Page 1

Informativo Unidos com Maria | Ano VI | nº 58 | Agosto 2016

Primeiras Palavras

Neste mês de agosto, louvamos a Deus porque tantas pessoas, verdadeiros vocacionados, constroem este local de bênçãos que é o Santuário de Nossa Senhora das Brotas.

Pe. Evandro Luis Braun, Reitor

A

gora sim é possível dizer que o Santuário é a casa de muitas pessoas. A acolhida dos peregrinos e devotos é uma realidade que cresce também porque muita gente diz o seu “SIM” ao chamado para servir neste local!

Programação do mês

- Missa com Novena: todos os Domingos às 16h. - Missa: segundas-feiras 19h. - Novena: toda quarta-feira e todo dia 27, às 7h. - Reza do Santo Terço no Caminho João Paulo II: Todo dia 27 do mês, 7h30, 15h, 18h15 e 20h (com velas). - Adoração ao San�ssimo Sacramento: Quintas-feiras, às 17h. - Confissões e Direção Espiritual: Todo dia 27 e toda segunda-feira, das 9h às 11h30 e das 14h às 18h. - Projeto “Cenáculo” – Visita ao Santuário: 26 de agosto: Campo do Cerrado e Espalha Brasas; 25 de setembro: Jd. Manoel Izidoro (Santo Antônio) e Vassoura - Almoço Comunitário: 14 de agosto e 18 de setembro - Jubileu das Famílias: 28 de agosto 14h00 – Visita Guiada no Santuário 16h – Santa Missa com entrada pela Porta Santa. - Missa da Família - Tema: Misericórdia: portas sempre abertas – MV, 23. 26 de agosto - 19h

Gratidão não pode faltar àqueles que se doam voluntariamente nos traba-

lhos da acolhida, da liturgia e dos devocionais, da cozinha, da informática, da loja, nos jardins e nos campos, nos projetos sociais..., todos sempre em acordo com uma ampla equipe que é a Comissão do Santuário. São muitos leigos e leigas que não se cansam de partilhar seus dons para que o Santuário seja sempre mais local de encontros, oração, crescimento pessoal e lazer.

Outrora conhecíamos uma pequena Igreja à qual se ia de vez em quando.

Hoje se pode visitar vários locais próprios para reflexão e oração. Também os ambientes destinados ao lazer e ao esporte já estão funcionando. A área dos animais e a horta também já são realidades.

Santidade, vida em Deus, é proporcionada para tanta gente pela dedicação e as ofertas que não faltam. São os devotos, como você que lê este informativo, que sabem partilhar o que têm para que o Santuário fique cada vez mais belo, mais acolhedor e mais propício para desenvolver a sua missão.

Todos juntos construímos, evangelizamos, ajudamos pessoas. E a graça

quem recebe é o devoto de Nossa Senhora das Brotas que visita o Santuário e todos aqueles que dão passos de crescimento na vida e na fé através das tantas atividades proporcionadas pelo e no Santuário. Destaque especial damos às crianças e adolescentes do Projeto Social de Atletismo que se destacam em tantos lugares, certamente por aquilo que recebem também no Santuário.

O

ração, serviço, lutas e vitórias, esforço de muitos e também as críticas de alguns poucos: nada disso falta! Mas tudo colabora para que Nossa Senhora das Brotas seja sempre mais conhecida e sua casa se torne casa de todos os filhos e filhas de Deus, que não são órfãos de mãe!


02

| Informativo Unidos com Maria | Ano VI | nº 58 | Agosto 2016

O jeito mariano de ser pai

Tantas vezes já ouvimos ou até mesmo já fizemos alguma reflexão sobre o jeito mariano de ser mãe, já que tão sublime vocação tem como seu grande modelo a Santa Mãe de Deus, Maria Santíssima. Mas, dessa vez, queremos voltar nosso olhar a tão bela vocação, que é o chamado a ser pai, à luz da presença da Virgem Maria ao lado de São José e de Deus, nosso Senhor. “No sexto mês, o Anjo Gabriel foi enviado por Deus... a uma virgem desposada com um homem que se chamava José, da casa de Davi; e o nome da Virgem era Maria.” (Lc 1,26-27) Este trecho do Evangelho de São Lucas, normalmente intitulado “Anunciação do Anjo à Virgem Maria”, antes mesmo de nos apresentar o nome daquela que será chamada Mãe de Deus, nos revela o nome de São José, a figura humana que o próprio Deus colocou ao lado de Nossa Senhora, para revelar ao seu Filho o jeito humano de ser pai. Quando Maria responde ao Anjo “Faça-se em mim segundo a tua palavra” (Lc 1,38), certamente está incluindo neste “em mim” a pessoa de São José, já que a divina missão de ser Mãe do Senhor inclui a presença leal da paternidade adoPe. Hélio tiva daquele a quem ela está prometida em casamento. Maria, então, ensina aos pais de nosso tempo, que maternidade e paternidade é uma vocação que se assume, não sozinho, mas em dois, ou, para utilizar as palavras do Gênesis: “como Guimarães, uma só carne” (cf. Gn2,24). Vigário Paroquial Maria foi presença de fé, ao lado de um homem também com suas fraquezas, que teve dúvida e medo antes de assumir sua vocação de pai. O Evangelho segundo Mateus (1,18-25) nos conta que José era um homem de bem e, sabendo que se abandonasse Maria ela seria difamada e poderia ser até mesmo apedrejada conforme a cultura daquele tempo, resolveu então repudiá-la em segredo, ou seja, escolheria o procedimento mais discreto, em que, com o mínimo possível de testemunhas, sem processo ou ação pública, Maria teria garantido o seu direito à maternidade e poderia ter seu filho, no convívio de seus pais, Joaquim e Ana. Contudo, certamente, a Virtude da Fé presente no coração de Maria, contagiou também José, que acolheu a palavra do Anjo, em sonho, assumindo a santa missão de ser pai adotivo do Salvador. Maria ensina, mais uma vez, aos pais de nosso tempo, a ter paciência, fé e coragem para enfrentar, na fidelidade, os possíveis percalços da divina missão de ser pai. Depois, ao lado de Maria, o pai adotivo do Menino Deus foi solícito em sair pelas ruas de Belém em busca de um lugar em que Jesus pudesse nascer. A companhia de José transmitiu serenidade e paz a Maria que pode dar à luz seu filho, fazendo daquela estrebaria o mais digno palácio onde Deus quis nascer em meio aos homens. E, ao lado de José, Maria acolheu na alegria a visita dos Magos e dos pastores que vieram celebrar o nascimento do Senhor. Ser pai do jeito mariano, é mesmo na simplicidade vivenciar a riqueza de tão grande dom; mesmo na pobreza, dar tudo de seu amor aos filhos, contentando-se com o que tem e com o que pode dar. Diante da ameaça do rei Herodes de fazer mal ao Menino recém-nascido, José e Maria precisam fugir para o Egito. Quantos planos não devem ter feito nessa viagem! Quanto da confiança em Deus não deve ter sido o assunto de suas conversas pelo caminho! Maria ensina ao pai José e aos pais de nosso tempo a sempre estar em caminho; se não deu certo aqui, vamos tentar mais para lá... se uma porta se fechou hoje, vamos ao encontro da que se abrirá amanhã... desistir ou desanimar, jamais! O jeito mariano de ser pai é aquele de quem luta para dar o melhor a seus filhos, de quem não desiste e não se desespera ante as ameaças do mundo e do tempo que atentam contra a família e os laços de amor. Aos doze anos, Jesus se perde dos pais na peregrinação a Jerusalém e é encontrado, depois, no templo, com os doutores da Lei (cf. Lc 2,41-51). Maria não hesita em chamar a atenção de seu filho “rebelde”, dizendo: “Eis que teu pai e eu andávamos à tua procura, cheios de aflição”. O jeito mariano de ser pai, é aquele de quem se preocupa junto, que procura junto ajudar seus filhos, que encontra junto a melhor maneira de educar e que, sobretudo, sabe junto a hora de confiar nos passos dos próprios filhos, dando-lhes espaço para seguirem os seus caminhos da vida. É o que transparece nos evangelhos, já que esta é a última narrativa de alguma intervenção de José na vida de Jesus, embora outras passagens deixem claro que sua presença paterna foi tão significativa que por tantas e tantas vezes o Filho de Deus foi reconhecido e chamado de “filho do carpinteiro”. Daí se segue, que o jeito mariano de ser pai, após a morte de José, é daquela que acompanha, mesmo que do lado de fora, os passos de seu filho. Maria confia, segue a missão de seu filho e permanece firme, em pé ao lado da cruz e jubilosa na alegria da ressurreição. Enfim, o jeito mariano de ser pai pode se resumir numa única palavra: presença! Que nossa Senhora das Brotas, que acolhe todos os dias em seu Santuário tantos e tantos pais que lá se dirigem para, no silêncio de José, rezar por seus filhos; ou aqueles que se tornam criança de novo, para correr com os pequenos pelo gramado do bosque ou nas brincadeiras do parquinho de diversão, abençoe a todos os pais neste mês de Agosto, em que celebramos tão sublime vocação!

Oração Neste mês de agosto queremos nos unir a Nossa Senhora das Brotas para implorar a Deus que envie vocações para a sua Igreja: “Jesus Mestre Divino, que chamastes os Apóstolos a vos seguirem, continuai a passar pelos nossos caminhos, pelas nossas famílias, pelas nossas escolas e continuai a repetir o convite a muitos de nossos jovens: ‘Vem e Segueme!’. Dai coragem às pessoas convidadas. Dai força para que vos sejam fiéis como apóstolos leigos, como sacerdotes, como religiosos e religiosas, para o bem de todo o povo de Deus e de toda a humanidade. Nossa Senhora das Brotas, rogai por nós! Amém.”

Experiência de Fé

“Luiz Carlos Laginski, exemplo de vida e superação: No dia 28 de outubro de 2013, sofreu um acidente que quase o levou à morte. Teve traumatismo craniano e passou por uma cirurgia de emergência. Foi para a UTI e estava muito mal. Os médicos pretendiam desligar os aparelhos, pois não tinha mais o que fazer. Mas Deus sabia o que era possível e, uma hora antes dos médicos desligarem os aparelhos, ele reagiu e voltou à vida. É um milagre que só Deus pode explicar. Sem dúvida, o Luiz é um milagre de Deus e de Nossa Senhora. Obrigada Meu Deus e Nossa Senhora por esse grande milagre que é a vida!” Devota Agradecida

Envie-nos seu testemunho, pergunta ou sugestão! Escreva para: Unidos com Maria - Informa�vo Mensal do Santuário de Nossa Senhora das Brotas, Rua Alfredo Ribeiro de Souza, 75, Centro, Piraí do Sul, Paraná, CEP: 84.240-000. Envie e-mail para: marketing@santuariodasbrotas.com.br. Site: www. santuariodasbrotas.com.br. Fanpage: www.facebook.com.br/santuariodasbrotas. Tiragem: 1.000 exemplares. Arte e diagramação: Felipe Martins de Oliveira. Fotos desta edição: Toninho Anhaia, Vânia B. Reis, Luiz C. Pithan, Marcos C. Dolato, Pe. Evandro Luis Braun, Altair Bueno.


Informativo Unidos com Maria | Ano VI | nº 58 | Agosto 2016 |

Santuário na História

Foto do ano de 1925. Festa de Nossa Senhora das Brotas. Destaque para as araucárias, ainda pequenas em relação a atualidade. À esquerda se vê a frente da antiga capela, construída nas proximidades da atual gruta.

Nossa Senhora das Barracas A origem da devoção de Nossa Senhora das Brotas está na efígie de Nossa Senhora das Barracas, deixada por Frei Galvão, em 1808, na casa de Ana Rosa. No livro escrito no ano de 1761, por José da Conceição, encontramos os relatos de várias graças recebidas. Transcrevemos aqui mais um destes relatos: “Na casa do excelentíssimo Marquês de Marialva, uma criada estava em perigo de vida por causa de um ‘garrotilho’, ou inchação na garganta. Puseram-lhe sobre a cabeça a imagem de Nossa Senhora das Barracas e, em pouco tempo, ficou boa. Este prodígio aconteceu no dia da Natividade. Por intercessão da mesma Senhora, D. Francisca, criada da mesma casa, sarou de uma fístula que tinha junto a um dos olhos e que, até o momento, nada podia curar. ” (Cf. Novena e Notícia da Imagem de N. S. das Barracas, pp. 73-74).

03

Santuário em Obras Como destaque trazemos readequação dos banheiros e cozinha do espaço Ir Maria da Glória, avanços na construção da Casa da Humildade e do local de descanso para os funcionários do santuário.


04

| Informativo Unidos com Maria | Ano VI | nº 58 | Agosto 2016

Aconteceu no Santuário...

21 de Julho: Meditaram os Mistérios Luminosos, no Caminho João Paulo II, Maria Joana Ribas de Souza e sua família.

10 de Julho: Devotos e Turistas de Carambeí, PR, estiveram no Santuário, onde acompanharam uma visita guiada e Missa.

14 de Julho: Após a severidade das geadas, foram replantadas flores no Jardim de Maria e no entorno do Santuário.

24 de Julho: Retiro dos Ministros Extraordinários da Comunhão e da Esperança de Piraí do Sul, no Santuário.

25 de Julho: Várias famílias trazem suas crianças e adolescentes em férias escolares, assim como a Família Xavier.

26 de Julho: Residente na cidade do Rio de Janeiro, Juvencio Neitzke visita anualmente Piraí do Sul e encantou-se com o santuário.

30 de Julho: Caravana de Reserva-PR, em visita guiada ao Santuário de Nossa Senhora das Brotas.

30 de Julho: "Tropa Arcanjo" - projeto social do Santuário com adolescentes de 13 a 16 anos, em atividade!

31 de Julho: Projeto “Cenáculo” -Visita ao Santuário das comunidades rurais Pedrinha, Sertão da Jararaca e São Roque.

31 de Julho: Jubileu dos Professores, com visita guiada e entrada pela Porta Santa da Misericórdia.

03 de Agosto: Aniversário do reitor do Santuário, Pe. Evandro. Que N. Sra. das Brotas continue iluminando sua vida e sua missão!

07 de Agosto: 3ª Corrida Rústica e Caminhada e 1º Passeio Ciclístico do Santuário, com centenas de participantes.

Profile for Santuário de Nossa Senhora das Brotas

Informativo Unidos com Maria n. 58 - Agosto 2016  

Informativo Unidos com Maria n. 58 - Agosto 2016  

Advertisement