Page 12

BELEZA

Cuidados com a pele - Qual a melhor hora para começar? Conheça os procedimentos estéticos faciais mais adequados para serem feitos dos 25 aos 35 anos de idade. A beleza não tem idade e está disponível para todas as faixas etárias, inclusive com cuidados com a pele que devem ser tomados desde muito cedo, como o uso do filtro solar. No entanto, diversos fatores também influenciam a busca por uma aparência saudável: alimentação, exercícios físicos, tabagismo, abuso de álcool e medicamentos, genética, estresse, qualidade do sono e expressão exagerada. Porém, mesmo cuidando desses aspectos, a partir dos 25 anos de idade a pele começa a sofrer danos impostos pelo tempo. Por isso, nessa faixa etária já é possível iniciar alguns procedimentos estéticos faciais como um laser mais moderado para fechar os poros e manter a fibra do colágeno. No caso das pessoas que possuem olhos claros, que usam óculos ou que têm uma expressão facial muito forte já é possível fazer o uso da toxina botulínica tipo A para prevenir rugas. “O BOTOX® pode e deve ser usado de forma preventiva em pessoas que, por fazerem movimentos faciais muito repetitivos ou terem o que chamamos de mímica facial forte, acabam desenvolvendo rugas dinâmicas, ou seja, aquelas adquiridas com a movimentação facial e que são recentes ”, explica Dra. Mônica Aribi, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Aos 30 anos, geralmente começa a ocorrer um decréscimo do ácido hialurônico na pele. Coincidentemente, trata-

se de um momento importante para a vida da mulher. “A mulher com 30 anos, nos dias atuais, está num estágio altamente produtivo tanto para vida profissional como para o aspecto pessoal. Por isso, nesse período é importante que ela se sinta bem e com boa autoestima. A aplicação de JUVÉDERM® REFINE, que é um ácido hialurônico mais suave,

pode ajudá-la a amenizar alguns efeitos do tempo. Eu sempre digo que cuidar da beleza é cuidar dos efeitos da passagem do tempo”, explica o Dr. Eduardo Sucupira, cirurgião plástico e membro internacional da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica Estética (ASAPS). Para quem está com 35 anos, os especialistas concordam que um dos procedimentos faciais mais indicados pode ser uma combinação da toxina botulínica tipo A e ácido hialurônico, o que permite um resultado mais global. “O preenchimento com JUVÉDERM® em conjunto com o uso de BOTOX® pode proporcionar um resultado bastante harmonioso e que irá manter todos os traços daquela pessoa. O benefício é uma pele rejuvenescida e revigorada, tirando aquela aparência de cansaço da qual muitos se queixam ”, define Dr. Eduardo. A Dra. Mônica Aribi também acrescenta, que como a região dos olhos geralmente é a que mais incomoda os pacientes, pois é onde se localizam os pés de galinha e as rugas entre as sobrancelhas, outro tratamento que tem sido bem recomendado é o crescimento e aumento do volume dos cílios. “O uso de LATISSE® tem proporcionado um olhar mais aberto e vigoroso, o que faz ressaltar os outros procedimentos que já foram feitos com toxina e ácido hialurônico. Sem falar o reforço da feminilidade e da sensualidade que os cílios grandes podem proporcionar ”, conclui a médica.

Como eliminar manchas de sol Os efeitos nocivos do sol na pele desprotegida podem se manifestar imediatamente através de queimaduras. O resultado você já sabe: vermelhidão e ardor. É certo, no entanto, que todo descuido ao sol ao longo da vida, por pessoas de pele clara, aparecem na forma de lesões a partir dos 45anos. São as chamadas queratoses actínicas, espécies de manchas escuras, persistentes e descamativas, que tomam conta do rosto, pescoço, colo, antebraços, mãos e couro cabeludo. Além de antiestéticos, esses sinais são perigosos. “Caso não sejam tratadas precocemente, 10 % das queratoses actínicas podem evoluir para carcinoma espinocelular, um tipo agressivo de câncer de pele,

12 z Revista Saúde Lazer

passível de metástase”, diz doutor Fernando Dantas, dermatologista da clínica Renovaderm de São Paulo. Um estudo publicado em outubro de 2012 no Journal of the American Academy of Dermatology, conceituada publicação médica dos Estados Unidos, mostrou que 90% dessas manchas desapareceram até seis meses após a última de quatro sessões de rejuvenescimento facial com um tipo de laser: o Thulium 1927 nm. “ Os únicos efeitos colaterais são vermelhidão e descamação, entre dois a quatro dias após a sessão, o que não chega a ser nenhum grande problema ”, diz doutor Fernando. O estudo mostrou, ainda, que após

cada sessão, respeitando um intervalo de até dois meses entre elas, esse tipo de laser não só combateu a lesão como também melhorou a textura da pele e eliminou outras manchas de sol, promovendo um aspecto mais jovial.

REVISTA SAÚDE LAZER Edição 112  

Revista e Portal com dicas de Qualidade de Vida e Bem Estar para viver mais e melhor com informações sobre a saúde, lazer, turismo, dietas,...

REVISTA SAÚDE LAZER Edição 112  

Revista e Portal com dicas de Qualidade de Vida e Bem Estar para viver mais e melhor com informações sobre a saúde, lazer, turismo, dietas,...

Advertisement