Page 1

O Pôr do Sol no Verão - Poemas

O SOL DE UM SÓ VERÃO Quase inverno ainda O vento assopra languidamente Tilintando no esvoaçante voou Das folhas que levitam aqui e lá. Relampeja no céu, na nuvem escura Desaguando no solo seco Faminto de sede e de amor. O trovão repica avassalador Anunciando a tempestade a chegar Lavando a terra do extermino, Que o nobre homem a levou.

Enfim a primavera desponta O sol brilha a esquentar A natureza gótica enrijecida Sem flores para enfeitar Germina na fonte entristecida A pequena violeta a saudar Exalando o perfume restrito Sem a floresta que o ar Murcha esquecida num canto A flor da vida a reclamar.

Poema retirado da internet que alguém inspirado escreveu….

1 Poemas recolhidos por Sandrine Certal


O Pôr do Sol no Verão - Poemas

Outro Poema escrito por uma criança, Ana Rita do 3ºano:

O Sol não tem pai, não tem mãe mas é um poeta como o mar. O Sol é amarelo como uma rosa a florescer. 0

O Sol tem o sorriso de cada um. O Sol tem o doce calor do vento, do mar, das folhas e do amor.

2 Poemas recolhidos por Sandrine Certal

Formação  

artigo poemas

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you