Page 1


editorial outono 2013 foto guilherme jordani

O DÈBUT DA SALA A primeira edição de 2013 da Revista Sala de Arquitetos chega junto com a estação que renova nossas paisagens. As noites mais longas convidam ao recolhimento e também à preparação para a chegada do frio. É hora de abastecer a adega e limpar a lareira. O corrente ano é muito importante para a Associação Sala de Arquitetos. Em 2013 a casa celebra 15 anos de vida, uma marca significativa e que por isso mesmo pede uma comemoração especial. Boa parte das comemorações impulsionará a Mostra Sala de Arquitetos 2013, que ocorre em junho, no Iguatemi Caxias, evento que carrega a responsabilidade de trazer para o público ambientes e projetos que traduzam a qualidade do trabalho da Associação ao longo dessa década e meia. Qualidade, essa, mais uma vez destacada na Revista Sala de Arquitetos. Temos um especial de ambientes comerciais, arquitetura de interiores, dormitórios e projetos que certamente marcam a tônica do que será a Mostra 2013. Como sugestões de viagem trazemos dois destinos fabulosos: Inhotim, em Minas Gerais, e Florianópolis, na vizinha Santa Catarina. Fecha a edição a deliciosa crônica sobre o Bottega Pace, a cozinha com alma de Caxias. Desejamos a todos que apreciem a leitura.

KLAUDIA VENDRAME tesoureira da associação sala de arquitetos

klaudia@conceitto.arq.br

A Revista Sala de Arquitetos é uma publicação da Associação Sala de Arquitetos. Rua Sinimbú, 1280, Sala 202. Caxias do Sul, Serra Gaúcha, Rio Grande do Sul, Brasil.

Para anunciar: Comercial Revista Sala (54) 3025-2941 revistasaladearquitetos@gmail.com

Jornalista Responsável: Samuel Ramos - MTB 11.388 RS

Distribuição Nacional:

Projeto Gráfico: Diego Rigo - TwoThinkMore

Correios e Daschund Comunicação

Fotografia: Guilherme Jordani

Organização de Mailing:

Diagramação: Daschund Comunicação

Caroline Fich

Revisão: Marcel Nogueira

Periodicidade: Trimestral

Impresssão: Gráfica Serafinense

Tiragem: 4 mil exemplares

54 9188 3815

04| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


sumário outono 2013

revista sala de arquitetos ano 5, edição número 17

06| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


a sala outono 2013

A SALA A Associação Sala de Arquitetos é uma entidade civil, sem fins lucrativos, composta exclusivamente por Arquitetos. Fundada em 23 de julho de 1998, tem por objetivos: - Promover profissionalmente seus associados, bem como a valorização da classe, através da promoção de eventos, relacionados com a Arquitetura, de acesso ao público em geral; - Manter intercâmbio com outras entidades; - Propor e organizar cursos, palestras, viagens e outras formas de aperfeiçoamento profissional aos associados, inclusive publicações; - Promover ações beneficentes e de cunho social. Atualmente a Sala de Arquitetos conta com 81 associados.

BIANCA POLIDORO FRANCO presidente da associação sala de arquitetos biênio 2012/2013

biancafranco@fabrisfranco.com.br

DIRETORIA SALA DE ARQUITETOS, GESTÃO 2013

Bianca Franco presidente

08| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS

Ricardo Bosi vice-presidente

Letícia Athayde 1ª secretária

Klaudia Vendrame 2ª secretária

Alessandra Mosna 1ª tesoureira

foto andrei cardoso

foto morgana festugato

fotos de guilherme jordani

Fernanda Rossi 2ª tesoureira


por dentro outono 2013

ambientes para morar

LETÍCIA ATHAYDE e ANDRÉIA BENINI arquiteturamais@terra.com.br fones (54) 9129.9596 e (54) 9107.2077

fotos de guilherme jordani

EQUILÍBRIO DE CORES E TEXTURAS UMA LINGUAGEM CONTEMPORÂNEA ENCONTRA SUPORTE NA PERMEABILIDADE VISUAL. O projeto desse apartamento propõe uma linguagem contemporânea que se alicerça na busca pelo uso equilibrado de cores e texturas. Seu layout integra toda a área social e conta com a retirada de uma das paredes, permitindo permeabilidade visual entre o escritório e a área de estar. Os nichos, feitos em marcenaria sob medida, preservam a identidade desse espaço. A decoração se desenvolve sobre uma base neutra, que faz com que todos os elementos se sobressaiam igualmente. O maior destaque recai na peça que era a menina dos olhos da cliente: uma mesa de jantar confeccionada em laca alto brilho vermelha.

10| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


ambientes

para morar

por dentro outono 2013

A escolha dos materiais e revestimentos apostou no belo e sóbrio piso de porcelanato polido, que confere ainda mais contemporaneidade ao ambiente. O mobiliário, feito sob medida, teve acabamento em laca composto harmonicamente com alguns toques de madeira. Para a cozinha optou-se pelo Silestone branco, material que mantém a neutralidade desejada.

Layout integrado Escritório, estar e cozinha estão harmonicamente conectados, marcando uma das principais características do projeto.

11| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


por dentro outono 2013

por letícia athayde e andréia benini

Luz e amplitude

A cuba de mármore travertino romano bruto é o maior destaque do lavabo.

Lavabo

12| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS

O fechamento da sacada fez com essa área fosse incorporada à suíte do casal, trazendo profundidade e iluminação.


por dentro outono 2013

ambientes para morar

CATIA GIACHELIM

arquiteta@catiagiachelim.com.br fone (54) 3292.4247

fotos de guilherme jordani

INTEGRAÇÃO E CONFORTO POR FORA E POR DENTRO, UMA MESMA LINGUAGEM. O desenvolvimento desse trabalho levou em conta um importante detalhe que fez (e faz) toda a diferença na obtenção de um resultado harmônico e coeso: tanto o projeto arquitetônico residencial quanto o projeto de interiores foram feitos em consonância, permitindo que o layout interno e externo tivessem as mesmas diretrizes em sua concepção. O estilo contemporâneo de linhas retas estabelecido para a arquitetura externa da casa é complementado pelo efeito de ondas do revestimento da parede, dando destaque ao hall de entrada da residência. Internamente, a integração das áreas sociais é a regra. Hall de entrada, jantar, cozinha, lavabo e escritório ocupam o mesmo nível.

14| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


ambientes

para morar

por dentro outono 2013

O ambiente de estar ocupa o mesmo piso, porém conta com um pequeno desnível, reforçado pela substituição do porcelanato pelo piso laminado, o que traz mais aconchego para a área de lazer. Os tons de cinza e preto do mobiliário, cadeiras e estofados contrastam com o azul das almofadas e da chaise Barcelona. No lavabo, destaque para o contraste do papel de parede vermelho com um espelho veneziano sobre a bancada e para os pendentes de iluminação. A cozinha recebe churrasqueira e também se encontra integrada aos demais espaços, com uma pequena separação na área da bancada de refeições.

15| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


por dentro

por

outono 2013

catia giachelim

Pavimento superior

No segundo pavimento encontramos a área íntima, com destaque especial para a suíte do casal. A integração é total entre hall, closet e dormitório, limitados pelo mobiliário. Temos também a área do spa, que além de agregar conforto, destaca a bela vista que cerca o entorno da residência.

16| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


JESSICA DE CARLI

jessica@jessicadecarli.com.br fone (54) 3025.1101

espaço

do profissional

perfil outono 2013

Condomínio Santa Justina

BELEZA NATURAL BRASILIDADE E ORIGINALIDADE SÃO ALGUMAS DAS MARCAS DO TRABALHO DE JESSICA DE CARLI.

Condomínio Santa Justina

Certas aptidões e talentos parecem ser transmitidos de pai para filho, seja por hereditariedade ou por influência do meio em que habituam-se as crianças a viver desde cedo. Mesmo quando não seguem exatamente os passos dos pais, o ditado popular “o fruto não cai longe do pé” expressa adequadamente a importância desse convívio, como no caso da arquiteta caxiense Jessica De Carli. Criada sob a influência direta da mãe, artista plástica, Jessica aprendeu ainda cedo a incorporar a arte ao seu dia a dia. A história da arte e seus diferentes períodos fez parte da rotina da profissional durante a sua infância. Como consequência, a orientação de sua carreira no mundo adulto fez com que a opção fosse pela arquitetura, uma das manifestações visuais da arte. “O arquiteto em geral vive a sua profissão 24 horas por dia. Nossa cabeça não desliga. Da mesma forma que os artistas plásticos, estamos o tempo todo buscando novas ideias. A inspiração não tem hora marcada para surgir, e isso nos deixa atentos mesmo nas horas de folga”, explica.

20| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS

Condomínio Santa Justina


perfil outono 2013

espaço

do profissional

Condomínio Villa Bella

Jessica, que trabalha em conjuto com o colega Felipe de Azevedo, procura caracterizar os seus projetos com elementos da história pessoal dos clientes, compostos a elementos novos. Mobiliário e objetos que possuam carga afetiva são, assim, harmonizados com linhas e materiais contemporâneos.

Condomínio Villa Bella

Outra característica do trabalho de Jessica é o uso de elementos in natura, que conservem o caráter rústico, original e orgânico das matérias empregadas no projeto.

Brasília - Lago Sul

“A cultura brasileira é muito rica, oferece muitas texturas e cores. Gosto de empregar esses materiais da maneira mais pura, sem revestimentos, e compô-los de maneira contemporânea no escopo do projeto”, afirma. Essa combinação, que já é conhecida nos projetos comerciais que Jessica e Felipe assinam, tais como Havana Café e Boteco 13 (dois cases bastante conhecidos), estão também presentes em projetos residenciais que a dupla realiza nesse momento. São casas que contam com linhas contemporâneas, exploram a volumetria das formas e, de maneira minimalista, ressaltam a beleza pura dos materiais empregados na construção.

Condomínio Villa Bella

21| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


jessica de carli

No momento Jessica e Felipe cuidam de dois importantes projetos: em Caxias do Sul assinam a criação do restaurante do Teatro Moinho da Estação, espaço multicultural que deve ser inaugurado entre o fim de 2015 e começo de 2016; em Porto Alegre são responsáveis pelo Teatro Bourbon, localizado no Shopping Bourbon Country, na Zona Norte da capital. São obras importantes que trazem o desafio e o prazer de usar criatividade e originalidade, sendo esse o combustível preferido da dupla.

22| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS

perfil outono 2013

Acima, sala de visitas. Abaixo, duas imagens do escritório Jessica De Carli. Fotos: acervo pessoal.


ambientação

projeto

outono 2013

corporativo

fotos de guilherme jordani

AMBIENTES CONECTADOS DOIS SETORES QUE APOIAM AS DIFERENTES ATRIBUIÇÕES DA EMPRESA. A elevação do espaço fez com que o varejo ficasse no térreo, enquanto os escritórios fossem para o mezanino. O cliente desejava que os ambientes administrativos ficassem separados da loja, porém sem perder contato visual. A solução foi o fechamento com vidros, o que mantém o isolamento acústico, mas permite a visualização. A separação de cada área se dá através do mobiliário com as estações de trabalho. Placas indicativas completam a identificação dos espaços. O piso leva granito, trazendo sofisticação e facilidade de limpeza. Luminárias de embutir com aletas estão presentes nas estações de trabalho, enquanto na circulação se trabalha a luz de maneira mais indireta.

24| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS

ADRIANE CESA

arquitetura@adrianecesa.com.br fone (54) 3025.3931


projeto

ambientação

corporativo

outono 2013

25| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ambientação

por

outono 2013

adriane cesa

A loja do térreo conta com expositores que utilizam o conceito de supermercado: corredores formados por gôndolas exibem prateleiras de fácil acesso ao cliente. A programação visual é de fácil leitura e compreensão, e exibe placas encaixadas em perfis que são facilmente substituídas, detalhe de grande importância em um tipo de varejo em que a rotatividade dos produtos é bastante grande, exigindo trocas de lugar com agilidade. As cores escolhidas para a loja estão relacionadas com as tonalidades da logomarca do cliente. No piso da loja adotou-se o basalto polido, material de grande durabilidade e de fácil manutenção.

26| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


ambientação

projeto

outono 2013

corporativo

JAQUELINE CROCOLI

jaque@jaquelinecrocoli.com.br fone (54) 3025.3011

fotos de guilherme jordani

conforto com um belo design ESPAÇO ÚNICO DE 120 m² FOI PLANEJADO PARA GARANTIR FUNCIONALIDADE. Organizar e orientar os espaços de maneira a garantir o melhor conforto para colaboradores e clientes. Esse foi o principal desejo dessa agência de turismo, localizada em Caxias do Sul, cuja sala ocupa uma área de 120 m². Uma das primeiras proposições foi a criação de estações de trabalho, o que oferece dinamismo e intercomunicação entre as diferentes etapas do atendimento. As mesas tiveram os cantos arredondados, garantindo que a linguagem planejada fosse mantida. Integram o espaco elementos na cor amarela, móvel de antiquário e mesa de centro que, junto com detalhes em aco inox, reforcam o conceito central do projeto: design e contemporaneidade. A praticidade se faz presente na copa aberta aos clientes, com cara de bar e café. As linhas centrais e os cantos arredondados integram a área com o restante do ambiente.

28| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


Materiais funcionais

Mesas em fórmica branca e granito nas bancadas da copa e dos lavabos trazem funcionalidade. O toque contemporâneo fica com o aço inox.

projeto

ambientação

corporativo

outono 2013

A circulação entre a recepção e o atendimento é pontuada pelo mapa gigante e pelos relógios com diferentes fusos, situando diferentes destinos.

Circulação e orientação

29| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ambientação

por

outono 2013

jaqueline crocoli

Como se fosse em casa

O espaço da recepção (acima) evoca a imagem da sala de estar de nossas casas: poltronas e sofás convidam para o aconchego. Adesivos de belos locais e paisagens transmitem amplitude, servindo também como janelas em escala real.

30| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


ambientação

projeto

outono 2013

corporativo

MARCELE MURARO

marcele@marcelemuraro.com.br fone (54) 3223.0142

fotos de guilherme jordani

CLÁSSICO E CONTEMPORÂNEO PARA A EXPANSÃO DO ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA, UM ANDAR INTEIRO, COM SETORIZAÇÃO BEM DEFINIDA PARA AS DIFERENTES ÁREAS. Esse conceituado escritório de advocacia da cidade de Caxias do Sul investiu em uma nova sede, optando por um andar inteiro de um edifício comercial. O briefing pedia que o novo espaço tivesse uma setorização bem demarcada, respeitando as características e necessidades das diferentes área de trabalho. Para o hall de entrada e a recepção optou-se por painéis de madeira, com aplicação da logomarca em vidro leitoso. Tapeçaria persa e almofadas em Kilim reforçam o visual clássico do ambiente. Os tapetes persas e as lâminas em madeira também estão presentes na área de circulação entre as salas.

32| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


projeto

ambientação

corporativo

outono 2013

Na sala da diretoria (acima) o contraste dos elementos clássicos e contemporâneos reforça o requinte e a seriedade do ambiente. A mesa de marcenaria, desenhada pela própria arquiteta, garante a contemporaneidade enquanto a serigrafia de Joan Miró, o par de arandelas de alabastro art dèco o dunquerque Luís XVI, do século 19, transmitem a beleza das formas.

Contrastes

Peças clássicas e obras de arte são inseridas em um contexto contemporâneo, conferindo à sala da diretoria o estilo apropriado.

33| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ambientação

por

outono 2013

marcele muraro

Sala de estudos (acima, à esquerda). Acima, à direita, a sala de reuniões. A sala de conferências (abaixo) conta com um confortável lounge, embelezado pela peça de época, uma secrétaire à abattant Luís XVI.

34| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


ambientação

projeto

outono 2013

corporativo

fotos de guilherme jordani

IDENTIDADE certa reorganizar os espaços e adequar a unidade aos padrões da rede FORAM OS OBJETIVOS. Arquitetos que trabalham com ambientes comerciais sabem que nem sempre é possível fechar o espaço para executar reformas, situação que traz desafios, mas não impossibilita a aplicação de soluções práticas. Foi o caso desse projeto, em que a obra precisou ser feita sem atrapalhar as atividades da empresa. O ponto de partida foi o estudo de um novo layout, setorizando os espaços conforme a necessidade do cliente. A partir daí as áreas foram mobiliadas e ambientadas para terem identidade própria, sem abrirem mão das referências exigidas pela marca. O novo layout colocou a entrada da agência de frente para a recepção, que é marcada por um espaço amplo onde os clientes aguardam confortavelmente o atendimento. A área de atendimento aos clientes (página seguinte, acima) conta com mesas dispostas de forma a garantir a privacidade de um contato mais individualizado. A decoração foi baseada no tema turismo e a intenção do projeto foi criar um espaço confortável, iluminado e elegante. O setor administrativo e o atendimento para empresas (página seguinte, abaixo) seguiram os mesmos padrões do projeto, porém com maior ênfase ao aspecto funcional.

36| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS

KLAUDIA VENDRAME

klaudia@conceitto.arq.br fone (54) 3419.9091


projeto

ambientação

corporativo

outono 2013

37| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ambientação

por

outono 2013

klaudia vendrame

No segundo andar optou-se pela criação de um espaço de estar, usado para pequenas reuniões e vídeoconferências da equipe. Essa área também foi planejada para o atendimentos de grupos, podendo ser ambientada conforme a necessidade da agência. Na sala da gerência (abaixo), os mesmos padrões de mobiliário foram seguidos para reforçar a identidade da franquia, ao mesmo tempo em que inserem um pouco de cor na mesa e parede. A intenção nesse ambiente foi criar um espaço de atendimento mais personalizado e aconchegante.

38| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


ambientação

projeto

outono 2013

corporativo

ALESSANDRA MOSNA alemosna@terra.com.br fone (54) 3212.2213

foto morgana festugato

fotos de guilherme jordani

LEVEZA ACIMA DE TUDO AGILIDADE E CONFORTO NA REFORMA E AMPLIAÇÃO DOS CONSULTÓRIOS. O crescimento do negócio dessa clínica de odontologia exigiu uma nova estrutura física. Os 50 m² do antigo espaço se tornaram 105 m², e de dois consultórios a empresa passaria a comportar quatro salas de atendimento individual, ampliando as especialidades atendidas na clínica. As principais diretrizes do projeto foram a manutenção de espaços adequados para atendimentos e serviços, o uso de materiais de fácil manutenção e limpeza e, sobretudo, leveza para os ambientes, trazendo conforto e disposição para os profissionais que passam nesse espaço boa parte das horas do dia. A recepção foi projetada para acomodar até sete pacientes, e oferece condições para que eles aguardem confortavelmente o atendimento, seja assistindo TV ou ouvindo uma boa música, uma vez que toda a clínica é dotada de som ambiente.

40| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


projeto

ambientação

corporativo

outono 2013

O piso de toda a clínica leva porcelanato polido claro, facilitando a limpeza e a manutenção e transmitindo ao paciente a assepsia obrigatória de um ambiente de saúde. Os consultórios individuais dos dentistas possuem o mesmo design de móveis, alterando apenas as cores de tecidos das cadeiras, os papéis de parede e os elementos de decoração, escolhidos de acordo com o gosto pessoal de cada um dos profissionais. Pranchas de MDF melamínico formam as mesas de atendimento, com planos verticais e horizontais que sobem do piso ao teto, cortado por pranchões que abrigam os objetos decorativos. Atrás da mesa da recepcionista a sensação de movimento é garantida pelos nichos e prateleiras, com grandes molduras, conferindo imponência à parede de fundos, que recebe papel de parede. A combinação da paleta de cores com o MDF melamínico branco e o linho fornecem sensações de tranquilidade, leveza e limpeza.

41| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ambientação

por

outono 2013

alessandra mosna

Detalhe extremamente importante em projetos comerciais, cada ambiente ganha iluminação de acordo com a necessidade de cada trabalho. Na recepção temos embutidos com lâmpadas dicroicas para efeitos de luz sobre o papel de parede, quadros e bancada. Sobre a mesa-revisteiro ao canto há pendentes decorativos e ao centro embutidos para lâmpadas econômicas com temperatura de cor morna, trazendo mais aconchego. No corredor de circulação interna embutidos com lâmpadas dicroicas LED garantem iluminação e economia. O acesso do paciente aos consultórios é feito por uma porta que corre para trás do painel da tela LCD. Esse mesmo painel também leva grandes pranchas de marcenaria, que dão movimento à parede e servem de apoio para revistas e objetos de decoração. A recepção recebe papel de parede com listras em tons neutros, realçadas por um azul discreto, oferecendo aconchego e tranquilidade ao paciente que ali espera seu atendimento. Na sala de esterilização uma grande bancada de granito acolhe o móvel com portas deslizantes e chapas metálicas perfuradas, permitindo a ventilação do compressor, equipamento básico em qualquer clínica odontológica.

42| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


ambientes outono 2013

dormitório do casal

ALEXANDRE PINHEIRO MACHADO

alexandre@pinheiromachadoarquitetura.com.br fone (54) 3223.5498

fotos de guilherme jordani

EM BUSCA DE CONFORTO

um espaço contemporâneo, que privilegia a qualidade do sono.

A modernização do ambiente pedia um melhor aproveitamento do espaço, além de maior conforto térmico e acústico. A repaginação se iniciou nos materiais: no piso o porcelanato, laca branca auto brilho e melamina padrão areia no mobiliário, além do espelho fumê. O móvel atrás do leito serve como cabeceira e armário para guardar a roupa de cama. A bancada com portas e gavetas apoia a TV e libera espaço para um melhor aproveitamento do armário de roupas. Para a questão térmica e acústica, além de sistema de calefação e ar condicionado, foi adicionada a esquadria de PVC branca com vidro duplo. Conforto garantido e atestado pela gatinha Bia, que não acordou durante toda a sessão de fotos.

44| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


SABRINA PAULO

arqbina@hotmail.com fones (48) 8821.9063 e (54) 9611.5550

dormitório do casal

ambientes outono 2013

foto andreia boff

fotos de guilherme jordani

PRÁTICO E ACOLHEDOR traços retos e limpos, com poucas influências e complementos.

O projeto desse dormitório, cujo imóvel se localiza na Praia Grande, em Torres-RS, procurou atender à rotina do jovem casal. O piso laminado amadeirado, as pinceladas de cores no papel de parede, a poltrona e os pufes, juntamente com a corda luminosa proposta para fazer a marcação acima da cama, são os elementos que dão o tom do projeto. Por se tratar de um espaço compacto, algumas soluções foram feitas para garantir amplitude visual, tais como o uso de espelhos que, somados aos painéis na parede e ao revestimento com textura de linho no mobiliário, cumprem essa função.

45| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ambientes outono 2013

dormitório do casal

FLÁVIA JUNGES e VANESSA LORENZINI contato@jlarquitetura.com.br fone (54) 3214.3186

fotos de guilherme jordani

DESCANSO E RELAXAMENTO

O estilo contemporâneo e sofisticado acompanha a personalidade dos clientes.

Os tons monocromáticos em cinza e branco trazem sutileza ao ambiente. A cabeceira estofada, em tecido perolizado, entra para dar conforto ao espaço. Os painéis com suaves negativos e acabamento em laca alto brilho branca servem como divisória para o closet e suporte para a TV. A mesma marcação horizontal está presente nos painéis e portas dos roupeiros auxiliares em laca alto brilho com acabamento metalizado e espelhos, valorizando a unidade do todo. Os criados-mudos em linhas retas se destacam pelos delicados puxadores com Swarovski. As arandelas com cristal garantem um romantismo todo especial e uma iluminação aconchegante. A área da sacada foi anexada ao dormitório, gerando uma área de leitura e descanso. Neste espaço foi mantido o piso em madeira natural de Guajuvira Internacional, original do apartamento.

46| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


ambientes outono 2013

dormitório da menina

ÉRIKA BoRTOLINI

bortolini@erickas.com.br fone (54) 3028.0802

fotos de guilherme jordani

IRREVERÊNCIA EM ROSA

a composição dos tons preferidos criou o quarto da menina de quatro anos.

O projeto dessa suíte partiu de três pontos: o aproveitamento da metragem reduzida do ambiente, a utilização dos tons de rosa favoritos da menina e a combinação de alguns detalhes mais clássicos. Tudo isso para que o quarto pudesse acompanhar o ritmo dessa jovem de quatro anos até a sua adolescência. O requinte reside nos detalhes em cristal da cabeceira estofada, nos puxadores e na luminária pendente (refletida estrategicamente pelo painel de espelhos no canto). Molduras clássicas fazem o acabamento do contorno dos armários e delicados apliques de espelho nos móveis deixam o conjunto harmônico. As diferentes estampas se combinam para dar um ar irreverente ao espaço. O banheiro segue a mesma linha, com destaque para a bancada em Silestone rosa pink.

48| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


ANA PAULA KERPEN

arq@anapaulakerpen.com.br fone (54) 3021.0768

dormitório da menina

ambientes outono 2013

fotos de guilherme jordani

ESTILO E ELEGÂNCIA COM A COR BORGONHA DANDO O TOM, a procura pelo melhor aproveitamento do espaço.

Nesse dormitório de 12 m² era preciso viabilizar espaço para roupas, sapatos, área de estudos e ainda acomodações para alguma amiga que eventualmente ficasse para dormir. O projeto do mobiliário conta com portas de correr, poupando a área de circulação. O móvel em frente à cama, em formato de painel, com TV LCD embutida e portas com puxadores integrados, “esconde” uma sapateira na parte inferior, guarda-volumes na parte superior e porta-trecos nas duas laterais extraídas através de corrediças telescópicas. A cor Borgonha é aplicada nas paredes e no papel de parede ao fundo da cama, marcando a preferência da cliente. Pinceladas de amarelo ouro descontraem a seriedade da cor base, inclusive com o telefone antigo, herança de família. O aconchego fica por conta da cabeceira estofada em swede cinza prata.

49| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ambientes outono 2013

dormitório da menina

TAÍSA FESTUGATO

arquiteta@taisafestugato.com.br fone (54) 3021.0205

fotos de guilherme jordani

PERSONALIZAÇÃO EM CORES

UMA BASE NEUTRA PERMITE A APLICAÇÃO DE DIFERENTES TEMAS, CORES E TEXTURAS.

Esse projeto contemplou a personalização do ambiente de cerca de 15m², cuja principal característica era o comprimento. O ambiente foi separado em dormitório e closet, reservando assim uma melhor divisão das funções. O uso de espelhos confere alto grau de amplitude, expandindo a sensação de espaço. O mobiliário em laca branca reflete a base neutra das cores e do piso. A opção pelo visual clean permite que a personalização seja exercida na roupa de cama, no papel de parede e também no trabalho com adesivos sobre a cabeceira da cama. A base neutra também permite que o visual do dormitório seja alterado sem a necessidade de reformas, basta trocar alguns elementos para que o quarto acompanhe as diferentes fases da cliente.

50| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


VANESSA REIRIZ

vanessareiriz@terra.com.br fone (54) 8408.4004

dormitório

das meninas

ambientes outono 2013

foto daniel herrera

fotos de guilherme jordani

SONHO REALIZADO DESCONTRAÇÃO E ELEGÂNCIA PARA REUNIR AS AMIGAS, ESTUDAR E RELAXAR.

As camas mais altas fazem parte do conceito do projeto, propondo algo fora do convencional, e também comportam dois espaços na parte inferior: a bancada de estudos e o nicho para leitura. Uma segunda bancada serve de apoio para o caso das irmãs necessitarem estudar ao mesmo tempo. Para as horas de vaidade o recanto espelhado com iluminação específica facilita a maquiagem e a produção. O papel de parede traz o tom lúdico ao ambiente, fazendo uma composição de estampas florais. O closet foi inserido em ambiente anexo e possui armários simétricos com portas de correr espelhadas e portas peliculadas com a foto das meninas. O tapete violeta reveste todo o piso, proporcionando conforto. Ao centro um pufe de capitonê em veludo magenta confere apoio e charme ao ambiente.

51| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ADRIANE KARKOW

antes & depois

adriane@adrianekarkow.com.br fone (54) 3214.3277

outono 2013

PARA RECEBER AMIGOS o jardim da família foi transformado em um verdadeiro centro de entretenimento e integração.

O antigo jardim dessa residência não estava sendo aproveitado em todo o seu potencial, de maneira que a família resolveu mexer no espaço e agregar novas funções. Com a proposta de receber amigos e preservar o trabalho de jardinagem foi realizado esse projeto, que transformou a área em um gazebo integrado à natureza. Visando preservar o contato com o verde foi instalada uma estrutura metálica, sem muitas paredes de alvenaria. O piso com deck de madeira foi implantado para se associar ao piso já existente, preservando a varanda e o belo pergolado de madeira.

52| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS

A parrilla e o fogão campeiro foram postos em um piso inferior, permitindo aos convidados o uso da bancada em forma de ilha, com cadeiras baixas. Tecidos coloridos de algodão bordado vestem o ambiente, fazendo com que as diferentes texturas dos materiais valorizem a ambientação. O lavabo foi ampliado recebendo uma porta nova. Na bancada destaca-se o requinte do ônix do Afeganistão, material que valoriza a iluminação. Fecham o espaço o papel de parede bronze e os metais dourados.

fotos de guilherme jordani


antes & depois outono 2013

53| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


RENATA MOSENA

antes & depois

r.mosena@terra.com.br fone (54) 3027.3677

outono 2013

BOM GOSTO NO TRABALHO um ambiente personalizado e agradável, que reúne funcionalidade e conforto.

O conceito desse projeto foi criar ambientes de trabalho que primassem pelo conforto e pela funcionalidade, agregando ainda elementos identificados pela cliente como compatíveis com a sua personalidade. A partir desse briefing, elaborou-se a seguinte divisão para o espaço: recepção, biblioteca, escritório com sala de reuniões, lavabo e copa.

Também foi dedicada atenção especial para a qualidade acústica dos ambientes, bem como a sua iluminação.

A setorização dos ambientes foi feita por paredes em gesso acartonado e o projeto do mobiliário foi todo desenvolvido pela profissional, que buscou linhas retas e cores neutras com pinceladas de ousadia, encontraA otimização dos espaços e as alterações das nos adornos e peças de design como a arquitetônicas propostas resultaram em um mesa Sarinen da sala de reuniões. espaço dotado de adequada infraestrutura.

54| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS

fotos de guilherme jordani


antes & depois outono 2013

55| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


projeto

RODRIGO DALLEGRAVE

outono 2013

rd.arq@terra.com.br fone (54) 3025.6686

fotos de guilherme jordani

REFÚGIO PARA RELAXAR

ENTRE A MONTANHA E A LAGOA, UMA MORADA QUE VALORIZA O AR DESCONTRAÍDO DO LITORAL.

O próprio nome sugere: Lagoa Encantada. Foi esse local, situado na Praia da Ferrugem - SC, que os felizes proprietários dessa casa escolheram como refúgio para relaxar e descontrair nos dias de folga. A região da casa é exuberante. Situada entre montanhas de frondosa vegetação, ainda se encontra a poucos metros da lagoa. Tais parâmetros de beleza natural foram os guias desse projeto, que procurou criar a residência a partir dos seus referenciais climáticos e geográficos. O melhor aproveitamento do terreno fez com que a casa fosse deslocada à direita, permitindo assim uma maior área de jardim. A frente norte do terreno guiou a instalação das áreas sociais nessa parte: living e terraço na frente, cozinha integrada ao living e dormitórios no meio e área de serviço e banheiros ao fundo.

56| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


projeto outono 2013

57| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


projeto outono 2013

rodrigo

dallegrave

58| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


rodrigo

dallegrave

projeto outono 2013

Por se tratar de uma casa de praia, local em que as pessoas buscam maior proximidade com a natureza, os conceitos de simplicidade e despretensão foram os balizadores do projeto. A simplicidade se manifesta através das linhas retas e discretas, que procuram não competir com as formas orgânicas dos arredores. A despretensão, por sua vez, se demonstra na opção por materiais comuns e típicos da região , tais como tijolo bruto e madeira em estado natural. Também contribuíram para execução da obra, finalizada em apenas seis meses, a contratação de mão de obra local, composta por profissionais que detinham intimidade com os materiais empregados. A utilização dessas estratégias minimizaram os contratempos e desperdícios, fatores que comumente complicam o acompanhamento de obras à distância. O emprego de mão de obra local também segue conceitos sustentáveis, revelados na redução do impacto ambiental do transporte de materiais. O projeto também ganha caráter contemporâneo definido pelos aspectos formais, pois conta com três suítes, um terraço gourmet coberto (com vista para a montanha), dois terraços ao ar livre (com vista para a lagoa e seu pôr do sol único), além de cozinha com churrasqueira, living com lareira (permitindo o aproveitamento da morada mesmo no inverno), banheiro social, área de serviço e varanda.

59| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


VIVIANE PRADELLA arquiteta@vivianepradella.com fone (54) 3292.4877

paragens olhar do arquiteto

fotos divulgação

INHOTIM: ARTE A CÉU ABERTO EM BRUMADINHO, MINAS GERAIS, FICA O maior museu AO AR LIVRE de arte Contemporânea da América Latina. Nem todo mundo sabe que uma pequena cidade mineira, situada a 60 km da capital Belo Horizonte, abriga o maior museu ao ar livre de arte contemporânea da América Latina. Pois é em Brumadinho, município de cerca de 35 mil habitantes, que está localizado o Instituto Inhotim, sede de um dos maiores acervos de arte do Brasil. Fundado em 2004, Inhotim começou a sugir ainda na década de 80, quando o empresário de mineração e siderurgia Bernardo Paz começou a trocar o seu acervo de obras modernistas por peças contemporâneas.

60| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


paragens olhar do arquiteto

A sensação ao percorrer os caminhos e circular por entre as obras de arte é extraordinária. Jardins intermináveis, impecáveis, que convidam à contemplação. Para realmente curtir e visualizar tudo que Inhotim oferece é preciso reservar pelo menos dois dias de passeio. O parque possui 600 hectares de área natural e 45 hectares de Parque Tropical, composto por diversas coleções botânicas e cinco lagos ornamentais. Inhotim oferece toda a infraestrutura necessária ao visitante, inclusive um restaurante maravilhoso, que vale a pena conferir. Como ir? De chinelo de dedo e com uma roupa muito confortável, pois o parque é imenso. O Instituto Inhotim é composto por dezessete galerias climatizadas, espalhadas por uma enorme área, com obras contemporâneas distribuídas ao longo de diversos caminhos. O projeto paisagístico, por si só uma obra de arte, abriga um rico acervo botânico e jardins que receberam sugestões do paisagista Roberto Burle Marx. Além do foco na valorização do patrimônio, na inclusão social, na cidadania e no desenvolvimento regional, Inhotim é reconhecido pela melhoria que trouxe para a qualidade de vida da população local. O caráter turístico e cultural do espaço também tem contribuído para divulgar a região no exterior, atraindo interesse de diversas publicações internacionais. O acervo atual reúne mais de 500 obras de artistas nacionais e internacionais, tais como Chris Burden, Hélio Oiticica, Cildo Meireles, Yayoi Kusama, Adriana Varejão, Doug Aitken, Edgar de Souza, Tunga, Amílcar de Castro, Waltério Caldas, Jarbas Lopes, Dan Graham, Paul McCarthy, Zhang Huan, entre outros. Muitas dessas obras são interativas e lúdicas, fazendo com que os visitantes brinquem e dancem, fazendo parte da obra e interpretando-a da forma mais gostosa possível. Mesmo as peças de menor senso interativo aguçam os sentidos do espectador, principalmente as monumentais instalações e intervenções que fazem com que espaço e arte dialoguem perfeitamente. Inhotim é um verdadeiro paraíso terrestre para quem aprecia natureza e arte.

61| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


turismo

SAMUEL RAMOS

floripa

samuel@tlmag.com.br

fotos de alessandra bittencourt

SANTO ‘ANTONINHO’ DE LISBOA FLORIPA NÃO É SÓ PRAIA E BADALAÇÃO. BOA PARTE DA HISTÓRIA DA ILHA PODE SER ENCONTRADA - E CONTEMPLADA - NO DISTRITO DE SANTO ANTÔNIO DE LISBOA. Nós gaúchos temos uma relação estranha com as praias catarinenses. É algo até masoquista, no estilo tough love. A cada feriadão enfrentamos horas intermináveis de um trânsito infernal apenas para chegar na capital catarinense. Acha o trânsito de Caxias ou Porto Alegre estressante? Experimente trafegar por Florianópolis. Um cidadão de muletas se locomove com maior agilidade. Em temporadas de pico você encontra fila até para comprar pão. Isso impede uma escapada em Floripa? Claro que não. Isso porque apesar dos pesares, a mesma ilha que judia, encanta. É difícil continuar de mal com a capital catarinense depois de sentar na beira da praia para sentir a brisa, degustar petiscos e sorver um delicioso espumante ou uma boa cerveja artesanal. Um dos melhores lugares para fazer isso é em Santo Antônio de Lisboa. Pequeno distrito da capital, Santo Antoninho é pura história.

62| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS

Fundada pelos imigrantes açorianos que chegaram à ilha no século XVIII, ainda mantém o charme de uma vila colonial. As construções de época e as ruelas estreitas dão um caráter bucólico para a caminhada por entre o distrito, passeio que pode ser pontuado pelos inúmeros bons restaurantes e cafés do local. Há também um grande número de lojinhas de artesanato, que oferecem muitos produtos manufaturados mesmo, nada de Made In China. Destaque para as rendas de bilro e as cerâmicas de oleiro, que revelam toda a beleza da arte portuguesa. É impossível sair de Santo Antônio de Lisboa sem levar nenhum mimo para a casa - principalmente se a sua mulher estiver junto. O “centrinho” do distrito é bem pequeno e pode (deve) ser percorrido a pé. Um passeio de uma tarde, sem mapa, guia ou roteiros, é suficiente para fascinar. O fim de tarde à beira mar, embelezado pelo pôr do sol e acompanhado pelas ostras produzidas no local, é imperdível.


turismo floripa

63| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


turismo floripa

OUTRAS PÉROLAS DA ILHA

hotel boutique quinta das videiras Hotel para casais, localizado na Lagoa da Conceição. Possui um serviço maravilhoso e dormitórios lindos, decorados com peças de antiquário.

O café da manhã, servido à francesa, pode ser apreciado no solário, trazido do Vietnã, ou embaixo da videira.

kikoni japafood

VINIL PIZZAS E CLÁSSICOS Rock n’roll e carboidratos. Na mesa, uma seleção deliciosa de pizzas, com preços muito bons. Na vitrola você decide o que quer ouvir durante o jantar a partir de uma numerosa seleção de discos de vinil com aquele grave impressionante que só o vinil tem. Álbuns para todos os gostos, de Kraftwerk a Jimi Hendrix. E o melhor: NÃO tem Michel Teló. Também fica na Lagoa da Conceição.

64| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS

Um ambiente superdescontraído, com um serviço atencioso e bem humorado, em um lugar com um visual cool. Para melhorar: você ainda come à vontade sushis, sashimis, niguiris, temakis, sunomomos, shimejis, tempurás, noodles e etc. e paga cerca de R$ 60. Fica no Centro, para achar o local basta jogar Rua Dom Jaime Câmara, 272 no GPS e desejar ter dois estômagos.


FERNANDA TISSOT fernanda@luxion.com.br fone (54) 3021.0007

gastronomia bottega pace

foto juliano bonamigo

GULA DE CORPO E ALMA Falar sobre o Bottega Pace é fazer uma viagem nas lembranças sensorias de sabores, cheiros e belos pratos. As experiências que ficam na lembrança geralmente são aquelas que aguçam mais de um sentido. Falar sobre o Bottega Pace, pequeno e charmoso restaurante de Caxias do Sul, é falar sobre sentidos. Projeto de Junior Paz, o jovem idealizador, o Bottega é o resultado das várias experiências que o chef viveu pelo mundo antes de resolver voltar para a cidade e consolidar essa proposta. Com formação no ICIF-UCS, Junior exala o tempero italiano em suas receitas, e aposta em vencer o desafio que é oferecer em seu menu pratos italianos autorais em uma cidade onde existe essa cultura culinária na maior parte dos lares. Seu diferencial é o esmero no preparo e a escolha rigorosa dos ingredientes, ou como ele mesmo afirma, a procura em colocar a alma na sua cozinha em busca de pratos perfeitos.

66| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS

fotos de guilherme jordani


gastronomia bottega pace

A entrada com o Tris di Antipasti: Gelato di scamorza affumicata com tomates orgânicos e azeitonas desidratadas; Abobrinha grelhada e brie; Involtini de berinjela e pasta fresca com ragù de galinha caipira. Junior tem em seu curriculum passagem por restaurantes nos Estados Unidos, Argentina e na Itália. É também um grande estudioso, é raro não encontrá-lo lendo algum livro sobre gastronomia nas suas (poucas horas de folga. Sempre em busca do perfeito equilíbrio entre os ingredientes da região e os importados, Junior valoriza muito a produção artesanal. É frequentador assíduo das feiras orgânicas e não mede esforço para encontrar pequenos produtores ou importadores que ofereçam apenas os melhores e mais frescos ingredientes para seus pratos. Sou frequentadora do Bottega Pace antes mesmo dele abrir, quando por conta de amigos em comum participei de uma degustação informal, como se fosse um conviva da casa. Foi assim que conheci o Junior e pude perceber a sua paixão por aquilo que ele nos oferecia. Comida simples, sem frescura e cheia de personalidade. Sorbet de morango e espumante.

67| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


gastronomia bottega pace

Agnolotti de cogumelos frescos e presunto cozido ao burro e sálvia e aroma de tartufo

O restaurante foi batizado de Bottega Pace – Cozinha com Alma, e leva essa assinatura a sério. Quem prova os pratos do Junior percebe que os sabores vão muito além dos ingredientes, eles fazem parte de uma experiência que o chef proporciona. Tivemos a oportunidade de provar uma sequencia de pratos preparados especialmente para esta matéria. O Junior e a namorada Melissa nos receberam servindo pães brioche com manteiga de ervas. Já nessa entrada percebeu-se o toque autoral do chef, que transformou uma simples manteiga com pão em algo sensacional. Em seguida, provamos um trio de antepastos, que foi a parte mais surpreendente da noite: o sorvete com toque defumado (!), juntamente com involtini de berinjela e abobrinha grelhada com brie.

68| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS


gastronomia bottega pace

Filé mignon defumado ao caramelo de assado com gnocchi gratinado de minas frescal e alecrim ao creme de fonduta

Como primo piatto, um tortelloni na manteiga e sálvia, exemplo de uma massa recheada al dente cheia de personalidade. O prato principal foi filé com purê, que mostrou a dedicação do chef em proporcionar uma nova sensação aos seus clientes. Para finalizar, as estrelas da noite: como predessert experimentamos um fabuloso sorbet de morangos e espumante, leve e saboroso, que revela um grande talento de Junior para produzir sorvetes. Assim sendo, provamos um maravilhoso sorbet de canela, acompanhado de uma deliciosa torta de nozes, maçã e baunilha.

Torta de nozes, maçã, baunilha, gelato artesanal de canela e crocante de nozes e doce de leite artesanal Bottega Pace

Assim como os arquitetos, os chefs devem surpreender seus clientes e na minha modesta opinião o Junior sempre proporciona pratos que são uma verdadeira experiência gustativa.

69| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


RADAR outono 2013

HOME OFFICE DIFERENCIADO O PRAZER DE TRABALHAR EM CASA.

foto divulgação

O home office da Evviva Bertolini é projetado para quem não abre mão da harmonia estética e de todo o conforto que os ambientes personalizados podem oferecer. O móvel com corpo em MDF de 18mm, mesa e prateleiras com 47mm de espessura, no padrão Gris, confere leveza ao visual do cenário. As portas, com abertura basculante, otimizam o quesito facilidade, da mesma forma que os módulos de gaveteiros com rodízios. A tecnologia do sistema de amortecimento instalado nas gavetas garante muito mais conforto nas situações de uso.

LUZES DE LED iluminação harmoniosA e VERSÁTIL. Não é só pela economia na conta que as luzes de LED estão presentes em grande números de projetos. Outro fator que pesa na hora de escolher é a possibilidade de instalação em praticamente qualquer tipo de local. A linha de iluminação da Base Home Solutions integra projetos que embelezam e garantem máxima qualidade, com melhor custo benefício, aliando longa vida útil ao baixo consumo de energia elétrica.

R. Filomena Spinatto, 286 - São Ciro (54) 3022.9600 - Caxias do Sul

70| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS

foto divulgação

Base Home Solutions:

Evviva Caxias do Sul: R. Alcides Longhi, 236 - Villaggio Iguatemi (54) 3029.1545 - Caxias do Sul


RADAR outono 2013

PRATICIDADE E ELEGÂNCIA o mix ideal para ambientes residenciais e corporativos. A Difratelli Fatto se caracteriza por aliar os conceitos de ergonomia, design e funcionalidade. O espaço ao lado, de 37 m² traduz esses temas, ao integrar cozinha, jantar e estar de forma funcional e elegante. O predomínio das cores neutras, que trazem leveza e amplitude ao ambiente, formam um contraste com os tons madeirados e espelhos bronze gerando aconchego e conforto. foto divulgação

Difratelli Fatto: Av. 25 de Julho, 1870, sala 01 e 02 - Centro (54) 3292.3969 - Flores da Cunha

COLEÇÃO INÉDITA parceria com a Bertussi Design TRAZ LINHA DE PUXADORES. A Bontempo, empresa referência em móveis de alto padrão, acaba de lançar em parceria com a Bertussi Design uma coleção inédita de puxadores. O lançamento faz parte das iniciativas em comemoração aos 35 anos que a empresa completa em 2013. Entre os puxadores, destaca-se o modelo Piani, da Linha Luce, caracterizado pelos efeitos de luz e sombra criados por suas múltiplas faces e pelos detalhes em Madrepérola.

foto divulgação

Bontempo Caxias do Sul: Av. Itália, 288 - São Pelegrino (54) 3536.7544 - Caxias do Sul

71| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


RADAR outono 2013

CORTINA DUETTE controle total de iluminação. Eis uma cortina que inibe a entrada de parte do calor, no verão, e no inverno impede a fuga do calor de dentro de casa. Ela também permite variados níveis de filtragem da luz, desde a transparência total até a opção blackout.

foto divulgação

Seu conforto acústico é outra característica, absorvendo o barulho da rua em até 70%, devido ao formato celular, com células simples, duplas, triplas e Architella (célula dentro de célula).

MODULAÇÃO INTELIGENTE diversas opçoes de configuração interna. A linha de dormitórios da Duocasa procura aproveitar todos os espaços, apresentando opções personalizadas de configuração, garantindo charme e sofisticação. São divisões, prateleiras, prateleiras extraíveis, nichos, gavetas, gaveteiros e demais acessórios pensados para que tudo esteja no lugar.

Duocasa Caxias: R. Guerino Sanvitto, 751 - Villaggio Iguatemi (54) 3223.1495 - Caxias do Sul

72| OUTONO 2013 | SALA DE ARQUITETOS

foto divulgação

A linha de dormitórios 2013 conta ainda com diferentes combinações de cores exclusivas.

Produto disponível na Decor Window: R. os Dezoito do Forte, 2603 - Via Decoratta (54) 3223.6536 - Caxias do Sul


saiba quem são os nossos arquitetos

ARQUITETOS ASSOCIADOS ADRIANE CESA ADRIANE KARKOW AKEMI WYPYSZYNSKI INAMOTO ALESANDRA COSTA ALESSANDRA WEBBER MOSNA ALEXANDRA NICOLINI ALEXANDRE PINHEIRO MACHADO ANA CAROLINA STASI CARRARO ANA PAULA KERPEN ANDRÉ JOSÉ RIGONI ANDREIA BIAZUS ROSSATO ANDRÉIA BENINI BIANCA POLIDORO DE O. FRANCO CALÍNTIA ARGENTA CERON CANDICE RUWER VIDOR CARLA CURRA CARLA MICHELE ZIGNANI CATIA GIACHELIM CELINA GALIOTTO FURLAN Cheila Netto Rodrigues CLAUDIA ROBERTA ROMBALDI CLAUDIA RUZZARIN VERONESE CRISTIANE LISOT CRISTINA MIORANZA Daniela Endres Copetti DANIELA MOTTERLE DÉBORA NUNES MENSCH DEISE NIZZOLA DEISY MAMBRINI RIGOTTO ÉRIKA BORTOLINI FERNANDA BERTOLUCCI ROSSI FERNANDA TISSOT FLÁVIA HELOÍSA CAMASSOLA BREDA FLÁVIA JUNGES GABRIELA GAVA Gabriela Meletti GILDO FELIPE MUNER JAQUELINE APARECIDA FORMOLO JAQUELINE CROCOLI JEANICE MARIA NEGRETTO JESSICA DE CARLI

(54) 3025.3931 (54) 3214.3277 (54) 3028.8347 (54)3211.1996 (54) 3212.2213 (54) 3462.1173 (54) 3223.5498 (54) 3025.6167 (54) 3021.0768 (54) 3228.5405 (54) 3223.4309 (54) 9107.2077 (54) 3419.3537 (54) 3228.5860 (54) 3021.4749 (54) 3028.7020 (54) 3214.8121 (54) 3292.4247 (54) 3028.3318 (54) 3223.4881 (54) 3221.8217 (54) 9142.1045 (54) 3028.4284 (54) 3222.7775 (54) 3223.4881 (54) 3222.7775 (54)3028.4165 (54) 3238.5220 (54) 3292.5453 (54) 3028.0802 (54) 9953.7181 (54) 3021.0007 (54) 3228.4492 (54)3214.3186 (54) 3462.1235 (54) 9922.5628 (54)3221.8217 (54) 3222.4005 (54) 3025.3011 (54) 3221.8713 (54) 3025.1101

JOÃO ALBERTO MARCHIORO José Luiz Pinheiro Machado KLAUDIA VENDRAME LEILA FRARE LEODI MARIA VAILATTI LETICIA REGINATO ATHAYDE LUCI VANNI MANOELA ROSSAROLA CORSO MARCELE MURARO MAX LEONARDO MANOEL MIRIAM RODRIGUES DA FONSECA MIRIAM TALMA GEREMIA PATRÍCIA CAMILE MUGNOL PATRICIA COSTA PALAVRO PATRÍCIA RUZZARIN PAULO IROQUEZ BERTUSSI PRISCILA SUSIN GUERRA RAFAEL ARTICO RAFAELA RIZZON RAFAELA RUARO DE MENEGHI RENATA MOSENA RICARDO BOSI ROBERTA DELAZZERI ROBERTA FANTON RODRIGO DALLEGRAVE ROSÂNGELA MATTEI ROVENA VACCARO SABRINA PAULO SILVANA SPODE GARCEZ SUZANA MARIA MIOTTO TAISA FESTUGATO TATIANA BIFFI THAÏS GEREMIA VANESSA FETTER LAUFFER REIRIZ VANESSA LORENZINI Vanessa Guerra VERA FABRIS Verônica Brusa VIVIANE GAIO VIVIANE PRADELLA

associados outono 2013

(54)3228.4665 (54) 3223.5498 (54) 3419.9091 (54) 3025.1211 (54)3226.8880 (54) 9129.9596 (54) 3268.6463 (54) 3027.2393 (54)3223.0142 (54)3223.4881 (54) 3028.4083 (54) 3536.0858 (54) 3027.4567 (54) 9969.3349 (54)3212.2290 (54)3223.2688 (54) 9977.7789 (54) 3223.4309 (54) 8402.7699 (54) 3025.1211 (54) 3027.3677 (54) 9111.9999 (54) 3462.2372 (54) 8111.5575 (54) 3025.6686 (54) 3221.5813 (54) 3028.1904 (54) 9611.5550 (54) 3028.7020 (54) 3291.4619 (54) 3021.0205 (54) 3228.5405 (54)3214.4967 (54) 8408.4004 (54) 3214.3186 (54) 3035.2002 (54) 3419.3537 (54) 3536.3843 (54) 9977.6850 (54) 3292.4877

FORNECEDORES AMIGOS

73| EDIÇÃO 17 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


Revista da Sala de Arquitetos - Outono 2013  

Edição no. 17 da Revista da Sala de Arquitetos, Caxias do Sul.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you