Issuu on Google+

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM

ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE SANTARÉM EDUCAÇÃO E COMUNICAÇÃO MULTIMÉDIA 3º ANO 3º ANO (DIURNO)

PRODUÇÃO DE CONTEÚDOS PARA O JORNAL O ALMEIRINENSE ORIENTADORA DO LOCAL DE ESTÁGIO: SUSANA COSTA ORIENTADOR DE ESTÁGIO (ESES): VALTER GOUVEIA

JOÃO SIMÕES Nº 100233023 & SANDRA DAVID Nº 100233023 JUNHO DE 2013


O ALMEIRINENSE Pertencente ao distrito de Santarém, Almeirim é uma cidade Ribatejana rica em história e herança agrícola. Conhecida essencialmente pela sua gastronomia, nomeadamente pela famosa Sopa da Pedra, nome que provem da lenda, esta cidade é também referência no que toca aos seus vinhos de qualidade e pelo melão.

O papel do

O Almeirinense é um jornal quinzenário regionalista de incidência local, fundado em 25 de Outubro de 1955, no seio da Comunidade Católica de Almeirim, por iniciativa do Padre Oliveiros de Jesus. Aborda assuntos de âmbito regional e nacional com implicações no concelho. Pertence à Santa Casa da Misericórdia de Almeirim e é dirigido por normas de rigor editorial e sem qualquer dependência política ou económica.

Além do formato em papel, conta com uma versão online com conteúdos atualizados diaramente e com a Almeirinense TV um canal de televisão online.

Com um custo de 0,70€ o jornal oferece quinzenalmente os seus leitores diversos temas da atualidade regional embora tenha como foco principal a cidade de Almeirim.

Possibilidade de contactar com o mercado real de emprego

A essência de um estágio é “aprender ao fazer”.

estagiário Oportunidade de aplicar os conhecimentos académicos adquiridos.

Experimentar as suas habilidades ao desempenhar várias funções


70

30 20

Entre o dia 15 de fevereiro e 23 de maio de 2013, realizamos 270 horas de trabalho no Almeirinense, entre as quais se dividiram entre seis áreas de trabalho como o gráfico ao lado mostra.

50

50

As notícias curtas que escreviamos exigiam uma linguagem simples, direta, objetiva e clara. A técnica da pirâmide invertida, que demonstra como a informação deve ser organizada ou apresentada num texto, privilegiando a disposição das informações em ordem decrescente de importância, foi um dos principais conhecimentos retidos no curso.

As notícias para a edição de jornal eram mais complexas que as utilizadas para o site. Existiam várias formas de publicar, ou era um melhoramento da notícia publicada online, ou era apenas publicada no jornal ou através de reportagens.

Trabalho de aquirvo Produção de conteúdos em contexto de redação Produção de conteúdos em contexto corrente Trabalho de Campo Plataforma Online Formação em software

O rigor para a edição é evidente e tudo começa com um extenso trabalho de pesquisa em que por vezes foi necessário contatar certas identidades. Depois a elaboração do texto que poderia variar entre 500 e 1500 carateres consoante o espaço reservado para tal.

CONTEÚDOS

20

Tal como aprendi nas unidades curriculares ligadas à comunicação, é fundamental que a notícia responda às seis perguntas básicas do lead, “O quê?, Quem?, Quando?, Onde?, Como? e Porquê?” que é a primeira parte de uma notícia e que fornece ao leitor a informação essencial sobre um determinado acontecimento.screvia exigiam uma linguagem simples, direta, objetiva e clara.

PRODUÇÃO DE

Distribuição do nº total de horas pelas diversas tarefas


NOTÍCIAS A forma como fazíamos as notícias para a plataforma on~line era dividida em vários passos. Em algumas situações as entidades comunicavam-nos os acontecimentos noutras eramos nós que pesquisávamos a informação. Depois da fase de pesquisa e recolha de informação elaborávamos o texto sendo que o mesmo não podia ser muito extenso com um tamanho máximo de 500 caracteres sensivelmente. Existiam várias secções de notícia sendo que as mais utilizadas seriam “Destaque” e “Hoje”. As restantes como a de “Desporto” eram onde colocávamos as notícias que já não eram relevantes para aparecerem na primeira página.

ALMEIRINENSE VERSÃO EM PAPEL

ALMEIRINENSE ONLINE

CANAL ALMEIRINENSE TV

As notícias que se referiam a acidentes ou figuras públicas eram as que tinham maiores visualizações.

Depois de publicadas na plataforma joomla, as notícias eram diretamente publicadas na página do facebook.

Durante o nosso período de estágio o site sofreu uma transformação gráfica.

O Jornal “O Almeirinense” já sofreu várias mudanças de imagem na edição papel tentando estar sempre com um visual atual.

Em 1930 é criado um jornal com o nome de “Vale do Tejo”, um jornal Tip!regional independente, que irá dar origem ao jornal “O Almeirinense”

O logótipo já sofreu diversas alterações desde a sua primeira edição.

As notícias para a edição de jornal eram mais complexas do que as notícias utilizadas para o site. As notícias foram diversas desde análises de filmes e livros, reportagens nalgum local, inquéritos à população almeirinense ou outras notícias de assuntos particulares. O rigor para a edição é evidente e tudo começa com um extenso trabalho de pesquisa em que por vezes foi necessário contatar certas identidades. Depois a elaboração do texto que poderia variar entre 500 e 1500 carateres consoante o espaço reservado para tal. Em casos excecionais poderia ultrapassar os 1500 carateres.

1046 edições

Participação nas edições 1040 à 1046


A IMPORTÂNCIA DO ARQUIVO

Foram feitas entrevistas a vários cidadãos comuns sobre um determinado tema como foi o caso da insegurança em Almeirim ou da nova nota de 5 euros. A visão dos arquivos como um local onde se guarda papel velho começa a mudar e as pessoas começam a valorizar a importância do mesmo, até porque cada vez mais os arquivos são digitais.

As pessoas e os profissionais no seu dia-adia vão produzindo informações e acumulando documentação desordenadamente daí a ser necessário uma organização de modo a que quando necessitarem novamente dessa informação possam encontra-la facilmente.

No nosso caso tínhamos um arquivo digital e outro em papel o que nos facilitou muito a encontrar informações de edições anteriores que eram vitais para a edição em que estávamos a trabalhar.

A entrevista ao encenador da peça “Sangue na Arena” foI um dos nossos trabalhos presentes no jornal em formato papel, ocupanho uma página inteira, dando destaque ao que foi feito.

TRABALHO DE CAMPO / REPORTAGENS

A maioria das entrevistas feitas foram relacionadas com a categoria “Economia” do jornal impresso e eram com empresários.


O procedimento base é em qualquer evento tirar o maior número de fotos que considerarmos pertinentes. Segue-se o trabalho de seleção, que permite escolher as fotos que não estão em boas condições assim como escolher as melhores para a sua publicação quer em edição online ou em papel. . É fundamental a boa condição da fotografia, ter em atenção o formato em que se encontra e a qualidade das cores pois na edição em papel todos esses fatores são essências. A edição fotográfica é parte diária das tarefas a realizar no Almeirinense. Normalmente as fotos requerem mais edição quando são para o jornal impresso. Todas as fotografias são armazenadas em pastas devidamente identificadas no arquivo digital do jornal, que está organizado em categorias (agricultura, ambiente, economia, cultura, educação, etc) de forma a facilitar a sua procura caso seja necessário. É fundamental uma boa organização do arquivo.

PAGINAÇÃO

FOTOGRAFIA / SOM

Maquete do Jornal O Almeirinense A paginação é um processo minucioso em que cada notícia tem que ser paginada ao milímetro. O primeiro passo é ter a maquete “limpa” de modo a estarem presentes as medidas e os espaços certos que poderemos paginar. Para além de paginar textos também foi necessário a manipulação de fotos de forma a serem colocadas na edição papel. Para uma melhor visualização do trabalho de paginador é aconselhável imprimir as folhas paginadas para ver se no tamanho real a paginação está correta.


NEWSLETTER

FACEBOOK 5944 GOSTOS

103

ÁLBUNS

Com a revolução da comunicação digital as empresas estão a adotar novas formas de comunicação mais práticas, baratas e até mais eficientes do que a tradicional publicidade impressa.

Design simples, bonito e apelativo aos olhos dos leitores. Esta Newsletter será semanal e enviada para os e-mails dos subscritores com as notícias importantes da semana.

Facebook do Almeirinense

Todas as notícias contém um botão “Ver mais” com uma hiperligação ao site de “O Almeirinense” para ter à notícia completa. O Almeirinense aderiu à rede social Facebook no dia 7 de Março de 2012, encontrando-se sob o nome Jornal O Almeirinense.

Ligação ao facebook do jornal e para o canal online “Almeirinense TV” A presença do jornal nesta plataforma tem tido uma forte adesão do público.

A gestão e a manutenção da página estão a cargo de toda a equipa de redação.


CONCLUSテグ


Ap relatorio1