Issuu on Google+

Inovação através da participação “Lisboa um laboratório vivo”


Lisboa é uma das mais antigas cidades. Uma cidade que sempre soube inovar: • Nas descobertas – novas técnicas de navegação e construção naval dão novos mundos a conhecer ao mundo iniciando o movimento de globalização. • No terramoto de 1755 – novas técnicas de construção e arquitectura anti-sísmica utilizadas na reconstrução da cidade.


Uma Nova Era, Novos Desafios… • Crise económica e fianceira mundial • Cidadãos sentem falta de confiança • Problemas sociais • Envelhecimento da população • Sustentabilidade


O momento actual é desafiante!

• As formas de organização e trabalho tradicionais não são as mais adequadas • É necessário tirar pleno partido das capacidades tecnológicas à disposição • Inovação social e inclusão social por via da inovação


Oportunidades que se colocam a Lisboa

• Forte investimento nas tecnologias de informação e comunicação existindo terabytes de dados disponíveis; • Os cidadãos são cada vez mais participativos e interessados na governação da cidade; • Generalização do acesso pelos cidadãos às TIC e banda larga;


Promover a mudança de paradigma Necessidades dos cidadãos

Problemas INOVAÇÃO

Oportunidades

de a id ica l i ab ológ i V n tec

Via bili me dade rca n do o


Promover a mudança de paradigma

Cidadão “cliente”

Cidadão parceiro / co-produtor


O papel do Município de Lisboa: • Dinamizar a criatividade, disponibilizando aos cidadãos, pequenas empresas, start-ups e organizações da sociedade civil, as ferramentas necessárias à criação e inovação

• Facilitar a inovação social


Como


• Portal da participação e “open-data” hub • Projectos em parceria com universidades, centros de investigação, empresas, associações públicas e privadas • Espaço de Co-working • Living-lab • Fab-lab


Portal da Participação Objectivos: – Agregar; – Interagir; – Acesso aberto;

E-government

E-participation


Portal da Participação Agregar: • Construir uma plataforma que agregue todas as iniciativas de participação do município, de forma a interagir de forma permanente e contínua com todos aqueles que vivem, estudam, trabalham, visitam ou simplesmente disfrutam de Lisboa


Portal da Participação Interagir: • Aproveitar o potencial das ferramentas Web 2.0; • Novas formas de interacção com o executivo municipal e de ser ouvido pela comunidade;


Portal da Participação Acesso aberto: • Acesso aberto aqueles que trabalham como funcionários da Câmara e aos gestores das infraestruturas e serviços públicos da cidade; • Acesso aberto aos dados da cidade, não só dos arquivos municipais e sistemas de informação mas também de outras entidades públicas com dados relevantes relacionados com Lisboa;


Portal da Participação Acesso aberto: “Hub de integração”


Portal da Participação

• Hub de integração: Disponibilizar o acesso a dados que antes estavam “trancados” nos arquivos municipais; Acesso a API’s / “web-services” para interagir com os sistemas de informação municipais; • O Portal está a ser construído e suportado com software Open-Source;


Portal da Participação Exemplo:

• www.data.gov.uk


Portal da Participação • “Live test” do conceito em Lisboa – “Codebits 2010”; • Prémio para a melhor app desenvolvida para / sobre Lisboa; • Mais de uma dúzia de apps foram criadas em 72 horas; • App vencedora – “Lisbon CitiZen”, aplicação móvel para Android;


Parcerias para a inovação • O Executivo Municipal tem um conhecimento profundo dos desafios e dificuldades que se colocam a todos aqueles que vivem, trabalham e estudam em Lisboa • É seu papel envolver as universidades, centros de investigação, empreendedores, aqueles que querem inovar e as indústrias criativas e inovadoras na busca de respostas para um conjunto de desafios e problemas concretos do dia a dia! • O que queremos? Estabelecer parcerias para o desenvolvimento da investigação e inovação • O desafio é simples: identificar questões e desafios concretos da vida da cidade que necessitem de respostas criativas e inovadoras, e apoiar o trabalho necessário para as desenvolver respostas para as mesmas, premiando o trabalho em cada área em concreto: Prémio Lisboa para o melhor trabalho científico Prémio Lisboa para a melhor Lx@pp


Espaço Coworking

Eventos Reuniões Galeria Coffee shop

Infraestrutura Work space WLAN Fablab Impressoras

Networking Knowledge sharing Contactos profissionais Comunicação Serviços de suporte

Uma nova maneira de atrair pessoas criativas e inovadoras oferecendo espaço de trabalho “low cost”

Modelo flexível

Condições especiais para projectos “nascidos” no portal da participação

O “Hub” como fonte de dados provilegiada


Living-Lab

• Iremos promover o contacto entre os “stakeholders” num processo colaborativo de inovação, procurando dinamizar os apoios a nível de gestão, financeiros e mesmo de colocação dos produtos e serviços no mercado; • Cidadãos / utilizadores; • Associações industriais e empresariais; • Universidades / Centros de investigação; • Uma rede viva que propicia e faz nascer inovação focada nas necessidades dos utilizadores (user centric innovation); • Aceitação no mercado garantida por condições de teste reais;


Living-Lab • Iremos disponibilizar: • O espaço de co-working; • Acesso aos dados da cidade; • Os resultados e conhecimento criados através do processo / estratégia de cidania participativa e repectivas ferramentas; • Parcerias estabelecidades com as universidades e centros de investigação; • A nossa experiêcia como “gestores da cidade“; • Acesso a uma rede de “smart cities“ eslhadas pelo mundo;


Fab-Lab

• Espaço de prototipagem onde ideias podem ser materializadas e testadas a uma escala pequena; • Usará o espaço de co-working;


ão ç a a p i t tic -da r Pa pen O

Liv Fa ing b- -la lab bs s

in rk -w o Co

s o i a çã er a rc stig Pa ve In

g

Inovação Social


Obrigado, conto com a vossa participação para a inovação na cidade de Lisboa! Graça Fonseca Vereadora da Câmara Municipal de Lisboa


Apresentação Cidade Inteligente