Page 13

4 / 2012 Dezembro

E porque o fim de uma etapa é sempre o início de outra, atingida a idade de abandonar a IVª secção, os elementos são chamados a tomar a decisão de realizar a sua Partida na qual podem escolher ingressar nas equipas de animação e continuar a sua caminhada no CNE ao serviço do agrupamento ou, em alternativa, abraçar outros projectos e “caminhadas” fora do movimento escutista. Esta ocasião contou com a presença em massa dos elementos do agrupamento, antigos escuteiros e familiares para uma cerimónia na qual os jovens animadores, na sua maioria caminheiros, puderam partilhar a sua caminhada no movimento escutista desde o início, em espirito de comunhão, todos os momentos da sua vida escutista até à data presente.

Foram partilhados de forma intensa e emocionados os melhores momentos, as melhores actividades, os desafios e até as amarguras da jornada ao longo de vários anos enquanto escuteiros, momentos esses que, de forma muito particular e honesta, fazem parte do crescimento e evolução do nosso agrupamento e ficarão para sempre recordados na sua história. Unificar, Celebrar, Consolidar Agr. 495 Sto. António dos Cavaleiros

sinais de pista  

boletim 495 sac - Dezembro 2012