Page 1

INFORMATIVO

ANO 1 - Nº 07 SETEMBRO - 2017

Mensagem do Reitor Querido amigo de Anchieta, Inúmeras coisas levaram São José de Anchieta a discernir o verdadeiro chamado à vida religiosa. Aos 17 anos, diante da imagem de Nossa Senhora, tomou a decisão, de abandonar tudo e servir ao Senhor, ingressando na Companhia de Jesus. O seu imenso amor pela Eucaristia, a luta para guardar a castidade e, principalmente, seu ardor missionário fizeram de São José de Anchieta um grande propagador da Palavra de Deus. Ele testemunhava com a vida a veracidade do Evangelho. Suas obras literárias, espirituais e grandes patrimônios são heranças dessa entrega absoluta a Deus. “Ó doce chaga, que repara os corações feridos, abrindo larga estrada para o Coração de CRISTO. Prova do novo amor que nos conduz a união! Porto do mar que protege o barco de afundar!” Inspirados pela confiança de São José de Anchieta em Jesus, sejamos nós condutores do divino amor, por meio da vivência da Palavra Viva! Seja um anunciador do Evangelho. Com minhas preces, Pe. Cesar Augusto dos Santos, SJ

Reitor do Santuário Nacional de Anchieta


Testemunho de fé

É com muita fé e devoção a São José de Anchieta que testemunho as bênçãos que recebi. Eu não acreditei no fato da beatificação do Pe. José de Anchieta, foi quando recebi a notícia de que minha filha estava desempregada. Então, fiz uma promessa que se Pe. José de Anchieta me ajudasse com um emprego para minha filha, não duvidaria mais. Minha filha conseguiu o emprego. Tempos depois, minha mãe passou a ter dificuldades para andar e minha filha mais nova teve o diagnóstico de úlcera de córnea. Neste período, o Pe. José de Anchieta já havia sido canonizado. O desespero tomou conta, mas sempre permaneci confiante em Deus. Em 2016, durante a Novena de São José de Anchieta, participei todos os dias pedindo com fé pela intercessão de São José de Anchieta e Jesus para que minha mãe e minha filha fossem curadas. Levei para casa a relíquia que minha mãe passava todos os dias no machucado e minha filha fazia a oração todos os dias e sempre depositando os meus pedidos na urna. As duas curas foram concebidas e isso já faz um ano que aconteceu por honra e glória do Senhor por intercessão de São José de Anchieta. Obrigada, São José, pelas bênçãos recebidas! Anailda Serafim da Cruz Santos Comunidade de Nossa Senhora de Lourdes-Mãe-bá Anchieta (ES)

Fragmentos da história de São José de Anchieta

A VOCAÇÃO SACERDOTAL NA JUVENTUDE O profundo amor de José de Anchieta por Deus e a Virgem Santíssima orientou seu caminho para o sacerdócio. Ele iniciou os estudos nas Ilhas Canárias, revelando empenho e disposição para aprender. Quando completou 14 anos, em companhia de seu irmão mais velho Pedro Nuñez, seguiu para Portugal a fim de continuar os estudos no Real Colégio das Artes, em Coimbra, onde se dedicou às áreas de Humanas e Filosofia. Aluno exemplar, José de Anchieta falava fluentemente o português sem o sotaque espanhol e com facilidade; fazia versos em latim, o que lhe valeu o apelido de “Canário de Coimbra”. José de Anchieta tinha o hábito de rezar todos dos dias, cultivando com seriedade o caminho sacerdotal. Em 1551, aos 17

anos, com a autorização e bênção dos pais, entrou na Companhia de Jesus, em Coimbra. Porém, adoeceu com tuberculose óssea, de difícil tratamento naquela época e que ocasionava uma terrível dor nas costas. Com 18 anos, a sua coluna vertebral estava tão curvada que fazia um “S”. Mas José de Anchieta, sempre determinado e com muito esforço, continuava cumprindo todos os seus afazeres. Como vinham para o Brasil muitos missionários com o objetivo de trabalhar na evangelização dos indígenas, os médicos também concordaram que o clima ameno brasileiro poderia suavizar os efeitos da doença e, por essa razão, recomendaram, aos Superiores dos Jesuítas, a sua vinda para cá, pois aqui até poderia ficar curado. E assim seguiu para a terra de Santa Cruz.

Você que faz a sua doação espontânea por meio de depósito bancário, gostaríamos que se identificasse para que possamos agradecê-lo (a). Envie seu nome ou ligue para nós por meio do telefone: (28) 3536-3985

Muito obrigado por nos ajudar nesta linda missão!


CELEBRAÇÕES MARCAM O DIA DE SANTO INÁCIO DE LOYOLA

As celebrações e homenagens marcaram o Dia de Santo Inácio de Loyola, em 31 de julho, no Santuário Nacional de São José de Anchieta. Jesuítas residentes no Espírito Santo, familiares e colaboradores participaram das Missas em honra ao fundador da Companhia de Jesus. Servo de Deus, banhado de luz divina, Santo Inácio, viveu profundamente o seu amor a Jesus e tinha como missão salvar as pessoas, sendo conduzido por Deus por toda a sua existência. As Missas aconteceram na manhã e noite do dia 31 de julho, sendo presididas pelo reitor Pe. César Augusto dos Santos, SJ, e concelebradas pelos padres: Charles da Silva Dias, SJ, Pe. Cleomar Rebêlo de Oliveira, SJ, Padre Firmino Martins, SJ, e pelo Pe. Ilário Govone, SJ, do Pará. Em um momento de gratidão, os sacerdotes jesuítas: Pe. Felipe Soriano, Pe. José dos Passos, irmão Paulo Costa Longa juntaram-se aos outros padres no altar, quando receberam as bênçãos da assembleia para suas missões. A Missa da noite, aconteceu após a abertura do Seminário, tendo como ponto alto a apresentação das bandeiras dos estados, onde se destaca o legado histórico dos Jesuítas. A apresentação da Banda da Polícia Militar do ES, encerrou as homenagens.

Seminário Jesuítas do Brasil:

LEGADO PARA O PATRIMÔNIO HISTÓRICO O Santuário Nacional realizou em parceria com o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), o Seminário Jesuítas do Brasil: Legado para o Patrimônio Histórico. O evento, que aconteceu entre os dias 31 de julho e 4 de agosto, fez parte das comemorações dos 80 anos do Iphan e os 90 anos do retorno da Companhia de Jesus para o Estado do Espírito Santo. Para marcar este importante momento no Santuário Nacional, durante

a cerimônia de abertura do encontro, realizada no Centro Cultural “Thiago Bezerra Leite”, foi firmado um acordo de Cooperação Técnica para a elaboração e implantação de um plano integrado de ações técnicas de desenvolvimento sustentável na região do Santuário. Este momento contou com a presença do vice- governador, César Conalgo, da presidente do Iphan, Kátia Bogéa, do prefeito de Anchieta, Fabrício Petri, do superintendente do Sebrae, José Eugenio Vieira, do reitor do Santuário Nacional, Pe. César Augusto dos Santos, SJ, de secretários estaduais e municipais, representantes de órgãos públicos e do Iphan. Nos quatro dias do encontro, os participantes foram levados a conhecer mais profundamente a herança cultural deixada pelos jesuítas, por meio de palestras e debates com profissionais, especialistas e pesquisadores da área.


CAMPANHA AMIGOS DE ANCHIETA, CANAL DE EVANGELIZAÇÃO Dizer sim é tornar-se um canal de graça para os outros e para o mundo. Neste sentido, nós participamos do plano do Pai. A Campanha Amigos de Anchieta nasceu com a vocação de melhorar e ampliar as estruturas do nosso Santuário e ser o canal que conduz a caridade e o amor ao próximo. A cada dia, recebemos novos amigos que afirmam o seu “sim” decidido. Esta corrente do bem se firma, todos os dias, no anúncio corajoso da Palavra, assim como fez São José de Anchieta. Desta forma, estamos atingindo os lugares mais distantes e continuamos de corações unidos em oração.

Ao participar desse projeto missionário, você nos ajuda a concretizar a obra de evangelização do Santuário Nacional de São José de Anchieta, a fim de que sejamos uma Igreja ainda mais acolhedora, peregrina e missionária. A sua contribuição nos ajudará nos investimentos do sistema de comunicação e manutenção do Santuário. Traga mais um membro para esta família, convide um amigo, vizinho, irmão parente para se cadastrar na Campanha Amigos de Anchieta. Que Deus nos abençoe e nos ilumine cada vez mais e, por intercessão de São José de Anchieta, sejamos instrumentos de paz em nossas famílias!

Expediente

SANTUÁRIO NACIONAL DE SÃO JOSÉ DE ANCHIETA Reitor: Pe. Cesar Augusto dos Santos, SJ Colaboradores: Mireli Bravin, Poliana Santos (Amex) Jornalista: Eliane Franco MTB 22842 (Amex) Fotos: Arquivo do Santuário Diagramação: Daniel Ramos (Amex) Tiragem: 400 exemplares Praça do Santuário, nº 240 - Centro - Anchieta (ES) - CEP.: 29230-000 - Telefone: (28) 3536-3985

FICHA DE CADASTRO CEP:

Cidade:

Tel: M

Estado: Cel:

F

Aniversário:

CPF: Email:

Visitação na Igreja - 7h30 às 19h30 Reitoria – Atendimento ao público: 8h às 12h | 13h30 às 18h Visitação no Museu – Diariamente: 8h às 18h HORÁRIO DE MISSA Segunda a sexta - 19h Sábado - 8h (Cela) e 19h Domingo - 10h30 e 19h

Assessoria: Amex Assessoria de Marketing Executivo. Tel.: (12) 3133-2890

Queremos rezar pelas suas intenções. Envie-nos seus pedidos de oração.

Endereço: (nº/ apto/ bloco)

Bairro:

“Que a Igreja esteja sempre de portas abertas!” Papa Francisco

INTENÇÕES DE MISSA

Envie para nós mais um amigo que possa se unir à nossa Campanha Amigos de Anchieta.

Nome:

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Setembro -2017

Setembro/2017  

São José de Anchieta, um grande propagador da Palavra de Deus

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you