Issuu on Google+

Cultura

SÃO-MARQUENSE PARTICIPOU DE FESTIVAL NA ESCÓCIA

In Volver Experimentus

Estudante apresentou trabalho sobre sustentabilidade Pgs. 14 e 15

Amoras, Amando Memórias estreia no sábado, dia 31 de maio Pgs. 18 e 19

SEGURANÇA

RELIGIÃO

Idosa morre em incêndio na Criúva

26ª Romaria de Caravaggio

Pág. 16

Pág. 5

Aurora, de 87 anos, morava sozinha e morreu queimada na noite de quinta-feira, dia 22

DIA DO VINHO

5º MAIOR PRODUTOR DE VINHOS DO PAÍS, SÃO MARCOS FICA DE FORA MAIS UMA VEZ

De 23 de Maio a 1º de Junho www.diadovinho.com.br

Pág. 4

Procissão de Motos e Jeeps, e romaria levaram minhares ao santuário em Tuiuti

caderno

Esportes Goleiro Cássio se destaca no Futsal do Juventude Págs. centrais caderno

Prefeitura compra 40 vagas em escola particular, enquanto creche Pingo de Gente, no bairro São José Operário, ainda não está concluÍda Pág. 6 e 7

Acompanhe a sequência de cadernos especial do Sãomarcosonline. Toda edição um tema diferente

S

ão Marcos, goleiro e Juventude. Pode não parecer, mas estas palavras possuem uma forte ligação. Em fevereiro deste ano, o Jornal Sãomarcosonline entrevistou o goleiro são-marquense Airton Moraes Michelon que integra, desde 2013, o time principal do Esporte Clube Juventude e vem destacando-se nas atuações do futebol de campo. Desta vez o protagonista da história é outro e chama-se Cássio Miotto Chinelato, 27 anos. O que liga as duas histórias é fato de os dois serem são-marquenses, goleiros e atuarem no Juventude. Diferentemente de Airton, Cássio integra o time de futsal do clube caxiense e começou a defender a camisa alviverde este ano. O Juventude retomou os trabalhos com o time de futsal em março de 2014, após um longo período inativo. O time de futsal do Juventude destacou-se em meados dos anos de 1990. Conforme informações do clube, o projeto foi direcionado para a criação de um time masculino que está disputando o Campeonato Estadual Série Bronze. A entrada de Cássio para a equi-

O Juventude Futsal está participando da terceira divisão do futsal gaúcho, conhecido como Estadual Série Bronze

pe de futsal do Juventude veio por meio de um convite de um treinador da Associação dos Motoristas São-Marquenses (AMSM). “Para compor o time do E.C. Juventude Futsal houve, primeiramente, um convite do supervisor e atual treinador de algumas categorias de base da AMSM, o senhor Orivaldo Coelho. Ao aceitar o convite, fiquei alguns dias durante uma fase de testes, onde me adaptei e continuo até hoje” explica o goleiro. Os treinamentos no Juventude iniciaram na segunda quinzena de fevereiro. Cássio diz que não há um contrato com o clube caxiense por ser um projeto recente. “Por se tratar de uma equipe nova e ainda em busca de patrocínios, temos uma espécie de contrato de riscos, ou seja, conforme vamos avançando dentro do campeonato há uma remuneração”, conta. A competição tem a presença de 19 equipes do estado e estas

são divididas em três grupos. Atualmente, o time lidera a chave 01 do campeonato. O aproveitamento na competição é de destaque e ganharam cinco das seis partidas que disputaram até o momento. Para manter os bons resultados, Cássio desloca-se para Caxias do Sul quatro vezes por semana para realizar os treinamentos com o time. O são-marquense foi titular nos seis jogos. Os jogos são sempre realizados nos sábados e o Juventude utiliza o ginásio Enxutão como sua casa, em Caxias do Sul. A tarefa de defender a camisa do Juventude é difícil, mas isso não intimida Cássio e ele busca responder aos resultados esperados. “Ao mesmo tempo em que é gratificante representar um clube de respaldo regional e nacional, também cresce junto alguns fatores como a responsabilidade. Ao representá-lo sempre se tem um nome a zelar. Claro que os resultados são exigidos, mas se o trabalho e treinamentos são levados a sério, eles surgem naturalmente”, acredita o goleiro. Questionado sobre a permanência no time após o campeonato estadual Cássio diz que dependerá dos projetos do clube. O goleiro é patrocinado pela Millennium Generation Next, de São Marcos, e tem até um tênis personalizado com o seu nome. Fotos: Arquivo pessoal

ACESSE O NOSSO NOVO SITE

NO AR NESTA SEGUNDA

O problema continua

Jornal São Marcos Online - Sábado / 31 de Maio de 2014

CÁSSIO É DESTAQUE NO FUTSAL DO JUVENTUDE

São-marquense integra elenco de futsal do time caxiense desde fevereiro

Educação infantil

B1

Esportes

www.saomarcosonline.com jornal@saomarcosonline.com

3291-4921


2

Jornal São Marcos Online - Sábado / 31 de Maio de 2014

Opinião

EDUCAÇÃO: O REFLEXO DO FUTURO

O

cenário catastrófico da educação em São Marcos e no Brasil continua. Esperar o quê de um país que até 1808 não tinha contato com livros? E, a partir daí, só a elite os possuía. Por muito tempo foram considerados perversos os detentores do conhecimento e pensadores. Neste mesmo ano, há apenas 206 anos atrás, chegava no Brasil a primeira impressora. É difícil mudar uma cultura, ainda pior quando é mais fácil se manter estagnado, esperando tudo nas mãos, mania originada com a convivência da internet. Como mudar a educação no país, se nossos representantes erraram o rumo lá atrás, quando preferiram priorizar as construções civis do Brasil, mesmo sabendo que a decisão traria dívidas externas infinitas? São os reflexos das escolhas. Com esta introdução quero chegar em um problema local, a falta de vagas nas escolas infantis municipais. Mostrar que este não é apenas um

Expediente - Alice Pellizzoni Lima Jornalista - Angelo Batecini Jornalista - Alana Fernandes Jornalista - Diéli Zulian Terres Comercial - Liliane Cioato Financeiro - Felipe Nunes Edição Gráfica

problema local, é nacional. A educação deveria ser o setor com maior investimento. Sem escolas, sem professores, sem profissionais em todas as áreas não teremos segurança, nem saúde, nem progresso, não teremos um país desenvolvido. Ela é a chave para o

crescimento, mas poucos pensam desta forma. Para o governo não é interessante este investimento porque formar pessoas pensantes não é bom para a política. Pois bem, vendo que a futura Escola Infantil Pingo de Gente ainda não está pronta, a prefeitura tomou uma atitude, comprar 40 vagas em uma

Fale Conosco

(54) 3291- 4921 / 9216 - 7913 redacao@saomarcosonline.com Av. Venâncio Aires, 1085 - Centro - Sala 302

escola particular. É uma saída para o sufoco da extensa lista de crianças que esperam por uma vaga, mas 40 não será o suficiente, lembrando que a lista de espera contém mais de 200 crianças no aguardo, sendo que destas, mais de 70 casos já tomaram rumo judicial. Mesmo que a creche estivesse pronta ela poderia receber somente 60 crianças. A lista das 200 reduziria pela metade e ainda restariam 100 crianças, a qual sempre aumenta conforme os nascimentos. Acompanhe reportagem completa nas páginas 8 e 9 desta edição. A demanda é muito maior do que as soluções, que vêm aos poucos, aos tropeços, sem planejamento. O contrato com a escola particular já foi assinado, mas as crianças ainda não estão frequentando a creche, o dinheiro público está sendo gasto em vagas vazias. Ainda não chegou a hora de atingir o nível bom no setor. O processo é lento, mas quem ainda não tem o mínimo de fé na humanidade, na educação? Nós temos.

Todos os sábados nas bancas. Assine já e receba sem sair de casa!

Circulação

Circulação semanal em São Marcos, Pedras Brancas, Criúva e Campestre da Serra

Impressão

Grupo RBS Jornal Pioneiro

(54) 3291-4921

ENQUETE:

Na sua opinião, qual é a melhor alternativa para resolver a falta de vagas nas creches municipais? Envie sua sugestão de pauta para:

redacao@saomarcosonline.com / (54)3291-4921 Viviane de Oliveira Loreno, 25 anos, dona de casa, bairro Centro

“Além da construção de novas creches, deveria ser feito um novo cadastro, pois tem crianças que suas mães ficam em casa. Assim, quem realmente precisa não consegue a vaga.”

Djeice Castelaci Fongaro, 27 anos, dona de casa, bairro Santini “Na minha opinião, a prefeitura deveria fazer um pedido de verbas para o governo para tentar aumentar essas vagas, porque pelo número de habitantes há menos vagas do que o necessário.”

Maiara Reis, 23 anos, manicure e designer de unhas, Santini

“De imediato, adquirir vaga em escola particular. E a longo prazo, construir creches.”

Pâmela Morais, 22 anos, Auxiliar de Higienização, Centro

“Na verdade cada bairro deveria ter uma creche, porque levantar cedo com criança pequena e ter que se deslocar até outro bairro é complicado, e muitas das vagas estão sendo ocupadas por crianças que os pais não estão trabalhando, tirando a vaga de uma criança que realmente precisa ficar na creche pros pais trabalharem. ”

Simone Brochetto Sandri, 39 anos, Cozinheira, Pedras Brancas

“O que eu acho é que deveria ter mais creches, já que São Marcos cresceu bastante nos últimos tempos.”


3

Jornal São Marcos Online - Sábado / 31 de Maio de 2014

Cidade

Participação Popular

Votação inicia segunda-feira, dia 2

No último dia de votação, 4 de junho, haverá urnas dispostas pelo município

A

Participação Popular e Cidadã 2014 acontecerá nos próximos dias 2, 3 e 4 de junho, segunda, terça e quarta-feira, no Rio Grande do Sul. As prioridades para a votação foram definidas no último dia 22 de abril, em reunião com os representantes do Corede Serra e Seplag e coordenadores municipais Eder Zanella e Douglas Rech. Após, as escolhas foram para votação no Fórum Regional em Bento Gonçalves. A população são-marquense pode participar, escolhendo as melhores alternativas, através do site www.participa.rs.gov.br, e no último dia pelas cédulas impressas que serão depositadas em urnas dispostas em pontos do município. Os locais são prefeitura de São Marcos, Centro Municipal de Saúde, ESFs São José, Industrial e Francisco Doncatto, subprefeitura de Pedras Brancas, Brigada Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Escolas Orestes Manfro, Maranhão, Giácomo Sandri,

Foto: Divulgada na internet

João Pollo, Monteiro Lobatto e Ginásio, CDL, CIC, na frente do Banco do Brasil, na Cooperativa I e II, no Supermarco, na Secretaria de Agricultura, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Emater, em frente a Bepo, na Rodoviária e na Secretaria de Assistência Social. Os tópicos mais votados farão parte do orçamento estadual de 2015.

No ano passado, 2.975 pessoas participaram através das cédulas impressas. Pela internet votaram 709 pessoas

Veja abaixo as prioridades que estarão em votação. Participe!

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO – R$ 695.250,00 PROJETO 1 Apoio ao setor empresarial, assessoria e capacitação: R$ 23.175,00 PROJETO 2 Participação de empresas em feiras e missões comerciais: R$ 23.175,00 DESENVOLVIMENTO RURAL – R$ 1.390.500,00 PROJETO 3 Construção e estruturação de espaços de abastecimento: R$ 43.453,00 PROJETO 4 LEITE - desenvolvimento da cadeia produtiva do leite: R$ 43.453,00

SAÚDE – 3.370.912,25 PROJETO 5 Equipamentos para Unidade Básica de Saúde: R$ 52.000,00 e Apoio ao Hospital São Carlos PROJETO 6 Neste não estamos participando por apoiar o Hospital São Carlos que é nossa referência SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA CIVIL – R$ 1.390.500,00 PROJETO 7 Viatura leve para a PC: R$ 60.000,00

PROJETO 8 Viatura leve para a BM: R$ 60.000,00

MEIO AMBIENTE – R$ 463.500,00 PROJETO 9 Fossa séptica para o interior: R$ 14.484,00 PROJETO 10 Aquisição de lixeiras móveis, itinerantes: R$ 14.484,00 ESPORTE, LAZER E TURISMO – R$ 927.000,00 PROJETO 11 Apoio a programa educacional – turno inverso: R$ 28.968,00 PROJETO 12 Criação de material impresso e audiovisual: R$ 28.968,00 HABITAÇÃO, DESENV. URBANO E SANEAMENTO – R$ 695.250,00 PROJETO 13 Melhorias habitacionais: R$ 22.428,00 PROJETO 14 Módulos sanitários: R$ 28.968,75 EDUCAÇÃO BÁSICA, PROFISSIONAL E TÉCNICA – R$ 927.000,00 PROJETO 16 Sala multifuncional para a Escola Estadual Giácomo Sandri: R$

26.000,00 PROJETO 17 Laboratório de informática para a Escola Estadual Maranhão: R$ 53.000,00 PLANEJAMENTO LOCAL E REGIONAL – R$ 463.500,00 PROJETO ÚNICO 18 Elaboração do Plano Estratégico de Desenvolvimento Regional e Plano de Mobilidade da Região Metropolitana da Serra: R$ 434.532,00 PROJETOS ESTRATÉGICOS 21. ASFALTAMENTO DAS RSs 437 e 448, ligando a RST 470 a RS 122 (Antônio Prado/ Vila Flores) 22. VIABILIZAR O ACESSO À REDE ELÉTRICA TRIFÁSICA A TODAS ÀS PROPRIEDADES RURAIS 23. APOIAR OS PEQUENOS HOSPITAIS DA REGIÃO DO COREDE SERRA 24. MELHORAR A INFRAESTRUTURA DAS ESCOLAS ESTADUAIS 25. CONSTRUIR UM HOSPITAL PÚBLICO REGIONAL EM BENTO GONÇALVES

Rafaela Daros Jornalista - Mtb: 16572

rafadaros@saomarcosonline.com

N

Tantas coisas cabem em um abraço...

o dia 22 de maio foi comemorado mundialmente o Dia do Abraço. Você aproveitou a data para abraçar muito? Conta-se que a data passou a ser celebrada no ano de 2004, quando um australiano saiu pelas ruas da cidade com um cartaz escrito ‘Abraço Grátis’. A ação fez tanto sucesso que dois anos mais tarde, em 2006 a banda Sick Puppies publicou um clipe no You Tube, denominado ‘Campanha dos Abraços Grátis’ (Free Hugs Campaign), o vídeo já foi visto por mais de 100 milhões de pessoas do mundo todo. E diversas ações semelhantes já foram feitas mundialmente. Aproveita e depois que terminar de ler o texto aqui, vai lá e dá uma espiadinha no vídeo é bem bacana! O objetivo da ação? Simplesmente fazer as pessoas se sentirem bem. No vídeo você percebe que as pessoas de primeiro momento até acham estranho, mas de imediato mudam de ideia, colocam um sorriso no rosto e recebem o abraço daquela pessoa desconhecida, mas que simplesmente tem como única intenção abraçar. O gesto é simples, parece bobo, mas tem o poder de melhorar o dia de alguém que está desanimado, ‘pra baixo’, sem vontade. Tem o poder de colocar sorriso no rosto, acalmar os ânimos, fazer o resto do dia bem melhor, tanto para quem recebeu o abraço, quanto para quem deu. Tem o poder de trazer paz para alma, acalmar corações inquietos. Tem o poder de parar o choro dos bebês, aliviar a dor, tirar o cansaço, amenizar o sofrimento, matar a saudade. Enfim, o abraço é remédio, é cura! Abraçar é sem dúvida um dos gestos mais humanitários que existe. Por isso, não excite saia abraçando as pessoas, sem motivos, apenas por abraçar. O gesto é simples, é de graça, e faz um bem danado!!!


4

Jornal São Marcos Online - Sábado / 31 de Maio de 2014

Cidade

DIA DO VINHO

5º MAIOR PRODUTOR DE VINHOS DO PAÍS, SÃO MARCOS FICA DE FORA MAIS UMA VEZ Foto: Arquivo pessoal

Secretário de Cultura Aureo Bertelli, põe a culpa no setor vitivinícola

Fenasuco é incerta

A

pesar de ser o quinto maior produtor de vinho e uvas do Brasil e o maior fabricante de suco de uva natural do país, além de ter a Fenasuco registrada, São Marcos não faz parte da programação estadual que celebra o Dia do Vinho pela segunda vez consecutiva. A prefeitura optou em não participar da programação que celebra o Dia do Vinho ainda em 2013, quando o atual secretário de Cultura, Aureo Bertelli, assumiu a pasta. Em 2012, o município participou conquistando o espaço na administração 2009/2012, mas ao assumir, Aureo não mais participou das reuniões do SHRBS (Sindicato dos Hotéis, Restaurante, Bares e Similares) e optou em não fazer mais parte do Dia do Vinho, abrindo vaga para a cidade de Pinto Bandeira. Foi por uma opção da prefeitura (Secretaria de Cultura e Turismo) que o município acabou isolado, não aderindo à promoção.

Em 2013, progra mação foi apenas local e neste ano nada foi feito

Indagado pela reportagem no ano passado, o secretário disse que a adesão a campanha estadual não acrescentaria para o município, mesmo que isso signifique visibilidade e divulgação turística da cidade. — Teremos uma programação local para que as pessoas conheçam nossos vinhos — afirmou Bertelli, justificando a não adesão são-marquense a programação estadual. A programação a que ele se refere foi a realizada no domingo (2 de junho de 2013), na Praça Dante Marcucci. As vinícolas Monte Santana e Paladar expuseram seus produtos em duas tendas armadas próximas ao palco da Concha Acústica, onde houve shows musicais entre outras atrações. ‘Ficar fora da programação estadual foi ruim. O investimento em 2012 era de R$ 3 mil’ Para o presidente do Comtur e proprietá rio da Vinícola Monte Santana, Jandir Panassol, ficar de fora da programação estadual em 2013 não foi uma boa opção. — Foi bem ruim pra nós. A gente perde em

De 23 de Maio a 1º de Junho

www.diadovinho.com.br

mídia e em divulgação. Em 2012, houve bem mais divulgação dos municípios e das vinícolas — assinalou em entrevista ao Jornal Sãomarcosonline.com durante a programação local em 2013. Ele destaca que o investimento que a prefeitura faria para aderir a promoção era de apenas R$ 3 mil (o orçamento da prefeitura na época era de R$ 53 milhões e o da Secretaria de Cultura superava R$ 1 milhão). — Esse dinheiro seria usado para o material de divulgação: folders, banners para os estabelecimentos que se cadastrassem — explica. Segundo Jandir, o Comtur cobrou da Secretaria de Cultura a participação de São Marcos na programação Estadual do Dia do Vinho em 2014. Ele diz que o secretário Aureo Bertelli comprometeu-se a inscrever o município novamente este ano, o que não ocorreu. — Ano que vem São Marcos vai participar — disse o secretário na época. Mas em entrevista nesta quarta-feira, dia 28, ele deu outra justificativa para a não adesão a programação regional, dizendo que as vinícolas não quiseram realizar nem o evento local. Passando assim, o Dia do Vinho, despercebido pela comunidade enraizada junto às videiras.

Municípios participantes - Antônio Prado; - Bento Gonçalves; - Caxias do Sul; - Farroupilha - Flores da Cunha; - Garibaldi; - Monte Belo do Sul; - Pinto Bandeira

Ao argumentar sobre o Dia do Vinho, também falou sobre a possibilidade da não realização da Fenasuco, marca registrada do município desde 2012, adquirida pela secretária na época, Patrícia Camassola Tomé. “Não vamos fazer nada este ano porque eu não consigo mobilizar o setor. Passei em quatro cantinas, eles estão com a produção muito grande e uma venda muito grande, então não precisam. Até, uma que só produz sucos, disse ‘pega essas caixas aí e tu mesmo coloca lá pra venda ou pra prova’. Não é assim, não tem como deslocar gente daqui da Secretaria pra trabalhar”, disse Aureo, justificando a inércia do município em relação ao Dia do Vinho. “O ano passado conseguimos mobilizar duas vinícolas, Vinhos Paladar e a Monte Santana. Eles dizem que tudo que produzem eles vendem. Se não tem um apoio aqui, como é que eu vou fazer a degustação”, pondera. Aureo percebe que não há interesse porque as vinícolas não se mobilizam diante da Secretaria e pedem suas promoções. “Por exemplo, o pessoal do laço está sempre aqui. Estamos fazendo o Caça Talentos, os músicos vem aqui pedir pra fazer. Para os Filós o pessoal da colônia vem aqui pedir também”, finaliza.

Estou estudando se será viável a realização da Fenasuco

Sobre a 1ª edição da Fenasuco de São Marcos, que inicialmente poderia acontecer nos mesmos dias do VII Musimarco, Aureo disse está em compasso de espera. “Nós estamos fazendo um estudo de mercado para ver se há a possibilidade de fazer. Porque eu falei com a Ibravin, a Exposul e a Cooperativa Aliança e eles acham que tem que ser lá no mês de março ou abril do ano que vem. E eles disseram, taxativamente, que se for nos meses do final do ano, eles não têm como participar”, diz o secretário Conforme Aureo, a Fenasuco não será feita em 2014 devido aos eventos em sequência que acontecerão no município. “Em outubro compete com a Festa dos Motoristas. Em setembro, tem a Semana Farroupilha. Novembro tem Finados e em Dezembro o Natal”, afirma. A realização do evento em 2015 está em fase de estudos. “A Fenasuco é uma coisa interessante. Eu acredito no potencial dela, mas ainda não temos nada certo. Daqui a pouco podemos fazer de dois em dois anos, no ano que não tem a Festa da Uva”, analisa Aureo.

O EVENTO: Dia do Vinho 2014

O Dia do Vinho fomentado pelo Ministério do Turismo em parceria com a Fundaparque e SHRBS Região Uva e Vinho. A realização do evento e sua continuidade passam a ser responsabilidade do Ibravin e SHRBS com apoio do comitê formado pelas Secretarias de Turismo dos municípios. No período de 23 de maio a 1º de junho, os varejos e vinícolas que participam do evento estão comercializando vinhos com preços promocionais que variam de 10% a 50%, assim como alguns dos restaurantes e hotéis parceiros estão oferecendo taças de vinhos e sucos e pacotes promocionais, respectivamente. Entre os destaques da programação constam dezenas de festividades realizadas nas cidades e nos roteiros turísticos para que todos entrem no clima de festa, marcando com muitos brindes a data que hoje consta no calendário oficial do Rio Grande do Sul.


5

Jornal São Marcos Online - Sábado / 31 de Maio de 2014

Religião

26ª Romaria de Caravaggio

Foto: Marcelo Parizzotto

Santuário em Tuiuti atraiu milhares de fiéis

O encerramento da programação aconteceu na segunda (26) no santuário

Foto: Liliane Cioato / Sãomarcosonline

150 cavalarianos participaram da procissão

Tradicional percurso entre a cidade e a comunidade de Tuiuti recebe milhares de fiéis todos os anos

N

a segunda-feira, dia 26 de maio, o feriado de Nossa Senhora de Caravaggio em Caxias do Sul e Farroupilha mobilizou toda a região em romarias, mas em São Marcos as peregrinações até a Linha Tuiuti, onde a Capela é dedicada a Santa, aconteceram nestes sábado e domingo (24 e 25).

Aproximadamente 500 motos, 25 jeeps e gaiolas participaram da procissão

Na tarde de sábado, dia 24, o trajeto foi realizado por motoqueiros e jipeiros na 11ª edição da Romaria de Motos e Jeeps. Na chegada, os fiéis foram abençoados pelo padre Jairo Grison e a missa foi celebrada às 15h. No domingo (25), cerca de mil devotos percorreram a pé

os 7 quilômetros até o santuário. Os fiéis partiram da Igreja Matriz às 8h. Na chegada, por volta das 11h, todos os padres da paróquia, Tadeu Libardi, Osmar Possamai, Elói Rech, Sebastião Fortuna e Jairo Grison celebraram a missa. Neste momento o público também pode se confessar. Às 15h, o padre Elói Rech celebrou mais uma missa. No local houve ônibus do Expresso São Marcos disponível para a volta dos religiosos. Para o padre Tadeu Libardi, que participou da Romaria de Caravaggio em São Marcos pela primeira vez, o número de fiéis nas peregrinações foi muito válido. “Tivemos um grande grupo de pessoas visitando e participando das celebrações a partir de sábado a tarde. No domingo a procissão contou com um ótimo grupo de fiéis”, avalia. “Difícil mensurar o número total de visitas ao Santuário durante os dois dias, mas milhares de fiéis passaram por

Tuiuti”, revela o sargento Perin da Brigada Militar de São Marcos, que forneceu a quantidade aproximada de participantes nas romarias. Ainda na segunda-feira, 26 de maio, houve a missa de encerramento da 26ª Romaria, celebrada pelo padre Tadeu na Capela de Nossa Senhora de Caravaggio, em Tuiuti, às 19h30. Mesmo não sendo feriado em São Marcos no dia da Santa os fiéis continuaram percorrendo o trajeto a pé como forma de demostrar sua religiosidade.

No sábado, 17 de maio, foi a vez dos cavalarianos prestarem homenagem à Nossa Senhora de Caravaggio. O tempo ensolarado colaborou para a beleza da cavalgada. Cerca de 150 devotos montados a cavalo saíram da Cancha de Laço Ricieri Bertolazzi, no centro de São Marcos às 13h30. Na chegada a Tuiuti, os fiéis foram abençoados pelo padre Elói Rech de cima de uma

charrete com a imagem da santa. A charrete seguiu por todo o trajeto à frente dos cavalarianos. De acordo com um dos organizadores Lonis Sogari, durante o ofertório foi entregue as bandeiras representativas do Brasil, do Rio Grande do Sul e de São Marcos, além das bandeiras da 25ª Região Tradicionalista e dos piquetes e CTGs que participaram da cavalgada.


6

Jornal São Marcos Online - Sábado / 31 de Maio de 2014

Educação

Educação infantil

Faltam vagas nas creches da cidade

Até o momento, 73 pedidos judiciais por vagas foram enviados à Secretaria Foto: Sãomarcosonline / Arquivo

D

uas mães procuraram o Sãomarcosonline para divulgar o descaso com seus filhos, que ainda estão na fila de espera da Secretaria de Educação, para ocupar uma vaga nas escolas infantis do município. No dia 17 de março Catiane Brito de Macedo, 31 anos, protocolou um ofício junto ao Fórum local com o pedido de vaga para seu filho de 10 meses. O menino está inscrito na lista de espera da educação infantil desde seus 4 meses. No dia 1º de abril a juíza Ana Paula Della Latta assinou o ofício que obrigava a Secretaria providenciar uma vaga ao filho de Catiane no prazo de 30 dias, sendo que o prazo estipulado terminou no dia 1º de maio sem sucesso. “Na prefeitura me disseram que tem ofícios iguais ao meu de 2011”, conta Catiane. Na mesma situação também se encontra Cátia Tomás, de 28 anos, que também tem

um filho de 10 meses de idade. Ela levou ofício até a prefeitura de São Marcos com pedido de vaga na creche, mas não foi atendida até o momento. No início de março Catiane ligou para duas escolas infantis municipais, Criança Feliz, no bairro Francisco Doncatto, e Amor Perfeito, no Industrial. Ela conta que a informação passada a ela foi de que na Criança Feliz havia 47 na frente de seu filho na lista de espera e na Amor Perfeito haviam 49 crianças antes dele. “Eu estou na espera, mas eu trabalho, e a gente sabe que têm mães que ganham privilégios, estão paradas e têm crianças nas creches, têm professoras que foram chamadas para trabalhar no município e seus filhos tiveram direito a creche”, relata Catiane. Conforme o promotor Evandro Kaltbach até o momento há 73 pedidos por vagas nas creches municipais dentro

Mães aguardam providências para poderem matricular seus filhos e trabalhar da ação civil. Esta semana duas pessoas o procuraram para cobrar o prazo dos 30 dias que não foi cumprido pela prefeitura. Agora a administração está no processo de compra de 40 vagas na Escola Pintando o 7, o que não irá solucionar o problema por completo, apenas amenizar, devido aos pedidos judiciais serem mais numerosos, e mais ainda a lista de espera por ordem de inscrição que contabilizam aproximadamente 212 crianças. “É preciso unificar a lista (a de pedidos judiciais e a de espera por ordem de inscrição) Na minha visão deveria se priorizar os pedidos judiciais”, aponta o promotor.

Prefeitura compra 40 vagas em creche particular

Devido a grande quantidade da falta de vagas nas escolas infantis do município, a prefeitura de São Marcos comprou 40 vagas na Escola Pintando o 7, localizada na Rua Padre Feijó, no centro da cidade. A Pintando o 7 é a única escola particular instalada no município que supre todas as exigências previstas em lei, com atendimento de crianças entre zero e cinco anos completos e trabalha em dois turnos. Conforme a proprietária da Escola Infantil Pintando o 7, Vanderléia Castilhos Rech, a creche tem vagas para mais crianças além das 40 adquiridas pela prefeitura, e assinala que não poderá interferir na unificação da lista de espera, ficando neutra na seleção dos alunos. Ela ainda revela que a administração usará estas vagas para crianças de seis meses a três anos completos, pois os maiores terão vagas em escolas municipais. Há uma lista de espera por ordem de inscrição e, devido à falta de vagas, algumas pessoas procuraram a Promotoria de Justiça de São Marcos para que ela intervisse pelas mães e adiantasse o processo de ins-

crição de seus filhos para estas vagas. Acontece que esse procedimento gerou duas filas, fazendo com que a ordem de espera fosse quebrada, visto que crianças recém-inscritas passariam na frente de outras que aguardam há mais tempo. Para resolver este impasse, a Secretaria Municipal de Educação e a Promotoria de Justiça pretendem juntar as duas listas formando apenas uma. Ainda não está definido quem serão as crianças que ocuparão as vagas pagas pela prefeitura, porém o contrato com a escola Pintando o 7 já está assinado desde 1º de maio. O contrato foi firmado até o dia 31 de dezembro de 2014. A creche encontra-se preparada para receber os novos alunos, inclusive com contratação de mais funcionários, segundo a proprietária Vanderléia. De acordo com informações do prefeito de São Marcos, Demétrio Lazzaretti, a prefeitura pagará à creche um valor aproximado de R$ 600 por mês, por aluno, o que resulta em R$ 24 mil por mês de pagamento a escola. Léia garante que o custo por aluno em sua escola é menor.

Proprietária da Escola Infantil Pintando o 7, Vanderléia Castilhos Rech

O contrato já é válido desde o início do mês, mas as crianças ainda não estão frequentando as aulas. O prefeito Demétrio acredita que o prazo é para que no mais tardar final de maio as 40 crianças selecionadas estejam indo à escola infantil


Jornal São Marcos Online - Sábado / 31 de Maio de 2014

Educação

Educação infantil

7 Foto: Sãomarcosonline / Arquivo

Cadê a Pingo de Gente?

TRADICIONALISMO Patrão: Luis Ferreira dos Reis (54) 8121 3882

Novas Prendas Estaduais

C

arolina Castanha de Avila de Lemos, do CTG Gal Antônio de Souza Netto, da cidade de Rio Grande, 6ª RT, é a nova 1ª Prenda do Estado do Rio Grande do Sul. O nome de Carolina e das demais que compõem o prendado do Estado em 2014 foi conhecido sábado à noite, 17 de maio, em Santa Maria, durante a 44ª Ciranda Cultural de Prendas, que aconteceu entre os dias 15 e 17 de maio. O concurso estadual contou com 68 prendas: 24 na categoria Mirim (10 a 12 anos), 26 na categoria Juvenil (13 a 17 anos) e 18 na categoria Adulta (18 a 27 anos), que foram avaliadas com provas; comunicação oral; habilidades artísticas; e caracteres pessoais. Confira os resultados abaixo!

Categoria Adulta:

1ª Prenda: Carolina Castanha de Avila de Lemos – CTG Gal Antônio de Souza Netto – Rio Grande – 6ª RT 2ª Prenda: Laura Callegaro de Oliveira – Sociedade Gaúcha Lomba Grande – Novo Hamburgo – 30ª RT 3ª Prenda: Bárbara Janaina Gomes Scheneider – CTG Tarumã – São Gabriel –18ª RT

Categoria Juvenil:

Atrasada, creche está 70% concluída e já ultrapassou a verba destinada no início das obras em abril de 2012

A

lém das três creches municipais, Ternura, Amor Perfeito e Criança Feliz, uma quarta está sendo construída no bairro São José Operário, a Escola de Educação Infantil Pingo de Gente. Segundo a vice-prefeita de São Marcos, Fabiana Dutra de Oliveira, a obra atrasou porque o recurso federal também atrasou. A empreiteira L & D Construtora Ltda., de Erechim, continua trabalhando no local, porém o prazo de conclusão, previsto para 30 de maio, será prorrogado em até 3 meses. No momento a empresa trabalha na construção do Castelo D’Água, uma torre de concreto com reservatório de água. Conforme a engenheira civil da prefeitura, Anídria Gabriela Marcon, a obra está 70% concluída, faltando a parte externa, pavimentação, cercado e esgoto. A mobília poderá ser solicitada ao governo federal após 80% da realização da obra. A creche ocupará aproximadamente 513 m² mais o pátio da escola. A obra iniciou em abril de 2012 com o orçamento total em R$ 722.548,34. A terraplanagem foi mais cara que o previsto e precisou de R$ 144.435,22 deste valor. “O mais caro foi a detonação das rochas para abertura do local da construção”, lembra Fabiana. Após a terraplanagem, em obra já foram gastos R$ 530.496,72. Somando terraplanagem e obra a prefeitura já utilizou R$ R$ 674.931,94, parte vinda do governo federal (R$ 535.086,48) e toda a verba municipal (R$ 139.845,46). O orçamento, agora, ultrapassará o total inicial. A previsão é gastar R$ R$ 995.367,24 até o final da obra visto que a terra-

planagem custou R$ 144.435,22 e o total da obra será de R$ 850.951,02. Ou seja, além do total inicial orçado, será gasto mais R$ 272.818,90 até a conclusão da obra, proveniente do governo federal. Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, a lei permite que tenha um aditivo de até 25% do valor da

obra e a prorrogação do prazo de entrega é avaliado como normal. No momento, ainda faltam R$ 320.435,30 para a conclusão das obras, dinheiro que virá do governo federal. A previsão para a escola entrar em funcionamento continua sendo para 2015. Ela oferecerá 60 vagas para as crianças entre 6 meses e 5 anos.

1ª Prenda: Amanda Faleiro – CTG Piazitos do Sul – Canoas – 12ª RT 2ª Prenda: Andressa Canova Motter – CTG Fronteira da Amizade – Tuparendi – 3ª RT 3ª Prenda: Caroline Borges de Lemos – CTG Piquete da Querência – São José do Ouro – 29ª RT

Categoria Mirim:

1ª Prenda: Laura Laís Durli – CTG Sentinela da Querência – Erechim – 19ª RT 2ª Prenda: Tayline Alves Manganeli – CTG Pedro Telles Tourem – São Fco de Assis – 10ª RT 3ª Prenda: Maysa Rebelo Crestani – CTG Galpão da Estância – São Luiz Gonzaga – 3ª RT

Baile tradicionalista: e agora? Com que roupa eu vou?

“Essa é a famosa pergunta que muitas pessoas fazem quando recebem um convite de um baile de CTG, que normalmente nos ingressos vem a frase: traje pilcha ou social (nas normas do MTG). Alguns ignoram essa norma, vão Everton Rizzon, 22 anos, Peão Farroupilha como querem e acabam sendo barrados logo na entrada do baile, uns por falta de informação e outros por teimosia mesmo. Mas o que muitos não sabem é que toda entidade tradicionalista (CTGs) filiada ao Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) tem a obrigação de seguir essas regras quanto à pilcha, caso contrário a entidade estará sujeita a penalidades. Enfim, não é necessário que todos vão trajados. Concordo que ficaria muito lindo um baile onde todos estivessem pilchados à moda tradicionalista (bota, bombacha larga, cinturão, camisa e lenço, e as mulheres de vestido de prenda), mas muitos não possuem pilcha e outros não gostam, então, entra a opção do social, homens de camisa social, calça jeans e sapato (não sapatênis) e as mulheres também camisa, calça e sapato fechado (não sandália), se forem de vestido social, a barra da saia tem que ser abaixo dos joelhos (não minissaias). Tenha certeza, que pra quem gosta de um bom baile gaúcho, não tem fandango melhor que fandango de CTG, então te pilcha e prestigie os eventos de nossos CTGs!”


8 Por Liliane Cioato

No dia 10 de maio Alamir Cararo e Luci Nunes, trocaram alianças na presença de amigos e familiares em uma belíssima cerimônia na Igreja do Evangelho Quadrangular de São Marcos. Após, os noivos recepcionaram os convidados no Centro de Eventos Alexandre Zaniol. Votos de felicidades da família e amigos.

Jornal São Marcos Online - Sábado / 31 de Maio de 2014

Fotos: Sãomarcosonline

Júlia e Gabrieli Leonardelli Mãe: Rafaela G. S. Leonardelli Pai: Vagner Leonardelli Nascimento: 06 de Maio

Yasmin dos Santos Antônya dos Santos Mãe: Marta dos Santos Silva Mãe: Tainá Santos Pai: Geison dos Santos Silva Nascimento: 12 de Maio Nascimento: 08 de Maio

Amanda Gouveia Cararo Mãe: Aline D. Souto Gouveia Pai: Maurício Cararo Nascimento: 13 de Maio

Pedro de Lima Weber Mãe: Nicoli Souza de Lima Pai: Edson Weber Nascimento: 19 de Maio

Lais Ribeiro Scopel Mãe: Mª Lucilene R. Ribeiro Pai: Marcos Cassemiro Scopel Nascimento: 21 de Maio

“Quinze anos se passaram... Obrigada Senhor, pela minha vida. Por todos aqueles que comigo trilharam esta estrada e me ajudaram a crescer, sonhar e viver.“ Elaine Cioato comemorou seus 15 anos no dia 13 de Maio e recebe a homenagem dos pais Valderez e Nelci e do irmão Mateus

Stúdio

3291-2515 A jovem Morgana Scain, posou para um ensaio com o fotógrafo Juliano Melos em meio as belas paisagens do interior do município.

Wagner Cassão e Fabiula Bianchi uniramse em matrimônio no dia 12 de maio, a cerimônia foi realizada na Igreja São Judas Tadeu e após os convidados foram recepcionadas para uma animada festa no salão do bairro Francisco Doncatto. Homenagem dos pais Salete e Vilmar Cassão e Rudimar e Adélia Bianchi.


caderno

B1

Esportes

Jornal São Marcos Online - Sábado / 31 de Maio de 2014

Acompanhe a sequência de cadernos especial do Sãomarcosonline. Toda edição um tema diferente

CÁSSIO É DESTAQUE NO FUTSAL DO JUVENTUDE

S

São-marquense integra elenco de futsal do time caxiense desde fevereiro

ão Marcos, goleiro e Juventude. Pode não parecer, mas estas palavras possuem uma forte ligação. Em fevereiro deste ano, o Jornal Sãomarcosonline entrevistou o goleiro são-marquense Airton Moraes Michelon que integra, desde 2013, o time principal do Esporte Clube Juventude e vem destacando-se nas atuações do futebol de campo. Desta vez o protagonista da história é outro e chama-se Cássio Miotto Chinelato, 27 anos. O que liga as duas histórias é fato de os dois serem são-marquenses, goleiros e atuarem no Juventude. Diferentemente de Airton, Cássio integra o time de futsal do clube caxiense e começou a defender a camisa alviverde este ano. O Juventude retomou os trabalhos com o time de futsal em março de 2014, após um longo período inativo. O time de futsal do Juventude destacou-se em meados dos anos de 1990. Conforme informações do clube, o projeto foi direcionado para a criação de um time masculino que está disputando o Campeonato Estadual Série Bronze. A entrada de Cássio para a equi-

O Juventude Futsal está participando da terceira divisão do futsal gaúcho, conhecido como Estadual Série Bronze

pe de futsal do Juventude veio por meio de um convite de um treinador da Associação dos Motoristas São-Marquenses (AMSM). “Para compor o time do E.C. Juventude Futsal houve, primeiramente, um convite do supervisor e atual treinador de algumas categorias de base da AMSM, o senhor Orivaldo Coelho. Ao aceitar o convite, fiquei alguns dias durante uma fase de testes, onde me adaptei e continuo até hoje” explica o goleiro. Os treinamentos no Juventude iniciaram na segunda quinzena de fevereiro. Cássio diz que não há um contrato com o clube caxiense por ser um projeto recente. “Por se tratar de uma equipe nova e ainda em busca de patrocínios, temos uma espécie de contrato de riscos, ou seja, conforme vamos avançando dentro do campeonato há uma remuneração”, conta. A competição tem a presença de 19 equipes do estado e estas

são divididas em três grupos. Atualmente, o time lidera a chave 01 do campeonato. O aproveitamento na competição é de destaque e ganharam cinco das seis partidas que disputaram até o momento. Para manter os bons resultados, Cássio desloca-se para Caxias do Sul quatro vezes por semana para realizar os treinamentos com o time. O são-marquense foi titular nos seis jogos. Os jogos são sempre realizados nos sábados e o Juventude utiliza o ginásio Enxutão como sua casa, em Caxias do Sul. A tarefa de defender a camisa do Juventude é difícil, mas isso não intimida Cássio e ele busca responder aos resultados esperados. “Ao mesmo tempo em que é gratificante representar um clube de respaldo regional e nacional, também cresce junto alguns fatores como a responsabilidade. Ao representá-lo sempre se tem um nome a zelar. Claro que os resultados são exigidos, mas se o trabalho e treinamentos são levados a sério, eles surgem naturalmente”, acredita o goleiro. Questionado sobre a permanência no time após o campeonato estadual Cássio diz que dependerá dos projetos do clube. O goleiro é patrocinado pela Millennium Generation Next, de São Marcos, e tem até um tênis personalizado com o seu nome. Fotos: Arquivo pessoal


B4 caderno Esportes

Jornal São Marcos Online - Sábado / 31 de Maio de 2014

6.803 são-marquenses mobilizaram-se no Dia do Desafio

Número de participantes dobrou em relação ao ano passado Não há premiação para a cidade vencedora, quem acaba ganhando são os participantes que se dispõem a ter mais qualidade de vida e diversão com o exercício físico

O

evento mundial que busca incentivar a prática de atividades físicas aconteceu na quarta-feira (28). O Dia do Desafio, como é conhecido, está na sua 20ª edição e sugere que as pessoas deixem de lado suas atividades cotidianas e pratiquem qualquer exercício físico por um breve período de tempo que pode ser 15 minutos.

O Dia do Desafio é realizado simultaneamente em diversos países. A ação é feita a partir de um confronto entre cidades com número parecido de habitantes. Neste ano, São Marcos concorreu com a cidade Tecún Umán, da Guatemala, que possui aproximadamente 32.000 habitantes. O objetivo era que o número de pessoas mobilizadas em São Marcos fosse maior que o da cidade guatemalteca. O número de adeptos da ação surpreendeu desta vez. 6.803 são-marquenses mobilizaram-se e praticaram algum exercício físico. “A população são-marquense está a cada dia mais se conscientizando sobre a importância da atividade física e os resultados que ela faz no seu dia a dia, como a melhora na qualidade de vida, socialização, a criatividade, sem contar os benefícios

fisiológicos que ocorrem. Destaco que em 2014 a participação foi muito boa, mesmo com o clima frio. Mas demos sorte que não choveu como na edição de 2013”, afirma o coordenador de Esportes da Secretaria de Cultura, Eder Zanella. Em 2013, São Marcos concorreu com a cidade Chocontá, da Colômbia e perdeu o desafio. Apenas 14% da população são-marquense (2.824 habitantes) aderiu aos minutos de atividade física. Em 2014 o número de envolvidos foi muito maior, 33.92% da população participou. “Quero, em nome da Secretaria, agradecer a cada uma das empresas, das escolas, das academias, a cada um que participou, que auxiliou, que se comprometeu, porque foram 6803 pessoas que fizeram a diferença. E já deixar a

todos que em 2015, na última quarta-feira do mês de maio, mais uma edição. Só temos a ganhar!”, diz Eder. No Dia do Desafio qualquer exercício físico é válido, desde uma simples caminhada até uma partida de futebol entre amigos. Não há premiação para a cidade vencedora, quem acaba ganhando são os participantes que se dispõem a ter mais qualidade de vida e diversão com o exercício físico. O Rio Grande do Sul ganhou destaque na ação deste ano. O estado é único brasileiro que teve a inscrição de todos os municípios. Todos os habitantes dos 497 municípios gaúchos puderam participar do evento. O Rio Grande do Sul é o segundo estado brasileiro que mobiliza mais pessoas. As cidades vencedoras serão divulgadas na próxima semana.


Jornal São Marcos Online - Sábado / 31 de Maio de 2014

13

DIVERSOS Gol 1.0 4 Portas 2001/2002 - Branco - Carro em perfeitas condições, ar-quente, limpador e desembaçador traseiro, rádio e alarme . Mais inf.: (54) 3221-8328 (Andréia) R$ 9.900,00 Vende-se Caminhão Cargo 2422E 2006 - Prata - caçamba de 10m³, placa final 8,pagamento a combinar. Aceito troca Mais Informações: (54) 8418-8636 (Vanderlei) R$ 9.900,00 Vendo Casa de Alvenaria Casa com 95m², toda cercada, localizada no bairro Jardim dos Plátanos. Mais Informações: (54) 8436-4721 R$ 9.900,00 Vende-se Camionete Silverado 1999- Branca - Camionete completa, 4 cilindros Mais Informações: (54) 9147-5929

Vende-se Biz EX 2013 Branca, 4 mil Km, IPVA 2014 pago Mais Informações: (54) 9189-1475 (Emeli) R$ 7.600,00 Moto YBR 2005/2006 - moto conservada, sem riscos nem amassados, super econômica Mais inf.: (54) 9631-8422 R$ 3.200,00 Vendo BIZ EX 2013 - Impecável Branca - 4.500 Km Mais Informações: (54) 9159-6194 | 3291-7030 (Isadora) Vende-se Biz + 2006- Freio a disco, partida elétrica, rodas de liga leve, IPVA pago Mais Informações: (54) 9118-3196 Vendo CG 150 KS 2007/2008 - Azul - moto em perfeito estado Mais informações: (54) 9141-5125

CG 150 EX 2011/2012 - moto em ótimo estado, 14 mil Km Mais Informações: (54) 9908-0148 | 9104-2999

Vende-se Chapeação (ferramentaria e ponto)

Chapeação completa em pleno funcionamento, clientela feita e grande quantidade de serviço, possui alvará e CNPJ em dia. Aceito propostas, carro ou trocas do meu interesse no negócio. Ponto alugado, mas com ótima localização na Rua Don Pedro II, 155 - espaço amplo. Mais informações: (54) 99957600 | 9171-0774 (Diego)

Saveiro Fun 1.8 Rebaixada 2001 - Prata - toda revisada, suspensão a rosca, legalizada com 53cm abaixo do farol, rodas de liga leve aro 15, alarme de fábrica (na chave), placa personalisada Mais Informações: (54) 9164-0206 Vendo Máquina de costura Elgin Zig Zag Vem em cima de uma caixa própria e pode ser colocada em qualquer lugar,. A manutenção foi feita há aproximadamente um mês e está com peças novas. Aceito trocas Mais Informações: (54) 9965-2673


Especial

Reconhecimento internacional

Fotos: Arquivo pessoal

14

Jornal São Marcos Online - Sábado / 31 de Maio de 2014

Jovem participa de festival de ciências na Escócia

Fernanda Tomé apresentou trabalho sobre tijolo sustentável e recebeu convite para participar de um fórum na Inglaterra

Q

uando a estudante Fernanda Tomé, juntamente com a colega Kianne Nicolletti, iniciou uma pesquisa para um trabalho escolar não imaginou que o resultado do projeto alcançaria reconhecimento internacional. Sob a orientação das professoras Andréia Michelon Gobbi e Ísis Cristina de Lima Pires, as estudantes ganharam o primeiro lugar na 1ª Mostra Científica e Tecnológica do Colégio Mutirão de São Marcos, em 2012, e a partir daí o trabalho desenvolvido ganhou destaque nacional e internacional. O trabalho apresentado pelas duas surgiu após uma longa pesquisa para reaproveitamento do resíduo pó de polimento na fabricação de tijolos.“Nós queríamos desenvolver algum material sustentável. Então falamos com um engenheiro químico da

Bepo e ele falou sobre esse resíduo. Nós tínhamos várias opções de produtos como pisos e telhas, mas ele sugeriu que fizéssemos o tijolo, pois teria menos atrito e contato direto com a água da chuva, por exemplo. Nós fizemos o tijolo com diferentes porcentagens de resíduo e levamos para a UCS para fazerem testes de resistência mecânica à compressão. Alguns dos corpos de prova apresentaram praticamente o dobro de resistência comparado a um tijolo convencional e custo menor”, explica Fernanda. Conforme Fernanda, o pó de polimento gera um custo alto para a empresa fazer a destinação correta. A fabricação do tijolo, além de ser uma iniciativa sustentável, diminuiria o custo de destinação e poderia gerar um lucro extra para as empresas do ramo metal mecânico.

Após apresentar o trabalho em feiras e mostras científicas (acompanhe a trajetória no restante da reportagem), Fernanda recebeu o convite do Programa de Incentivo à Inovação e à Ciência, Jovens Inovadores, da Rede POC – Rede do Programa de Olimpíadas do Conhecimento- para participar de um festival internacional de ciências, em Edimburgo, na Escócia.

A estudante aceitou a proposta e passou 11 dias, no mês de abril, participando do Edinburgh International Science Festival

O Festival escocês acontece desde 1989 e por duas semanas movimenta a cidade de Edimburgo. Este ano o evento aconteceu do dia 5 a 20 de abril. O Brasil foi o único país convidado para participar. Fernanda viajou no dia 14, com um grupo de mais 21 jovens pesquisadores brasileiros e participou até o último dia. “O Festival contemplava todas as áreas da ciência. Participei de várias atividades, sobre tecnologia, engenharia, biologia e diversas áreas. A gente podia selecionar algumas atividades por dia que tínhamos interesse em participar. O Festival acontecia em diversos pontos da cidade e todos estavam envolvidos no evento”, conta Fernanda. Ela destaca que conheceu pontos turísticos como o Castelo de Edimburgo e o Parlamento escocês. A estudante diz que este

evento se diferencia das demais mostras que ela já participou. “Ele é um dos maiores da Europa e um dos mais prestigiados do mundo. O público podia comprar ingressos e participar das atividades. Tinham palestras, coffee breaks e bastantes discussões”, explica. Os trabalhos dos jovens brasileiros foram apresentados no último dia do Festival na Mini Maker Fair.Alguns trabalhos brasileiros foram premiados no Festival e a participação de Fernanda rendeu a ela um convite para participar de um fórum na Inglaterra, em julho. Fernanda recebeu patrocínio privado para custear a viagem internacional. Apoiaram a estudante o Colégio Mutirão Assemarcos, a Editora Positivo, a empresa Bepo,a Universidade de Caxias do Sul e a Speakeasy Escola de Idiomas.


15

Jornal São Marcos Online - Sábado / 31 de Maio de 2014

Especial

Fotos: Arquivo pessoal

Participações e premiações em Mostras Científicas

Estilista

Francieli Pellizzoni francieli@saomarcosonline.com

Como Usar: Colete de Pele Fake

O

caminho até o convite para um festival internacional foi longo. Depois de o trabalho garantir o primeiro lugar na Mostra do Mutirão conseguiu a credencial para participar da IV Mostra Científica e Tecnológica das Escolas de Ensino Médio da Serra Gaúcha(Mostraseg), na UCS, em agosto de 2012. Na Mostra da Universidade as estudantes garantiram o segundo lugar e ganharam credencial para a 27ª Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec), em Novo Hamburgo. A Mostratec é realizada anualmente pela Fundação Liberato e é a maior da América Latina no ramo.A Mostra conta com a participação de 350 projetos de pesquisa, do Brasil e de outros países, sobre diversas áreas do conhecimento humano. Em Novo Hamburgo, Fernanda e Kianne receberam o Prêmio Crea-RS de Inovação Tecnológica. A Mostratec também rendeu o convite para mais um evento, a 11ª Feira Brasileira de Ciência e Engenharia (Febrace), realizada em São Paulo, em março de 2013.

Na Mostratec, Kianne e Fernanda receberam o Prêmio Crea-RS Somente Fernanda viajou para São Paulo e representou a dupla na Feira. Na Febrace, o trabalho foi julgado por professores da Universidade de São Paulo (USP). Após quase dois anos do início do projeto, veio o reconhecimento internacional. Em fevereiro de 2014, surgiu o convite para apresentar o trabalho na Escócia. Agora, Fernanda estuda outra proposta para participar de um fórum em Londres, na Inglaterra, em julho deste ano.

Na Feira ganhamos um certificado de uma instituição americana,The ASM Materials Education Fundation, que é bem reconhecida na área das ciências dos materiais, e ganhamos o prêmio de 3° lugar destaque em empreendedorismo

Experiência e continuação da pesquisa

Fernanda viajou sozinha para a Escócia e acredita que a participação no Festival rendeu um conhecimento amplo devido ao contato com professores e estudantes de outro país

Na foto, a estudante participava da Febrace, feira que lhe rendeu o convite para o Festival escocês

Deu pra retirar muito conhecimento, porque vimos diversas áreas da ciência. Uma experiência de vida também porque conheci outro país e outras culturas

Fernanda acredita na possibilidade de comercialização do tijolo sustentável, porém afirma que seriam necessários outros testes para garantir a qualidadedo produto. “A gente só fez esse teste de resistência e tem outros milhares para fazer. Era um trabalho de ensino médio e nós não achávamos que iria tão longe. No início, eu não sabia nem o que era mos-

tra científica”, conta a jovem. A estudante ingressou na UCS em 2013, no curso de Engenharia de Produção e conseguiu Bolsa de Iniciação Científica da Universidade. Atualmente, ela trabalha durante a manhã na Speakeasy Escola de Idiomas e à tarde no programa Encorajando Meninas em Ciência e Engenharia, na UCS.

C

om o friozinho chegando, é hora de se proteger e estar bem vestida! A mulherada vai ficar quentinha e luxuosa com os coletes de pele que continuam em alta nesse inverno. Apesar de ser extremamente versátil, muita gente ainda tem dificuldade de usar a tal peça, por receio de parecer extravagante demais. Pensando nisso, resolvi reunir nesta coluna alguns dos meus looks favoritos com o uso dos coletes de pele falsa e sugestões de como usá-los sem erros. Siga estas dicas e prepare-se para receber os elogios. - Abuse do poder do high-low misturando seu colete de pele falsa com peças de estilo casual. Um par de jeans ou legging são a opção perfeita. -Aproveite que o colete é uma excelente peça para montar sobreposições e use-o por cima de jaquetas, parcas, cardigãs ou suéters. -Uma boa dica para arrematar a produção é procurar manter a silhueta feminina, acrescentando um cinto fino ou um laço em cima do colete de pele, com a intenção de definir a cintura. -Para um look rocker opte por um colete de pelo preto e mixe-o a peças de couro, de vinil e tachinhas/spikes. As camisetas podrinhas de bandas completam o mood rock n’ roll. -Agora, se a ideia é montar um look romântico, abuse de saias rodadas ou vestidos de estampa floral com um colete de pele em tonalidade mais clara – nude, bege ou tons terrosos.


16 Segurança

Jornal São Marcos Online - Sábado / 31 de Maio de 2014

Incêndios deixam vítimas

Idosas morrem em Criúva e F. Cunha

Tenente do Corpo de Bombeiros de São Marcos da dicas de prevenção Fotos: Angelo Batecini / Sãomarcosonline

Cuidado com os fogões e aquecedores neste inverno

O tenente do Corpo de Bombeiros de São Marcos, Rosalino Tormen, dá dicas básicas para prevenir princípios de incêndio. “Se tiver fogão a lenha em casa, deve manter a chaminé desentupida. Para pisos de madeira recomenda-se colocar uma chapa de alumínio próximo ao fogão. Tem que ter cuidado com as roupas que são colocadas para secar acima dos fogões. Aquecedores, se

forem elétricos, primeiro deve-se rever a instalação apropriada para não haver sobrecarga da rede. Lareiras também devem se manter limpas para não acumular restos de brasas. Crianças e idosos não podem ficar sozinhos em casa. As pessoas devem pensar bem, em caso de dúvidas podem ligar para a corporação”, aponta Tormen. O número emergencial dos Bombeiros é o 193.

Familiares aguardaram trabalho dos bombeiros que durou cerca de três horas até que o corpo fosse encontrado

O

Corpo de Bombeiros de São Marcos atendeu ocorrência de incêndio na noite da segunda-feira (12) na Linha Rosita, interior do município. O fogo teria iniciado por volta das 21h, a corporação foi acionada por vizinhos e chegou minutos depois, mas já era tarde, grande parte da residência era de madeira e foi toda consumida. Osmar Pedro Liposki, de 59 anos, e a esposa, de 54, não se feriram. A família suspeita que o ato tenha sido criminoso e registrou Boletim de Ocorrência nesta manhã de terça (13) na Delegacia de Polícia de São Marcos. Segundo o delegado Luciano Righes Pereira a investigação está em andamento, inclusive com o trabalho da Perícia nesta tarde. Dias depois, uma mulher de 87 anos morreu em um incêndio às 22h40 de quinta-feira (22) no distrito de Criúva, interior de Caxias do Sul. A casa fica na Rua 15 de Novembro, atrás da

Escola João Pilatti. A vítima foi identificada como Aurora Coraleski de Oliveira. O filho relatou à Polícia Civil que visitou a mãe várias vezes durante o dia e foi embora quando Aurora se preparava para dormir. Ele afirmou à Polícia Civil que não havia fogão à lenha ou aquecedores, que possam ter iniciado o fogo. A casa era mista e tinha dois pisos, com porão. O quarto da vítima e a saída da residência ficavam na parte da frente, mas o corpo foi encontrado nos fundos do imóvel. A perícia compareceu na residência, que foi totalmente consumida pelas chamas. O Corpo de Bombeiros de São Marcos e do quartel do bairro Cruzeiro, de Caxias, atenderam a ocorrência. Já no último domingo (25) um incêndio matou outra idosa em Antônio Prado no início da manhã. Olga Martello Brusamarello, 70 anos, estava acompanhada de dois filhos, um neto e a nora quando as chamas come-

çaram. As informações iniciais eram de que ela estava sozinha já que, segundo vizinhos relataram aos policiais, o marido dela estava viajando. As causas do incêndio ainda não estão esclarecidas. A moradia de alvenaria fica na Rua 24, área central da cidade. Os bombeiros foram acionado às 7h30min. O local foi isolado para o trabalho dos bombeiros e da perícia. Foto: Arquivo da família

Aurora Coraleski de Oliveira, de 87 anos foi velada e sepultada em Criúva na tarde da sexta-feira (23).Ela tinha quatro filhos, duas mulheres, uma delas já falecida, e dois homens, além de 13 netos e 14 bisnetos

Soldados de São Marcos e Caxias atuaram juntos no combate em Criúva


Jornal São Marcos Online - Sábado / 31 de Maio de 2014

Saúde

17

Ortodontista

Dr. Felipe Gregio felipegregio@hotmail.com

ESF Eneo José Doncatto

Inauguração oficial acontece neste sábado O Médica cubana Ana Rosa já realiza atendimentos médicos na nova unidade Alex Rizzon / Assessoria

O ESF do Tapejara funciona de segunda à sexta-feira das 7h30 às 11h30 e à tarde das 13h30 às 17h30

O

s moradores do bairro Francisco Doncatto podem utilizar os serviços da Estratégia de Saúde da Família (ESF) Eneo José Doncatto. A unidade básica entrou em funcionamento no dia 19 de maio, segunda-feira, e está localizada na Rua Francisco Stawiski, n° 420. As obras da nova unidade estavam concluídas desde janeiro de 2013. A inauguração oficial do local acontece neste sábado (31), às 10h. Os serviços oferecidos no posto de saúde são atendimento médico e dentário, serviços de enfermagem e vacinação. Agentes comunitárias também realizam visitas nas residên-

Todos os sábados nas bancas. Assine já e receba sem sair de casa!

(54) 3291-4921

cias do bairro. Nove profissionais trabalham no atendimento e quem coordena o grupo é a enfermeira Gabriela Appit. O atendimento médico é feito pela Dra. Ana Rosa Brizuela Cabello que trabalha em cinco turnos de consulta. Diabéticos e hipertensos poderão participar de encontros chamados de Hiperdia onde os moradores receberão auxílio e informações sobre as doenças uma vez por mês. O ESF funciona de segunda à sexta-feira das 7h30 às 11h30 e à tarde das 13h30 às 17h30. O atendimento nas quartas-feiras é prolongado até às 19h30 e é direcionado para os traba-

lhadores. Segundo a secretária de Saúde Mariele Sandri, o horário especial destinado aos trabalhadores funciona por livre demanda e, conforme for a necessidade, futuramente o atendimento poderá ser feito por agendamento. Outra unidade de saúde que está concluída é do distrito de Pedras Brancas. Conforme a secretária, o que impede o funcionamento do local é a falta de equipamentos que estão sendo providenciados junto ao projeto do Governo. Ela também destaca que faltam dois profissionais médicos e que deve haver mais um concurso para a área ainda este ano.

O que é a ortodontia?

rtodontia é uma especialidade odontológica que corrige a posição dos dentes e dos ossos maxilares posicionados de forma inadequada. Os dentes tortos ou mal posicionados também prejudicam a sua aparência. O tratamento ortodôntico torna a boca mais saudável, proporciona uma aparência mais agradável e dentes com possibilidade de durar a vida toda.

Como saber se preciso de um ortodontista?

Com base em alguns instrumentos de diagnóstico que incluem um histórico médico e dentário completo, um exame clínico, moldes de gesso de seus dentes e fotografias e radiografias especiais. Se você apresenta algum dos problemas abaixo, pode ser um candidato para o tratamento ortodôntico: Sobremordida: Nos casos de sobremordida, os dentes anteriores superiores recobrem quase 100% dos dentes inferiores, conferindo um sorriso desagradável e problemas mastigatórios. Os dentes inferiores podem, inclusive, estar tocando no palato e na gengiva do arco superior. Mordida cruzada anterior: Quando a arcada inferior está projetada muito à frente ou a arcada superior se posiciona muito atrás. Mordida cruzada: Ocorre quando a arcada superior não fica ligeiramente à frente da arcada inferior ao morder normalmente. Mordida aberta: Espaço entre as superfícies de mordida dos dentes anteriores e/ou laterais quando os dentes posteriores se juntam. Desvio de linha mediana: Ocorre quando o centro da arcada superior não está alinhado com o centro da arcada inferior. Diastema: Falhas, ou espaços, entre os dentes como resultado de dentes ausentes ou dentes que não preenchem a boca. Apinhamento: Ocorre quando existem dentes demais para se acomodarem na arcada dentária pequena e acabam se colocando de forma desorganizada. Diante de qualquer um destes casos, provavelmente seja necessário o tratamento ortodôntico, consulte seu dentista!


18

Estudante de Jornalismo

Jornal São Marcos Online - Sábado / 31 de Maio de 2014

Cultura

Nathália Rech Magrin nathalia.magrin@gmail.com

In Volver Experimentus

“Amoras, Amando E Memórias” estreia neste sábado, 31

Você já ouviu falar em FIB?

nquanto os países que seguem os modelos tradicionais de desenvolvimento têm como objetivo principal o crescimento econômico, o conceito de Felicidade Interna Bruta (FIB) se baseia no princípio de que o verdadeiro desenvolvimento de uma sociedade surge quando o espiritual e o material são simultâneos, se complementando mutuamente. Felicidade Interna Bruta (FIB) é um indicador sistêmico criado em 1972 pelo rei do Butão, Jigme Singya Wangchuck. Desde então, o reino butanês, com o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, começou a colocar este conceito em prática, atraindo a atenção de todo o mundo com sua nova fórmula para medir o progresso de sua nação. Ou seja, o cálculo da “riqueza” de cada país deveria considerar aspectos que vão além do desenvolvimento econômico, como a conservação do meio ambiente e a qualidade da vida das pessoas.

In Volver Experimentus apresentou, em 2013, o espetáculo Pessoa.com.Um, dirigido por Carina Benato

O

grupo In Volver Experimentus, dirigido por Carina Benato, apresenta seu quarto espetáculo “Amoras, Amando Memórias” nos dias 31 de maio, sábado, e 1º de junho, domingo, no Auditório Joaquim Grison, anexo a prefeitura de São Marcos. No sábado, a apresentação inicia às 20h e no domingo às 19h, com duração de uma hora e dez minutos. Foram disponibilizados 200 ingressos por dia. Uma semana antes darealização do espetáculo 99% haviam sido vendidos. A coreógrafa projeta apresentar, em breve, o Amoras em Caxias do Sul. Pela primeira vez o grupo conta com o apoio da prefeitura de São Marcos.

O espetáculo fará as pessoas se identificarem com suas vidas fortalecendo vínculos de família

Carina Benato revela que o nome do espetáculo foi criado em uma reunião de amigos na casa do músico Daian Gobbi, que também participa das apresentações com seu acordeon. “Nós estávamos comendo amora há um ano e meio atrás, eu, ele e a Manu Gasparotto. Ele disse ‘eu lembro que uma vez foi filmado eu e meu sobrinho comendo amora no pé’. A Manu disse ‘amoras, memórias’, porque

Após, grupo apresentará Amoras, Amando Memórias também em Caxias do Sul ele falou na memória dele. O Daian falou ‘coloca para o próximo espetáculo ‘Amoras, Amando Memórias’. A gente criou junto esse slogan”, lembra a diretora. Amoras, Amando Memórias será apresentado com o intuito de provocar lembranças no público, criando uma identidade ao assistir o espetáculo. “Pra mim tem haver com revisitações. Acho que todos os que assistirem vai se voltar pra si e lembrar de suas memórias afetivas, se identificar com várias fases da vida”, conta Daian. “Ele tem uma atmosfera melancólica, nostálgica, riquíssima em lembranças”, complementa Carina. Mas, isso não quer dizer que o espetáculo é voltado para pessoas mais velhas. A apresentação é dedicada a todas as idades, porque todos serão capazes de se identificar ou com as músicas, ou cenário, ou figurinos. “A partir do momento em que o ser humano atinge uma certa idade e começa ter a noção de passado, presente e futuro já está apto a assistir Memórias e se sentir tocado por ele”, aponta o músico. “As associações

e ligações que as pessoas vão fazer depende de suas vivências, sempre vai ser assim, mas elas vão se sentir sensibilizadas de alguma forma”, considera a coreógrafa. “Até fortalece alguns vínculos. Tecnologia, transformação, acaba fazendo com que uma geração não se sinta mais pertencente a outra. Talvez o espetáculo ajude a fazer esse fio condutor”, prevê Daian.

GRUPO RECEBE R$ 5 MIL

No dia 12 de maio, segunda-feira, foi aprovado por unanimidade na Câmara de Vereadores de São Marcos o Projeto de Lei do Executivo nº 27/2014, que autoriza o Poder Executivo Municipal a repassar R$ 5 mil para a Associação Grupo Danças In Volver Experimentus. “Achamos muito importante o que aconteceu, pois significa uma luz no fim do túnel. Porém, acreditamos ter mais que urgente a criação de políticas permanentes para o fomento da arte no município, como um fundo municipal de cultura que possa angariar verbas através de uma LIC, Lei Rouanet, etc., como já acontece em outros municípios e funcionam bem, dando alternativas para o artista sobreviver. Mas acima disso tudo, minha gratidão”, manifesta a diretora do grupo, Carina Benato.

As diretrizes do FIB apontam a necessidade de uma integração entre o desenvolvimento material, o psicológico, o cultural e o espiritual. As nove dimensões do FIB são:

1) Bem-Estar Psicológico: avalia o grau de satisfação e de otimismo de cada indivíduo em relação a sua própria vida; 2) Saúde: mede a eficácia das políticas de saúde, com critérios como autoavaliação da saúde, padrões de comportamento arriscados, exercícios, sono, nutrição, invalidez, etc.; 3) Uso do Tempo: é um dos mais significativos fatores na qualidade de vida, especialmente o tempo para lazer e socialização com a família e os amigos; 4) Vitalidade Comunitária: foco nos relacionamentos e nas interações dentro das comunidades; 5) Educação: leva em conta vários fatores como participação em educação formal e informal, competências, envolvimento na educação dos filhos, valores em educação, educação ambiental, etc.; 6) Cultura: avalia as tradições locais, festivais, valores, participação em eventos culturais, oportunidades de desenvolver capacidades artísticas, e a discriminação por causa de religião, raça ou gênero; 7) Meio Ambiente: mede a percepção dos cidadãos quanto à qualidade da água, do ar, do solo e da biodiversidade; 8) Governança: avalia como a população enxerga o governo, a mídia, o judiciário, o sistema eleitoral e a segurança pública em termos de responsabilidade, honestidade e transparência; 9) Padrão de Vida: avalia a renda individual e familiar, a segurança financeira, o nível de dívidas, a qualidade das habitações, etc. Se você gostou do assunto e quiser ampliar as informações, basta acessar o site: http://www.felicidadeinternabruta.org.br/


19

Jornal São Marcos Online - Sábado / 31 de Maio de 2014

Cultura

In Volver Experimentus

de”, explica.

‘ARTE É TRABALHO’

Pessoa.com.Um, que foi mais denso, o Amora, Amando Memórias está mais leve. “Eu como criadora de boa parte do espetáculo, é incrível, porque o momento de Pessoa eu estava revolucionária, eu estava me autodescobrindo com crises existenciais, aí essas coisas se acalmaram um pouco em mim e surge Amoras, que também reflete a minha calmaria”, analisa. No mesmo debate, Daian complementa o raciocínio de Carina.

A trilha é a atmosfera do espetáculo

C

arina Benato e seu grupo, composto por dez intérpretes, Joice Miotto Perozzo, Ana Paula Cechinato, Roberta Pellizzari Tisott, Gabriela Gobbi, Evandissa Rizzon, Vivian Cioato Rizzon, Maria Alice Grison, Magali Fortunatti e Thaís Santini Lanzarin, trabalharam um ano e meio no Amoras para que pudessem apresentá-lo. Os ensaios do In Volver Experimentus acontecem entre duas e três horas por semana no Auditório Joaquim Grison. Os músicos, Daian Gobbi (acordeon) e Luiz Felipe Dal Zotto (piano), são contratados pelo grupo. Eles fazem um trabalho paralelo aos ensaios do In Volver Experimentus. Daian compõe as trilhas musicais do espetáculo. “Tanto as músicas gravadas quanto as tocadas ao vivo são antigas, mas extremamente contemporâneas”, frisa. Assim como as demais, a trilha tema do espetáculo, chamado Amoras, foi composta por Daian em março de 2013. “O tema é atual composto para piano e acordeon, mas ele remete a uma ancestralidade que está embutida naquela sonorida-

“A trilha é a atmosfera do espetáculo”, finaliza Carina Benato. Após apresentar a trilha Amoras para as bailarinas, começou um processo de revisitação em cada uma. “Qualquer coisa que se faça em termos artísticos tem que ser sincero. Se aquilo não me emociona, como vou fazer com a intenção de emocionar alguém?”, reflete o músico Daian Gobbi. A cada espetáculo há um tema diferente. Este ano, as bailarinas tiveram muitas aulas de balé clássico para deixar o corpo mais tonificado, além de trabalhar a linguagem teatral. O público que já assistiu aos outros espetáculos de Carina notará a diferença que este trará. “A gente sempre fala muito nos espetáculos, mas este tem algumas novidades”, adianta a diretora. Carina apontou o árduo trabalho desenvolvido até chegar a um bom resultado. “A apresentação é só o resultado de um processo grandioso, de um projeto trabalhosíssimo, de meses filosofando, e que a maioria das pessoas não sabe disso. Temos que educar o público para entender que arte é trabalho, tem que ter muito estudo”, argumenta. Também

Arte é a necessidade de colocar alguma coisa para fora

por falta de incentivo e condições de levar os espetáculos a outras regiões, o grupo In Volver Experimentus acaba guardando seus trabalhos após apresentar em São Marcos e em Caxias. “O trabalho é tanto, que é meio frustrante apresentar duas noites, repetir uma vez em Caxias e depois acaba engavetado”, comenta Daian. Nesta mesma linha de pensamento, o sucesso de uma apresentação não está baseado em quantidade de público, mas em conseguir semear a arte nos que estão presentes, provocando sua inquietude. “A crítica de fomento não pode ser basea-

da em quantidade, não pode pensar que uma coisa pra dizer que deu certo teve que lotar o local”, aponta Daian. “Se tiver cinco pessoas ali que saíram felizes e fomentadas já fizemos a nossa parte, não é a quantidade, é a qualidade”, conclui Carina. O fio norteador nos espetáculos produzidos por Carina Benato é levar a reflexão a respeito de algum tema. Daian vai além e cita a presença do belo. “É feito também para que a pessoa contemple os elementos da apresentação. Arte é isso”, afirma. Carina lembra seu mais recente espetáculo apresentado em 2013, o

“Arte é a necessidade de colocar alguma coisa pra fora, e se ela é sincera, ela vai traduzir um pouco os momentos emocionais de quem está fazendo”, acredita. Carina também dirige o grupo (Re)Inventar, criado em março de 2013, e já possui 12 intérpretes. Ambos os grupos estão abertos para receber novos membros, porém é necessário passar por uma avaliação com a coreógrafa antes de começar os ensaios. A diretora aproveita para fazer um agradecimento especial aos envolvidos nos bastidores do Amoras, Amando Memórias que fazem o espetáculo acontecer.


Campestre é a 7ª cidade brasileira com maior igualdade social

C

ampestre da Serra está em entre as cidades mais igualitárias do Brasil. A cidade ficou em 7° lugar entre todas as cidades brasileiras. O dado foi divulgado pela Revista Exame no dia 25 de abril, baseado no Índice de Gini de 2013. O Índice de Gini é um cálculo usado para medir a distribuição de renda e igualdade social. Quanto mais uma cidade se aproxima do número 1, mais desigual é a distribuição de renda e riqueza, e quanto mais próximo do número 0, mais igualitária será aquela cidade. O indicador foi levantado por meio dos dados do IBGE 2010 e divulgado no Atlas 2013 da ONU. Em 1991, Campestre possuía 0,39 no Índice. Após 23

anos, este número diminui e hoje está em 0,31 com uma população de 3.247 habitantes. Conforme apontou o Índice, a cidade com maior igualdade do país é São José do Hortêncio, no Rio Grande do Sul, com um indicador de 0,28. Nas 10 primeiras posições destacam-se ainda mais seis municípios gaúchos. Alto Feliz está em 3° lugar; São Vedelino em 4°; Vale Real na 5ª posição; Santa Maria do Herval em 6°; Tupandi na 8ª posição e em 10° lugar Morro Reuter.


Edição 44