Issuu on Google+

Escola Abranches Ferrão PES/ Clube de Saúde 2013/14


Bullying

É um termo inglês utilizado para descrever actos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo (bully ou "valentão") ou grupo de indivíduos com o objectivo de intimidar, humilhar, controlar ou agredir outro indivíduo (ou grupo de indivíduos) incapaz (es) de se defender. Também existem as vítimas/agressoras, ou autores/alvos, que em determinados momentos cometem agressões, porém também são vítimas de bullying pela turma.


Tipos de Bullying 

Físico -qualquer tipo de violência cujo objectivo é deixar marcas.

Emocional e psicológico – amedrontar, gozar, excluir das relações sociais

Racista- objectivo humilhar com base na cor da pele e nas diferenças culturais ou religiosas;

Cyberbullying – utilização da internet ou telemóvel para difamar, divulgação de imagens embaraçosas, mensagens ameaçadoras e comentários caluniosos;


Quem são os Bullies? Os que se acham os maiores, mais velhos e mais fortes Os que encaram o papel de vilão –”arruaceiro popular” Atitude dominadora, show off -“machão e boazona” Os que têm necessidade de reconhecimento, falta de empatia e intolerantes

Quem são as vitimas? 

Os “nerds”

Vulnerabilidade fisica ( deficiência, baixa estatura, excesso de peso e uso de óculos

Os marrões, os gagos e tímidos

Atitude submissa”cala e come”, “fraco” e “gata borralheira”

Os que fogem e evitam os outros , com baixa auto-estima

e necessidade de segurança


Características do bullying O bullying contém 3 elementos essenciais: • O comportamento é agressivo e negativo; • O comportamento é executado repetidamente; • O comportamento ocorre num relacionamento onde há um desequilíbrio de poder entre as partes envolvidas.


Como actuam os bullies? Os bullies usam principalmente uma combinação de intimidação e humilhação para atormentar os outros. Alguns exemplos das técnicas de bullying: 

Insultar a vítima;

Acusar sistematicamente a vítima de não servir para nada;

Ataques físicos repetidos contra uma pessoa, seja contra o corpo dela ou propriedade;

Interferir com a propriedade pessoal de uma pessoa, livros ou material escolar, roupas, (…) danificando-os;

Espalhar rumores negativos sobre a vítima;

Depreciar a vítima sem qualquer motivo;

Fazer com que a vítima faça o que ela não quer, ameaçando a vítima para seguir as ordens;

Colocar a vítima em situação problemática com alguém

Fazer comentários negativos sobre a família de uma pessoa (particularmente a mãe), aparência pessoal, orientação sexual, religião, etnia, nacionalidade, etc.;

Fomentar o Isolamento social da vítima (pôr de parte);

Usar as tecnologias de informação para praticar o cyberbullying (criar páginas falsas sobre a vítima em sites de relacionamento, de publicação de fotos etc).

Chantagem.

Expressões ameaçadoras.

Grafitagem depreciativa.

Usar de sarcasmo evidente para se passar por amigo (para alguém de fora) enquanto assegura o controle e a posição em relação à vítima (isto ocorre com freqüência logo após o bully avaliar que a pessoa é uma "vítima perfeita").


Sintomas das vitimas de Bullying 

Desinteresse pela escola e trabalhos de casa

Hematomas e outras lesões no corpo, roupa rasgada

Dores de cabeça, barriga, inexplicáveis

Deixar de comer

Insónias e pesadelos

Tristeza, isolamento e depressão

Preferir a companhia dos adultos

De repente começar a fazer Bullying

Falar em suicídio


O que se pode fazer para evitar e ajudar as vítimas de bullying? 

Ter um grupo de amigos e nunca andar sozinho

Mostrar confiança na resolução do caso e tentar que desabafem

Ser sensível, dar sempre apoio e não desistir

Tentar saber o que aconteceu, quando, com quem, como e porquê;

Não dizer para retaliar nem ignorar o agressor;

Para os Pais:

Diga ao seu filho que ninguém merece ser vítima de bullying;

Mantenha-se calmo;

Seja sensível ao facto de o seu filho se sentir humilhado;

Peça ao seu filho para escrever os sentimentos sobre o sucedido;

Explique-lhe que é normal sentir-se ferido, com medo ou raiva;

Ensine-o a ser assertivo, não agressivo;

Comunique à escola todos os episódios;

Fotografe as marcas de agressões;

Inclua o seu filho na tentativa de encontrar uma solução;


Consequências 

Perturbações Físicas e Psicológicas graves

Abandono escolar

Isolamento social

Suicídio


N達o fumar!!!


Fumar!!! 

Fumar prejudica a sua saúde e de todos os que o rodeiam. O cigarro é um dos produtos de consumo mais vendidos no mundo. Comanda legiões de compradores leais e tem um mercado em rápida expansão. Satisfeitíssimos, os fabricantes orgulham-se de ter lucros impressionantes, influência política e prestígio. O único problema é que seus melhores clientes morrem depressa…


Porque se fuma? Vários são os factores que levam as pessoas a experimentar o cigarro ou outros derivados do tabaco: • Influência dos colegas, ídolos e “amigos” • Publicidade maciça do cigarro nos meios de comunicação, apesar da lei de restrição à propaganda (Dez. 2000) • Influência dos pais, professores


Consequências do tabaco 

Um cigarro tem 40 produtos químicos que provocam alergias e causam dependência física e psíquica.

Também envelhece a pele como podemos ver na imagem.

Provoca cancro dos pulmões, boca e laringe

Promove o enfarte do miocárdio e AVCs

Provoca alergias, asma e bronquite


Como parar de fumar 

Se está a tentar deixar de fumar tenha força de vontade

Evite o uso de nicotina, adesivos ou, sprays porque esse produtos causam dependência.

Quando estiver com vontade de fumar coma uma pastilha ou um rebuçado,

Se pegar num cigarro mas tiver força de vontade, para deixar de fumar, parta o cigarro ou deite o maço para o lixo.


Como prevenir 

Não acompanhar com fumadores

Não entrar em locais onde se possa fumar ou em locais onde haja fumo.

Praticar exercício físico e uma alimentação saudável.


Adolescência e Conflitos de gerações


Adolescência

Adolescência é uma das etapas do desenvolvimento humano caracterizada por alterações físicas, psíquicas e sociais, sendo que estas duas últimas recebem interpretações e significados diferentes dependendo da época e da cultura na qual está inserida. Segundo a Organização Mundial da Saúde, adolescente é o indivíduo que se encontra entre os dez e vinte anos de idade. O adolescente procura entender quem é e qual o seu papel na sociedade em que vive: interessa-se por problemas de ordem moral e ética e, por vezes, adopta ideologias.


Adolescência e Conflitos de gerações Na adolescência é provável haverem conflitos com os pais, visto que os jovens têm a necessidade de se sentirem livres, mas por vezes, os pais não aceitam, pois querem proteger os seus “rebentos”. Nesta fase os adolescentes prezam a sua privacidade e a maioria deles não se abrem com os pais, começando a criarem um mundo só deles. Ao longo da vida surgem muitos amigos, sendo que todos eles contribuem de uma forma ou outra para a nossa construção enquanto cidadãos. Nesta altura os amigos são muito importantes, pois estes estão a passar pelas mesmas situações que nós, compreendendo-nos muitas vezes melhor que os pais. Os mesmos são também um forte apoio.


O que é a sida? 

Síndrome

Imuno

Deficiência

Adquirida

A sida não é uma doença mas um vírus (VIH) que ataca o sistema imunitário, destruindo-o e permitindo a ocorrência de doenças oportunistas. Como por exemplo: -Pneumonia -Tuberculose -Gripe


Como se transmite? 

Via sexual – é importante sempre usar preservativo.

De mãe para filho – sempre que se pensa numa gravidez devem fazer-se testes de despiste da SIDA e outras doenças.

Via sanguínea – não partilhar objectos cortantes como seringas, lâminas de barbear, escova de dentes. Usar sempre material descartável e esterilizado


Prevenção 

Utiliza sempre preservativo, não facilites!

  

O material cortante pode ser desinfectado com lixívia, durante 15 minutos.

  

A mãe a amamentar também transmite o vírus.

Sempre que tiveres de usar seringa prefere descartáveis

  

 

Sempre que tiveres dúvidas, não facilites, conversa com os teus pais e professores.


Fórum17fev