Page 1

PARÓQUIA

SÃO CRISTÓVÃO Fevereiro de 2013 - Edição 59

CORDEIROS - ITAJAÍ / SC

Padre Hélio é novo pároco

PÁGINA 5 Padres Hélio e Sérgio são acolhidos pela comunidade paroquial.

Pe. Cleber é ordenado PÁGINA 6

Santa Maria, Mãe de Deus PÁGINA 6

Preparação para a JMJ PÁGINA 8

Pe. Nelson se despede PÁGINA 4


07

PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO

Padres Dehonianos assumem as Alcoólicos funções pastorais no Santuário Anônimos de Santa Paulina em Nova Trento posse

Padre Nelson assumiu a função de capelão

No dia 20 de janeiro, no Santuário Santa Paulina. Ocorreu a posse do padre André Borges da Silva scj. Padre André é da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, assim como padre Nelson Tachini scj que também passa a auxiliar nos trabalhos do Santuário. Padre André falou em seu agradecimento que é um novo desafio que Deus confia a ele e aos padres do Sagrado Coração de Jesus. Falou ainda da nova missão e a certeza que com as irmãzinhas desempenharão um bom trabalho em prol a evangelização e em prol de tornar Jesus a adorado e seguido a partir do Santuário de Santa Paulina. OS PADRES Padre André é natural de Passo Fundo (RS) e tem 32 anos, sendo sete dedicados à vida religiosa e pouco mais de um ano de ordenação sacerdotal. Ele realizava sua missão em Brusque, no Seminário do Sagrado Coração de Jesus. Padre Nelson, natural de Botuvera (SC), Deixou a Paróquia de São Cristóvão Itajaí, para ajudar padre André nesta grande missão de evangelização.

O nome Alcoólicos Anônimos lhe é familiar? Alcoólicos Anônimos é uma irmandade de homens e mulheres que compartilham suas experiências, forças e esperanças, a fim de resolver seu problema em comum, e ajudar outras a se recuperarem do alcoolismo. O único requesito para se tornar membro é o de parar de beber. NÃO HÁ TAXAS OU MENSALIDADES. SE O SEU CASO É BEBER, NÃO PODEMOS EVITAR. SE O SEU CASO É PARAR DE BEBER, PODEMOS EVITAR. GRUPO NATUREZA RUA ODÍLIO GARCIA, 443 IGREJA SÃO CRISTOVÃO BAIRRO CORDEIROS REUNIÕES: 3º e 5º - Feiras as 20:00 hs. DISK A.A 3348-6700 E-mail:estaaitajaisc@terra. com.br


02

PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO

Palavra do Padre Leitura de cada dia Padre Nivaldo de Souza, SCJ Alguém ainda fala ou, quem sabe, ainda se lembra de 2012? Passaram-se as festas religiosas e civis de fim de ano. Mas, nossas cabeças ainda “estão nas férias”. Quero lembrar, nesta primeira “Palavra do Padre” de 2013, algumas coisas importantes: rever um pouco o ano que passou e agradecer, pedir perdão e também pedir ajuda. Obrigado, Senhor, que nos fizeste ter vivido mais um ano. A vida é dom teu! Tu no-lo conservaste porque estiveste presente em cada um de nós e no nosso agir. Perguntemo-nos: o que fizemos com este dom em 21012? Obrigado, Senhor, porque suportaste nossas misérias e infidelidades. Aquelas que muitos viram, mas principalmente aquelas que só Tu e eu conhecemos. Obrigado, Senhor, porque estiveste muito próximo de nós com teu auxílio e com tua graça. Tu nos deste a graça de ter utilizado o tempo para a tua glória e para o bem das pessoas e nosso. Perguntemo-nos: como correspondemos a tantas coisas boas, como inspirações para o bem, nossa consciência, a Palavra, os ensinamentos da Igreja, os conselhos de pesssoas boas? Perdão, Senhor, pelo bem que não fizemos, pelo mal que cometemos e pelo peso que fomos para tantos irmãos e irmãs.Dá-nos tua ajuda, Senhor, neste ano que começa. Ajuda para viver: saúde, força, trabalho e todos os meios necessários... Senhor, queremos viver como pessoas humanas, usando as riquezas naturais que Tu nos concedeste. Que saibamos usar bem da nossa inteligência, com capacidade desinteressada de sentir, querer e amar. Que saibamos viver como cristãos, conservando a fé, alimentando a esperança, robustecendo a caridade e mantendo-nos na tua graça. Ajuda-nos, Senhor, a viver como bons cristãos, realizando toda a riqueza da tua graça, sendo um membro vivo da tua Igreja e mais... sendo, na família, no ambiente de vida e no mundo, um testemunho do teu amor. E ainda, Senhor, pedimos que abençoes o nosso novo pároco, Pe. Hélio Feuser. Que ele seja a manifestação viva da Tua presença entre nós. Abençoa também o novo Vigário Paroquial, Pe. Sérgio Luis da Costa. Abençoa, Senhor, todos os padres que são teus instrumentos de vida para teus filhos e filhas na Paróquia São Cristóvão, de Cordeiros, Itajaí.

01/02 Hb 10,32-39 / Sl 37 / Mc 4,26-34 - 02/02 Ml 3,1-4 / Sl 24 / Hb 2,1418 / Lc 2,22-40 - 03/02 Jr 1,4-5.17-19 / Sl 711 / Cor 12,31-13,13 / Lc 4,21-30 - 04/02Hb 11,32-40 / Sl 31 / Mc 5,1-20 - 05/02 Hb 12,1-4 / Sl 22 / Mc 5,21-43 - 06/02 Hb 12,4-7.11-15 / Sl 103 / Mc 6,1-6 07/02 Hb 12,18-24 / Sl 48 / Mc 6,7-13 - 08/02 Hb 13,1-8 / Sl 27 / Mc 6,14-29 - 09/02 Hb 13,15-21 / Sl 23 / Mc 6,30-34 - 10/02 Is 6,1-8 / Sl 138 / 1Cor 15,1-11 / Lc 5,1-11 - 11/02 Gn 1,1-19 / Sl 104 / Mc 6,53-56 - 12/02 Gn 1,20-2,4a / Sl 8 / Mc 7,1-13 - 13/02 / Jl 2,12-18 / Sl 51 / 2Cor 5,20-6,2 / Mt 6,1-6.16-18 - 14/02 Dt 30,15-20 / Sl 1 / Lc 9,22-25 - 15/02 Is 58,1-9a / Sl 51 / Mt 9,14-15 16/02 Is 58,9b-14 / Sl 86 / Lc 5,27-32 17/02 Dt 26,4-10 / Sl 91 / Rm 10,8-13 / Lc 4,1-13 18/02Lv 19,1-2.11-18 / Sl 19 / Mt 25,31-46 - 19/02 Is 55,10-11 / Sl 34 / Mt 6,7-15 20/02 / Jn 3,1-10 Sl 51 / Lc 11,29-32 21/02 Est 4,17n.p-r.aa-bb.gg-hh Sl 138 Mt 7,7-12 - 22/02 1Pd 5,1-4 / Sl 23 / Mt 16,13-19 - 23/02 Dt 26,16-19 / Sl 119,1-8 / Mt 5,43-48 24/02 Gn 15,5-12.17-18 / Sl 27 / Fl 3,17-4,1 / Lc 9,28b-36 - 25/02 Dn 9,4b-10 / Sl 79 / Lc 6,36-38 - 26/02 Is 1,10.16-20 / Sl 50 / Mt 23,1-12- 27/02 Jr 18,18-20 / Sl 31 / Mt 20,17-28 - 28/02 Jr 17,5-10 / Sl 1 / Lc 16,19-31

Editorial

Saudades

A primeira edição deste ano tem sabor de saudade, pois nos despedimos do nosso pároco, Pe. Nelson, e de um dos nossos vigários, Pe. SilAGRADECIMENTO vano. Veremos o depoimento deles sobre o período em que trabalharam em nossa paróquia e conheceremos mais sobre o nosso futuro pároco, Quero que este meu agradecimento seja para todos os que se sensibilizaram Pe. Hélio.

com a festa da posse do novo pároco e vigário paroquial da Paróquia São Cristóvão, respectivamente, os padres Hélio Feuser e Sérgio L. Da Costa. A noite do dia 27 de janeiro de 2013 ficará na memória dos nossos paroquianos e visitantes. Falando em visitantes, foram muitos os amigos do Pe. Hélio, de Brusque e outros lugares, que vieram prestigiá-lo. Essas pessoas admiraram muito a nossa Paróquia e a sua organização. Queremos dar um destaque à presença dos parentes do Pe. Hélio. Da mesma forma sentiram-se bem e gostaram do ambiente de trabalho e de vida em que o irmão sacerdote irá exercer o seu ministério.Foi elogiável a colaboração das lideranças da Igreja Matriz e de todas as suas 16 comunidades. Deus abençoe a generosidade do seu tempo e, sobretudo, de sua presença e participação em tudo. Não quero citar nenhum nome, pois, foi a nossa paróquia São Cristóvão que mostrou a grandeza do seu coração ao acolher o Pe. Hélio e o Pe. Sérgio. Demos um exemplo de organização. Tudo estava muito bem feito, desde a decoração até os mínimos detalhes da liturgia. Parabéns!

Bom início de ano e boa leitura!

PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO - CORDEIROS ITAJAÍ-SC

EXPEDIENTE PAROQUIAL Terça a Sexta 7h30 às 11h30 - 13h30 às 17h30 Sábados 8h às 11h30

ENDEREÇO Rua Odílio Garcia, 445 Bairro Cordeiros Fone: (47) 3341-1408


O CRISTÓVÃO

05

A Paróquia São Cristóvão acolhe seus novos pastores Em missa festiva, nossas comunidades acolheram Pe. Hélio Feuser nosso novo pároco e Pe. Sérgio como vigário paroquial. novos padres

Padre Hélio Feuser nasceu no dia 30 de novembro de 1966, em Vargem do Cedro, município de São Martinho, SC. Desde a infância, quiz ser padre. Ingressou no seminário em 1984, em Curitiba. Fez seus estudos formativos em Jaraguá do Sul, Brusque e Taubaté. Fez seus primeiros votos religiosos no dia 25 de fevereiro de 1989, em Jaraguá do Sul. Foi ordenado sacerdote no dia 03 de janeiro de 1998, em Vargem do Cedro. Ainda neo-sacerdote, trabalhou, por dois anos, na Paróquia Sagrado Coração de Jesus, Joinville. No ano 2000 foi trabalhar no Seminário São Miguel, na cidade de Crissiumal, Rio Grande do Sul, permanecendo ali por 07 anos. Nesse período fez parte, como conselheiro, do Governo Provincial da Província Brasileira Meridional dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus. Em 2007, esteve em Roma para um curso de formadores dehonianos, ocasião em que também participou do curso para formadores da Univer-

sidade Salesiana de Roma. Em 2009, assumiu a direção da Casa Padre Dehon, Brusque, onde trabalhou também na formação seminarística e na realização de retiros. Padre Hélio é uma pessoa alegre e de boa convivência. São conhecidos alguns dos seus dotes: viver em grupo, pescar, cozinhar, cuidar de plantas, ouvir boas músicas... A partir de 2013, Padre Hélio estará assumindo, como pároco, a Paróquia São Cristóvão, Cordeiros, Itajaí A ele, desejamos as bênçãos de Deus para o seu novo campo de ministério sacerdotal. Seja bem vindo, Padre Hélio. Sinta-se bem acolhido, como verdadeiro pai espiritual, pelos seus novos paroquianos Gostaríamos de dizer a ele, o que ele mesmo disse quando de sua ida para a Casa Padre Dehon: “Bendito o que vem em nome do Senhor”.

www.rodocordas.com.br


04

PARÓQUIA SÃO

Despedida e Agradecimentos a Paróquia e o quanto o Senhor Deus nos oferece quando todos colaboram. Sintamo-nos alegres, mesmo diante de nossas deficiências, pois, sob a ótica divina, somos testemunhas de seu Reino. Tomo as palavras de Bento XVI por ocasião do ano da Fé: “Os cristãos são chamados a fazer brilhar, com sua própria vida no mundo, a Palavra da Verdade que o Senhor Jesus nos deixou”. Esta é a razão da nossa fé. Espero ter contribuído um pouco para a afirmação e aprofundamento da fé dos cristãos católicos desta Paróquia ao longo destes 699 dias de trabalho pastoral. Muitas foram as ações pastorais que, ao longo deste tempo, beneficiaram os fiéis e a comunidade paroquial no seu todo.

Esta paróquia que deixo somente pela ausência física permanecerá guardada na minha vida como mais uma lavoura que Deus me confiou ao meu ministério sacerdotal. Ser padre é seguir o convite de Cristo para evangelizar pela palavra, pelo testemunho, pelas ações e pela presença. Não é possível permanecer sempre num mesmo lugar. Deus, a hierarquia da Igreja e o apóstolo Paulo não estabelecem para cada lugar um tempo para permanecer na pregação e nos trabalhos da vida apostólica. O evangelizador desprendido nunca pensa estacionar pensando ser ele o maior responsável pela divulgação do Reino. Pois a palavra do Reino cresce desde que lançada, adubada, regada e cultivada pelo semeador. É o Senhor que a faz crescer, na medida da acolhida de seu povo. A Escritura nos diz: “Eu plantei; Apolo regou, mas é Deus quem fazia crescer” (1Cor 3,6). Tendo consciência de que a ação de Deus não está presa à minha pessoa de sacerdote, diante de cuidados maiores

que requer minha saúde, é que tomei a decisão de pedir meu deslocamento para um lugar onde o trabalho seja menos exaustivo. A razão de realização pessoal e sacerdotal não depende do apego aos bons momentos vividos nas atividades pastorais, em geral numa Paróquia, mas, isso tem me ajudado a crescer e me sentir realizado e feliz. E você, agente de pastoral, nem imagina o quanto contribuiu para tanto. Sua presença, seus cumprimentos, seu empenho, seu respeito e todas as ações realizadas, com sucesso, foram causa de minhas alegrias de um coração sacerdotal. Lembre-se, então, das reuniões, das formações, de nossas festas, das liturgias, dos grandes momentos que a Paróquia viveu. Esses momentos não podem ser revividos, mas lembrados e, desde que lembrados, fazem parte da minha história pessoal. Sou grato à Paróquia, às comunidades, às lideranças leigas católicas, aos

colaboradores (funcionários), aos sacerdotes e diáconos, aos empresários, ao poder público político e militar por todo apoio e auxílio recebido em minha estadia nesta cidade, mas, particularmente, no que diz respeito à ajuda à Paróquia de São Cristóvão. Vosso empenho tornou possível o que hoje é

Meu agradecimento aos sacerdotes, aos diáconos, aos colaboradores leigos que muito se empenharam nas atividades pastorais, movimentos, associações e em tudo o que pertence à vida da comunidade paroquial. Desejo ao Pe. Hélio Feuser, ao Pe. Nivaldo e ao Pe. Sergio da Costa pleno êxito no exercício de seu ministério sacerdotal nesta Paróquia.

Padre Nelson Tachini, SCJ

ANUNCIE AQUI! 3341-1408


PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO

03

Celebrações e festividades marcaram os meses de dezembro e janeiro na Paróquia DEZEMBRO A comunidade Imaculada Conceição localizada no bairro Murta comemorou o dia da padroeira com festa nos dias 07 e 08 de dezembro. A missa do dia 08 de dezembro foi marcada com agradecimento ao padre Nelson que deixaria a Paróquia São Cristóvão dias depois. Confira algumas fotos do evento. Para a comunidade Santa Luzia a proposta da festa deste ano foi diferente. Ocorreram celebrações nos dias 10 11 e 12 de dezembro e missa festiva dia 13 de dezembro. Na missa festiva houve bênção dos olhos pedindo a intercessão de Santa Luzia. Santa Luzia é protetora dos olhos e da visão. Após a missa houve jantar com delicioso estrogonofe. No dia 21 de dezembro o Grupo Teatral da Paróquia São Cristóvão encenou um belíssimo teatro a toda comunidade e povo de Itajaí. Aproximadamente 300 pessoas se encontraram para prestigiar o grande sentido do Natal apresentado por crianças, jovens e adultos, emocionando as pessoas que ali estavam passaram o verdadeiro sentido do Natal que hoje em dia está perdido nas famílias e comunidade. Com grande alegria no dia 24, a matriz de São Cristóvão celebrou o Natal do Senhor. Com motivação padre Nelson, falou à toda a comunidade para viver o verdadeiro sentido do Natal, que é o Menino Jesus. Após a comunhão o grupo de coroinhas da Matriz encenou o belíssimo momento do nascimento de Jesus Menino, sendo levada a imagem do Jesus Menino à Manjedoura e lá dada á benção ao presépio e ao povo em geral, foi celebrado com fé e alegria!

Rua: Cesar Augusto Dalçóquio, 1485 - (47) 3246-5248 Salseiros - CEP 88311-550 - Itajaí - Santa Catarina www.venanciosupermercado.com.br

JANEIRO Ocorreu no dia 04 de Janeiro, o Festival de Terno de Reis, em que a PASCOM com objetivo de angariar fundos para teatros, como da Paixão de Cristo, ofereceu ao povo que estava prestigiando o festival, bebida e pastel, que foi um sucesso. A PASCOM agradece a todos que ajudaram. O Festival de Terno de Reis, que acontece há 3 anos na Paróquia foi um grande momento de tradição e fé religiosa, deixamos aqui nossos agradecimentos a todos os que cantaram e prestigiaram este momento. No dia 20 de janeiro, a comunidade de Espinheiros celebrou com grnade alegria a festa de São Sebastião. A missa foi presidida pelo Pe. Silvano da Costa que refletiu sobre a história do padroeiro.


06

PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO

Padre Cléber fala sobre sua Ordenação ordenação Cléber foi ordenado dia 25 de janeiro na Catedral de Campo Grande Cristo, ou seja, “In Persona Christi.” Desde criança segundo minha Tia Aurea Brugnago de saudosa memória, sempre tive vocação para ser padre. Ela dizia que muitas vezes eu puxava procissões, batizava as bonecas da minha irmã e me alegrava com a chegada do Domingo Dia do Senhor, por poder participar da Santa Missa.

Sei que pelo segundo grau da ordem, que recebi pela imposição das mãos do senhor Arcebispo Emérito de Campo Grande Dom Vitório Pavanello, vou passar a agir na Pessoa de

nio de Terrenos só tenho a agradecer a Deus, a sua Santa Igreja aqui em Campo Grande pela acolhida na pessoa dos senhores Bispos Diocesanos, dos Formadores, do Clero e de todo o Povo Santo de Deus.

Sou grato a Deus por ter me concedido uma família católica, pais cristãos de muitos valores e virtudes, de modo especial minha avó materna foi à grande incentivadora da minha vocação, com meus pais e com ela aprendi tudo que sei da fé, dos simples, dos puros e dos humildes, aprendi de berço.

Aos Padres da Paróquia aos queridos paroquianos de São Cristóvão e a todos que virem a ler este depoimento meu muito obrigado de coração pelo carinho, pelas orações e pela amizade, conto com vossas orações e desde já convido a todos para a Ordenação Presbiteral, mesmo que longe sei que muito virão até a nossa Cidade Morena Capital do Mato Grosso do Sul, aqui todos são bem vindos, os que não estarão fisicamente sei que estaremos unidos pela oração.

Passado o tempo próprio do seminário e tendo exercido o Ministério Diaconal junto às famílias dos Assentamentos da Paróquia de Santo Antô-

Estarei em Itajaí nos dias 02 e 03 de fevereiro presidindo a Santa Missa nas respectivas Paróquias de São João no bairro São João e na Paróquia de

São Cristovão no bairro de Cordeiros, conto com a presença amiga e fraterna de todos. Que este ano da Fé aumente em nós o fervor e a devoção, para que pelas nossas humildes preces o Senhor atenda o nosso pedido: “Enviai Senhor operários para a Vossa messe, porque a messe é grande e os operários são poucos!” A todos um abençoado Ano de 2013, e juntos vamos vivenciar a Jornada Mundial da Juventude preparados pelo Bote Fé, que a passagem da Cruz Peregrina e do Ícone de Nossa Senhora seja um momento de Graça e Paz para todos. Padre Cleber Brugnago Rosa Arquidiocese de Campo Grande *Texto enviado anteriormente a data da ordenação.

“A Virgem Maria sim é Mãe de Deus porque seu Filho, Cristo, é Deus” Esta Solenidade tem origem no Concílio de Éfeso, no ano de 431, o qual foi convocado para debater sobre a doutrina nestoriana. O nestorianismo apregoava que Nossa Senhora não é era Mãe de Deus, mas sim de Jesus. Nestor, o criador dessa doutrina, acreditava que a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade, habitava no “homem Jesus”. A Virgem Maria seria, portanto, a mãe do “homem Jesus”. A Doutrina Católica é contrária a essa ideia, pois como ela nos ensina Cristo é uma só Pessoa Divina com duas naturezas distintas, a humana e a divina.

No dia 1 de janeiro a Igreja celebra Santa Maria, Mãe de Deus. Nesta matéria iremos conhecer um pouco mais sobre a origem dessa Solenidade. A festa de Maria, Mãe de Deus,

assim chamada na época, começou a ser celebrada em Roma no século IV, após a reforma do calendário litúrgico ela foi transferida para o dia 1o de janeiro, passando a categoria de solenidade com o título de Santa Maria, Mãe de Deus.

O Concílio de Éfeso rejeitou a teoria nestoriana e declarou: “a Virgem Maria sim é Mãe de Deus porque seu Filho, Cristo, é Deus”. Em seguida, foi realizada uma procissão em que os fieis cantavam:

“Santa Maria, Mãe de Deus, roga por nós pecadores agora e na hora de nossa morte. Amém”.

Com o passar dos anos foi acrescentado a este clamor dos fiéis a saudação do Arcanjo Gabriel – “Ave Maria cheia de graça, o senhor é convosco” (lc 1,28) – e a saudação de Santa Isabel – “Bendita és Tu entre as mulheres e Bendito é o fruto do Teu ventre, Jesus” ( lc 1,42), as quais deram origem à oração da ave-maria. Essa oração tal como a conhecemos foi datada pela primeira vez no século XV, no poema do Venerável Gasparini Borro. Vemos assim a importância dessa Solenidade e seu vínculo com a oração da ave-maria. Seja participando daquela, seja rezando esta, elevemos nosso espírito para as grandes verdades de fé que elas expressam. Salve Maria! Eduardo Doege


PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO

08

A Igreja é viva, a Igreja é jovem Encontro irá reunir milhares de jovens do Brasil e do mundo na presença do Papa Bento XVI. jornada munidial da junventude rio 2013

Cristo pela humanidade. Estas foram as palavras do Papa naquela ocasião: “Meus queridos jovens, na conclusão do Ano Santo, eu confio a vocês o sinal deste Ano Jubilar: a Cruz de Cristo! Carreguem-na pelo mundo como um símbolo do amor de Cristo pela humanidade, e anunciem a todos que somente na morte e ressurreição de Cristo podemos encontrar a salvação e a redenção”

Já imaginou milhares de jovens do mundo todo reunidos em um só lugar por amor a Cristo e a Igreja? Esse acontecimento irá tornar-se real em julho de 2013, quando se inicia mais uma Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Foi no Aeroporto Militar de Quatro Ventos, em Madri, que o Papa Bento XVI anunciou que a próxima jornada será no Brasil.A cidade do Rio de Janeiro foi escolhida para sediar a 27ª edição do evento, que acontece de 23 a 28 de julho de 2013. A JMJ, que já teve sede em países como França, Polônia, Alemanha, Filipinas, Argentina e entre outros, deve reunir mais de 2 milhões de jovens vindos de todos os continentes. O lema desta Jornada“Ide e fazei discípulos entre todas as nações” (Mt 28, 19), foi anunciada durante uma das Catequeses com Papa Bento XVI em agosto de 2011. “Esse tema, de fazer discípulos, de chamar outros discípulos para a comunhão e o convívio com o Senhor, é o tema mais querido do Evangelho de Mateus. Esse mandato, essa missão já está anunciada em todo o Evangelho. E, na verdade, só faz discípulo quem já é discípulo, quem convive com o Senhor”, afirma Padre Geraldo Dondici Vieira, diretor do Departamento de Teologia da PUC-Rio. Além do tão esperado encontro com o Papa Bento, que terá vigília, adoração ao Santíssimo, durante todo o evento acontecerá shows de grandes cantores e bandas da música católica, apresentações teatrais, culturais e missas.

Os peregrinos serão acolhidos em alojamentos improvisados em escolas e ginásios. Famílias também estão se preparando para receber peregrinos de outros países em suas casas. O encontro, que acontece a cada 2 ou 3 anos, teve início em março de 1985 quando o Papa João Paulo II anunciou a instituição da Jornada Mundial da Juventude. Um ano antes o Papa entregou aos jovens a Cruz que se tornaria um dos principais símbolos da JMJ, conhecida como a Cruz da Jornada. A primeira edição oficial da Jornada Mundial da Juventude aconteceu um ano após a instituição da JMJ em 1986 em Roma. A última edição do evento aconteceu em 2011 em Madri, Espanha. SEMANA MISSIONÁRIA Os dias que antecedem a Jornada Mundial da Juventude são chamados de Semana Missionária e tem por objetivo oferecer aos jovens vindos de fora do Brasil à possibilidade de passar um tempo de convivência com outros jovens brasileiros em preparação à JMJ. SÍMBOLOS DA JMJ A cruz: A cruz de madeira de 3,8 metros foi construída e colocada como símbolo da fé católica, perto do altar principal na Basílica de São Pedro durante o Ano Santo da Redenção (Semana Santa de 1983 à Semana Santa de 1984). No final daquele ano, depois de fechar a Porta Santa, o Papa João Paulo II deu essa cruz como um símbolo do amor de

Em 1994, a cruz começou um compromisso que, desde então, se tornou uma tradição: sua jornada anual pelas dioceses do país sede de cada JMJ internacional, como um meio de preparação espiritual para o grande evento.

ra em diante, ele vai acompanhar as Jornadas Mundiais da Juventude, junto com a cruz. Contemplem a sua Mãe! Ele será um sinal da presença materna de Maria próxima aos jovens que são chamados, como o apóstolo João, a acolhê-la em suas vidas”, disse o pontífice na ocasião. BOTE FÉ É um conjunto de ações que une a todos em volta desta visita da Cruz e do Ícone, para celebrar a mensagem própria que estes símbolos carregam e proporcionar situações propícias para o desenvolvimento da evangelização da juventude em cada realidade. Assim sendo, este projeto, possui três grandes eixos: a celebração, a formação e a ação social.

Ícone de Nossa Senhora: Em 2003 durante a 18ª JMJ em Roma, o Papa João Paulo II entregou aos jovens o Ícone de Nossa Senhora. Uma cópia contemporânea de um antigo e sagrado ícone encontrado na primeira e maior basílica para Maria a Mãe de Deus, no Ocidente, Santa Maria Maior. “Hoje eu confio a vocês o ícone de Maria. De ago-

Os símbolos da Jornada Mundial da Juventude, a Cruz da dos Jovens e o Ícone de Nossa Senhora, iniciaram sua peregrinação pelo Brasil no dia 18 de setembro, em São Paulo. Até julho de 2013, passarão por todo o país, de norte a sul, levados pela juventude

Fevereiro / 2013  

Jornal Paroquial São Cristóvão

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you