Page 1

ANO 2 - Nº 19 - MENSAL SÁBADO, 06 DE NOVEMBRO DE 2010

Começa a colheita dos frutos do projeto musicalização do Santuário

Nossa Paróquia, com Assessoria do Padre José Franco, realizou a formação para os membros da Pastoral do Canto Litúrgico, estudando a teologia do canto litúrgico, em consonância com a Ritualidade da Eucaristia com o Canto e os Instrumentos Litúrgicos e os seus ministérios. (Pág. 03)

Espiritualidade: Reconstruir o Sonho de Deus (Pág. 02)

22 de Novembro: Novena Perpétua de Santa Rita (Pág. 04)

Dízimo: Ato consciente, gesto de gratidão (Pág. 06)


2

Extrema, 06 de novembro de 2010

OPINIÃO

O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS

Padroeiro dos motoristas. Rogai por nós! Nascido no século III da nossa era, na Palestina, hoje Israel, tinha o nome de Reprobus. Relatos da época o descrevem como cidadão de elevada estatura, possuidor de uma força descomunal e de realçado porte atlético. Dele dizia-se que tinha um ideal, que era colocar-se a serviço do rei mais poderoso do mundo, e após muito caminhar e cheio de decepções com seus senhores, veio a estabelecer-se às margens de um rio no Vale de Xantos (na época era a Região da Lícia, hoje situado na Turquia) e sobrevivia de transportar, nas costas, as pes-

soas de uma margem a outra desse rio. Certo dia, Reprobus fez a travessia de uma criança que ficava cada vez mais pesada, de tal maneira que ele sentia como se o mundo inteiro estivesse sobre os seus ombros. Após a travessia, a criança revelou ser o Criador e o Redentor do mundo. Daí provém o nome Cristóvão, que significa “aquele que carrega Cristo”. Em seguida, a criança ordenou a Reprobus que fixasse seu bastão na terra. Na manhã seguinte, apareceu no mesmo local uma exuberante palmeira. Este milagre converteu a mui-

tos, despertando a fúria do rei da região. E coerentemente com seus pensamentos passou a servir a religião cristã, e no batismo, se chamou Cristóvão, ou seja, aquele que transporta o Cristo. Seu apostolado foi na própria Lícia e converteu inúmeras pessoas, inclusive soldados romanos das Legiões do Imperador Caio Décio, que pessoalmente guerreava naquela região. Veio a perecer pelas mãos daquele imperador por volta do ano 250, Cristóvão foi preso e, depois de um martírio cruel, decapitado como um verdadeiro mártir. Foi canonizado no início

Reconstruir o sonho de Deus Reparar é restaurar a imagem de Deus no ser humano oprimido, humilhado, torturado, desrespeitado em sua dignidade.

Provavelmente o título mais exato para esse artigo seria: A reparação em chave antropocêntrica. Mas parece um tanto estranho. Quando os teólogos querem complicar a nossa vida, ás vezes, recorrem a palavras difíceis como esta: antropocêntrica, de pai grego e mãe latina. Aqui, a reparação tem como centro de referência o homem que sofre. Busca-se reconstruir o rosto de Deus nos irmãos e irmãs. Sendo antropocêntrica, não deixa de ser teocêntrica, porque a glória, a alegria de Deus, é que o homem viva. Fica, então, o convite para participar nessa reconstrução do sonho que Deus tinha ao criar o homem e a mulher. Essa maneira de entender a reparação nasce de uma Teologia da Redenção, identificada com a restauração, reconciliação, recriação da pessoa humana. Não se trata de um Deus que pede expiação, compensação, satisfação pelas nossas faltas. Prevalece a idéia de um Deus amor, misericordioso que, apesar da destruição do pecado, pela fidelidade a si mesmo, faz tudo para recriar o ser humano,

para restaurá-lo (restaurar nele a imagem de Deus). Vivamos numa época que tem aguda consciência da dignidade humana, embora seja ela tão tristemente desrespeitada. Por isso mesmo, a reparação em chave antropocêntrica tem, hoje, enormes chances de ser entendida e vivida por todos aqueles que, diante da realidade de nossos tempos, ainda têm a capacidade de indignar-se e perceber que, como pessoas e como cristãos, não podemos estar de acordo com tudo o que acontece no mundo de hoje. A humanidade andou se desviando de sua rota inicial e isso continua a provocar dor e sofrimento. Quantos irmãos e irmãs nossos vivem o drama do desemprego, da fome, da solidão, da falta de sentido para sua vida, da opressão, do desrespeito à sua dignidade fundamental. Em busca da pessoa A espiritualidade reparadora precisa passar pelos caminhos da humanidade, por esses desvios, juntamente com toda a Igreja. João Paulo II, na sua encíclica Redemp-

tor hominis (O Redentor do homem) afirma que “o homem é e torna-se sempre o caminho da vida diária da Igreja”. Se esse é o caminho da Igreja, é também caminho da reparação. Se a Igreja sai todos os dias pelas estradas, pelos caminhos, pelos becos, em busca da pessoa humana, então nós precisamos estar com ela. Simplesmente porque nós queremos que a pessoa volte a encontrar a si mesma e os seus irmãos e irmãs; volte a encontrar o sentido de sua existência; volte a ser outra vez a imagem, o sonho de Deus. Reparação é restabelecer relações mais justas entre os indiví-

duos e as sociedades pelo desenvolvimento dos povos, trabalhar pela paz, em todas as formas, estar a serviço da reconciliação, do perdão, do diálogo e da paz; é buscar contra o racismo, a violência, a exploração, a discriminação, o ódio. Reparação é engajar-se na luta pela fraternidade, solidariedade e comunhão entre os seres humanos Alexandre Acácio Nogueira

do século IV. São Cristóvão, padroeiro dos motoristas, tem seu dia comemorado em 25 de Julho no Brasil, e temos muitas Igrejas com o seu patrocínio por todo o País. Em Extrema, (temos uma Igreja, capela urbana) que tem o seu patrocínio e a sua festa têm sido sempre no mês de novembro, este ano de 11 a 15, mas no calendário das festas paroquiais de 2011 ela será colocada no mês de Julho, nas proximidades do dia 25, assim também o dia oficial dos motoristas.


O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS

EM FOCO

Extrema, 06 de novembro de 2010

3

Dia de Finados

Desde o século 1º, os cristãos rezam pelos falecidos. Costumavam visitar os túmulos dos mártires nas catacumbas para rezar pelos que morreram sem martírio. No século 4º, já encontramos a Memória dos Mortos na celebração da missa. Desde o século 5º, a Igreja dedica um dia por ano para rezar por todos os mortos, pelos quais ninguém rezava e dos quais ninguém já se lembrava. Desde o século XI, os Papas Silvestre II (1009), João XVIII (1009) e Leão IX (1015) suscitam a comunidade a dedicar um dia por ano aos mortos. Desde o século XIII, esse dia anual por todos os mortos é comemorado no dia 2 de novembro, porque no dia 1º de novembro é a festa de “Todos os Santos”. O Dia de Todos os Santos celebra todos os que morreram em estado de graça, mas não foram canonizados. O dia 02/11 celebra todos

os que morreram não estando em estado de graça total, mais precisamente os que se encontram em estado de purificação de suas faltas e, assim, necessitam de nossas orações. CRENDICES E SUPERSTIÇÕES COM A MORTE (Atenção são crendices e não há porque você acreditar) • Quando morre uma pessoa, deve-se abrir todas as portas para a alma sair. Fecham-se, porém os fundos da casa. A alma deve sair pela frente. A casa não deve ser fechada antes de sete dias, pois o fel (as vísceras) do defunto só se arrebentará nesse prazo. Então a alma vai para o seu lugar. A novena de defunto é para a alma ir para onde foi destinada. • Não se deve chorar a morte de um anjinho, pois as lágrimas molharão as suas asas e ele não alcançará o céu.

• Quando numa procissão, o pálio para defronte de alguma porta de uma casa, é isso presságio de morte de alguma pessoa dessa casa, porque o pálio para sempre defronte às janelas. • Homem velho que muda de casa morre logo. • Quando a pessoa tem um tremor, é porque a morte passou por perto dela. Deve-se bater na pessoa que está próxima e dizer: Sai morte, que estou bem forte. • Acender os cigarros de três pessoas com um fósforo só, provoca a morte da terceira pessoa. Outra versão: morrerá a mais moça dos três fumantes. • Derrubar tinta é prenúncio de morte. • Quando várias pessoas estão conversando e param repentinamente, é que algum padre morreu. • Perder pedra de anel é prenúncio de morte de pessoa da

família. • Quando uma pessoa vai para a mesa de operação, não deve levar nenhum objeto de ouro, pois se tal acontecer, morre na certa. • Não presta tirar fotografia, sendo três pessoas, pois morre a que está no centro. • Doente que troca de cama, morrerá na certa. Outra versão: não morrerá. • Não se deve deitar no chão limpo, pois isso chama a morte para uma pessoa da família. • Quando pessoas vão caçar ou pescar, nunca devem ir em número de três, pois uma será picada por cobra e morrerá na certa. • Quem come o último bocado morre solteiro. • Se acontece de se ouvir barulho à noite, em casa, é que a morte está se aproximando. • Quando morre uma pessoa idosa, morre logo um anjo seu parente (criança) para levar aquela para o céu.

• Defunto que está com braços duros, amolece-os se pedir que assim faça. • Defunto que fica com o corpo mole é indício de que um seu parente o segue na morte. • Quando o defunto fica com os olhos abertos é porque logo outro da família o seguirá. • Não se deve beijar os pés de defunto, pois logo se irá atrás dele, morrendo também. • Na hora da morte, fazer o agonizante segurar uma vela para alumiar o caminho que vai seguir. • Em mortalha, a linha não deve ter nó. • Água benta ou alcânfora temperada na pinga joga-se com um galho de alecrim, sobre o defunto. • Quando uma pessoa jogar terra sobre o defunto na cova, deve pedir ao mesmo que lhe arranje um bom lugar no além. Se ele for para um bom lugar, arranjará; se para

um mau quem pede está azarado. Bom é pedir lugar para o cadáver de um anjinho, pois este sempre vai para um bom lugar. • Não se deve trazer terra do cemitério quando se volta de um enterro, pois ela traz a morte para a casa. • A pessoa que apaga as velas após a saída do enterro morrerá logo. É bom colocar perto do caixão do defunto um copo d’água benta. • Não presta ver muitos enterros, pois com isso se chama a morte para si. • Quando passa um enterro, não se deve atravessar o acompanhamento, pois isso traz a morte para pessoas da família. Bom é acompanhar o enterro. • Não presta acender só três velas para defunto; deve-se acender quatro. (ARAÚJO, Alceu Maynard. Folclore nacional, São Paulo, Edições Melhoramentos. v. 1)

Começa a colheita dos frutos do projeto musicalização do Santuário O princípio de toda profissão seria uma execução artística porque tudo era uma forma de celebrar algo e não somente executado. Assim fazia-se musica não para deleitar, ou para ser vendida, mas para oferecer a alguma divindade, ou a alguém por alguma forte razão. Não sabemos quem foram os autores das melodias gregorianas, ou mesmo as mais belas peças musicais de nossos índios. No entanto elas chegam até nós pela beleza. “A beleza deve servir a Deus, pela beleza Deus se manifesta. Toda expressão de beleza é a forma mais próxima da Gloria Divina”. (C. Pastro) A nossa Paróquia com Assessoria do Padre José Fran-

co realizou a formação para os membros da Pastoral do Canto Litúrgico, estudando a teologia do canto litúrgico, em consonância com a Ritualidade da Eucaristia com o Canto e os Instrumentos Litúrgicos e os seus ministérios. Foram dias de experiência de convivência alegre, fraterna e comprometimento. Aprofundamos no conhecimento de Liturgia, Eucaristia e Canto Litúrgico. Com a proposta de cantar a Missa e não apenas cantar na Missa. E cantar o rito quando o canto é um rito, ou acompanhar um rito quando este é o seu objetivo. E também cantar a proposta teológica e litúrgica corretamente para que

as nossas celebrações não se esvaziem e alcance o objetivo com as propostas de: - elevar os corações; evangelizar cantando as alegrias; as dores; as magoas e as esperanças pela dimensão celebrativa e participativa. O sempre renovado convite de cantar com arte e de forma orante e não apenas cantar, mas celebrar com arte e oração. E, ainda um grupo pastoral que testemunhe a comunhão de vida e seja uma Igreja aberta e acolhedora, para cantar em unidade. No dia 21 de outubro às 19h. a celebração eucarística reuniu todos os instrumentistas e cantores que participaram juntamente com as

pessoas que compunham a assembleia eucarística, para celebrar e cantar a Missa. Foi um momento emocionante, participativo, magnífico em que os corações foram elevados pela arte e pela oração com todos em comunhão à mesa eucarística. Também o Maestro Marcial Araujo que apresentou para a comunidade os novos elementos formados como instrumentistas ao longo do ano e que se juntam a nós neste mutirão de artistas que celebram, evangelizam, embelezando artisticamente as nossas celebrações. Esta é uma parceria do Santuário com o Departamento de Cultura Municipal, para a formação de novos músicos.

Esta é a Pastoral de canto litúrgico que vai sendo criada em nossa Paróquia e que elegeu os seus coordenadores: - Graziela, Clayton, Edmar e Reginaldo. A todos vocês que estão nesta caminhada, um só deve ser o nosso agradecimento, ao nosso Deus que é Pai e fonte de todos os dons. E vamos em frente crescer

é importante sempre! E você que é instrumentista, ou cantor, ou cantora venha fazer parte deste mutirão de artistas que reconhecem que a Deus tudo pertence e a Ele damos Glória com a nossa voz e com os nossos dons, que cantem todos e todos os instrumentos com arte e beleza ao Senhor nosso Deus.


4

Extrema, 06 de novembro de 2010

COTIDIANO

- No dia 11 de outubro homenageamos Padre José Franco pelos seus 30 anos de vida sacerdotal. As 19h, celebramos a Ação de graças na mesa eucarística, onde parentes e amigos de Padre Franco em assembleia paroquial se reuniu no Santuário. Estiveram presentes também vários padres amigos e contemporâneos de Padre Franco. Após a missa aconteceu um jantar no Espaço Pururuca. Além da comida deliciosa, o ambiente estava agradável e acolhedor, onde a alegria e a amizade pairavam no ar. - No dia 12, dia de Nossa Senhora Aparecida, o Grupo “Peregrinos de Maria”, realizou mais uma caminhada de Fé e oração. O destino foi a Comunidade do Bairro do Rodeio, que agora já faz parte do calendário de caminhadas dos Peregrinos de Maria.Partimos do Santuário as 7h e as 10h encontramos com a comunidade do Rodeio, que veio em procissão, com os andores de São Benedito e Nossa Senhora, para que juntos chegássemos até a Igreja. Foi mais uma caminhada de muita emoção e fé. As 11h participamos da missa presidida pelo Padre Ernesto e também mais uma vez nos consagramos a Nossa Senhora. - Dia 18, o casal Adriana e Osmar completou 25 anos de casados. O grupo de oração da Sagrada Família se reuniu para rezar o terço e juntamente com o seminarista Alexandre o casal rendeu graças ao Senhor por todos esses anos de vida em comum. Ao casal votos de

Felicidades,que o amor, a paz e e vigoroso, que atraiu e cativou a harmonia perdurem em seu lar os pagãos e povos de outras em companhia de seus filhos. religiões que se converteram - Dia 28, dia de São Judas ao cristianismo. Ele mostrou Tadeu, participamos da pro- que sua adesão a CRISTO era cissão que saiu do Santuário completa e incondicional, tesaté o Bairro dos Morbidelli, temunhando sua fé com doaonde São Judas foi entroni- ção da própria vida. zado como Padroeiro daquela - Nos dias 28, 29 e 30 de outuComunidade. As 19 h a euca- bro, aconteceu no Bairro Morbiristia foi presidida pelo Padre delli a Festa de São Judas Tadeu José Franco. São Judas Tadeu, e Nossa Senhora Aparecida, a foi Apóstolo de Jesus e Mártir. Comunidade e o Conselho agraÉ chamado também de Santo decem a participação de todos. das Causas Impossíveis. Era - 02 de novembro – “O primo-irmão de Jesus, pois Dia dos Fiéis Defuntos ou Dia seu pai Alfeu era irmão de de Finados, conhecido ainda São José, e sua mãe era prima- como Dia dos Mortos” - Neste -irmã de Maria Santíssima. dia todos os fiéis católicos de Depois que os Apóstolos re- nossa comunidade foram rezar ceberam o Espírito Santo, no e visitar os túmulos de seus Cenáculo em Jerusalém, ini- mortos. O Cemitério estava ciaram a construção da Igreja todo enfeitado com as mais de DEUS, com a evangeliza- variadas flores. ção dos povos. São Judas iniO Dia de Finados é o dia da ciou sua pregação na Galiléia. celebração da vida eterna das Depois viajou para a Samaria pessoas queridas que já falecee outras populações judaicas. ram. É o Dia do Amor, porque Tomou parte no primeiro Con- amar é sentir que o outro não cílio de Jerusalém, realizado morrerá nunca. no Ano 50. A seguir, foi evanÉ celebrar essa vida eterna gelizar a Síria, Armênia e Me- que não vai terminar nunca. sopotâmia (atual Pérsia), onde Pois, a vida cristã é viver em ganhou a companhia de outro comunhão íntima com Deus, apóstolo, Simão, o “zelo- agora e para sempre. te”, que evangelizava o Egito. A pregação e o testemunho de São Judas Tadeu, foi realizado de modo enérgico Conselho da Festa de São Judas Tadeu e N.S. Aparecida

Todas as quartas-feiras no salão paroquial elementos da nossa comunidade estão sendo treinados para se tornarem os novos Ministros da Eucaristia. O Curso está sendo ministrado

pelo padre José Franco, padre Márcio, Seminarista Alexandre. Coordenadora da Pastoral dos ministros ,Judith Olivotti ,e demais ministros. Os preparativos da Festa de São Cristovão estão a todo favor. Os últimos detalhes já es-

tão sendo colocados em prática, pois a festa já é no próximo final de semana. O que também está em alta é a Ordenação do Seminarista Alexandre. Extrema inteira se prepara para esta grande data!

O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS

Outubro! Mês missionário! É o mês que nos motiva a assumir verdadeiramente o nosso papel de cristão missionário, seja em nossa família, na comunidade ou na sociedade. É o mês da ação e reflexão. Ser missionário é fazer a difícil viagem de sair de si e ir ao encontro do outro, do novo, do diferente, é ir em busca de novas conquistas. Ser missionário é assumir os desafios e compromissos que nos levam a descobrir novos horizontes. É dar, mas também é receber. É partilhar, conquistar e buscar sempre a verdade em Cristo, através de nossas atitudes, gestos e atos. Ser missionário é nos permitir criar novos laços, novas relações, um novo jeito de olhar a vida. Outubro! Mês de Nossa Senhora Aparecida ! Mês da Criança! Mês do Professor ! Mês de São Judas Tadeu! Mês do Aniversário de Ordenação do Padre José Franco! Mês do Rosário!

Dia 21/11 – Dia de Cristo Rei e dia do Leigo. O encontro será na E.M. Evandro Brito da Cunha. Toda Comunidade está convidada. Dia 05/12 – Caminhada dos Peregrinos de Maria até a Comunidade do Bairro do Godoy, onde acontecerá a Festa de Nossa Senhora Imaculada Conceição.

Dia 09/12 – Ordenação Diaconal do Alexandre na Catedral de Pouso Alegre, às 19h. Dia 12/12 – Amigo Caneca . Todas as Pastorais estão convidadas, inclusive nossos grandes amigos Padre José Franco, Padre Márcio e Alexandre. Dia 09/01/2011 – Romaria até a Paróquia de Nossa Senhora de Fátima na cidade de

Araras,onde o nosso amigo Tadeu é pároco. Tadeu foi professor de Ensino Religioso na E.E. Alfredo Olivotti no início da década de 80. A coordenação do Grupo Peregrinos de Maria convida todos os ex-alunos e professores que conheceram Tadeu na E. E. Alfredo Olivotti a participarem dessa romaria de fé e oração.

Acolhemos em nossa comunidade, Igreja Católica, pelo Santo Batismo: Batizando: Catharina Monteiro Soares Pai: Antônio Soares de Araujo Mãe: Maria dos Milagres Monteiro de Araujo Padrinho: Geraldo M. Soares Madrinha: Antônia Bernardina de Sousa Soares Batizando: Rafaela Simplício Pradela Vieira Pai: Leandro Pradela Vieira Mãe: Fabíola Simplício da Silva Padrinho: Luciano Pradela Vieira Madrinha: Daniele de Souza Oliveira Batizando: Ana Lívia da Silva Flores Belo Pai: William Expedito T. Flores Belo Mãe: Janaína Ap. Moura Silva Padrinho: Carlos Roberto da Silva Madrinha: Adriana P. Machado Batizando: Erica Caroline Santos Pinheiro Pai: Albertino Pinheiro Mãe: Alexsandra Santos Padrinho: Alexsandro Santos Madrinha: Fabiana de F. Dorta Batizando: Éricles Gustavo Santos Mãe: Alexsandra Santos Padrinho: Uemerson S. da Silva Madrinha: Elizangela Ap. Batista Souza Silva Batizando: Lohane Rafaele de Lima Cezar Pai: Carlos José de Lima Cezar

Mãe: Juliana Ap. Leme Cezar Padrinho: Nelson Tadeu Ap. Leme Madrinha: Joyce Novaes Ferreira Batizando: Júlia Rodriguês Silva Pai: Júlio Messias da Silva Mãe: Keller de Fátima Rodriguês Gonçalves Padrinho: Fábio José de Alencar Madrinha: Tarcila de Lima Zingale Batizando: Arcangelo Lopes de Almeida Junior Pai: Arcangelo L. de Almeida Mãe: Antônio Sidnea de Oliveira Padrinho: Wilson Aparecido de Oliveira Madrinha: Andréia Cristina dos Santos Oliveira Batizando: João Lucas V. da Rosa Pai: Alison Roberto da Rosa Mãe: Marisa Cristina V. da Rosa Padrinho: Márcio José Vieira Madrinha: Simone Aparecida Silvério Pereira Batizando: Vinícius Marques Silva Pai: Ivan Carlos Silva Mãe: Angela Pereira Marques Padrinho: Wagner L. da Silva Madrinha: Nilza Pereira Batizando: Pietro Miguel Leonardi Dantas Pai: Alexandre do Couto Dantas Mãe: Nidya Gomes Leonardi Padrinho: Paulo S. Leonardi Filho

Madrinha: Danila G. da Silva Batizando: Pamela Maria Lima Reis Pai: Tadeu de Lima Cesar Mãe: Andréia da Silva Reis Padrinho: Luiz Gomes de Oliveira Madrinha: Angela Maria Pinto de Oliveira Batizando: João Victor Almeida de Oliveira Pai: Junior José de Oliveira Mãe: Camila Almeida de Melo Padrinho: Welinton M. de Oliveira Madrinha: Ingrid Bruna Biondi Batizando: Maria Luiza Moreira Marinho Pai:César Luiz Marinho Mãe: Adelicia Moreira Bento Padrinho: Vanderlei Ap. Luiz Marinho Madrinha: Vânia Ribeiro de Faria Marinho Batizando: Bianca Rodrigues Mãe: Regineide Rodrigues dos Santos Mãe (Responsável): Maria do Socorro Rodrigues de Lima Padrinho: Gilberto Francisco de Oliveira Madrinha: Maria Aparecida Gomes de Oliveira Que os pais e padrinhos sejam realmente colaboradores na educação cristã destas crianças. Parabéns a todos.


HISTÓRIA

O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS

Extrema, 06 de novembro de 2010

5

MARIA VANDA OLIVOTI

Canonização de Madre Cândida Maria de Jesus. Fundadora da Congregação das Filhas de Jesus Santa Cândida Maria de Jesus, Rogai por Nós!

Santa Cândida Maria de Jesus

No dia 17 de outubro de 2010, às 10 horas, na Praça de São Pedro, Vaticano, durante a celebração eucarística, presidida pela Sua Santidade, Bento XVI, Madre Cândida Maria de Jesus (Juana Josefa) Cipitria y Barriola foi canonizada pela Santa Igreja. Juntamente com Madre Cândida Maria de Jesus, foram canonizados os seguintes beatos: Estanislau Kazimierczyk Soltys, sacerdote, polonês; André (Alfredo) Bessete, religioso, canadense; Maria da Cruz Mackillop, religiosa, australiana; e Júlia Salzano, religiosa, italiana. A Praça de São Pedro estava lotada de fiéis vindos de todas as partes do mundo. Calcula-se que estavam presentes 50.000 pessoas, envolvidas dos mais profundos sentimentos de cristandade. A alegria jorrava pelos sorrisos, pelos olhares, pela voz e pelos gestos de todos. Havia uma unção especial espalhada por toda a Praça de São Pedro, privilegiada por uma clara manhã de sol. Nos momentos de aclamação ao nome do santo ou da santa, as bandeiras e os lenços eram abanados com entusiasmo e fervor. Havia “um só coração e uma só alma”, diante da Basílica de São Pedro. A espiritualidade de Santa Cândida Maria de Jesus é cristocêntrica e seu carisma é a formação e a promoção da pessoa humana, através da educação cristã das crianças e da juventude. Sua devoção à Imaculada Conceição foi transmitida à Congregação

das Filhas de Jesus e aos colégios espalhados pelos cinco continentes. Seu espírito evangelizador e sua entrega incondicional a Cristo Jesus levaram a Congregação a fundar colégios no mundo todo. Sua Santidade Bento XVI, em sua homilia, assim se expressou, referindo-se à Santa Cândida Maria de Jesus: “Quando o Filho do Homem vier para fazer justiça aos eleitos, encontrará porventura a fé sobre a terra? (cf. Lc 18, 18). Hoje, podemos dizer que sim, com alívio e determinação, ao contemplar figuras como a Madre Cândida Maria de Jesus Cipitria y Barriola. Moça de origem simples, com um coração no qual Deus depositou o seu selo e que a levaria, guiada pelos seus diretores espirituais jesuítas, a tomar a firme decisão de viver “só para Deus”. Decisão que manteve fielmente, como ela mesma recorda quando estava prestes a morrer. Viveu para Deus e para aquilo que Ele mais deseja: alcançar a todos, levar a todos a esperança que não vacila, e de maneira especial àqueles que têm mais necessidade. “Onde não existe lugar para os pobres, também não há lugar para mim”, dizia a nova Santa que, dispondo de meios escassos, levou outras Irmãs a seguirem Jesus e a dedicarem-se à educação e à promoção da mulher. Assim nasceram as Filhas de Jesus, que hoje encontram na sua Fundadora um modelo de vida para imitar, e uma missão apaixonante para continuar nos numerosos países aonde chegaram o espírito e os anseios de apostolado de Madre Cândida.” Ela deixou muitas cartas endereçadas às comunidades das Filhas de Jesus, e vale à pena citar alguns pensamentos: “Vivam muito unidas a Jesus, fazendo as coisas somente por Jesus e para Jesus, a quem devemos agradar... confiando sempre em Deus e

não nas criaturas, pois como nosso Pai que é, sempre atende as nossas necessidades, provendo-nos do necessário.” “Em Jesus temos tudo e sem Ele tudo o temos perdido.” “Por todos os lados e em qualquer parte encontramos cruzes. Bendito seja Deus que nos manda cruzes, aproveitemos delas para nossa santificação.” “Seja fiel à voz de Deus, que Ele a premiará; peça com muita confiança, humildade e perseverança, porque o Senhor deseja que lhe peçamos e lhe exponhamos nossas necessidades.” “Que tenha essa grande confiança em Maria Imaculada e que todos seus atos sejam apresentados por Ela a Jesus.” “Procurar-se-á ter diante de si, Cristo Nosso Senhor, quando ensinar às crianças e utilizar-se-á o método mais alegre.” “Deus o quer”. “O mundo é pequeno para meus desejos.” “Ao fim do mundo, iria eu em busca de almas.” “Estou tranquilissimamente tranqüila”. (no momento de sua morte) De Extrema, estiveram presentes na solenidade, o Sr. Dr. Eudinedes Jesus de Lima e Sra. Judith de Deus Olivotti Lima; Sr. Alfredo Brito da Cunha e Sra. Leda Ivone Martins Brito da Cunha; Sr. José Maria Marinho e Sra. Maria José Alves Marinho; Dr. Eudinedes Jesus de Lima Junior e Sra. Marivane Marinho Lima; a sra. Judith Gomes Simões e Maria Vanda Olivoti.

Grupo extremense em frente ao Santuário de Santa Rita, em Cássia: Eudinedes, Eudinedes Jr, Judith Simões, Vanda, Judith O. Lima, Leda, Alfredo, Maria José, José Maria, Marivane

DEPOIMENTOS: - “Existem momentos que vivemos e que são indescritíveis. Estar no Vaticano e participar de uma cerimônia de canonização é algo que muito me emocionou. A oportunidade vivida juntamente com mais de 50.000 peregrinos, quando o Papa Bento XVI proclamou Santos a beata Cândida Maria de Jesus, fundadora da Congregação das Filhas de Jesus e mais cinco beatos, foi uma bênção divina. Tudo foi muito sublime.” (Eudinedes Jesus de Lima) - “Itália, Roma, esplendor do Império Romano e símbolo da Igreja Cristã. Bento XVI, no mês de outubro, na Basílica de São Pedro, deixou mais bonita a Roma Eterna dos mártires e dos santos, com a canonização de Madre Cândida Maria de Jesus. Grupos de devotos que lá estiveram, do Brasil, de Bragança e de Extrema, Parabéns!” (Alfredo Brito da Cunha)

Fiéis lotam a Praça de São Pedro

- “Foi com muita satisfação que tive o prazer de estar presente na Canonização de Madre Cândida Maria de Jesus, em Roma, pois aos olhos de Nosso Senhor Jesus Cristo, ela estará como Santa, rogando sempre a Deus por nós.” (Judith Gomes Simões) - “Estar no Vaticano, na Canonização de Madre Cândida Maria de Jesus, me levou a uma experiência inexplicável: sentimentos de estar no mundo, na vivência de completa inclusão na essência de toda a humanidade e de toda a Graça de Deus. Senti ser eleita de amigos e principalmente de Deus. Joelhos no chão, reverência à Fonte do Amor Maior.” (Leda Ivone Martins Brito da Cunha) - “Rogai por nós, Santa Cândida Maria de Jesus” – Assim o Santo Padre, o Papa Bento XVI encerrou a Missa Solene de Canonização de Madre Cândida, na manhã de

17-10-2010. Foi emocionante, foi comovente participar de uma cerimônia de canonização na qual, Madre Cândida, diante de meus olhos, foi declarada Santa. Uma pessoa que aprendi a amar e a admirar desde a minha adolescência.” (Judith de Deus Olivotti Lima)

No dia seguinte, 18 de outubro, o grupo extremense seguiu em direção à cidade de Cássia para uma visita à Santa Rita. A emoção e a fé na padroeira de Extrema manifestavam-se em cada gesto do grupo, diante do corpo incorruptível de Santa Rita. Rocca Porena, lugarejo onde nasceu e viveu Santa Rita até a sua entrada no Mosteiro das Agostinianas em Cássia, foi também visitada pelo grupo. A simplicidade da casa onde viveu Santa Rita e a beleza dos alpeninos sensibilizaram o grupo que voltou mais fortalecido depois dessa viagem.

Celebração Eucarística - Canonização dos seis beatos


6

Extrema, 06 de novembro de 2010

GERAL

Dízimo: Ato consciente, gesto de gratidão

Dê cada um conforme o impulso do seu coração, sem tristeza nem constrangimento. Deus ama o que dá com alegria (2Cor 9,7). Não digas no teu coração: a minha força, e a fortaleza da minha mão me adquiriram estas riquezas. Antes te lembrarás do Senhor teu Deus, porque ele é o que te dá força para adquiris riquezas (Dt 8,17-18). Mas digo isto: aquele que semeia pouco, pouco também ceifará; e aquele que semeia em abundância, em abundância também ceifará. Cada um contribua segundo propôs no

seu coração; não com tristeza, nem por constrangimento; porque Deus ama ao que dá com alegria. E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundais em toda obra (2Cor 9,6-8). Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que

haja mantimento na minha casa, e depois f a z e i prova de mim, diz o Senhor dos exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós tal benção, que dela vos advenha a maior abastança (Ml 3,10). Como está escrito: Ao que muito colheu, não sobrou; e ao que pouco colheu, não

O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS

Dízimo mirim

faltou (2Cor 8,15). Querido (a) Dizimista! Agradecemos a Deus por sua vida e por você parte desta Comunidade. No Dia de seu aniversário rezamos por você e receba o maior presente que podemos lhe oferecer: as nossas orações e o Amor de Deus, nosso Pai. Aceite o nosso abraço, nosso carinho e admiração por tudo que você está fazendo pela Evangelização e por tudo o que você é. Que Deus conceda lhe muitas bênçãos e uma vida cheia de saúde, alegrias e muito sucesso em todos os seus projetos.

O Dízimo Infanto-Juvenil tem por objetivo, ensinar nossas crianças e adolescentes sobre a importância da doação do dízimo desde a primeira formação cristã. O Dízimo tem as suas dimensões, e nós como batizados somos responsáveis para que elas aconteçam, proporcionando assim a realização do reino de Deus, através de suas dimensões: religiosa, social e missionária. A implantação do dízimo infanto-juvenil tem por objetivo despertar nas crianças

DIA DO LEIGO Queridosamigosparoquianos extremenses, engajados nas mais diversas Pastorais, Movimentos, Conselhos, Assessoria, Comissões, vimos também por meio deste externar nosso agradecimento pelo esforço e empenho no trabalho de evangelização realizado nas mais diversas comunidades Urbanas e Rurais ao longo de 2010. Chegamos ao momento de comemorar todo esse esforço e dedicação, essa

disposição em servir os irmãos na comunidade. Vocês são pessoas as quais confiamos muito, pois, é por meio de vocês que também chegamos aos demais membros da comunidade. Nós padres sozinhos não daríamos conta. Por isso contamos com vocês. Gratos pela compreensão, disposição, dedicação e carinho! Queremos encontrar com to-

dos vocês e demais membros da sua comunidade no dia em que celebramos a Festa de Jesus Cristo Rei do Universo (DIA DO LEIGO). Por gentileza, confirmar lista de presença até dia 11 de Novembro na secretaria paroquial dos membros da sua comunidade. Assim, facilitará toda a organização do encontro. Para ajudar nas despesas do encontro pedimos uma taxa simbólica no valor de R$ 5,00

por pessoa. DIA DO ENCONTRO: 21 de Novembro de 2010. LOCAL DO ENCONTRO: Escola Municipal Evandro Brito da Cunha (Bairro Pedacinho do Céu). HORÁRIO DE INÍCIO: A partir das 08h da manhã. ENCERRAMENTO DO ENCONTRO: Celebração no Santuário às 16h da tarde. Fraterno Abraço! Contamos com vocês!

e adolescentes o compromisso com a igreja e com a comunidade em que vive e participa, fazendo assim sua experiência de fé, amor e partilha. A prática do dízimo nos liberta do egoísmo, da avareza e do apego aos bens materiais, nos tornando pessoas solidárias, justa e fraternas. Despertando nas crianças e adolescentes o real significado do Dízimo Consciente, não precisaremos conscientizar os adultos.


O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS

1. CELEBRAÇÕES MISSAS - Dia 02 às 19h – Cemitério “Dia de Finados” - Dia 02 às 16h – Santuário - Dia 02 às 19h – Santuário - Dia 03 às 19h – Comunidade Santíssima Trindade – Bairro Agenor - Dia 03 às 19h – Comunidade São Nicolau – Bairro Matão - Dia 04 às 19h – Santuário - Dia 04 às 19h – Comunidade N. Senhora Aparecida – Bairro Juncal - Dia 05 às 19h – Santuário “Campanha do Quilo” - Dia 05 às 19h – Comunidade Santo Antônio – Bairro Pires - Dia 06 às 19h – Santuário - Dia 07 às 09h – Santuário - Dia 07 às 11h – Comunidade São Cristóvão - Dia 07 às 16h– Santuário - Dia 07 às 19h – Santuário - Dia 10 às 19h – Comunidade São Brás – Bairro Tenentes - Dia 10 às 19h – Comunidade São

Sebastião – Posses - Dia 11 às 19h – Santuário “Tríduo – Festa de São Cristóvão” - Dia 11 às 19h – Comunidade São Pedro – Bairro Jardim - Dia 12 às 19h – Santuário “Tríduo – Festa de São Cristóvão” - Dia 12 às 19h – Comunidade Nossa Senhora Aparecida – Bairro Salto do Meio - Dia 13 às 19h – Santuário “Tríduo – Festa de São Cristóvão” - Dia 14 às 09h – Comunidade São Cristóvão e após Carreata e benção aos veículos - Dia 14 às 09h – Santuário - Dia 14 às 16h – Santuário - Dia 14 às 19h – Santuário “Ação de Graças” - Dia 16 às 19h – Comunidade Santo Antônio – Bairro Furnas - Dia 16 às 19h – Comunidade N. S. Imaculada Conceição – Bairro Godoy - Dia 17 às 19h – Comunidade Santíssima Trindade – Bairro Agenor

CALENDÁRIO NOVEMBRO

- Dia 17 às 19h – Comunidade São Benedito – Bairro Fronteira - Dia 18 às 19h – Santuário - Dia 18 às 19h – Comunidade Santa Cruz – Bairro Forjos - Dia 19 às 19h – Com. São Judas Tadeu e N. S. Aparecida – B. Morbidelli - Dia 20 às 19h – Santuário - Dia 21 às 09h – Santuário - Dia 21 às 11h – Comunidade São Cristóvão - Dia 21 às 16h – Santuário - Dia 21 às 19h – Santuário - Dia 22 às 19h – Santuário “Novena Perpétua de Santa Rita” - Dia 23 às 19h – Comunidade São Benedito – Bairro Pessegueiros - Dia 23 às 19h – Com. Santa Terezinha do Menino Jesus – Bairro Vila Rica - Dia 24 às 19h – Comunidade São Sebastião – Bairro Salto de Cima - Dia 24 às 19h – Comunidade Santa Cruz – Bairro Barreiro - Dia 25 às 19h – Santuário - Dia 25 às 19h – Comunidade

Nossa Senhora Aparecida – Bairro Rodeio - Dia 27 às 19h – Santuário - Dia 27 às 19h– Comunidade Santo Antônio – Bairro Roseira - Dia 28 às 09h – Santuário - Dia 28 às 11h – Comunidade São Cristóvão - Dia 28 às 16h – Santuário - Dia 28 às 19h – Santuário - Dia 30 às 19h – Comunidade Nossa Senhora das Graças – Bela Vista ADORAÇÃO DO SANTISSIMO SACRAMENTO NO SANTUÁRIO - Dia 05/11 das 13h às 18h45 CELEBRAÇÕES DE BATIZADOS NO SANTUÁRIO - Dia 14/11 às 11h – Santuário - Dia 28/11 às 11h – Santuário CASAMENTOS SANTUÁRIO:

Extrema, 06 de novembro de 2010

- Dia 13 às 15h – Santuário: Jefferson e Rita - Dia 13 às 17h – Santuário: Denílson e Aparecida - Dia 19 às 20h – Santuário: Leandro e Luciana - Dia 20 às 17h – Santuário: Cristian e Viviane - Dia 26 às 20h – Santuário: Fernando e Cheila - Dia 27 às 15h – Santuário: Alexandre e Mariana - Dia 27 às 17h – Santuário: André e Lídia 2. ENCONTROS - Dia 03 às 19h - Formação para Ministros Extraordinários da Eucaristia - Salão Paroquial - Dia 06 às 16h – Encontro com Catequistas – Salão Paroquial - Dia 07 às 14h – Curso de Batismo – São Cristóvão - Dia 07 – 2º Encontro de Casais Acolhidos por Jesus

7

- Dia 08 às 19h – Reunião com a Pastoral do Dízimo – Salão Paroquial - Dia 09 às 19h30 – Reunião COSEPA em Estiva - Dia 10 às 19h - Formação para Ministros Extraordinários da Eucaristia - Salão Paroquial - Dia 17 às 19h - Formação para Ministros Extraordinários da Eucaristia - Salão Paroquial - Dia 21 às 14h – Curso de Batismo – Salão Paroquial - Dia 21 às 14h – Encontro Setorial da Pastoral Familiar em Bom Repouso - Dia 24 às 19h - Formação para Ministros Extraordinários da Eucaristia - Salão Paroquial - Dia 26 às 19:00 – Reunião com Assessoria - Dia 27 às 16h – Encontro com Catequistas – Salão Paroquial - Dia 28 – Encontro de Noivos no Salão Paroquial

DEZEMBRO 1. CELEBRAÇÕES MISSAS - Dia 01 às 19h – Comunidade Santíssima Trindade – Bairro Agenor - Dia 01 às 19h – Comunidade São Brás – Bairro Tenentes - Dia 02 às 19h – Santuário - Dia 02 às 19h – Comunidade N. Senhora Aparecida – Bairro Juncal - Dia 03 às 19h – Santuário “Campanha do Quilo” - Dia 03 às 19h – Comunidade Imaculada Conceição – Bairro Godoy “Festa” - Dia 04 às 19h – Santuário - Dia 05 às 09h – Santuário - Dia 05 às 11h – Comunidade São Cristóvão - Dia 05 às 16h – Santuário - Dia 05 às 19h - Santuário - Dia 07 às 19h – Comunidade Santo Antônio – Bairro dos Pires - Dia 08 às 19h – Comunidade San-

ta Cruz – Bairro Barreiro - Dia 09 às 19h – Ordenação Diaconal Alexandre na Catedral em Pouso Alegre - Dia 10 às 16h – Santuário “Enfermos” - Dia 10 às 19h – Comunidade N. S. Aparecida – Bairro Rodeio - Dia 11 às 19h – Santuário - Dia 11 às 19h – Comunidade Santo Antônio – Bairro Roseira - Dia 12 às 09h – Santuário - Dia 12 às 11h – Comunidade São Cristóvão - Dia 12 às 16h – Santuário - Dia 12 às 19h – Santuário - Dia 14 às 19h – Comunidade São Benedito – Bairro Fronteira - Dia 15 às 19h – Comunidade Santíssima Trindade – Bairro Agenor - Dia 15 às 19h – Comunidade São Sebastião – Bairro Salto de Cima

- Dia 16 às 19h – Santuário - Dia 16 às 19h – Comunidade Santa Cruz – Bairro Forjos - Dia 17 às 19h – Comunidade Santo Antônio – Bairro Furnas - Dia 18 às 19h – Santuário “Instituição e Apresentação dos Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística” - Dia 19 às 09h – Santuário - Dia 19 às 11h – Comunidade São Cristóvão - Dia 19 às 16h – Santuário - Dia 19 às 19h – Santuário - Dia 21 às 19h – Comunidade Santa Terezinha do Menino Jesus – Bairro Vila Rica - Dia 21 às 19h – Comunidade São Benedito – Bairro Pessegueiros - Dia 22 às 19h – Santuário “Novena Perpétua de Santa Rita” - Dia 23 às 19h – Santuário

- Dia 23 às 19h – Comunidade São Sebastião – Posses - Dia 24 às 24h – Santuário “Natal” - Dia 25 às 19h – Santuário “Natal” - Dia 26 às 09h – Santuário - Dia 26 às 11h – Comunidade São Cristóvão - Dia 26 às 16h – Santuário - Dia 26 às 19h – Santuário - Dia 28 às 19h – Comunidade São Judas Tadeu e Nossa Senhora Aparecida – Bairro Morbidelli - Dia 28 às 19h – Comunidade Nossa Senhora Aparecida – Bairro Salto do Meio - Dia 29 às 19h - Comunidade Nossa Senhora das Graças – Bela Vista - Dia 29 às 19h – Comunidade São Pedro – Bairro Jardim - Dia 30 às 19h – Santuário - Dia 30 às 19h – Comunidade São Nicolau – Bairro Matão

- Dia 31 às 22h – Santuário “Ano Novo” - Dia 01/01/11 às 19h – Santuário “Ano Novo” ADORAÇÃO DO SANTISSIMO SACRAMENTO NO SANTUÁRIO - Dia 03/12 das 13h às 18:45 CELEBRAÇÕES DE BATIZADOS NO SANTUÁRIO - Dia 12/12 às 11h – Santuário - Dia 26/12 às 11h – Santuário CASAMENTOS SANTUÁRIO: - Dia 04 às 15h – Santuário: Danilo e Roberta - Dia 04 às 17h – Santuário: Elton e Natalina - Dia 11 às 15h – Santuário: We-

lington e Franciele - Dia 11 às 17h– Santuário: Maximiliano e Rariane - Dia 17 às 20h – Santuário: Douglas e Sarita 2. ENCONTROS - Dia 01 às 19h - Formação para Ministros Extraordinários da Eucaristia - Salão Paroquial - Dia 04 das 08h às 15h – Retiro de Catequistas em Cambuí - Dia 05 às 14h – Curso de Batismo – São Cristóvão - Dia 14 às 19h – Reunião com a Pastoral do Dízimo – Salão Paroquial - Dia 15 às 19h - Formação para Ministros Extraordinários da Eucaristia - Salão Paroquial - Dia 19 às 14h – Curso de Batismo – Salão Paroquial


O SANTUÁRIO EM SUAS MÃOS

DIVERSÃO

Extrema, 06 de novembro de 2010

8

ENCONTRO DE NOIVOS A Paróquia Santa Rita de Extrema promove mais um ENCONTRO DE NOIVOS com a PASTORAL FAMILIAR. Você que já namora há algum tempo e pretende dar um passo a mais em sua VOCAÇÃO MATRIMONIAL, venha participar conosco. Faça com antecedência sua INSCRIÇÃO NA SECRETARIA PAROQUIAL no horário de expediente (na segunda-feira das 13h às 17h e de terça-feira a sexta-feira na parte da manhã das 08h às 11h30 e na parte da tarde das 13h às 17h). DIA DO ENCONTRO: 28 de Novembro (Domingo) LOCAL: Salão Paroquial (R. João Suekuni, 75 - Centro) HORÁRIO: Dia todo Pe. Márcio Mota de Oliveira

22 DE NOVEMBRO NOVENA PERPÉTUA DE SANTA RITA Todo mês, dia 22, às 19h, Novena Perpétua de Santa Rita e Indulgência Plenária para quem participa das Celebrações no Santuário em Extrema. Muitas graças tem sido alcançadas por Intercessão de Santa Rita, venha rezar, conhecer e celebrar conosco. Programe-se, traga sua família, faça sua romaria. Entre em contato conosco pelo telefone (35) 3435-1066 no horário de expediente (na segunda-feira das 13h às 17h e de terça-feira a sexta-feira na parte da manhã das 08h às 11h30 e na parte da tarde das 13h às 17h) e agenda sua visita. Ficaremos felizes em poder acolhê-los! Visite nosso site: www. santuariosantaritadeextrema. org e sejam bem vindos!

Edição 19  

Edição 19 do Jornal do Santuário de Santa Rita de Extrema