Page 1

aventuras Brasil afora

Na primeira edição produzida especificamente para o país, The Amazing Race traz Paulo Zulu à frente da atração e um prêmio de US$ 250 mil para a dupla que sobreviver às provas e desafios

Q

por Sarah Mund

30+Monet+outubro

115AmazingRace.indd 30

18/9/2012 21:07:20


Q

uando os concorrentes da primeira edição exclusiva-

pretendem bancar um tratamento experimental na China para um amigo de infância com uma doença crônica que o impede de andar. Mas não só de bem intencionados, obstinados ou fisicamente preparados é feita uma competição. Há também pais e filhos, casais e duplas de amigos com motivações que vão de abrir um negócio a comprar um imóvel, e é difícil apostar em possíveis ganhadores. “Não dá para saber. Às vezes, a dupla que sai em primeiro lugar se distrai e esquece de um detalhe que acaba por forçá-la a refazer toda a prova”, aponta o modelo e esportista Paulo Zulu, escolhido para apresentar a atração. As provas e desafios são mantidos em segredo guardado a sete chaves. Mas dá para ter uma ideia do que está por vir se considerarmos o que aconteceu na edição anterior filmada na América Latina ou em uma das 20 temporadas produzidas nos EuA que ganharam inúmeros prêmios, entre eles 14 estatuetas do Emmy, o oscar da televisão. Só para ter um gostinho do que já rolou na versão americana: na temporada da estreia, os participantes tiveram que encontrar pistas em um labirinto. Parece simples, certo? Só que o lugar ficava dentro de um templo na Índia onde ratos são sagrados e circulam livremente entre as pessoas. Quem chega lá? – Com idades, condições físicas, profissões, origens e personalidades diferentes é impossível prever quem tem mais chance de levar os US$ 250 mil para casa: um dos três casais, pai e filho, uma das três duplas de amigos(as), mãe e filho, ou uma das três duplas de irmãos(ãs)

Mais que força física e vontade de vencer, o programa é sobre superação. Acho que se os realities mostrassem uma parte mais positiva da natureza humana, mais pessoas assistiriam” – Paulo Zulu

fOtOS: DIvulGAçãO

mente brasileira do reality show The Amazing Race chegaram ao local onde seriam apresentados à imprensa o clima era amistoso. Completos estranhos até o dia anterior, eles pareciam se divertir como se estivessem em uma inusitada viagem escolar. Mas é difícil acreditar que o clima continuará tão amigável quando a disputa pelo prêmio de uS$ 250 mil (cerca de r$ 500 mil) começar para valer. Ainda mais quando o grupo conta com pessoas tão competitivas THE AMAZING RACE I DIA 7, DOMINGO, quanto as gêmeas triatletas Cintia e Luiza; ou com objetivos tão 19h, SPACE, 53 E 553 (hD) nobres quanto o dos irmãos Eduardo e ricardo, que se vencerem E parece que os produtores gostam de provas que dão a impressão de ser divertidas (mas só à primeira vista). um exemplo perfeito foi quando os participantes tinham que comer bombons até encontrar os que tivessem recheio branco, mas com um detalhe: apenas 20 entre 11 mil se adequavam à exigência. E vale lembrar que não só coragem e apetite são necessários para se sair bem. “A prova que mais me impressionou foi quando os participantes tiveram que realizar um pouso em um simulador de voo. Eu tenho um irmão que é comandante de voos comerciais e ele falou que é impossível acertar de primeira, mas um único cara conseguiu e saiu na frente de todo mundo”, relembrou Zulu, sobre o desafio final da 19ª temporada made in USA. Com tantos precedentes complicados, barra-pesada mesmo, o maior imprevisto que todos no grupo brasileiro concordaram temer, por mais inusitado que possa parecer entre atletas, lutadores, policiais e bombeiros, não é nenhum tipo de machucado, comidas exóticas, ser deixado para trás ou brigas ao longo das 13 etapas que percorrerão pontos turísticos do brasil e de outros países da América Latina. o maior medo de todos é – momento de suspense – uma trivial diarreia. “Mais que força física e vontade de vencer, o programa é sobre superação. Acho que se os realities mostrassem uma parte mais positiva da natureza humana, mais pessoas assistiriam”, acredita Zulu. Mas vamos torcer para que não tenhamos que acompanhar pela televisão nenhum deles correndo desesperado para encontrar um “trono” em vez de novas pistas. outubro+Monet+31

115AmazingRace.indd 31

18/9/2012 21:07:36


Aventuras Brasil afora - Monet  

Na primeira edição produzida especificamente para o país, The Amazing Race traz Paulo Zulu à frente da atração e um prêmio de US$ 250 mil pa...

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you