Issuu on Google+

SANTO ANTÔNIO DA PAMPULHA | WWW.SANTOANTONIODAPAMPUHA.ORG.BR

ACONTECEU NA PARÓQUIA

1

3

5

Programação Paroquial de Fevereiro FEVEREIRO 2010 - Início das atividades para Catequese e Crisma 2010 Recesso escolar Santa Marcelina 13 a 21 (carnaval) Data Dia Festividades 2ª feira

02 03

3ª feira 4ª feira

04 05

5ª feira 6ª feira

06

Sábado

07 08 09

Domingo

11

5ª feira

13 14 15 16 17 18

Sábado Domingo 12ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira

19 20

6ª feira Sábado

21 22

Domingo 2ª feira

23 25 27

3ª feira 5ª feira Sábado

28

Domingo

2

4

2ª feira 3ª feira

6

Crisma dos Adultos (Todas as Fotos)

Receita do Padre PÃO DE QUEIJO DE LIQUIDIFICADOR 2 xícaras de polvilho (azedo) 2 colheres (sopa) de farinha De milho 1 xícara de óleo 1 xícara de leite 1 xícara de queijo ralado 2 ovos Sal a gosto

01

Terço dos Homens (CPSA) 20h. Adoração e Missa de Cura 15h. Apresentação do Senhor - S. Face 15h. Reunião Núcleo intercessão 20h15min CPSA Reunião de Liturgia Reunião CPP 20h. Grupo de Oração 20h. Adoração e Missa - Reunião Apostolado da Oração Reunião Dízimo Reunião da Intercessão 20h. Intercessão Crianças 10h. CPSA Reunião da Acolhida e Pastoral da Saúde Início da Catequese 2010 Apresentação do Senhor 3º. Encontrão de Casais Domingo da Família - Batizados 10h. Terço dos Homens (CPSA) 20h. Sagrada Face 15h. 104ª feira Reunião Núcleo intercessão 20h15min CPSA Reunião de Liturgia Aniversário da Arquidiocese - Nossa Senhora de Lourdes Grupo de Oração 20h. Adoração Boa Viagem 22h. 126ª feira Reunião da Intercessão 20h. Intercessão Crianças 10h. CPSA Carnaval - Domingo da Acolhida Carnaval - Terço dos Homens (CPSA) 20h. Carnaval - Missa Sagrada Face - 15h. MISSA DE CINZAS Terço da Misericórdia 15h. Grupo de Oração 20h. Lançamento da CF Arquidiocese Reunião da Intercessão 20h. Preparação para o Batismo Catecúmenos Intercessão Crianças 10h. CPSA Palestra Intercessão 20 e 21"O Discípulo Amado" I Domingo da Quaresma - Domingo do Dízimo Terço dos homens 20h. CPSA - Cátedra de São Pedro S. Face15h. 244ª feira Reunião Núcleo intercessão 20h15min CPSA Reunião de Liturgia Grupo de Oração 20h. Reunião de Forania 266ª feira Intercessão Crianças 10h. CPSA Reunião MECE´s Retiro II Domingo da Quaresma Mater Almoço e manhã de cura

OBS: Não haverá batizados durante a Quaresma - Preparação dos Catecúmenos 27 e 28 (Reunião SP Santa Marcelina) Durante a Quaresma haverá atividades preparatórias para a Jornada Arquidiocesana da Juventude. Programar ALPHA JOVEM.

Modo de Fazer: Bater todos os ingredientes no liquidificador. Ter em mãos forminhas para empada. Colocar uma colher de chá da massa em cada forminha. Forno quente.

EXPEDIENTE - Paróquia Santo Antônio da Pampulha - Pça. Santo Antônio nº 2 - Jaraguá BH - MG | Telefax: (31) 3427-2866 | Secretaria Paroquial: de 3ª a 6ª, de 8h às 11h e de 14h às 19h. Sábados de 16h às 19h | Missas: 3ª a 6ª às 19h. Sábados 18h. Domingos 8h e 18h Pároco: Pe. Gleicion Adriano da Silva | Atendimento do Pároco: 3ª a 6ª, de 15h às 18h Equipe de Comunicação: Andréa C. Barbosa, Joaquim N. Barbosa, Cristina dos Santos, Carlos Eduardo, Lucianita Moraes, Carlos Pereira, Denise Duarte, Weber Duarte, Washington Oliveira, Willian de Araujo Jesus, Eloisa Guimarães | Colaborador: Fotos Léo Lima Impressão: Ação Editora / Tiragem: 3000 exemplares | santoantonio.comunicacao@hotmail.com

INFORMATIVO MENSAL DA PARÓQUIA SANTO ANTÔNIO DA PAMPULHA • ANO II • NÚMERO 10 • BELO HORIZONTE • FEVEREIRO 2010 • WWW.SANTOANTONIODAPAMPULHA.ORG.BR

Tempo de renovar a espiritualidade! "Convertei-vos e crede no Evangelho" (Mc 1, 12-15) Queridos paroquianos, estamos nos aproximando do Ciclo da Páscoa, a maior festa cristã. Essa preparação existe desde o tempo dos Apóstolos, que limitaram sua duração em 40 dias, em memória do jejum de Jesus Cristo no deserto. Inicia-se então o tempo da QUARESMA, que vai da Quartafeira de Cinzas até a semana santa. Período de reflexão, conversão e penitência. Na Quaresma a atitude do cristão é de reflexão para rever suas ações e fazer comparação entre a sua vida e a mensagem da vivência dos valores evangélicos. Durante esse período devemos superar tudo o que causa o mal, que gera o erro, o pecado e que provoca “discórdias e separações" na sociedade. A cor litúrgica é o roxo que representa o momento de recolher para a oração, de fazer penitências, além de intensificar a prática da bondade para com seu semelhante. Na "Quarta-feira de Cinzas" começaremos a celebrar este período de crescimento espiritual, quando iremos receber as cinzas em nossas cabeças como forma de participar e despertar para a penitência: "Você é pó e ao pó voltará" (Gn 3,19b). É o símbolo da humildade, da limitação da vida, da condição fraca do ser humano enquanto pecador. É o período de nos despertar para reflexões sobre nossas atitudes de vida e promover mudanças em nossa vida: "Convertam-se e acreditem no Evangelho" (Mc 1,15b): momento de afastar-se do mal, confessar os erros, arrepender-se e tomar rumo em direção ao caminho do bem e da prática das atitudes a favor da defesa da vida, bem como de preparar o nosso espírito para acolher o Cristo Vivo e Ressuscitado no Domingo de Páscoa. Portanto, a Igreja nos convida nesse período quaresmal a três grandes linhas de ação: cada

qual a seu modo está convidado por lei divina a fazer penitência, dedicar-se de modo especial à oração, fazer obras de piedade e caridade. Não vamos nos esquecer que, enquanto cristãos batizados, somos convidados a praticar e observar a abstinência e o jejum na Quarta-feira de Cinzas e na Sexta-feira da Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo. O jejum e a abstinência, assim como todas as penitências, são vistos pela Igreja como uma forma de reconhecermos o dever de justiça para com Deus e para seguir o exemplo de Jesus Cristo que passou pelo sacrifício da cruz para expiar os nossos pecados e para reparar a nossa condição de pecador. Por isso as penitências devem ter o caráter educativo. Praticar a abstinência é privar-se de algo, não só de carne, como também privar-se de bebidas alcoólicas, refrigerantes, alimentos,

doces, cigarros, jogos, passeios, programas de TV, shows, de falar mal dos outros, de fofocar, de mentir, de brigar, implicar... O resultado dessas ações deve ser revertido em serviços de amor e práticas de caridade. As penitências, abstinências de carne e o jejum não devem ser vistos como imposições ou radicalismos, mas servem para nos orientar ao sincero arrependimento dos nossos erros e pecados, além de nos conscientizar para a prática de gestos concretos de amor e respeito a Deus e ao próximo. Durante o período da Quaresma a Igreja intensifica a sua atenção para a Campanha da Fraternidade como um instrumento para renovar os trabalhos pastorais e para conscientizar e provocar nos cristãos mudanças fundamentais diante das injustiças sociais. O tema da CF-2010 Ecumênica será

"Economia e Vida". Foi escolhido a partir de sugestões nascidas da consciência das Igrejas Cristãs que são membros do CONIC. O enfoque será a análise da realidade brasileira a partir da leitura e reflexões da Bíblia sobre a convivência social e a opção que Jesus Cristo fez pelos pobres e oprimidos. Percebemos na leitura bíblica que os pobres e os necessitados estão no centro da justiça que Deus exige das relações humanas e econômicas. Porém, a pobreza é resultado de ações e decisões das relações políticas humanas. A Igreja e os cristãos devem reverter situações de extrema injustiça social que acontecem em nossas relações sociais e acabar com as desigualdades. Já que a nossa sociedade aspira ocupar um lugar entre os países mais desenvolvidos do mundo, a campanha quer contribuir para melhorar a relação entre economia, vida humana e preservação do meio ambiente, além de denunciar que a competição desleal, que a ambição e o lucro não resolvem os problemas da qualidade de vida. Com o lema "Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro" (Mt 6,24c), queremos buscar estratégias de ações para unir Igrejas Cristãs e pessoas de boa vontade na promoção de uma economia a serviço da vida, sem exclusões, criando uma cultura de solidariedade e paz. Temos o compromisso de exigir dos nossos governantes uma política transparente, que proteja a dignidade das pessoas mais necessitadas ou que estão em situação de risco, que atue com ética e garanta os direitos constitucionais e reformas estruturais eficazes para a justiça e igualdade social.

W W W. S A N TO A N TO N I O D A PA M P U L H A . O R G . B R

Padre Gleición Adriano


SANTO ANTÔNIO DA PAMPULHA | WWW.SANTOANTONIODAPAMPUHA.ORG.BR

O Carnaval e o cristão

PASTORAL DA SAÚDE

Ao falarmos em Quaresma, lembramos de uma festa popular que a antecede: O Carnaval. De origem pagã e fortemente arraigado aos costumes do povo, foi introduzido no calendário da Igreja com o intuito de conter os excessos, posto que muitos atos pecaminosos eram cometidos por essa ocasião indo contra toda a ideologia cristã instaurada. O Carnaval é um período de festas regidas pelo ano lunar, marcado pelo "adeus à carne" ou "carne vale" dando origem ao termo "Carnaval". Assim, essa palavra estaria relacionada à ideia de "afastamento" dos prazeres da carne. Durante o seu período havia uma grande concentração de festejos populares. Cada cidade brincava a seu modo, de acordo com seus costumes. A festa carnavalesca surge a partir da implantação da Semana Santa pela Igreja Católica, no século XI, antecedida por quarenta dias de jejum, a Quaresma. Esse longo período de privações acabaria por incentivar a reunião de diversas festividades nos dias que antecediam a Quarta-feira de Cinzas, o primeiro dia da Quaresma. Se fizermos uma pesquisa, veremos varias versões das origens desta festa popular comemorada desde séculos antes do nascimento de Cristo. Porém, o importante é avaliarmos hoje o nosso comportamento durante estes dias e

“... ESTIVE DOENTE E FOSTE VISITAR-ME...”

não nos esquecermos que somos templos vivos de Jesus Cristo e como tal devemos nos comportar. Como cristãos temos ensinamentos para nossa conduta que não podem ser esquecidos durante estes dias de festas. Somos chamados cada dia mais a dar um testemunho de vida cristã, de que a felicidade real e duradoura está na caminhada com Jesus Cristo e na observação dos seus ensinamentos, mesmos nos momentos de euforia e alegria que envolvem essa festividade. Weber S. Duarte

NOSSA FÉ CATÓLICA:

Jesus Cristo teve irmãos? Sua mãe teve outros filhos? Em sete textos do Novo Testamento são mencionados os "irmãos" de Jesus (cf. Mc 6,3; Mc 3, 31-35; Jo 2,12; Jo 7,2-10; At 1,14; Gl 1,19; 1 Cor 9,5). Segundo Mc 6,3 eles chamavam-se Simão, Tiago, José e Judas. O episódio da peregrinação, aos doze anos, quando os pais não deixariam o lar quinze dias com filhos pequenos (cf. Lc 2, 41-42), e o episódio da entrega da mãe a João, aos pés da cruz, seriam incompreensíveis se Jesus tivesse outros irmãos em casa (cf. Jo 19, 26s). O termo irmão supõe um contexto linguístico pobre de palavras: a palavra aramaica "irmão" podia indicar não somente os filhos dos mesmos pais, mas também os primos

SANTO ANTÔNIO DA PAMPULHA | WWW.SANTOANTONIODAPAMPUHA.ORG.BR

ou parentes distantes. Com efeito, Tiago e José, "irmãos de Jesus" (Mt 13, 55), são filhos de outra Maria, discípula de Jesus (cf. Mt 28,1). Que eles sejam chamados de irmãos não é uma novidade do Novo Testamento; a expressão indicadora de um parentesco próximo já se encontra no Antigo Testamento (cf. Gn 13,8; 14,16; 29,15). A partir destes dados, a igreja sempre entendeu que Maria não teve outros filhos. Jesus é o Filho único de Maria, nela concebido pelo poder do Espírito Santo (cf. Mt 1, 20). Fonte: Sou Católico, Vivo a Minha Fé (CNBB).

A cada momento da nossa vida somos chamados por Deus a ouvir e viver a sua palavra. Unidos na mesma fé, no mesmo Espírito e no mesmo amor de Deus nos constituímos como igreja. Cada cristão é chamado a colocar seus dons a serviço de Deus e da comunidade, a viver a sua vocação. “Há diversidade de dons, mas um só Espírito. Há diversidade de ministério, mas um só e mesmo Deus. Há diversas maneiras de trabalhar, mas é o mesmo Deus que realiza tudo em todos. Cada um recebe o dom de manifestar o Espírito para o bem de todos”. (1 Coríntios 12.4-7) Se somos igreja e estamos ao seu serviço, respondemos ao Senhor “Eis me aqui!...” Prontos para segui- lo, identificando-nos com suas atitudes, com seus valores. Neste sentido uma das formas de vivenciar Jesus é ir ao encontro do outro que se encontra distante do nosso convívio por algum motivo, acolhendo-o, ajudando-o a encontrar coragem, força, esperança, sabedoria e a paz que vem de Cristo, seja nos momentos de dor, de dúvidas nas atribuições e dificuldades. O trabalho da Pastoral da Saúde consiste em levar uma palavra de conforto aos idosos e enfermos através de visitas a hospitais, casas de saúde, asilos e em domicílios, dando-lhes uma assistência espiritual e preparando-os para receberem a Eucaristia, se assim o quiserem.

Em abril de 2010 o Encontro de Casais com Cristo - ECC, importante serviço da Igreja Católica em favor da evangelização das famílias, vivenciado por mais de 2.500.000 casais católicos de todo o país estará completando 40 anos de vida. Para comemorar essa data de maneira especial o setor Santo Antônio da Pampulha (Forania) realizará no mesmo mês um Encontro Espiritual com a participação de casais de todas as paróquias onde o ECC se faz presente - seis paróquias num total de nove que compõem o Setor. São esperados 600 casais (100 de cada paróquia) para esse momento de celebração da Família com muita espiritualidade. O encerramento do Encontro se dará com missa concelebrada pelos Párocos do setor, sacerdotes convidados e presidida pelo nosso arcebispo metropolitano Dom Walmor Oliveira de Azevedo.

A dignidade da pessoa humana independente de qualquer fator de exclusão, inclusive de credo, é o fundamento da ação pastoral, assim como o fortalecimento da fé e da esperança valorizando as suas vidas, o dom maior que Deus nos deu. Venha conosco resgatar essa pastoral que fez um grande trabalho na nossa comunidade e compartilhe conosco esta linda mensagem da Madre Tereza de Calcutá: “Nosso Senhor quando nos dá uma missão, nos dá todas as graças necessárias para cumprila. Devemos, pois, ter a certeza de que Ele virá em nosso encontro. É certo que Nosso Senhor e Maria Imaculada não deixam em vão a nossa confiança”.

NOSSA SENHORA DE LOURDES

ENCONTRO DE CASAIS COM CRISTO - ECC 40 ANOS DE HISTÓRIA VAMOS COMEMORAR!!!

Você, casal do ECC, independente de quando o realizou e tendo ou não passado pelas segundas e terceiras etapas, pode participar. Então, seja um dos 100 casais da Paróquia Santo Antônio da Pampulha e garanta sua presença o quanto antes. Data do Encontro: 18/04/2010 Domingo Local: Colégio Santa Marcelina - Belo Horizonte Para inscrições e maiores informações procurar na Paróquia Santo Antônio da Pampulha os casais do ECC Samoel e Júnia e/ou João e Rosângela. Contatos: Samoel e Júnia: 3497-8885 / 8604888 - João e Rosangela: 3443-5746 / 99855625

02/02/1640 - 02/02/2010 370 ANOS DA MORTE DE S. JOANNA DE LESTONNAC "O MELHOR MODO DE AGRADAR A DEUS É FAZER TUDO SEGUNDO A SUA VONTADE! “(Santa Joana de Lestonnac) Aproximava-se o dia dois de fevereiro de 1640, celebração da festa da purificação de Nossa Senhora, dia em que a comunidade fazia a renovação de sua entrega ao Senhor. Era a data desejada por Joana de Lestonnac para morrer. (constatação feita através de uma carta endereçada à sua família) Depois da Eucaristia, todas voltaram a seu quarto. Desde o dia 30/01 tinha entrado em agonia, após o ataque de apoplexia. E, como se tivesse esperado o regresso de todas para morrer, dirigia um olhar de complacência, em sinal de bênção, de esperança e de paz àquelas que tinham sido suas companheiras na luta, nas alegrias e situações difíceis. Morreu aos 84 anos de idade, às 10 horas da manhã. A Virgem havia sido sua melhor companheira, amiga e ideal de mulher desde criança. Era ela quem a

No dia onze de fevereiro de 1858 uma menina de 14 anos, Bernadete Soubirous, ingênua e humilde, que não sabia ler e escrever direito, foi em companhia de uma irmã e de uma vizinha recolher lenha perto de Massabielle, França. Deviam passar uma torrente descalças. Como Bernadete sofresse de asma hesitava em pôr o pé na água fria. Ouviu um barulho entre as árvores e levantou os olhos. Viu uma senhora com as faces radiantes, vestida de branco, com uma faixa azul, toda sorridente. Recitou com Bernadete um terço, fazendo uso do rosário que carregava sempre consigo. Foi a irmãzinha de Bernadete que revelou aos pais o segredo. Proibiram a volta à gruta. Como a menina não parasse de chorar deixaram-na retornar. A aparição se repetiu no dia 18 de fevereiro. A senhora sorriu ao gesto da menina que aspergia a rocha com água benta. Depois disse: "Quer ter a bondade de vir aqui durante quinze dias? Não lhe prometo a felicidade neste mundo, mas no outro." Durante as aparições a senhora pediu para que se rezasse pelos pecadores e convidou os fiéis à penitência. No dia 25 de fevereiro convidou-a a beber numa fonte, indicando-lhe o lugar. Bernadete arranhou a superfície da terra e começou a verter água que se tornou a fonte milagrosa. A senhora manifestou o desejo de ter ali uma igreja. O pároco, incrédulo disse à Bernadete: "Diga a essa senhora que fale o

seu nome." A resposta foi: "Eu sou a Imaculada Conceição." Havia quatro anos apenas que o papa Pio IX tinha proclamado esse dogma. Primeiro houve proibição da parte das autoridades, mas depois o imperador Napoleão III consentiu no acesso à gruta. Peregrinos de todas as partes do mundo vão buscar o maior dos milagres de Lourdes, a paz de espírito. Mas tem havido numerosos prodígios físicos nesses mais de cento e cinquenta anos de história de Lourdes. "Um santo para cada dia"- Mário Sgarbossa e Luigi Giovanini- Ed. Paulus)

Educação financeira

receberia no céu e também quem seguiria acompanhando o trabalho da Companhia de Maria no mundo. J o a n a havia feito de sua vida uma mensagem do Evangelho e uma tarefa de transformação do mundo em uma contribuição concreta: A EDUCAÇÃO DA JUVENTUDE FEMININA E UM ESTILO DE V I D A R E L I G I O S A APOSTÓLICA. ("Uma vida... uma mulher... uma obra... Joana de Lestonnac" Cia. De Maria)

Um assunto que está na mente da maioria dos brasileiros (principalmente quando começam a chegar as faturas do cartão de crédito das compras do final do ano) são as dívidas. Infelizmente vivemos no sistema do seja feliz agora e pague depois, levando muita gente a empenhar o que não possui, no anseio de ter o que na maioria dos casos não precisam, para agradar pessoas que muitas vezes nem fazem parte do nosso convívio. A balança do equilíbrio consiste em gastar menos do que se ganha, um conselho simples, mas que falta ser colocado em prática por muitas pessoas. Muito mês no final do dinheiro? É hora de começar um trabalho de educação financeira, um controle doloroso no início, mas que trará benefícios gratificantes principalmente para as famílias. Primeira coisa, cortar cartão de crédito. Somos impulsionados a gastar quando estamos com ele, então no mínimo esconda-o num lugar de difícil acesso. Ao menos quando a tentação de gastar vier ele não estará no seu bolso. Outra coisa essencial é colocar no papel (ou numa planilha tipo Excel ou calc) os gastos prioritários para sua vida. Se você

está atolado em dívidas, com certeza TV a cabo e cinema toda sexta devem ser cortados ou renegociados. Definir metas para o supermercado e comprar apenas o que foi relacionado também fará grande diferença no orçamento ao final do mês. E por experiência própria, faça uma boa refeição em casa antes de ir às compras. Com o estômago cheio o desejo de comprar por impulso também diminui. Por fim, fuja dos financiamentos e compras a prazo. Estudos revelam que se o valor de um carro financiado em cinco anos for depositado em uma aplicação simples como a poupança, no mesmo período, a pessoa poderá comprar dois carros. Ou seja, em dois anos e meio ela compra o mesmo carro. Além disso tudo, poupar é fundamental. É necessário ter uma reserva para cobrir infortúnios ou emergências. Mas... como poupar? Bem, como o espaço é curto, esse assunto fica para outro jornal. Fiquem com Deus.


Informativo Mensal - Ano I - Nº 10 - Fevereiro 2010