgiões

vasculares,

representação

da

sociedade

nas

nas eleições do próximo ano.

Talvez a nossa maior dificuldade tenha

Tivemos a presença de ilustres colegas do

Divulgação

sido no campo da defesa Profissional. O

centro do país, de alto nível científico e

trimestral foi criado e implantado com

ano de 2016 foi um ano de crise

após um almoço de confraternização. O

sucesso.

econômica, política e desemprego no país.

Jantar tradicional será reservado para a

Aumentamos o número de associados

Muitas famílias perderam seu plano de

posse da próxima diretoria no final do ano

dentro do razoável e passamos de 154 para

saúde com reflexo inclusive no setor

de 2017.

189. Um recadastramento completo foi

público.

realizado e passamos a ter os dados

conseguirmos qualquer avanço às nossas

associado

atualizados de todos os associados para

reivindicações. A nossa primeira reunião da

orientação para os pacientes e familiares

que a comunicação seja efetiva. Iniciamos

nossa gestão, em janeiro deste ano, contou

das

um

a

com a presença do Presidente da Unimed

baseado no projeto da SBACV que é o

UNICRED PoA que deverá ser aprimorado

PoA e Diretoria. Fizemos reuniões com a

Check-Up Vascular. O novo folder será

durante o próximo ano. Substituímos a

UNIMED PoA e Unimed Federação com o

encaminhado

nossa assessoria contábil para uma mais

nosso comitê de defesa profissional.

associados para utilizarem nos seus locais

adequada as nossas necessidades e assim

Entregamos um documento de sugestão de

de trabalho. Este folder também será

temos hoje a colaboração da empresa

padronização dos principais procedimentos

utilizado nas atividades externas e eventos

Impacto Contabilidade que fez uma revisão

da especialidade para posteriormente

da SABCV-RS.

Komlós.

Um

Boletim

relacionamento

de

bancário

com

Neste

ambiente

ficou

difícil

Finalizando estamos entregando ao o

nosso

principais

novo

patologias

em

breve

folder

de

vasculares

aos

colegas

Informativo trimestral 3 - 2016  

Informativo SBACV RS | ANO 2016 | nº 3