Page 1

ANO 2 - Nº 16 - MENSAL SÁBADO, 07 DE AGOSTO DE 2010

Em Foco: Mês Vocacional

Dízimo Mirim

(Pág. 03)

Espiritualidade Cristã: O Batismo Cristão (Pág. 07)

Semana Nacional da Família 2010 (Pág. 06)


2

OPINIÃO

Extrema, 07 de agosto de 2010

“Em 3 de junho, seis homens de diversas nacionalidades, vestindo macacões azuis se trancafiaram numa cápsula numa cápsula hermeticamente fechada, para lá ficarem até novembro de 2011. Calculase que a viagem de ida a Marte levará 250 dias, e a de volta, 240. Com a previsão de 30 dias de exploração da superfície marciana, serão 520 dias de “viagem” sem sair do lugar, em um galpão no bairro industrial de khoroshevskiy, noroeste de Moscou. O objetivo é simular as condições de uma hipotética (e, por enquanto impossível) expedição ao planeta vermelho. Em tempo praticamente real, com atraso de 20 minutos que uma mensagem de rádio leva a percorrer por cerca de 60 milhões km (distância mínima) entre a Terra e Marte.... (Trecho extraído do jornal Folha de São Paulo de 4 de julho 2010). É fantástico como o homem cria e recria até distancia ou encurta. Marte vai ficando logo ali, o que parecia impossível tornase presente! Mas o que deveria ser normal , torna-se a ele mais impossível a cada dia. Justamente enquanto sonha

Foi criado na Paróquia Santa Rita de Extrema pelo Pároco e Reitor do Santuário Pe. José Aparecido Cavalcanti

O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS

Marte é logo ali!

com a proximidade de Marte, Deus continua a sonhar com a proximidade entre homens. Mas a humanidade em plena evolução distancia a cada dia mais entre si, gerando violência, crimes absurdos, haja vista a desumanidade as ultimas notícias dos novos modelos desumanos de assassinatos que nos faz vergonha dizer que somos humanos. A que ponto nós chegamos! Mas tudo que é grande nasce pequeno! Os fatos começam onde? Na família que se desestrutura, nas rivalidades doentias, nas disputas criadas. Nas pequenas briguinhas familiares pelos motivos mais fúteis, como divergência de opiniões, heranças briguentas, até mesmo por uma pequenina causa. Ou mesmo até porque os pais geram nos filhos valores por excesso a ídolos humanos, até mesmo no futebol que faz de um goleiro um ídolo para a criançada. Esquecem-se de formar os filhos nos valores humanos e cristãos. Tudo vai hoje no

imediatismo, no consumo e na futilidade e nada é consistente .Tudo descartável e entre estes conceitos se encontra a vida humana, que pode ser liquidada tornando-se comida de cachorro. (Os povos mais rudes tinham um respeito enorme aos mortos, construíam tumbas, catacumbas, sarcófagos). As briguinhas sociais e as que a mídia televisiva se nos apresentam como coisas simples! As briguinhas na comunidade que causam divisão mal estar, e fontes de falso testemunho de fé rompem profundamente com o projeto de comunhão. Parece tudo muito pequeno! São das coisas pequenas que nascem as grandes! Cria-se um clima de divisão, distanciamento familiar,

social, comunitário até mesmo de uma pseudo e falsa fé. Deus não sonha com a proximidade do homem a Marte, embora lhe dê inteligência para poder realizar. Deus sonha com o homem convivendo uns com outros na harmonia, na fraternidade e no amor. Deus não criou e não propôs teorias de fé ou especialistas em assuntos teóricos sobre Ele e o homem. O que propõe está em Jesus no Evangelho de Lucas 10,2537, Jesus insiste na prática do amor, mostrando que o importante é o outro a quem eu devo servir e amar e não eu mesmo.Não na ganância do que é teu é meu, ou do que é meu é meu,mas sim do é MEU É TEU,na prática do amor cristão vivido, da misericórdia. Ele (Jesus não quer sacrifícios mas quer a misericórdia). Só assim o sonho de Deus irá acontecer e o homem vai estar próximo do próximo e o mundo não terá mais distância entre as pessoas. E a distância de Marte superado

Equipe de Assessoria Paroquial

Franco uma Equipe de Assessoria que pudesse assessorar nos trabalhos pastorais desenvolvidos na Paróquia.

A Equipe de Assessoria, distinta do CPP, conforme orientação no último COSEPA, já existente, possui todos os requisitos possíveis para ajudar na concretização das prioridades da Assembléia Arquidiocesana em nível paroquial. No decorrer da caminhada essa Equipe de Assessoria (que voluntariamente serve a comunidade paroquial), precisou contar com novos rostos dispostos em dar o máximo de si para continuar os trabalhos. Os membros da Equipe são: Daniela e seu esposo Mateus,

Vanda Olivotti, Bruno Morbidelli, Romilda, João Fernando, Rafael, Rita Bernal e Bru-

no Raposo (conferir a foto). Deus abençoe e retribua a cada membro da Equipe de Assessoria pela disposição em servir a comunidade na função específica abraçada. Obrigado! Pe. Márcio Mota de Oliveira

e melhor ainda as distâncias familiares, sociais, comunitárias criarão uma verdadeira comunhão e Deus irá dizer: o Meu sonho está acontecendo e o Meu Filho não morreu em vão! Isto pode começar a acontecer agora com você na sua família, nos seus relacionamentos e na sua comunidade. Não deixe para começar amanhã já esta tarde! Encurta você também as distâncias! Vá para perto de quem você está distante! Chegue antes de o homem chegar a Marte. Não construa muros, mas sim pontes!


O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS

DÍZIMO

Extrema, 07 agosto de 2010

3

Dizimo mirim O Dízimo Infanto-Juvenil tem por objetivo, ensinar nossas crianças e adolescentes sobre a importância da doação do dízimo desde a primeira formação cristã. O Dízimo tem as suas dimensões, e nós como batizados somos responsáveis para que elas aconteçam, proporcionando assim a realização do reino de Deus, através de suas dimensões: religiosa, social e missionária. A implantação do dízimo infanto-juvenil tem por objetivo

despertar nas crianças e adolescentes o compromisso com a igreja e com a comunidade em que vive e participa, fazendo assim sua experiência de fé, amor e partilha. A prática do dízimo nos liberta do egoísmo, da avareza e do apego aos bens materiais, nos tornando pessoas solidárias, justa e fraternas. Despertando nas crianças e adolescentes o real significado do Dízimo Consciente, não precisaremos conscientizar os adultos.

Seja um dizimista em nossa Paróquia! Agradecemos a você, dizimista pela sua generosa colaboração.

Continue sendo fiel a Deus!

Pastoral do dizimo

Oração do dizimista infanto-juvenil

Ó meu Jesus, Pai querido, obrigado pela vida que me deste. Obrigado pelo papai e pela mamãe. Obrigado pela minha família. Ajuda-me, Senhor, para que eu seja sincero, humilde e paciente. Dá-me um coração generoso, amigo e solidário, para que eu aprenda a partilhar o pouco que tenho na comunidade. Abençoa, Senhor, nossas famílias, nossos amigos e todas as pessoas que estão ao nosso lado.


4

COTIDIANO

Extrema, 07 de agosto de 2010

O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS

Esse mês de Julho foi inesquecível... Muitas realizações no plano espiritual e social em nossa Igreja... O clima seco, o frio, não fizeram de julho um mês sem vida, muito pelo contrário, foi brilhante e completo em atividades, orações, testemunhos de Fé e agradecimentos a Deus Pai. Julho... Mês dos festivais de inverno... Das comidas típicas... Das danças folclóricas... Das Romarias... Das Peregrinações... No dia 10/07 os catequizandos da catequese infantil coordenados por suas catequistas se deliciaram com a Festança que aconteceu no Salão Paroquial. Teve quadrilha, pipoca, bolo de fubá e muita comilança. Parabéns a Coordenadora Beba e aos catequistas que organizaram tudo. No dia 16/07 uniram-se em Matrimonio Thaimara e Ronaldo. A beleza da noiva e a

A barraca do pastel continua funcionando todos os sábados e domingos, agora em prol a Festa de São Cristovão. Amigos de Extrema vamos continuar comendo pastel para ajudar a Festa. Os festeiros pedem a sua colaboração. As reuniões de ministros da Eucaristia, Pastoral da Liturgia, JUSV e outras pastorais continuam sendo realizadas

elegância do noivo foi de chamar atenção e o Padre Márcio caprichou na celebração. Eu estava lá e pude conferir. Ao novo casal votos de muitas Felicidades. Dia 17 de julho com a presença do Rev. Arcebispo Dom Ricardo Pedro, 79 Catecumenos das comunidades da nossa Paróquia receberam o Sacramento da Crisma. São os Crismados do Bairro do Ro-

mensalmente. As celebrações nas comunidades também acontecem toda semana. E toda quinta-feira está tendo missa as 19h, no Santuário. Não deixem de participar. Neste mês de Agosto é o mês das Vocações. Portanto, estamos pedindo sua colaboração na Campanha do

deio, Bairro do Juncal, Bairro das Posses, Godói e São Brás.Assumiram assim, maior compormisso com a Igraja de Cristo. Que a Luz do Espirito derrama da com todos os seus dons e permaneça para sempre nesses Crismandos. No dia 21/07 muitos casais de noivos participaram do Curso , em preparação para o Matrimonio. Esse Este encontro faz parte da Pastoral

Óleo para o Seminário Nossa Senhora Auxiliadora da Arquidiocese de Pouso Alegre, onde reside nossos seminaristas. Faça sua doação do óleo (cozinha) nas missas aos finais de semana ou no Escritório Paroquial durante a semana. Grato pela sua ajuda, que Deus te abençoe.

Familiar e é por ela coordenada e realizada. Muitos devotos de Nossa Senhora Aparecida saíram em peregrinação até a casa da Mãe, na cidade de Aparecida do Norte. Muitos foram caminhando, outros a cavalo, alguns de condução própria e muitos de ônibus; mas todos embuídos da mesma Fé para agradecer a Mãe querida tantas graças alcançadas.

DE 8 a 15 de agosto – Semana Nacional da Família (Veja programação) No dia 11 de agosto, às 19h. Pe. Franco fará a abertura para curso de formação para novos ministros da comunhão eucarística. Dia 15/08 – Caminhada com o Grupo “ PEREGRINOS DE

Mas nem tudo é alegria, julho também nos trouxe muita tristeza, pois perdemos pessoas queridas. Tio Nicola Zíngari, nossa amiga Bruna e Dona Aparecida deixaram essa vida terrena. Que Deus os acolha para a vida eterna. Aos parentes e amigos nossos sentimos de pesar e saudade

MARIA “ que estará completando um ano. Participe com a gente. E no último final de semana acontecerá o 3º TLC de Extrema que será realizado na cidade de Cambuí. Jovens! Venham participar !!

Celebração do sacramento da Crisma no Santuário de Santa Rita com a presença do Rev. Arcebispo Dom Ricardo Pedro. – 16/07/2010

Festa julina da catequese infantil – Salão Paroquial

Agradecemos a todos que colaboraram de uma forma ou outra e participaram do evento NOITE DO CALDO realizado no dia 31 de Julho, para arrecadar fundos em prol do 3º TLC de Extrema a realizar-se com os jovens que se preparam para a crisma em Cambuí nos dias 27, 28 e 29 de agosto de 2010. Deus abençoe a todos. Obrigado! Encontro de Noivos – Salão Paroquial


O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS

HISTÓRIA

Extrema, 07 de agosto de 2010

5

Igreja da Santíssima Trindade - Bairro Pedacinho do Céu (continuação) Maria Vanda Olivotti e Padre José Franco A IGREJA EM HONRA AO DEUS UNO E TRINO, a Igreja da Santíssima Trindade, está situada no Bairro Pedacinho do Céu. Sua localização é privilegiada, pois fica bem ao pé da serra, um braço da Mantiqueira, e goza de uma vista deslumbrante da cidade. Lá no alto, está implantado o sinal da cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo, abençoando esta terra de Santa Rita. O seu interior guarda simbolismos impressos nas paredes, nos vitrôs, no piso, na porta, convidando os fiéis è reflexão e à oração. Nesta edição do Jornal “O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS”, damos continuidade à transcrição do “folder”, redigido pelo Padre José Franco, com o intuito de melhor esclarecer aos fiéis sobre a riqueza simbólica contida no Templo da Santíssima Trindade. “A CRUZ PROCESSIONAL, em metal, é carregada nas procissões das celebrações dominicais e festivas, como sinal de vitória. É o estandarte que vai à frente da procissão. É o Cristo Morto e Ressuscitado quem dirige toda a ação na comunidade. Corresponde à serpente de bronze, que Moisés levantou no deserto, segundo o Livro dos Números. A Cruz lembra a chegada do Cristo para celebrar a Páscoa da nova aliança. Como entrou em Jerusalém, Ele vem para a Páscoa na comunidade. A NAVE é o espaço da assem-

bléia, dos diversos membros do Corpo Místico de Cristo; é o lugar dos batizados e assinalados com a veste branca e com as palmas da vitória. Estão à frente do “Trono do Cordeiro”. É lugar de encontro entre o céu e a terra, onde acontece a liturgia celeste e terrestre, céu e terra trocam os seus dons. As cores da nave nascem do Ícone da Trindade. O círculo é rompido e brota a cruz. As mesmas cores tomam conta de todas as paredes do templo assim como dos vitrais. O piso da nave liga o santuário todo ao seu centro, que é o altar. É o altar que envolve todo o espaço e todos que o circundam. AS DOZE CRUZES, AS VELAS E AS PEDRAS, nas paredes laterais, são marcas de que a casa é ungida; lugar em que o Senhor santifica a comunidade com a sua força; é sinal visível do mistério de Cristo e de sua Igreja. A nave com as suas paredes nascem do centro que é o altar; elas vêm marcadas com doze pedras como Igreja Apostólica. São sinais do Templo Santo do Senhor, iluminado pelas doze velas nas paredes. Representam a luz de Jerusalém, que é o próprio Cristo, que brilha e ilumina os povos. O ÁTRIO, à porta da Igreja, é o espaço de transição. É a passagem da rua para o espaço do templo. É o umbral do templo. A sua cor é especial. O seu piso é diferente e escuro, demons-

trando a mudança dos espaços, indicando a entrada para um clima de recolhimento. A PORTA é o Cristo. Não é

uma porta comum. Trabalhada em madeira, tem a sua própria dignidade. A escadaria é trabalhada em granito rústico, que faz harmonia com as cores internas. Chama e convida os que

por ela passam para entrarem no Templo. O LOCAL DO BATISMO é simples e bonito. A pia é oitavada, fazendo alusão ao número oito, que é o oitavo dia da CRIAÇÃO – o Domingo, o dia da RESSURREIÇÃO. Ela foi trabalhada em material nobre. Nela há uma fonte de água, permanentemente, a jorrar. A água brota do mesmo ponto em que se encontra fixo o Círio Pascal, sugerindo o mistério da água, que foi fecundada, na noite da Páscoa, para que a

Mãe Igreja gere novos filhos no Batismo. Um pequeno e belo altar, marcado com uma cruz em vermelho e estilizada, foi colocado na parede do fundo para guardar os Santos Óleos. Assim se compõe um simples e orante espaço, para a celebração do Batismo, o lugar do novo nascimento. O TABERNÁCULO é colocado no santuário, ao lado, incrustado em uma parede, fazendo composição com a Mesa da Palavra, tornando bem visíveis os dois aspectos de Cristo: Palavra e Palavra Encarnada (Pão Eucarístico). Ao seu lado, se encontra a Lâmpada do Santíssimo que é a continuidade da Lâmpada da Páscoa. É acesa na noite da Páscoa, no Círio Pascal, e apagada na QuintaFeira- Santa, na desnudação do altar. A lâmpada elétrica é permitida pelo direito canônico, quando o local corre risco de incêndio. A VIA SACRA está colocada na parede do fundo da Igreja, com as suas 14 estações. São elas inspiradas no Evangelho de São João. Estão presentes a Última Ceia, o Caminho da Cruz e a Ressurreição do Senhor da forma como é celebrada a Paixão de Cristo, no Tríduo Pascal. A ARTE E A BELEZA – A arte sacra é uma arte suprahumana e tem como objetivo levar o homem a se aproximar do seu centro que é Divino, pois “a beleza é uma forma do Divino”, (C.Castro), e, se aplicada ao Templo chama e convida à contemplação, à oração, ao Mistério Divino. Na construção da Igreja do Templo ao Deus Uno e Trino, procurou-se encontrar

a harmonia entre os objetos, as cores, a iluminação, os pisos diferenciados a cada espaço, enfim, buscou-se a unidade em todo o conjunto, com a preocupação de se aproximar do Mistério da Trindade.

A pessoa convidada a entrar no Templo ao Deus Uno e Trino, no Bairro Pedacinho do Céu, em Extrema, poderá pela arte, pela beleza e pela simplicidade de seu estilo, ser levada a viver a grande experiência de sentir a presença do Deus Vivo, Pai, Filho e Espírito Santo.

Sob a mercê e a graça da Santíssima Trindade, no ano de Nosso Senhor Jesus Cristo, em 12 de junho de 2003, sendo Sumo Pontífice, o Papa João Paulo II, Arcebispo Metropolitano Dom Ricardo Pedro Chaves Pinto Filho, Pároco Padre Mauricio Pieroni, este Templo foi dedicado ao Deus Uno e Trino.”

A Igreja da Santíssima Trindade, o mais novo templo da Paróquia de Santa Rita, tem ainda muito que contar. Os moradores do bairro, onde ela está erigida, aos poucos vão descobrindo a sua beleza e o bem estar interior que ela transmite, envolvendo a alma de paz, de conforto e de religiosidade.

(Continua na próxima edição)


6

Extrema, 07 de agosto de 2010

GERAL

O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS


O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS

GERAL

Extrema, 07 de agosto de 2010

7

O Batismo cristão: Privilégio e Compromisso Maria de Jesus Pastoral do Batismo Jesus instituiu Sete Sacramentos que nos acompanham do nascimento à morte: Batismo, Confirmação, Eucaristia, Reconciliação, Ordem, Matrimônio e Unção dos Enfermos. Os três primeiros são os Sacramentos da iniciação cristã pelos quais nos tornamos filhos adotivos de Deus, irmãos de Jesus Cristo, templos do Espírito Santo membros da Igreja, herdeiros da Ressurreição. Que grande privilegio ser parte do mistério de Deus, Uno e Trino, Vivo e Verdadeiro. Batizados em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, somos marcados pelo selo indelével de pertença a Cristo, inseridos no seio da Santíssima Trindade, renascidos do amor infinito de Deus que nos torna humanos e divinos. O Batismo cristão tem suas raízes no Batismo de Jesus por João Batista no Rio Jordão. João batizava só com água, era o batismo de conversão. Jesus, mesmo

não sendo pecador quis ser batizado para solidarizar-se com aquela comunidade. Acontece então, a primeira teofania trinitária: “batizado, Jesus subiu imediatamente da água e logo os céus se abriram e ele viu o Espírito de Deus descendo com uma pomba e vinda sobre ele. Ao mesmo tempo, uma voz vinda dos céus dizia: “Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo” (Mt 3,16-17). A partir do Batismo Jesus inicia seu trabalho messiânico. Ele é o enviado do Pai, verdadeiro sacerdote, profeta e rei. O que herdamos ao receber o Batismo é a herança de Jesus, o múnus Sacerdotal, profético e real, ou seja, o direito e do dever de trabalhar na plenificação do Reino celeste inaugurado por Nosso Senhor Jesus Cristo. A missão de batizado é um compromisso de amor

à semelhança da missão de Jesus Cristo: amar e servir até as ultimas conseqüências. “Há um só Senhor, uma só fé, um só Batismo” (Ef 4,5). O Batismo, fruto da Nova Aliança, selada com o sangue de Cristo não pode ser relativizado, nem banalizado. Todo cristão, independente da doutrina que professa, deve procurar aprofundar

o conhecimento deste e dos demais Sacramentos cristãos para poder amálos revenciá-los e testemunhá-los com a própria vida. Os Sacramentos do Batismo não é invenção humana, é mandato de Jesus Cristo Ressuscitado, que antes de subir ao Pai disse aos discípulos: “Toda a autoridade sobre o céu e sobre a terra me foi entregue. Ide, portanto, e fazei que todas as nações se tornem discípulos, batizando-as em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo e ensinando-as a observar tudo quanto vos ordenei. E eis que eu estou convosco todos os dias até a consumação dos séculos” (Mt 28,16-20). É o Batismo cristão, pela água e pelo Espírito (do qual João Batista falava ao batizar os arrependidos), formulado por Jesus e pelo qual Jesus mesmo nos envia

discípulos missionários seus, sob sua custódia: ele está sempre conosco. Batismo é ação de Deus e nos faz mergulhar na graça e na luz divinas pela força do Espírito Santo. Mas não é ato mágico, requer a nossa participação, nossa resposta com a mesma força do “Sim” de Maria para que os dons nele recebidos produzam frutos de vida a humanidade. O coração do cristão deve ser como as portas da Igreja: aberto a todos, (de qualquer etnia, classe social ou credo), com a mesma mística acolhedora, fraterna e misericordiosa. “O Batismo é o mais belo e o mais mágico dom de Deus. (...) chamamo-lo de dom, graça, iluminação, veste de incorruptibilidade, banho de regeneração, selo e tudo o que existe de mais precioso” (CIC 1216). Diante de tanta beleza, vale a pena abraçar a missão que nos vem por essa dádiva tão preciosa e viver na justiça e na pureza diante de Deus e dos homens, em Comunhão de amor fraterno e compassivo, alimentando-nos da Palavra e da Ceia do Senhor.


8

Extrema, 07 de agosto de 2010

CALENDÁRIO

O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS

CALENDÁRIO PAROQUIAL - AGOSTO e SETEMBRO 2010 AGOSTO 1. CELEBRAÇÔES MISSAS - Dia 01 às 09:00 – Santuário - Dia 01 às 11:00 – Comunidade São Cristóvão - Dia 01 às 16:00 – Santuário - Dia 01 às 19:00 – Santuário - Dia 03 às 19:00 – Comunidade Morbidelli - Dia 04 às 19:00 – Comunidade Santíssima Trindade - Dia 04 às 19:00 – Comunidade Barreiro - Dia 05 às 19:00 – Santuário - Dia 05 às 19:00 – Comunidade Jardim - Dia 06 às 19:00 – Santuário “Campanha do Quilo” - Dia 06 às 19:00 – Comunidade Posses - Dia 07 às 19:00 – Santuário - Dia 07 às 19:00 – Comunidade Roseira - Dia 08 às 09:00 – Santuário - Dia 08 às 11:00 – Comunidade São Cristóvão - Dia 08 às 16:00 – Santuário - Dia 08 às 19:00 – Santuário “Abertura da Semana Nacional da Família” - Dia 10 às 19:00 – Comunidade Matão - Dia 10 às 19:00 - Santuário - Dia 11 às 19:00 – Comunidade Bela Vista - Dia 11 às 19:00 – Comunidade Forjos - Dia 12 às 19:00 - Santuário - Dia 12 às 19:00 – Comunidade Salto de Cima - Dia 13 às 16:00 – Santuário “Missa dos Enfermos” - Dia 13 às 19:00 – Comunidade Godoy - Dia 14 às 19:00 – Santuário - Dia 15 às 09:00 – Santuário - Dia 15 às 11:00 – Comunidade São Cristóvão - Dia 15 às 16:00 – Santuário - Dia 15 às 19:00 – Santuário “Celebração em Ação de Graças” – Semana Nacional da Família - Dia 17 às 19:00 – Comunidade Vila Rica - Dia 17 às 19:00 – Comunidade Fronteira - Dia 18 às 19:00 – Comunidade Santíssima Trindade - Dia 19 às 19:00 – Santuário - Dia 19 às 19:00 – Comunidade Furnas

- Dia 20 às 19:00 – Comunidade Pessegueiros - Dia 20 às 19:00 – Comunidade Juncal - Dia 21 às 19:00 – Santuário - Dia 21 às 19:00 – Comunidade Roseira - Dia 22 às 09:00 – Santuário - Dia 22 às 11:00 – Comunidade São Cristóvão - Dia 22 às 16:00 – Santuário - Dia 22 às 19:00 – Santuário “Novena Perpétua de Santa Rita” - Dia 25 às 19:00 – Comunidade Salto do Meio - Dia 26 às 19:00 – Santuário - Dia 26 às 19:00 – Comunidade Pires - Dia 28 às 19:00 – Santuário - Dia 29 às 09:00 – Santuário - Dia 29 às 11:00 – Comunidade São Cristóvão - Dia 29 às 16:00 – Santuário - Dia 29 às 19:00 – Santuário “Encerramento do 3º TLC” - Dia 31 às 19:00 – Comunidade São Brás - Dia 31 às 19:00 – Comunidade Rodeio ADORAÇÃO DO SANTISSIMO SACRAMENTO NO SANTUÁRIO. - Dia 06/08 das 13:00 às 18:45. CELEBRAÇÕES DE BATIZADOS NO SANTUÁRIO - Dia 08/08 às 11:00h – Santuário - Dia 22/08 às 11:00h – Santuário CASAMENTOS - Dia 21 às 15:00h – Santuário: Noroel e Deborah 2. ENCONTROS - Dia 01 das 09:00h às 17:00h – Encontro de

Liderança CCPs – Salão Paroquial - Dia 01 às 14:00h – Curso de Batismo – Salão Paroquial - Dia 03 às 19:00h – Encontro para Preparação para o 3º TLC - Dia 06 após a celebração – Reunião com Acólitos – Salão Paroquial - De 08 à 14 – Semana Nacional da Família - Dia 10 às 19:00h – Reunião com a Pastoral do Dízimo – Salão Paroquial - Dia 10 às 19:00h – Reunião EPAL – Salão Paroquial - Dia 11 às 19:00h – Formação para Ministros Extraordinários da Eucaristia - Salão Paroquial - Dia 11 – Atendimento na Comunidade da Roseira - Dia 15 às 11:00h – Encontro com os Peregrinos de Maria - Dia 15 às 14:00h – Curso de Batismo – Salão Paroquial - Dia 17 às 19:30h – Reunião com a Equipe de Canto – Salão Paroquial - Dia 18 às 09:00h – Reunião do Clero em Pouso Alegre - Dia 18 às 19:00h – Formação para Ministros Extraordinários da Eucaristia - Salão Paroquial - Dia 22 das 08:30h às 16:30h – Encontro Coordenadores Paroquiais do Círculo Bíblico em Pouso Alegre - Dia 24 às 19:00h – Reunião em Preparação para o 3º TLC - Dia 25 – Atendimento na Comunidade da Roseira – Pe. Márcio - Dia 25 às 19:30h – Encontro com a Famílias – Salão Paroquial - De 27 à 29 – Encontro do 3º TLC - Dia 28 das 09:00 às 11:00h – Reunião com COMIDI – Seminário em Pouso Alegre - Dia 29 das 08:30 às 16:30h – Encontro Vocacional para rapazes em Pouso Alegre

SETEMBRO 1. CELEBRAÇÔES MISSAS - Dia 01 às 19:00 – Comunidade Santíssima Trindade - Dia 02 às 19:00 – Santuário - Dia 02 às 19:00 – Comunidade Salto de Cima - Dia 03 às 19:00 – Santuário “Campanha do Quilo” - Dia 03 às 19:00 – Comunidade São Brás - Dia 04 às 19:00 – Santuário - Dia 04 às 19:00 – Comunidade Roseira - Dia 05 às 09:00 – Santuário - Dia 05 às 11:00 – Comunidade São Cristóvão - Dia 05 às 16:00 – Santuário - Dia 05 às 19:00 – Santuário “Ação de Graças” (3º TLC) - Dia 07 às 19:00 – Comunidade Juncal - Dia 08 às 19:00 – Comunidade Rodeio - Dia 09 às 19:00 – Santuário - Dia 09 às 19:00 – Comunidade Pessegueiros - Dia 10 às 19:00 – Comunidade Bela Vista - Dia 10 às 19:00 – Comunidade Godoy - Dia 11 às 19:00 – Santuário - Dia 11 às 19:00 – Comunidade Roseira - Dia 12 às 09:00 – Santuário - Dia 12 às 11:00 – Comunidade São Cristóvão - Dia 12 às 16:00 – Santuário - Dia 12 às 19:00 – Santuário - Dia 14 às 19:00 – Comunidade Posses - Dia 15 às 19:00 – Comunidade Santíssima Trindade - Dia 16 às 19:00 – Santuário - Dia 17 às 19:00 – Comunidade Salto do Meio - Dia 18 às 19:00 – Santuário - Dia 18 às 19:00 – Comunidade Roseira - Dia 19 às 09:00 – Santuário - Dia 19 às 11:00 – Comunidade São Cristóvão - Dia 19 às 16:00 – Santuário - Dia 19 às 19:00 – Santuário

- Dia 21 às 19:00 – Comunidade Matão - Dia 21 às 19:00 – Comunidade Barreiro - Dia 22 às 19:00 – Santuário “Novena Perpétua de Santa Rita” - Dia 22 às 19:00 – Comunidade Jardim - Dia 23 às 19:00 – Santuário - Dia 23 às 19:00 – Comunidade Pires - Dia 24 às 19:00 – Comunidade Forjos “Festa de Santa Cruz” - Dia 24 às 19:00 – Comunidade Furnas - Dia 25 às 19:00 – Santuário - Dia 25 às 19:00 – Comunidade Roseira - Dia 26 às 09:00 – Santuário - Dia 26 às 11:00 – Comunidade São Cristóvão - Dia 26 às 16:00 – Santuário - Dia 26 às 19:00 – Santuário - Dia 29 às 19:00 – Comunidade Morbidelli - Dia 29 às 19:00 – Comunidade Vila Rica - Dia 30 às 19:00 – Santuário - Dia 30 às 19:00 – Comunidade Fronteira ADORAÇÃO DO SANTISSIMO SACRAMENTO NO SANTUÁRIO. - Dia 03/09 das 13:00 às 18:45. CELEBRAÇÕES DE BATIZADOS NO SANTUÁRIO - Dia 12/09 às 11:00h – Santuário - Dia 26/09 às 11:00h – Santuário CASAMENTOS - Dia 04 às 15:00 – Santuário: Odair e Lidiane

- Dia 04 às 17:00 – Santuário: Eduardo e Maria - Dia 08 às 09:00 – Santuário: Rogério e Priscila - Dia 11 às 17:00 – Santuário: Matheus e Erlaine - Dia 25 às 15:00 – Santuário: Roni e Ariane - Dia 25 às 17:00 – Santuário: Douglas e Giciele 2. ENCONTROS - Dia 01 às 19:00 - Formação para Ministros Extraordinários da Eucaristia - Salão Paroquial - Dia 05 das 09:00 às 17:00 – Encontro de Lideranças – CCPs – Salão Paroquial - Dia 05 às 14:00 – Curso de Batismo – São Cristóvão - Dia 08 às 19:00 - Formação para Ministros Extraordinários da Eucaristia - Salão Paroquial - Dia 08 às 19:30 – Encontro com as Famílias – Salão Paroquial - Dia 11 das 08:00 às 15:00 – Reunião do Setor Fernão Dias – Catequese - Dia 12 das 09:00 às 11:30 – Reencontro (3º TLC) - Dia 12 às 19:00 – Encontro Setorial – Pastoral Familiar – Córrego do Bom Jesus - De 13 à 17 – Retiro do Clero – Atibaia - Dia 14 às 19:00 – Reunião com a Pastoral do Dízimo – Salão Paroquial - Dia 15 às 19:00 - Formação para Ministros Extraordinários da Eucaristia - Salão Paroquial - Dia 19 às 14:00 – Curso de Batismo – Salão Paroquial - Dia 22 às 19:30 – Encontro com as Famílias – Salão Paroquial - Dia 25 e 26 – OVISA - Dia 28 às 19:30 – Reunião COSEPA em Cambuí - Dia 29 às 19:00 - Formação para Ministros Extraordinários da Eucaristia - Salão Paroquial


O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS

GERAL

Extrema, 07 de agosto de 2010

9

Padre Franco, concede entrevista falando sobre o catecumenato em Extrema Jornal O Santuário – Estamos sempre ouvindo em nossa Igreja e entre várias pessoas esta palavra catecumenato. No dia 17 de julho o Sr. Arcebispo veio a Extrema, por causa de um grupo de catecúmenos. Diga-nos então Padre Franco, o que é catecumenato. Padre Franco - O Catecumenato é uma experiência de fé, em grupo de catequizandos, especialmente de adultos, em que o participante, inspirado nos moldes da Igreja primitiva, propõe-se a buscar um conhecimento mais profundo da pessoa de Jesus Cristo, da sua mensagem e da sua Igreja, se preparando para os sacramentos da iniciação cristã. A saber: Batismo, Crisma ( o senhor Arcebispo veio para crismar) e Eucaristia. No tempo de catecumenato os nossos catecúmenos fazem a experiência na Igreja de Pentecostes a Pentecostes, na catequese, na inserção em um dos grupos pastorais ou nas diversas comunidades paroquiais, que são hoje em número de vinte de cinco. Para o seu ingresso à vida comunitária pelo batismo. Ou a renovação e reafirmação de seu compromisso cristão e serem admitidos à vida Eucarística, a mesa de irmãos e irmãs que se alimentam da Palavra de Deus e do Pão Eucarístico, Corpo e Sangue do Senhor. JS – Antes de o senhor vir

para esta paróquia nós não conhecíamos esta modalidade catequética na Igreja, o que levou o senhor adotar esta metodologia? Padre – Este é um costume bastante antigo na Igreja, desde o seu primórdio e que vem sendo desde muito adaptado e usado para a preparação à vida sacramental dos adultos. O que me levou a adotar esta prática foi quando aqui cheguei muitos adultos vinham ao meu encontro pedindo o batismo, ora a crisma e ora a eucaristia. E havia um costume de oferecer a eles um livro de catequese para estudar em casa, mas uma catequese não é apenas uma leitura ou uma teoria e sim um anúncio, uma vida comunitária e já uma prática do amor à Igreja e encontro de irmãos, senão não tem nenhum sentido. O candidato faz a leitura de textos, mas fica difícil sem o acompanhamento de um catequista com a sua experiência da comunidade com os valores e as dificuldades que ela ( a comunidade) vive. É essencial que o catequizando faça na Igreja uma verdadeira experiência de Jesus Cristo com apoio de um irmão ou uma irmã mais experiente que o orienta, reflete e apresenta a doutrina da Igreja. A catequese é mistagógica o que leva o catequizando a fazer a experiência de Deus também no encontro com os irmãos. É experiência de interação de fé e vida! JS - O senhor foi ousado ao propor esta forma catequese para adultos! Padre – Sim fui, aliás, como sempre! Porque ou se propõe, ou não mudamos e ficamos sempre patinando e não caminhamos. A Igreja deve caminhar sempre, pois está a caminho desde a sua fundação por Jesus Cristo sobre a Pedra viva que é Pedro e é sempre nova justamente porque caminha. JS – Quais foram as dificuldades maiores? Arcebispo Dom Ricardo unge com o óleo do Crisma Padre – A primeira foi

propor e ser aceito com esta idéia. Mas logo encontramos adeptos. Precisávamos de catequistas, de coordenação, mas logo fomos descobrindo elementos que se entusiasmaram com a proposta e assumiram. Primeiramente uma formação doutrinaria motivação, visão de Igreja ampliada, de liturgia entre outros e uma formação permanente. Foram muitos encontros e cursos. Foi uma motivação para que os catequistas colocassem os seus conhecimentos, que já eram muitos, somados às novidades a serviço do catecumenato. E funcionou e muito! Temos um grupo valoroso de catequistas, uma coordenação eficiente, que a cada ano ao terminar a caminhada com o grupo basta olhar nos olhos de todos que expressam a satisfação e alegria do serviço prestado na Igreja em favor dos irmãos catequizados. JS – O grupo de catequistas é grande? Padre – Um grupo bom, sobretudo pelo comprometimento e perseverança. Embora sempre haja vaga para mais pessoas. Na Igreja sempre há vaga pra mais um, pois a missão é grande e constante. Pena que muitas pessoas que estão na comunidade ainda não descobriram esta alegria que é uma benção de Deus para quem O serve. JS – O senhor falou em 25 comunidades na Paróquia, em todas tem catecumenato? Padre – Não, pois nem em todas tem adultos para serem catequizados, ou pelo menos ainda não nos procuraram ainda nós não os encontramos. E nem todas tem catequistas nesta modalidade. Temos que contar com pessoas preparadas para esta catequese, pois ela é diversa de uma catequese infantil, ou curso de crisma. O que, aliás, também para nós em nossa Paróquia não usamos mais esta nomenclatura curso de crisma, mas sim Estágio Pastoral para a Crisma. Outra proposta ousada. Vale a pena fazer outra matéria a este respeito!

Crismandos durante a celebração

JS – O senhor saberia dizer quantos adultos passaram por esta catequese e receberam os sacramentos? Padre – A comunidade catequizadora é assim composta: De 2008 à 2009 Maria Vanda Olivotti (coordenadora) Leda Ivone Brito da Cunha, Alfredo Brito da Cunha, Nicéia de Lima Morbidelli, Romilda de Oliveira, Valter Diniz, Jumar José Vieira,Valter (Recanto São Francisco), Maria Belmira Alves Oliveira (Roseira), Maria Luiza (Roseira), Josefina (Posses), Maria (Posses) De 2009 à 2010 Maria Vanda Olivotti,Leda Ivone Brito da Cunha, Nicéia de Lima Morbidelli, Romilda de Oliveira, Valter Diniz, Jumar José Vieira, Josefina (Posses), Maria (Posses), Margareth Silva Santos Amorim (Godoy), Fernando Bertolotti (Rodeio), Andreza Polli Camissiro Lopes (Rodeio), Wagner Augusto da Silva (Juncal), Célio Clemente de Campos (Juncal), Adair P. Piazzaroli (São Brás), Maria de Lourdes (São Brás) De 2010 à 2011 Maria Vanda Olivotti, Leda Ivone Brito da Cunha, Nicéia de Lima Morbidelli, Romilda de Oliveira, Valter Diniz, Jumar José Vieira catequistas, que preparam dois grupos de catecúmenos o primeiro de 2008 a 2009 com 84 adultos e adolescentes ( os adolescentes que já não mais se encontram na idade para curso de crisma) apenas na Matriz e Comunidade Santo Antonio da Roseira. O grupo 2009 a 2010 foi de 79 também adultos e adoles-

centes e já conseguimos somar ao Santuário algumas comunidades rurais, como: Godoy, Rodeio, Roseira, Juncal. Então em dois anos foi um total de 163 e mais a turma, 2010 a 2011, novo grupo que se inicia neste ano com 47 novos catecúmenos. Contamos, portanto com estes catecúmenos, e os neófitos, e os que receberam os outros sacramentos, o que representa um número bastante significativo, para a nossa realidade. JS – O senhor não quer deixar uma mensagem final para a comunidade? Padre – Vale à pena lembrar que quanto mais uma Igreja, no caso a nossa Paróquia, com as suas comunidades compostas de leigos e leigas se torna fiel ao serviço de anúncio da Palavra de Deus, de testemunho de amor entre irmãos, com uma catequese que se compromete com a sua vida e leva os catequizandos a se comprometerem com o seu batismo, mais ela é abençoada pelo Pai, Filho e Espírito Santo e se torna mais viva. Por isso a você que se compromete nos seus mais diversos serviços que ela nos apresenta, tenha a certeza que Deus o tem no seu coração como filha ou filho predileto. E você, que ainda não fez esta experiência de serviço na comunidade sinta-se convidada (o) a se fazer presente. Se junte a nós! E faça você também a experiência deste ou outro serviço voluntário à sua Igreja Católica assumindo assim o seu batismo e vivendo a experiência de se colocar juntamente com outros irmãos no coração de Deus.


10

Extrema, 07 de agosto de 2010

EM FOCO

O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS

Mês vocacional

No mês agosto se inicia o Mês Vocacional, proposto pela Conferência Na- e permanente visibilidade no meio do mundo, atraindo o olhar de muitos para cional dos Bispos do Brasil (CNBB) desde 1983. O mês vocacional tem como o mistério do Reino de Deus. Esse modo de seguir Jesus Cristo se expressa na objetivo celebrar a diversidade das vocações e ministérios na vida da Igreja. O vida religiosa contemplativa e missionária, nos institutos seculares, sociedades tema deste ano é: “Há esperança no caminho!”, e o lema: “Ardia nosso coração de vida apostólica e outras novas formas que, na alegria de “dar testemunho da quando ele nos falava pelo caminho” (Cf. Lc 24,32) absoluta primazia de Deus e de seu Reino” (dap 219), anunciam: “Há esperança “Há Esperança no Caminho!” no caminho!” Os discípulos, ao reconhecerem Jesus, retomam o caminho para Jerusalém. (setor vocação e ministério Cnbb) Há um novo olhar, uma nova motivação, uma luz no horizonte. Depois do encontro com o Mestre em que ele se revelou, atravessaram a escuridão da noite, Nós queremos homenagear neste mês todos os padres da Paróquia de Santa sem medo de tropeçar, porque o coração pulsava de alegria. A exemplo dos Rita de Extrema. discípulos de Emaús, também temos necessidade da experiência do encontro Os principais colaboradores da ordem episcopal que foram chamados a exercom Jesus Cristo que nos conduz ao re-encantamento na fé, que nos anima e nos cer o ministério por meio da pregação da Palavra de Deus e dos sacramentos, impulsiona a dar testemunho dessa experiência junto às pessoas com as quais estimulando nos fiéis o amor ao Reino de Deus em Extrema. convivemos. Ressaltando o profundo sentido do ser seguidor (a) de Jesus Cristo, o docuPÁROCOS: mento de Aparecida nos mostra que, “quando o discípulo está apaixonado por Cristo, não pode deixar de anunciar ao mundo que só Ele nos salva” (DocumenPe. Manuel Alves Teixeira – 1832-1837 (*) to de Aparecida p146). O presbítero, principal colaborador da ordem episcopal, Pe. Francisco Figueira Assunção – 1837 é chamado a exercer seu ministério por meio da pregação da Palavra de Deus e Pe. Antonio de Melo e Silva – 1837 dos sacramentos, estimulando nos fiéis o amor ao Reino de Deus. A vivencia do Pe. Policarpo Joaquim de Oliveira – 1838-1839 discipulado e da missão precisa acontecer na relação direta com uma comuniPe. Joaquim José de Melo – 1839-1867 dade que é chamada a estar sempre saindo de si para ir ao encontro das pessoas, Pe. Bento Ferreira do Rego – 1867 especialmente daquelas que ainda não descobriram a beleza de sua missão. Pe. Simplicio Bueno de Siqueira – 1867-1869 Iluminada e questionada, “nenhuma comunidade deve isentar-se de entrar dePe. Candido Cipriano da Rocha – 1869-1871 cididamente, com todas as forças, nos processos constantes de renovação esPe. Valencio Palladino – 1871 truturas, que já não favorecem a transmissão da fé” (dap 365). São necessários Pe. Braz Falabella – 1871-1873 criatividade e entusiasmo dos evangelizadores (as) e da própria comunidade, Pe. João Batista Teixeira Monteiro – 1873-1895 pois “a conversão pastoral de nossas comunidades exige que se vá além de Pe. Carmelo Spolzino – 1871 uma pastoral de mera conservação para uma pastoral decididamente missioPe. Pedro Paulo Pitelli – 1895-1897 nária” (dap 370). Conscientes da missão de animar e impulsionar o trabalho Pe. Marcos Antonio Terraca – 1897-1907 evangelizador, a Comissão Episcopal para os Ministérios Ordenados e a Vida Pe. Manuel Nascimento de Oliveira – 1907-1909 Consagrada, através da Coordenação do Serviço de Animação Vocacional (PasPe. Xavier Peretti – 1909-1910 toral Vocacional), em sintonia com o Ano Catequético, Por isso, a partir do Pe. Ivo Lê Bian – 1910-1914 documento de Aparecida, deu-se a do tema: Pe. David de Mota Pinto – 1914-1919 “Há esperança no caminho!” e do lema “Ardia nosso coração quando ele nos Fr. Pedro Garcia – 1919 falava pelo caminho” (Cf. Lc 24, 32). Pe. Vitor Randuá – 1919-1921 Vocação para os ministérios ordenados Pe. Serapio Giol – 1921-1929 O bispo, catequista por excelência é constituído Pe. Bernardo Carbone – 1929-1942 homem da palavra, chamado a fomentar o amor à Pe. Afonso Ligório Rosa – 1942-1947 Palavra de Deus e à comunhão eclesial. Pe. Antonio Teodoro Tiburcio – 1947-1958 O presbítero, principal colaborador da ordem Pe. Adolfo Fabri – 1958-1995 episcopal, é chamado a exercer seu ministério por Pe. Maurício Pieroni – 1995-2007 meio da pregação da Palavra de Deus e dos sacramentos, estimulando nos fiéis o amor ao Reino de PÁROCO E REITOR Deus. Padre José Aparecido Cavalcanti Franco – 2007. O diácono, constituído servidor da Palavra, da (*).... até hoje Liturgia e da Caridade, exerce seu ministério em comunhão com o bispo e o presbitério. Realizando, VIGÁRIOS PAROQUAIS: assim, a missão recebida de Deus como um dom, os ministros ordenados. Pe. Dionísio Ailton Pereira Vocação para a vida em família Pe. Leandro Carvalho A família, pequena Igreja, deve ser junto com a Pe. José Setembrino de Melo (Bino) paróquia, o primeiro lugar para a iniciação cristã Pe. Antônio Aparecido Muniz das crianças. Ela oferece aos filhos um sentido crisPe. Douglas Aparecido Marques Rocha dos Santos tão de existência e os acompanha na elaboração de Pe. Márcio Mota de Oliveira – 2007...... até hoje seu projeto de vida, como discípulos missionários (cf. dap 302). Cumprindo a sua missão, a família é (*) Do Padre Manuel Alves Teixeira ao Padre José sinal de que Aparecido Cavalcanti Franco, 28º Pároco e primeiro Vocação para a Vida Consagrada Reitor do Santuário Santa Rita de Extrema, a antiga A vida consagrada é chamada a viver a forma de Matriz levou 170 anos de história para ser elevada vida que Cristo escolheu para a este mundo: vida a dignidade de Santuário de Santa Rita de Extrema. virginal, pobre e obediente, adquirindo uma típica Cristo Bom Pastor


DIVERSÃO

O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS

Complete a cruzadinha, encontrando palavras que expliquem as frases abaixo:

Decifre -pe

o

Extrema, 07 de agosto de 2010

-l

5 D

2 D E S T R U I

6

Ç Ã O

-p +m

-e

10 +i

7 4 V

Contrário -to de longe

-ola +eu

-A

-cor

Não é -ce tarde

1 3

a

Produto da abelha

Não é -j Limpa

-el +or

D

-el +id.

-z

10 +us

-vio

1 - É fonte de vida. 2 - Representa morte. 3 - Somos responsáveis por ele.

Jogo dos 7 erros

4 - Causa tristeza e dor. 5 - Deus quer para todos. 6 - O mundo precisa. 7 - Criador de tudo.

11

Edição 16  

Décima sexta Edição do Santuário Santa Rita de Extrema