Page 1

Em homenagem aos 03 anos sem Michael Jackson, resolvi dividir e divulgar meu 1º livro, lançado em 2005, para que todos possam ter acesso a este meu sonho transformado em livro. A obra tem 11 capítulos distribuídos em 186 páginas e como prometido no meu blog (pontofinalsjk.blogspot.com), Definitivamente História será dividido em três partes (em menção aos 3 anos sem o ídolo) e liberados nas datas abaixo: 25 de Junho, 29 de Agosto e 18 de Novembro (2012), datas importantes e conhecidas por todo fã, com exceção da última, que se trata do lançamento do meu 2º livro (Ponto Final/2011), disponível nas bancas da cidade (Camaçari) e no meu blog. Boa leitura!

Capítulo 1 – Michael Jackson por Sandro J. Kitt. Capítulo 2 – Cover Show – O início de um trabalho cover. Capítulo 3 – Dangerous – A realização do sonho.


CAPA


DEFINITIVAMENTE HISTÓRIA HISTORY DEFINITIVE BOOK 1996/2005 – SANDRO J. KITT

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS A SPECIAL JAGUAR KOMPLEX MAGIA MJJJ COLLECTION COVER SHOW

PUBLICAÇÃO ARTSET GRÁFICA E EDITORA

CRÉDITO/TEXTOS/FOTOS PÁGINS 163 (FONTES)

DESENHOS SANDRO J. KITT

CO-PRODUÇÃO/EDITORAÇÃO CRIOLOS DESIGN

DIGITAÇÃO RICARDO/IVANISE/LUCINEIDE

PRODUÇÃO GERAL SANDRO J. KITT


A

história da vida é um livro escrito por nós; e o final, pode ser feliz sim.

Basta, nunca desistirmos dos nossos sonhos.

E

ste sonho realizado é dedicado ao meu filho

Jorge Michael “Deus te abençoe”


H

istória!

Essa é a palavra chave; que define tudo o que aconteceu durante todos esses anos... Envolvido e fascinado por um ser humano... Diferente!(?) Poucos entendem isso. Chamam de doença, fanatismo! Eu chamo de... “Magia”. Ela realiza o sonho de sentir, através da dança, desse estilo, o quanto é mágico viver o Cover Show. O que seria apenas um “livreto”, relatando a trajetória de um grupo de dança, se tornou algo mais... À medida que as ideias foram surgindo, o anseio de tornar o trabalho mais amplo evoluía dia-a-dia. No geral, foram 9 anos de intensa pesquisa e luta; afim de transformar um sonho em livro; o sonho de ver a história ser contada.

A todos, com carinho. Sandro J. Kitt


CAPÍTULO I

MICHAEL JACKSON Por Sandro J. Kitt.


N

ão me lembro bem como começou tudo isso...

Você conhece Michael Jackson a quanto tempo? Até parece que o conheço! Voltando um pouco, ao ano de 1982 (mais ou menos isso!), Michael já era respeitado por Off The Wall (79) e lançava no mercado, o álbum Thriller; que o transformaria num dos maiores nomes da indústria fonográfica. Desde então, Michael Jackson fascinava com sua performance mágica e misteriosa, com suas esquisitices e excentricidades... Logo virei fã! 1987 – Após quatro anos sem gravar, surge Bad, novo álbum, novo Michael Jackson. Branco! Isso mesmo! A trajetória de Michael sempre foi assim; repleta de polêmicas, escândalos e magia. Tudo isso, tenho registrado numa vasta coleção de revistas, pôsteres, recortes, jornais, vídeos, etc... No decorrer dos anos, ele foi ficando cada vez mais perfeccionista e cheio de manias; seja na sua vida musica ou reservada. Tudo isso eu acompanhei; e vivi muitas de suas emoções quando parti para um trabalho cover. Dangerous, álbum lançado em 1991 marcou o início disso tudo; e em meio de tanto sucesso e recordes a World Tour (turnê mundial) promoveu, de maneira devastadora, a mais nova fase de Michael Jackson. Dangerous, a turnê, percorreu inúmeros países incluindo a América Latina. Jackson veio ao Brasil e não foi desta vez que pude vê-lo. Devastador também foi o escândalo em torno do astro; uma acusação de abuso a menores paralisou suas atividades e o deixou numa posição delicada e grave. Desde então, uma outra história foi criada para mostrar um outro Michael Jackson. Este foi o maior escândalo que Michael já enfrentou e se ele foi culpado, ou não, ninguém sabe até hoje! Sabe-se que, uma quantia foi paga para abafar o caso, ou a carreira de Michael Jackson estaria prejudicada e acabada para sempre. Ele se saiu dessa e continuou a me fascinar, de alguma forma; em 26 de março de 1994 casou-se com Lisa Marie Presley, filha de Elvis. A união criou polêmica; durou pouco mais de 20 meses e muitos acreditaram numa jogada de Jacko.


Os rumores de abuso sexual passaram e o astro permaneceu de pé. E resolveu contar sua história. History – passado, presente e futuro – álbum lançado em junho de 1995, veio limpar o nome e a carreira do astro. Uma das faixas virou vídeo clip gravado em solo brasileiro. They don´t care about us, música que fala da fome, pobreza e miséria trouxe o astro de volta ao Brasil pela terceira vez. 10 de fevereiro de 1996 - Pelourinho, Salvador (BA), eu estive lá e pude vê-lo bem de perto! Sim! Michael Jackson não é um personagem fictício que esteve em nossa mente mudando de aparência feito um camaleão. Ele existe! É real! Foi um dos momentos de maior emoção e satisfação em minha vida; pela enorme admiração que tenho por seu trabalho como artista e pessoa. History está sendo divulgado até hoje, numa campanha milionária a fim de mostrar que “ele” continua reinando no mundo do show bizz. Preto, branco, polêmico, misterioso, excêntrico, andrógino, fascinante... Michael Jackson, o rei do pop, continua sendo um dos maiores fenômenos do nosso tempo.

Sandro J. Kitt – 1996

Michael Jackson no Pelourinho – Salvador (BA) 1996 – Foto: MJJ Collection/Sandro J. Kitt


CAPÍTULO II

COVER SHOW O início de um trabalho cover.


D

angerou, álbum lançado em novembro de 1991 foi, realmente, a inspiração

para que se pensasse em iniciar uma... digamos, carreira artística! Michael já havia passado por inúmeros processos de modificação, na aparência e no estilo; que de certa forma me favorecia e muito me agradava. Por que não? Devido sua doença (vitiligo) Michael não era mais aquele “Black Power” que iniciou nos Jackson Five até o memorável Thriller. Ele avançou a doença num processo de despigmentação da pele se transformando em um outro indivíduo; em um outro Michael Jackson. Um andrógino que experimentava todas as modificações possíveis em si próprio. Depois de prováveis sete meses, Dangerous era sucesso e foram realizadas minhas primeiras apresentações como “cover” do astro. Daí em diante, fui realizando um grande sonho: ser o ídolo! E isso foi muito bom! As apresentações foram diversas e cada vez mais eu curtia o palco e o público. As apresentações solo seguiram até que houve a necessidade de aperfeiçoar mais o trabalho; de tornar as aparições mais amplas e sincronizadas. Houve a necessidade de transformar o trabalho individual em Grupo de Dança. E como tal, o Cover Show reuniu em sua primeira formação: Sandro J. Kitt Miguel Gomes Soares Jailson A. Dias Sem nenhuma aparição em público; codinome: Free Way. Já a segunda formação, marcou o início do Cover Show como grupo de dança. Além de Camaçari, essa formação se estendeu a outros municípios como Dias D´Ávila e São Sebastião do Passé. O novo trio era formado por: Sandro J. Kitt Miguel Gomes Soares José Augusto (Guto)


Daí em diante, o trabalho ficou mais conhecido e o aperfeiçoamento forçou uma terceira formação, que reuniu: Sandro J. Kitt Miguel Gomes Soares José Augusto Anselmo Régis Marcos Antonio Essa foi a formação mais duradoura e com bom entrosamento o grupo obteve grandes resultados e amadureceu. Tínhamos agora, um objetivo: um show próprio! Algo bem produzido e estruturado que chamasse a atenção. Para isso, uma última modificação; a chamada “quarta formação” foi a mais duradoura e reuniu: Sandro J. Kitt Miguel Gomes Soares Anselmo Régis Franklândio Félix Almir Rogério Fernando Cunha Com esses componentes, o Cover Show Michael Jackson se firmou como Grupo de Dança e realizou aparições que marcaram, definitivamente, sua existência e popularidade na cidade de Camaçari, na Bahia. Prova disso, foi a realização de 02 shows próprios: Dangerous - A Réplica (1994) e Dangerous – Estamos de Volta (1996). Apesar da luta, nunca conseguimos um empresário que abrisse caminho; mas, o nosso sucesso se deve ao comércio local, que acreditou no potencial do grupo e fez o show acontecer.

Sandro J. Kitt


CAPÍTULO III

DANGEROUS A realização do sonho.


O

ff The Wall, Thriller, Bad... Foram grandes produções transformadas em

discos e distribuídas por todo o mundo. Carreira solo que revolucionou a história da música mundial; o apogeu de Michael Jackson. Hoje, consagrado mito! Eis que surgiu Dangerous, mais um álbum, com o avanço da atualidade; lançado em meados de 1991 e divulgado como nenhum outro. Dizem que Michael amadureceu; ele tenta, a cada lançamento, superar a si próprio; e esperamos mais dele! Ele se supera, no topo. E esperamos mais! Eis que surgiu Dangerous, a turnê; que lotou os quatro cantos do globo, inclusive a América Latina (Brasil). Esquecendo os atritos de sua vida pessoal e resumindo o que foi Dangerous, a resposta é: sucesso! O objetivo do Cover Show Michael Jackson é a responsabilidade de executar um espetáculo grandioso; um clone fascinante e atual. Eis que surgiu Dangerous, a réplica! Com a qualidade que a nós foi possível e a força de vontade que muitos não acreditaram. Acreditamos! E estamos aqui, juntos; unidos sempre. Esse show é a recompensa de todas as decisões e união de um grupo. Um grupo de amigos; Um grupo Cover Show!


S

audações...

Hoje é um dia muito especial; a realização de um sonho. Meu sonho! Estou feliz e emocionado. Gostaria de agradecer a presença de todos; Meus amigos, irmãos e demais presentes.

Muito Obrigado

Este pequeno discurso foi a abertura de um show que esperávamos a muito tempo. Eu esperava a muito tempo! E lutei, juntamente com meus amigos, para que Dangerous (A Réplica do Show) se realizasse. A amizade entre nós foi de fundamental importância para que tudo desse certo. À procura de patrocinadores, muitos amigos se apresentaram para trabalhar conosco voluntariamente; pois não tínhamos a condição de “pagar” uma equipe de produção, essencial para o evento. Tais pessoas sabiam de toda minha admiração por Michael Jackson e pelo trabalho cover; sempre compareciam as minhas apresentações e davam apoio. Dangerous – A Réplica do Show contou com 1 hora de duração sem intervalo, troca de roupas, efeitos e cenário; a vida musical de Michael Jackson foi mostrada desde a época dos Jackson Five até seu trabalha atual (que leva o nome do show) com o carinho e a dedicação e uma equipe formada por 32 pessoas. Valeu muito!


S

eria impossível a realização desse sonho sem a ajuda de amigos; grandes

pessoas que assumiram, diretamente, a responsabilidade de seguir em frente sem ao menos ceder um só instante. Mesmo aqueles que, indiretamente se envolveram neste projeto, já ajudaram muito! Palavras não existem para agradecer a tantas pessoas que, com apenas um gesto, me incentivaram e seguir neste sonho; existem sentimentos de carinho e gratidão. A todos! Este show foi realizado com muito carinho e esforço e é dedicado a muitos: Ao maior astro, ao ídolo, a pessoa: Michael Jackson; pelo reconhecimento de um trabalho majestoso; á procura de superar seus limites, aos recordes, a revolução na história da música e a preocupação em fazer um mundo melhor. A minha mãe: Jovenilha, pelo carinho de sempre; Aos meus irmãos: Viviane, Luciano e Cristiano; As mães de todos os componentes que formaram esse grupo e realizaram esse sonho; Muito obrigado às pessoas que fizeram parte desse grupo e não puderam prosseguir; foram muitas, e sei que acreditaram nas minhas ideias. Saibam que, de alguma forma, foram degraus para que chegássemos até aqui. Em especial: DEUS! Aos amigos: Miguel Gomes Soares Anselmo de Oliveira Régis Franklândio Félix Barbosa Almir Rogério G. dos Santos Fernando Longo Cunha

Muitíssimo obrigado a Sandra Henrique Bezerra (nosso carinho e respeito). Não esquecemos de você!


Sinceros agradecimentos a Equipe Cover Show que me acompanhou nesta fantástica aventura de poder ser Michael Jackson! Sandro J. Kitt

POR DANGEROUS: Joaquim Dias Guimarães (Comfiaço) – Saudades... Carlos Tavares (Locação Marques) Edson/Beto (Prolog Sonorização) Antonio Cruz/Tony/Silva Cavalcante (Rádio Metropolitana) Paulo Cordeiro/Carlos Cordeiro/Françú (Panificadora Central) Gilberto Cabeleireiro (Salão de Beleza) Waldir (Tentação Bar) Ney/Milton (Opção Bar) Jayme (Distak Pastelaria) Genivaldo/Lúcia (Visual Lanches) Amanda (Foto System) Batista (Sauipe FM) Edilton Tourinho (TVC) José Antonio (CBC Cobranças) Pernambuco Spot Osmário Publicidade


MÚSICAS DO SHOW Prelud In Motion – Discurso O Fortuna – Abertura Jam Wanna Be Startin’g Somethin’g Smooth Criminal – Adaptação/Montagem Beat It Keep The Faith – adaptação/Montagem Will You Be There – Adaptação/Montagem I Just Can’t Stop Loving You – Dueto Working Day And Night Black Or Whrite Speed Demon Bad – Adaptação/Montagem Can’t Let Her Get Away

COREOGRAFIAS Jam (Sandro J. Kitt/Anselmo) Wanna Be Startin’g Somethin’g (Anselmo/Marcos) Beat It (Video Clip/Anselmo) Working Day And Night (Sandro J. Kitt) Black Or Whrite (Sandro J. Kitt) Speed Demon (Sandro J. Kitt/Anselmo) Can’t Let Her Get Away (Sandro J. Kitt/Anselmo) I Just Can’t Stop Loving You – (Sandro J. Kitt/Ofélia)


FICHA TÉCNICA DANGEROUS – THE REPLIC SHOW – Tour In Brazil 1994 Michael Jackson (cover) – Sandro J. Kitt Bailarinos – Miguel/Frank/Anselmo/Fernando/Almir Rapper (Jam/Black or Whrite) – Almir Rogério Siedah Garrett/Anjo – Ofélia Alves Figurino – D. Dete/D. Celeste Maquiagem – Alberto Cordeiro Bilheteria – Cleide/Jou Portaria – Cláudio/Irlando Informação – Kleber/Mário Silva Segurança – Torres/Kid/Almir/Mendes/Francisco/Marcão Fotos – Willians Filmagem – Adilson (Studio Master) Apresentação – Antonio Cruz Som/Iluminação – Edson/Beto (Prolog Sonorização) Efeitos – Evaldo/Alf/Valdir Cenários – Sandro J. Kitt/Frank/Almir Apoio – Luciano (Lbs)/Antonio Bispo Participação /Gangue – Alexandre/Lyo/Klebinho/Val/Renildo/Alex Participação Especial – Banda Plyss/Grupo Funk-se Quem Puder/Grupo Kit Dance Coordenação – Wilson Bizerra/Paulo Cézar


COVER SHOW MICHAEL JACKSON

DANGEROUS THE REPLIC SHOW – TOUR IN BRAZIL 1994

As fotos que seguem, não estão no livro Definitivamente História/2005. São fotos de divulgação do Show Dangerous/1994 que o Grupo de Dança Cover Show Michael Jackson divulga como parte da homenagem ao eterno rei do pop. Dia 25 de Junho, faz 03 anos que perdemos um dos maiores ícones da música pop mundial e a divulgação desse livro foi liberada e dividida em 03 partes (25/6 – 29/8 – 19/11) para que os fãs e curiosos possam ler e conhecer a nossa história. O livro Ponto Final/2011 continua a venda e trás material sem prazo de vencimento para quem curte esse estilo. Compre o seu e ajude um artista local a divulgar sua arte. Obrigado! Sandro J. Kitt/Junho 2012


Essa é uma foto rara; tirada para divulgar nosso primeiro show próprio (Dangerous/1994) na extinta TVC/Camaçari-BA. Anselmo Régis/Sandro J. Kitt/Miguel Gomes

Dangerous contou com uma produção de 32 pessoas. Familiares, amigos e voluntários fizeram o show acontecer!


A Banda Plyss e os Grupos de Dança Funk-se Quem Puder e Kit Dance também colaboraram com o show, que teve a cobertura da TV local e do Studio Master/Camaçari – A direção foi do amigo Wilson Bizerra, da Fundação Cultural CA&BA.


Além do Teatro Magalhães Neto/Camaçari, que foi nosso ponto de partida; também levamos o show para outros teatros; a exemplo do Miguel Santana, em Salvador(BA) e apresentações em cidades vizinhas como Dias D`Ávila e São Sebastião do Passé.


PRÓXIMOS CAPÍTULOS: FICHAS DANGEROUS II – Estamos de Volta. Michael Jackson na geral – Pra quem é fã.

Livro 1 - Parte 1 de 3  

Divulgação do 1º livro de Sandro J. Kitt

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you