Issuu on Google+

ESCOLA DE MÚSICA E BELAS ARTES DO PARANÁ

ESTRATÉGIAS USADAS NA PRÁTICA DIÁRIA E PREVENÇÕES DE LESÕES

CURITBA 2013


KARLA KRYSTINA

ESTRATÉGIAS USADAS NA PRÁTICA DIÁRIA E PREVENÇÕES DE LESÕES

CURITBA 2013


1 INTRODUÇÃO Este trabalho aborda alguns temas sobre a prevenção de lesões nas cordas vocais e propõe formas de cuidados, exemplo manter uma postura correta do sistema vocal para um bom resultado da voz. Abordando dicas de prevenção de lesões doenças vocais ele se baseia nos livros, Fundamentos em Fonoaudiologia: Tratando os distúrbios da voz. Sílvia M. Rebelo Pinho. Aula técnicas vocais EMBAP. Aula Pratica Corporal, EMBAP. Livro Escola Brasil. 2012.


2 CONJUNTO VOCAL A voz é resultado de um conjunto de sons que é fabricado na laringe através das cordas vocais, que necessita dos pulmões e diafragma. Conhecida também como linguagem, a voz é considerada uma forma de comunicação. Todas as pessoas que utilizam a voz como fonte de trabalho, deve ter alguns cuidados de saúde e higiene vocal. ''Para apresentar uma boa saúde vocal é necessário ter consciência do que é permitido realizar, o que deve ser evitado e, principalmente, o que é extremamente proibido.'' (Brasil e Escola). O inadequado comportamento vocal, é cada vez mais comum o aparecimento de nódulos, pólipos, entre outras lesões orgânicas que atrapalham o desempenho de quem depende da voz para realização de suas atividades profissionais. Estima-se, inclusive, que as razões mais citadas para o absenteísmo estão relacionadas a problemas vocais. Tanto o pólipo quanto o nódulo configuram formações benignas, mas exigem tratamento médico ou fonoaudiólogo, além de bons hábitos vocais por parte do paciente. “O pólipo muitas das vezes é confundido com o nódulo devido à semelhança visual e por surgir, geralmente, no mesmo local - o terço médio da prega vocal. Ele pode acontecer abruptamente. Se uma pessoa grita muito em um jogo, por exemplo, no dia seguinte é possível estar com um pólipo que pode ser edematoso, com sangue. Também, por contato com substâncias irritativas, provocando possivelmente lesão polipoide na prega vocal, aparecendo na parte posterior, anterior, ou no terço médio. O nódulo é uma lesão de espessamento do epitélio, não há mudança no tecido. “Quando falamos, temos um atrito maior na região central da prega vocal, no terço médio dela, e isso vai criando um espessamento que vai ficando endurecido, criando mais camadas de células no local, formando o nódulo. Ele não se constitui abruptamente: o indivíduo sente inicialmente cansaço, ardência, pigarreia, fica rouco e, quando procura o médico, a voz já está soprosa e o nódulo formado”, complementa a professora.


3 PRECAUÇÕES COM A VOZ. São muitos os cuidados com a voz, desde descanso de uso da voz e uso acessivo em vocalizes. Uma das prevenções com a voz é a hidratação, água é fundamental. Esses cuidados não são só recomendados para cantores, mais para todos os que utilizam a voz profissionalmente.

Manter uma postura correta enquanto se usa a voz, alinhando o eixo cabeça-pescoço e costas de forma relaxada tem por início a primeira etapa do bom uso com a voz. A pratica de exercício físico regularmente, como natação, ciclismo, aeróbica, que trabalhem a respiração e alongamento dos músculos é recomendável.


• Sempre que possível, respirar pelo nariz. A respiração com a boca, seca as cordas vocais pela passagem fria do ar, dificultando o uso dela.

Realizar o aquecimento e desaquecimento vocal antes e após os esforços vocais, através de exercícios aprendidos nas sessões de Técnica Vocal. Temos que lembrar que logo ao acordar é recomendável aquecimentos com o diafragma ou bocas chiusa, não aconselhado usar aquecimentos que usem palavras e enrole a língua, exige muito da voz após um período grande de descanso o que faz com que estore pequenos vasinhos nas pregas vocais.


A hidratação das pregas vocais é fundamental, bebendo uma média de 2 litros de água por dia, em temperatura ambiente temos uma boa hidratação. Uma alimentação rica em liquido também é associável, frutas legumes vegetais, e frango são alimentos de fácil digestão. A maçã tem propriedades adstringentes. Recomendável 1 hora de exercícios e 20 minutos de descanso. O excesso de uso da voz pode trazer nódulos. É bom relaxar e trabalhar o controle emocional nas técnicas, os membros do corpo são ligados dependemos que todos estejam apropriados para o uso. A voz e aparelhos contribuintes precisam no mínimo de 8 horas de repouso para os períodos de maior trabalho.

4 CUIDADOS INDISPENSÁVEIS COM A VOZ. Os ambientes refrigerados ou aquecidos por ar condicionado, retiram a umidade do ar dos ambientes, o que para voz é um veneno, devemos evita-los. Ambientes com poeiras, mofo e cheiros fortes são irritantes para voz. Evitar tossir ou pigarrear, já que favorecem o atrito nas cordas vocais; opte por engolir saliva ou beber água.


A Comida também tem uma ligação forte com o conjunto vocal, comidas com muito condimentados ou gordurosos trazem ao sistema digestório refluxo gastroesofágico, causando uma irritação inevitável para a voz. É bom evitar esses tipos de alimentos antes do esforço vocal. Para as mulheres e bom evitar os esforços vocais antes do período prémenstrual, já que as alterações hormonais facilitam o desenvolvimento de disfonias, causando reações nas cordas vocais. O café, chá preto, bebidas com gás, o consumo de leite e derivados antes da intensidade vocal pois aumentam a secreção de muco no trato vocal. As vestimentas também fazem parte desse desenvolvimento de prevenção. Roupas apertadas junto ao pescoço e cintura, tanto como salto alto, mudam a posição correta e confortável do corpo.

5 ATITUDES EXTREMAMENTE PROIBIDAS PARA SAÚDE VOCAL É proibido fumar, Com o tempo suas cordas vocais vão se afilando, tornando a

voz mais grave, ou rouca! Se sua entonação vocal é Soprano,

por exemplo, com o tempo pode virar Baixo (a entonação mais grave da voz). Portanto, estraga a voz. Nunca se deve fazer esforço vocal ou cantar quando não se apresenta boas condições de saúde, principalmente estados gripais ou crises alérgicas, muitas pessoas fazem isso mesmo com evidencias de rouquidão na voz. Algumas vezes esses resultados são de uma exposição do aparelho fonador a choques térmicos, como mudanças bruscas da temperatura do ar e alimentos ou bebidas geladas ou muito quentes. Ou lugares com fumaças.


Ingerir chás e infusões de efeito desconhecido, pois nem sempre resolvem o problema e podem acabar por irritar ou ressecar as mucosas. O uso de álcool ou qualquer outro tipo de drogas como desinibidores, pois ressecam e anestesiam a garganta, provocando abusos vocais. Pessoas que já tem por costumes manter a voz em um volume alto ou falam muito alto ou sussurram, devem evitar, pois causa atrito exagerado das cordas vocais.

6 ESTRATÉGIAS PARA CANTAR

No canto, como nos esportes, os músculos necessários para a execução devem ser exercitados. Para cantar, você também precisa desenvolver sua audição. A prática diária lhe dará a confiança para cantar sempre que surgir uma ocasião. Certifique-se de que você está em pé corretamente e sem tensão. Ao fazer os exercícios recomendados, é de acordo que temos que analisar se estamos fazendo corretamente.


Na respiração, precisamos preparar a mente para cantar. Lembrando que o nosso diafragma deve funcionar como um balão enchendo (que quando assopramos ele enche e quando soltamos o ar ele esvazia, e dessa forma que nossa barriga deve ficar.

É recomendado exercícios com,

Ma-Me-Mi-Mo-Mu,

soltando

o

ar

uniformemente. Após Cante em apenas uma nota que seja confortável para a extensão da sua voz. Faça o som fluir uniformemente em um movimento ascendente e descendente: (Ma...Me....Mi...Mo....Mu...). Cante Ma-Me-Mi-MoMu em cinco notas diferentes dentro de um pequeno intervalo ascendente e descendente da escala. Comece na nota dó, que seria Ma = dó, Me = ré, Mi = mi, Mo = fá, Muuuuu = sol-fá-mi-ré-dó.


BIBLIOGRAFIA

PINHO, Sílvia M. Rebelo. Fundamentos em Fonoaudiologia: Tratando os distúrbios da voz. Aula técnicas vocais EMBAP. Aula Pratica Corporal, EMBAP. Livro Escola Brasil. 2012.


Estratégias usadas na prática diária e prevenções