Page 1

EXPRESSO IMPRESSO

MOBILIDADE URBANA EM FORTALEZA Malha viária está sendo modificada em função de congestionamentos

O Trânsito de Fortaleza está entre os piores do Brasil. E para contornar esta situação, o prefeito Roberto Claudio decidiu investir na mobilida de urbana de Fortaleza. são muitas obras acontecendo na capital como intuito de melhorar o trânsito durante os jogos. Obras na Dom Luís

ENCONTRE MAIS NESSA EDIÇÃO

como a implantação do sistema binário e a transformaçãoda praça Porugal, contribuírão bastante para o fluxo do trânsito nas avenidas Dom Luís e Santos Dumont. As obras no Cstelão já estão quase concluídas. Os túneis e rotatórias da Alberto Craveiro e Paulino Rochaj já estão

liberadas para o veíulos transi.tarem. As obras no Parque do Cocó estão suspensas até período prévio. Apenas uma parte do metrô eta funcionando e baerto aos usuarios. as pobras do veiculo leve sobre os trilhos foram suspensas por falta de acordo das empresas, Cid Gomes

rompeu o contrato por ser acusado por atrasos na obra. Nem todas as obras serão concluidas como previsto no pápel. felizmente, a Etufor se resonsabilizará pela frota dos ônibus durante os jogos na capital do Ceará, evitando transtornos à população.

ESTATÍSTICAS DE ACIDENTES EM FORTALEZA

Crônica PRAÇA PORTUGUAL ENTRARÁ EM

Paralisação de Motoristas

PESQUISA FEITA EM 2013 TRAZ DADOS ALARMANTES

REFORMA PARA IMPLANTAÇÃO DE BINÁRIO EM DUAS VIAS

MANIFESTAÇÃO TEVE PROPOSTAS APRESENTADA PELOS EMPRESÁRIOS NEGADAS

VIOLÊNCIA NOS COLETIVOS MOTORISTAS E PASSAGEIROS RECLAMAM DE ASSALTOS

A violência nos ônibus está cada vez mais frequente,causando medo nos motoristas,cobradores e na população, se tornando caso de segurança pública na capital cearense.

Acidentes na capital aumentou nos últimos anos, principalmente quanto a acidentes envolvendo motociclitas. Quadro é bastante crítico e governo prevê soluções nas vias públicas.

A Praça Portugual, considerada um monumento histórico de Fortaleza será modificada completamente para instalação de sistema binário nas avenidas Dom Luís e Santos Dumont.

Manifestação e paralisação de motoristas em virtude do assassinato de rodoviário não teve negociação acordada entre profissionais da categoria e empresários.

10 de Junho de 2014, Fortaleza - CE

1


EXPRESSO IMPRESSO

Por: Paradinha Samara Lima COLUNA DE OPINIÃO

Fortaleza, cidade de clima agradável e acolhedor, com belas praias e cidadãos hospitaleiros, estão passando por uma grande transformação para a copa do mundo, o projeto de mobilidade urbana estava previsto durante o governo de Luiziane Lins, no entanto nadasaiu do papel. No governo de Roberto Claudio a história é outra e ele não mede esforços usando até a força física se for preciso para ter seus objetivos alcançados. Um desses episódios se deu nas obras do parque do Cocó, que é conhecido por uma diversidade de plantas e animais, manifestantes inconformados pela destruição do lugar acamparam nolocal, mas foram expulsos de forma violenta pela policia local. As obras começaram, mas não tem data certa para sair, enquanto isso a população está inconformada, pois o trânsito do local continua da mesma forma de sempre, lento e irregular. A Praça Portugal é outro local que foi muito discutido durante a implantação do sistema binário, muitas pessoas se manifestaram contra a retirada da praça, o projeto foi encaminhado ao plenário e a maioria dos presentes votou a favor da reforma da praça, que inclusive é uma rotatória. Apesar de grandes mudanças, quem conhece a cidade, sabe que o trabalhador está sofrendo por causa das greves, da violência. Essa é uma realidade cruel, mas parece que está mascarada por causa da copa do mundo. A população que paga seus impostos e que mora na periferia da cidade, em bairros esquecidos e marginalizados, talvez não usufrua dessa comodidade, eles estão preocupados com seus bairros; que não tem rede de esgoto, muitos cheios de buracos, com uma infraestrutura precária, sem polos de lazer. Estes cidadãos, muitos trabalhadores civis, constroem e reformam a cidade, sem terem seus direitos estendidos ao local onde moram. O prefeito esqueceu essa parte da cidade, este cidadão que ofereceu os seus votos por uma cidade mais justa, este cidadão que pensa no futuro dos seus filhos, este cidadão que não poderá assistir aos jogos. As reformas estão sendo feitas para o turista e seu dinheiro no bolso, para seu conforto, afinal Fortaleza está entre as cidades mais perigosas do mundo, não precisamos de mais um boato, para amá fama da cidade. E a população sofrida, onde fica no meio disso tudo?. As obras podem deixar a cidade bonita por fora, mas por dentro a violência continuará sendo uma estatística mortal, o transporte urbano continuará muito precário, o motorista não será valorizado, a população continuará sofrendo diariamente. Durante a copa, vamos fingir que tudo está perfeito, vamos torcer pelo Brasil, pois somos o país do futebol, pintaremos o rosto de verde e amarelo e ficaremos comportados, nada de pensar em manifestações. Depois quando os jogos, e a sensação de nostalgia tiverem passado, pensaremos na nossa cidade, como o caos que sempre foi e voltaremos ao nosso trabalho pacato rezando para voltar vivos em casa. E o prefeito fará entrevistas para imprensa e afirmará que tudo ocorreu exatamente como o previsto, sorrirá nas fotografias e tudo estará normal. Infelizmente a realidade é outra e Fortaleza ainda precisará de muita transformação plena.

2

Do passageiro...

EDITORIAL

Especial

Entrevista com aluno da UFC

Estudante de Matemática Industrial apresenta alternativas para melhorias no fluxo de carros em Fortaleza Entrevistadora: você é ciclista? Lucas: dou umas pedaladas, eu pedalo em poucos cantos, às vezes. Entrevistadora: eu queria saber como o ciclismo poderia ajudar na mobilidade urbana em Fortaleza? Lucas: dá para enumerar diversos fatores que mostram como o ciclista pode melhorar o trânsito. Pensando em algo mais “visível”, podemos mencionar o espaço que ele ocupa, um ciclista ocupa um espaço menor o que um carro poderia ter três a quatro ciclistas, isso focando apenas na questão espacial (risos), que ainda não é uma boa resposta. Entrevistadora: você acha que deveria ter mais ciclo faixas e ciclovias, no total Fortaleza tem 74 km? Lucas: deveria, porque aí entra outros pontos. Nos horários de picos uma bicicleta é mais rápida do que qualquer outro veículo, afinal, os outros estarão presos no congestionamento, então as ciclo faixas e ciclovias são incentivos para as pessoas utilizarem a bicicleta, porque ela traz uma segurança maior é muito complicado ter que pedalar “disputando” espaço com os carros e motos... Diversas vezes já tive que encarar motoristas com raiva que faziam questão de colocar o carro do meu lado. Entrevistadora: você mora onde? Lucas: Pan - Americano Entrevistadora: não conheço você vai de bicicleta para seu bairro? Lucas: eu tento ir ao máximo para os cantos de bicicleta (risos). Você mora onde, por exemplo? Entrevistadora: em Messejana e na Washington Soares tem ciclo faixas ou são ciclovias? Lucas: ali na parte central da avenida né? Tem mesmo, mas já me relataram que nos horários de pico motos utilizam o espaço e já viram até uma Hilux passando por lá. Entrevistadora: eu li que o pessoal reclama que Fortaleza tem muito carro para pouco espaço né? Lucas: Isso também é verdade, só que se aumentarmos as vias para os carros, mais carros apareceram e não solucionarão o problema. É e por causa disso que o binário da Dom Luís não está dando em nada. Se nós pensarmos em uma supervalorização do ciclista? Isso é utópico e talvez não solucionasse. E dos ônibus? Mais utópico ainda... E qual seria o ideal? Pensarmos de uma forma diferente o problema. Entrevistadora: isso seria bom, eu ainda não entendesse sistemabinário na Dom Luís, mas vai ter ciclo faixas. Lucas: mas a ciclo faixa permite uma mobilidade do ciclista para além da Dom Luís? Provavelmente não. Veja só... O trânsito é um espaço onde temos carros, motos, ônibus, bicicletas e pedestres... Todos interagindo em um mesmo espaço, então por que pensarmos em uma solução desprezando essa interação? Entrevistadora: me falaram que a construção do sistema, vai melhorar o trânsito em até 45% Lucas: o sistema do binário? Entrevistadora: sim

10 de Junho de 2014, Fortaleza - CE

Lucas: melhora aquela região da avenida, mas leva o problema para outra região. O problema ainda fica na própria Aldeota, no fim da Dom Luís tem-se uma rua com duas faixas...a Dom Luís tá, com o binário, com 4 faixas...4 faixas indo para duas vai formar um efeito funil e essa região, por conta do binário está congestionada, não adianta propor soluções reducionistas para problemas complexos. O que seria isso? Implantar projetos visando apenas um lado, ou prioritariamente um lado, sabendo que o problema é bem maior, a gente tem que fazer uso é justamente dessa interação para solucionar p problema, ou buscar a solução ideal. Entrevistadora: verdade, o caso é que deveriam também investir no transporte público, assim o pessoal não quisesse comprar tanto carro. Lucas: Isso também é verdade. O que tenho em mente é algo que não é fácil e não tão pouco simples, mas é mais eficiente e mais “barato” do que estão fazendo com esses projetos (risos). Entrevistadora: E o que é?(risos). Lucas: você mora em Messejana e estuda na FIC não é isso? É na FIC da Via Corps? Entrevistadora: sim, eu vejo muitos ciclistas por lá. Lucas: você ainda tem uma boa quantidade de ônibus (risos), digo, opções, mas vamos supor que você precise passar pelo terminal, lá pega o Grande Circular que sempre é vago, só que não, e vai pra Fic. Mas vamos supor que lá no terminal exista um canto seguro para você guardar sua bicicleta... Entãopara que pegar ônibus para ir ao terminal se você pode ir até lá pedalando e deixar ela em um local seguro? Entrevistadora: acredita que na semana eu tenho quatro opções, o Grande Circular, o Washington Soares, o Cambeba e o Manibura (risos), verdade lá tem ciclovias. Lucas: mas o Manibura passa seilá... De século em século (risos), perdeu um, já era. Entrevistadora: (risos) o terminal da Messejana é melhor do que o Papicu. Lucas: sem dúvidas (risos), mas tem coisas no terminal do Papicu que são interessantes, então se a gente melhorar a estrutura dos terminais, colocar nele e em outros pontos da cidade locais para guardar bicicleta e alugar, aliar isso com ciclovias, mexer em outros pontos da cidade e fazermos uma expressiva campanha de conscientização valorizando o ciclista e o pedestre... Teremos o início de um projeto não reducionista e ideal. Entrevistadora: sim, seria muito bom, pena que os “grandes” não pensem assim. Lucas: A grande maioria da sociedade não pensa assim, essa visão que propus é chamada de visão sistêmica, ou holística, ou não reducionista. Normalmente usamos a visão cartesiana, reducionista. Por: Samara Lima

O Jornal Veículo Impresso, tem

um conteúdo de fácil acesso para os leitores, incluindo o resumo das principais notícias sobre a mobilidade urbana de Fortaleza, em que aspectos as obras estão afetando nossa cidade, o jornal tenta avaliar o impacto que a notícia vai passar sobre o leitor, sua influência em relação ao trânsito, às dificuldades que o trabalhador urbano enfrenta no nosso trânsito, os transtornos das obras e o fatos positivos e negativos para o nosso cotidiano. Fortaleza em plena copa do mundo enfrenta um caos na mobilidade urbana, muitas greves ocorreram e ainda ocorrerão durante os jogos, uma das principais greves, é feita pelos motoristas e afeta milhares de cidadãos na nossa cidade. Queremos mostrar ao leitor a notícia como principal meio de comunicação, por meio dos fatos e das imagens, quer instigar o leitor a pensar e a formar sua própria opinião, somos um jornal sério e preocupados com o que o leitor ler e consome.

EXPEDIENTE Jornalistas Responsáveis

Naiara Kecia, Estudante de Jornalismo pelo PROUNI na Estácio FIC Via Corpus

Samara Lima, Estudante de Jornalismo na Estácio FIC Via Corpus.


EXPRESSO IMPRESSO

Mobilização urbana na copa do Brasil Obras estão quase concluídas, mas seguem lentas

Segundo

empresa de tráfego, Fortaleza é a quarta cidade mais congestionada do Brasil. Isso ocorre por causa do péssimo planejamento urbano da nossa cidade. Há uma grande quantidade de veículos para pouco espaço e o transporte público é muito précario. A cidade é a quinta maior do Brasil, com 2,4 milhões de habitantes, e na última década, o número de veículos em Fortaleza, cresceu 74,23%. A cidade tem poucas alternativas de transporte. Apenas uma parte do metrô está funcionando e as obras conti-

nuam em andamento. Com a aproximação da copa do mundo, várias obras estão ocorrendo na capital, em torno da arena Castelão na Avenida Alberto Craveiro, um túnel foi construído para facilitar o tráfego nessa região. No entanto as obras de mobilidade urbana seguem a passos lentos. As obras perto da arena Castelão estão quase concluídas, o canteiro central está sendo finalizado e as calçadas padronizadas, mesmo assim moradores do local, concordam que a obra está muito bem pla-

nejada, mas precisam finalizar algumas coisas perto do local. Uma comerciante reclama por ainda estarem sem energia. O VLT, veículo leve sobre os trilhos não ficará pronto a tempo da copa do mundo, o governador Cid Gomes anunciou, em entrevista ao O povo, que está rompendo o contrato de R$194 milhões com as empresas responsáveis pela obra. A informação surgiu após Cid ter sido perguntado sobre a culpa pelo expressivo atraso do VLT (Parangaba-Mucuripe), que já deveria estar servindo à população des-

de agosto de 2013, mas que, até agora, só teve 50% das etapas concluídas. Os túneis e rotatórias da Alberto Craveiro e Paulino Rocha serão entregues amanhã (07), em cerimônia pública. Outra solução seria a implantação de mais ciclofaixas e ciclovias que facilitaria o trânsito dos ciclistas. A ETUFOR disponibilizou uma maior quantidade de ônibus para os dias do jogo. Por: Samara Lima

Paralisação e manifestação dos motoristas

E

Paralisação afeta usuário de transporte coletivo e segue sem acordo

stá acontecendo em Fortaleza frequentemente manifestações, sobre protesto as pessoas se socializam em grupos, sendo a melhor forma que acharam de se tornar mais forte contra os inimigos estando em comunidade. Essas manifestações a população faz de várias maneiras, em busca de seus direitos, querendo conquistar seus objetivos. Todo os dias se vê trabalhadores pedindo melhorias de trabalhos nas suas categorias,prof essores,motoristas,policiais, estudantes,e oque acontecem é que acabam indo pra ruas protestar,manisfestar,só assim chamam atenção. Os protestos sempre são os mesmos motivos, que é resolução de jornada de trabalho, melhores salários, segurança pública, mobilidade urbana, melhorias na saúde, educação. Oque implica nestas manifestações é a maneira como eles protesta, pois é uma forma muito desorganizada, destrutivas e até mesmo abusivas. Eles destrói patrimônios públicos, destruindo os ônibus, ferindo pessoas e até mesmo matando. As greves de ônibus, está havendo constantemente só de a maio até junho já aconteceu algumas, a principal dessa paralisação foi a revolta dos motorista e cobradores no dia 28 de

maio, por causa do motorista (Francisco Erivanho Marinho ) que foi esfaqueado e morto por marginais dentro do ônibus que fazia sua rota, isso acabou prejudicando trabalhadores e estudantes,principlmente aqueles que necessitava do transporte público por não terem dinheiro para pagar táxi ou outro meio de transporte. E o protesto da população foi grande por não pode-

rem fazer suas obrigações. Ninguém ,é contra manifestações nenhuma, desde que se faça de forma civilizada. Como querem educação se na hora de pedir não são educados, não se tem respeite e querem ser respeitados. Que todos devem lutar sim,gritar,para que se possa ter um mundo melhor, mas não dessa forma que é usando a violência, sair quebrando tudo, ou matando.

Pois dessa forma só piora mais e mais, diminuindo os ônibus, e o números de habitantes, e as greves sempre vai haver. A mudança vai começar quando elegerem pessoas dignas para representar a cidade, autoridades que se possa contar sempre, que tenha solução para resolver os problemas da sociedade. Por: Naiara Kecia

10 de Junho de 2014, Fortaleza - CE

3


EXPRESSO IMPRESSO

Entrevista com supervisor de ônibus do Papicu

“Porque realmente eu não vejo uma praça, vejo uma rota só” - afirma o rodoviário

ares

Com: supervisor do Papicu, So-

Oque significa sistema binário? -Significa duas avenidas que se encontram, como por exemplo: Dom Luís e Santos Dumont.Significa ter mais fluidez ao trânsito uma via normal e a outra no sentido contrário. Oque esse binário vai facilitar no trânsito da cidade? -Ele transformara uma via em uma rua em quatro sentidos.Centro-Papicu, e duas no sentido contrário,Papicu-Centro.O que a prefeitura vai fazer é transformar a via em mão única com quatros faixas. Dom Luís também tem quatros via só que o deslocamento da pessoa, é mais rápido. A mobilidade é fazer você chegar, mas rápido, nas suas obrigações do dia a dia. Para seu local de trabalho, colégio, faculdade etc. Quanto mais tempo a pessoa ganhar no trânsito, seja no seu transporte individual, ou coletivo, melhor, pois sobra mais tempo para seu lazer. Quais vão ser as linhas beneficiadas com o sistema binário? - Dom Luís e Santos Dumont vão beneficiar várias linhas. Do sentido De Centro-papicu, vai beneficiarde oito a dez linhas, o ônibus com implantação do sistema binário vai ter um aumento de velocidade em media de 50% no transito. Qualquer cidade é pra rodar 23 km por hora, sendo que em fortaleza

só roda 12 km, e eles querem aumentar para 18 km, e assim a população ganhará, mas tempo. Como vai ser a mudança, na Praça Portugal? - Projeto mudança da praça, esta na câmara, os vereadores ainda vão discutir. Se o binário ficar como esta, praticamente não vai ajudar muito. Vai ser com a eliminação da praça que vão criar o sistema binário, porque na realidade aquilo não é uma praça, é um tipo uma rota só, o projeto prevê o seguinte, um cruzamento com um semáforonormal, e a prefeitura vai aproveitar os campos os capôs de cada RuaDesembargador Moreira e Dom Luís e fazer quatros praças diferentes, para completarrealmente o sistema binário a necessidade da demolição da praça. Tem muitas pessoas pobres que querem preservar a natureza, mas tem poucas arvores e a prefeitura promete plantar muito mais do que vai tirar, só que em relação se vai ou não ter essa mudança, ela ainda tem que ser aprovada pela câmara municipal, ter a participação de3 várias pessoas, de ativistas, capitalistas etc. Minha opinião é que ela deva ser modificada, para que ela possa dar mais fluidez para a natureza e para todo mundo, acho que vai ser melhorar bastante ser for aprovada da maneira que está, porque realmente eu não vejo uma praça, vejo uma rota só.

Entrevista com o motorista João Carlos O motorista falou que para ser motorista tem muito da profissão, pois as dificuldades são grandes

Com: Motorista João Carlos Terminal do papicu: Rota Dom Luís

Como é o relacionamento do passageiro com o motorista? - Sempre de muitas brigas,discussões. Qual a vantagem e a e a desvantagem de ser motorista? - Minha vantagem, é porque eu gosto, e a desvantagens é porque o salário que nos é pago é muito baixo. Essa linha Dom Luís, é muito assaltada? -Não, essa linha é considerada tranquila. Qual a maior dificuldade enfrentada durante o tempo que você exerce essa profissão? - É conter os assaltos, que tem dentro do ônibus, que não posso fazer nada para impedir, e nem reagir. Você já presenciou assalto? Sim, já dos passageiros da minha rota. E qual sua reação? Ficando quieto, sem poder ajudar, devido ele ter armado,e atirar em alguém ,ou mesmo em mim. Qual seu medo, quando esta ,trabalhando? - Dirigindo com um revolver na cabeça, e pensar em que aquela criatura pode fazer, que claro ela não tem um equilí-

4

brio emocional, que é oque acontecem sempre,e eu tenha de manter a calma, do contrario não sei qual será a reação do individuo, só sei que coisa boa não é. Porque você escolheu essa profissão? - Desde criança sempre gostava de brincar de dirigir, e fui adiante, com esse sonho de ser motorista. Se não fosse o amor que tenho pelo o meu trabalho eu com certeza não estaria trabalhando. Qual o piso salarial de um motorista de ônibus, aqui em Fortaleza? - 1.500 na carteira, com vantagens: Vale alimentação, hora extra e adicional noturno. Quantos dias por semana vocês trabalham? - Sete por um. Uma folga semanal. Tem um dia exato, para essa folga? - Não. Vai depender da empresa, tem empresa, que um mês folga na semana e outro no final de semana, mas não tem um dia certo. O salário compensa todos os transtorno, e perigos que vocês passam nessa profissão? -Não. Com certeza não, tem muitos que entram e sai na primeira semana porque não aguentam. Então em sua opinião, oque precisam fazer para essa profissão ser valorizada?

10 de Junho de 2014, Fortaleza - CE

-Mas segurança, e melhoria nos salários. Você acha que com a implantação do sistema binário, o trânsito no Dom Luís se tornará menos desgastante? -Qualquer coisa que seja feito para melhorar o trânsito é uma boa, mais ainda não é uma coisa certa. Sobre as greves de ônibusque ocorreram

em São Paulo. Você acha que eles agiram bem em reivindicar seus direitos? - Não. Pois eles tinha feito um acordo, e logo depois não aceitaram mais, visto que, não acharam legal, não acharam vantajoso. Eles passaram por cima de ordem de sindicato e justiça fazendo greves, isso para mim revolta da profissão e não por outra coisa, se não gosta da profissão é só pedir para sair.


EXPRESSO IMPRESSO

Obras no Parque do Cocó

Devido à fiscalização ambiental as atividades estão suspendidas pelo Tribunal de Contas da União

O parque do Cocó é considerado uma região de preservação à natureza, a fauna e a flora que ali se encontram contribuem bastante para a revitalização da cidade. É chamado por esse nome, devido ao rio que forma o bioma de mangue, o rio Cocó. É muito importante para a cidade e sua biodiversidade é protegida por leis. Contendo diversas espécies de vida animal e vegetais endêmicas e ameaçadas, ele é considerado a herança cultural e ecológica mais importante de

Fortaleza. Economicamente, o parque é de extrema importância para a cidade gerando uma grande renda anual por conta do turismo ecológico. A reserva ecológica está atualmente sobre ameaça de uma proposta do governo de construir um viaduto para descongestionar o trânsito naquela região, apesar de muitos ativistas e organizações não governamentais protestarem, parte das árvores foiderrubada parainiciar a obra. No entanto as obras no Cocó estão paradas

por causa de uma fiscalização na área. A área não pode ser modificada sem uma prévia avaliação do terreno, pois o local precisa de um estudo e uma autorização, pois se trata de um terreno de mangue e isso poderá prejudicar a flora e os animais dessa região. Porém as obras no local foram retomadas depois da última desocupação dos manifestantes, e as obras para a construção do viaduto no Cocó estão 45% concluídas. A estrutura de sustentação metálica

do viaduto entre as avenidas Antônio Sales e Engenheiro Santana Júnior já pode ser notada por quem anda de carro ou a pé na região. A obra garantirá um acesso maior aos transportes, mas até agora o congestionamento continua e motoristas, pedestres e moradores do local reclamam por uma região mais acessível a todos. Sobre as arvores que foram cortadas com a obra (90), a Seinf esclarece que 600 árvores, prometidas pela prefeitura já foram plantadas.

Ciclismo e seus benefícios Veículo sustentável garante melhorias tanto para os usuários quanto para a malha viária

O ciclismo é uma atividade física que reduz o estresse, evita o infarto e aumenta a imunidade. É uma das atividades físicas mais completas por movimentar todo o corpo. Além de contribuir para uma vida mais saudável, o ciclismo contribui bastante para a redução de fluxo no trânsito. Fortaleza possui aproximadamente 74 km de ciclovias entre municipais, estaduais e federais. Segundo a Seinf, estão previstos nos projetos de requalificação viária em implantação cerca de 40 km de novas ciclovias. Um

plano ciclo viário foi planejado para Fortaleza, este estuda a cidade e faz um planejamento para os próximos cinco anos. Estão previstos, ao todo, 304 km de ciclovias, ciclo faixas e ciclorotas, dos quais 46,5 km já possuem recursos assegurados, disse o secretário de infraestrutura, Samuel Dias. Para quem necessita usar esse transporte por Fortaleza, o plano ciclo viário promete mudar o trânsito na capital. São muitos problemas enfrentados pelos adeptos da bicicleta; lixo,

buracos nas ruas, má sinalização, ausência de faixas preferenciais entre outros. Para acabar com este problema foi criado, o plano diretor ciclo viáriointegrado (PDCI). O documentofará uma análise sobre as áreas que precisam de implantação ou reforma de ciclovias, ciclo faixas e bicicletários. Para a arquiteta e mestre em desenvolvimento urbano, Amíria Brasil, é preciso não apenas traçar vias específicas para a bicicleta, mas fazer que as ciclovias e ciclo faixas dialogarem com os outros modais. “Dei-

xando garantido o lugar da bicicleta, mas permitindo que os demais modos de transportes circulem. antes de iniciar a etapa de planejamento do sistema ciclo viário de Fortaleza, é fundamental que se conheça a demanda por espaços ciclo viários que se saiba quem anda de bicicleta, de onde as pessoas vêm e para onde elas vão, e quem gostaria de andar e porque não anda”, pontua Amíria. Por:: Samara Lima

10 de Junho de 2014, Fortaleza - CE

5


EXPRESSO IMPRESSO

Crônica : Praça Portugal

Para uns, uma detestável rotatória, para outro uma opção de lazer para a família Praça Portugal, foi criada em 1947, mais sendo inaugurado somente no ano de 1967, localizada no bairro Aldeota e ficando em cruzamento das Avenidas Dom Luís Desembargador Moreira. Até 2013 a praça já passou por várias reformas, sendo que nesse ano a prefeitura surgiu reformas, sendo que nesse ano a prefeitura surgiu com um projeto bem diferente que vai ser removida completamente a praça, transformando ela em quatro bem menores. O intuito do prefeito é trazer melhoria para a cidade, fazendo cruzamento entre duas avenidas Dom Luís com Santos Dumont, formando um sistema binário. Apesar de muitos habitantes não terem de acordo coma mudança da Pra-

ça Portugal, por quererem preservar a natureza, e devido à praça ter trinta e sete anos, já fazer parte das suas histórias. Ela foi aprovada nesta quinta, (5) por os vereadores, dando inicio no mesmo dia essa grande transformação. Essa foi mudança será feita com intuito de reduzir o trânsito. Segundo a prefeitura de Fortaleza, vai diminuir cerca de 45%, do trânsito, dando mais fluidez ,e tempo para os habitantes se deslocar para suas obrigações: Como ir para seus locais de trabalhos. Colégio, faculdade,etc. Diminuindo o tempo, sendo no seu próprio transporte, ou coletivo, quanto mais rápido ir e retornar, melhor pois sobrará mais tempo para seus lazer.

Acidentes de trânsito

Fortaleza é a capital mais violenta do Nordeste

Todos os anos milhares de pessoas em todo o mundo morrem no trânsito. Muitos acabam morrendo por irresponsabilidades de outros. Excessos de velocidades, muitas bebidas ingeridas, falta de manutenção veicular, e a não atenção ao volante são as principais causas desses acidentes que poderiam muito bem ser evitados. Segundo pesquisas, Fortaleza está em terceiro lugar nas capitais brasileiras, em números deacidentes de trânsito, a maioria dessas mortes é de pessoas dirigindo embriagados. Sendoque, quase sempre são jovens na faixa de 18 a 29, os que mais morrem devidos não ter experiência no volante, e ainda dirigirem bêbados. Outra causa que pode parecer

6

bobagem para muitos, mas que é de suma importância é a falta de concentração enquanto se está dirigindo. Homens e mulheres fazem de seu carro sua segunda casa, se arrumando dentro. Passando maquiagens, fazendo barba, passando batons, ajeitando terno, etc. Falando em telefone, ou mandando mensagens. Muitas vezes também preocupações, estresses

10 de Junho de 2014, Fortaleza - CE

e outras coisinhas mais, que podem até parecer simples, mais que implica em tudo. O negócio é você ter foco, se concentrado o máximo enquanto estiver no volante, pois com trânsito não se brinca. N ó s que somos a população temos um papel fundamental nessa luta, que é sair desses primeiro lugar que esta-

mos nos números de morte causados por acidentes da nossa cidade, essa mudança só depende de cada um de nós, oque temos que fazer é nos conscientizar que a segurança no trânsito é a população. É para que essa mudança seja feita, não precisa de tanto esforço, são coisas simples que precisamos fazer: Nunca dirigir depois de ter consumido álcool,drogas, e nem cansado, ou estressado, usar sempre cinto de segurança. E não esquecer sempre atenção na hora que estiver dirigindo, que não só seu corpo esteja ali, mas que sua mente esteja sempre acompanhada. Fazendo isso com certeza nossa cidade sairá desse não desejado lugar dos números de morte do país. Por: Naiara Kecia


EXPRESSO IMPRESSO

Violência no transporte público

Assaltos a ônibus vira questão de segurança pública

TEM MAIS OBRA POR AÍ

Obras na Dom Luís

Sistema Binário está em fase de conclusão e adaptação, modificando várias linhas de ônibus

Fortaleza está passando por uma grande transformação em sua estrutura, não é por menos, pois a capital do Ceará, será umas das cidades que sediará a copa do mundo, o primeiro jogo ocorrerá dia 17/06. E para não fazer feio, o

Todos os anos milhares de pessoas em todo o mundo morrem no trânsito. Muitos acabam morrendo por irresponsabilidades de outros. Excessos de velocidades, muitas bebidas ingeridas, falta de manutenção veicular, e a não atenção ao volante são as principais causas desses acidentes que poderiam muito bem ser evitados. Segundo pesquisas, Fortaleza está em terceiro lugar nas capitais brasileiras, em números deacidentes de trânsito, a maioria dessas mortes é de pessoas dirigindo embriagados. Sendoque, quase sempre são jovens na faixa de 18 a 29, os que mais morrem devidos não ter experiência no volante, e ainda dirigirem bêbados. Outra causa que pode parecer bobagem para muitos, mas que é de suma importância é a falta de concentração enquanto se está dirigindo. Homens e mulheres fazem de seu carro sua segunda casa, se arrumando dentro. Passando maquiagens, fazendo barba, passando batons, ajeitando terno, etc. Falando em telefone, ou mandando mensagens. Muitas vezes também preocupações, estresses e outras coisinhas

mais, que podem até parecer simples, mais que implica em tudo. O negócio é você ter foco, se concentrado o máximo enquanto estiver no volante, pois com trânsito não se brinca. Nós que somos a população temos um papel fundamental nessa luta, que é sair desses primeiro lugar que estamos nos números de morte causados por acidentes da nossa cidade, essa mudança só depende de cada um de nós, oque temos que fazer é nos conscientizar que a segurança no trânsito é a população. É para que essa mudança seja feita, não precisa de tanto esforço, são coisas simples que precisamos fazer: Nunca dirigir depois de ter consumido álcool,drogas, e nem cansado, ou estressado, usar sempre cinto de segurança. E não esquecer sempre atenção na hora que estiver dirigindo, que não só seu corpo esteja ali, mas que sua mente esteja sempre acompanhada. Fazendo isso com certeza nossa cidade sairá desse não desejado lugar dos números de morte do país.

prefeito Roberto Cláudio, resolveu investir na mobilidade urbana, são muitos projetos que por muito tempo ficaram parados e que aos poucos está saindo do papel. Um desses projetos provocou revoltas em ativistas e na população; a implantação de um sistema binário nas avenidas Dom Luís e Santos Dumont. E este projeto prever a retirada da Praça Portugal transformando-a em um cruzamento. A praça, que forma as rotatórias das avenidas, será dividida em quatro partes, nas laterais do cruzamento. As quatro praças terão, juntas 10,2mil metros quadrados, 35% maior que a área atual. A implantação do sistema binário está sendo feita pela prefeitura de Fortaleza em seis etapas. A última consiste no sentido único nas avenidas Dom Luís e Santos Dumont entre a

rua Coronel Jucá e a Avenida dos Jangadeiros, além da alteração no sentido da rua Vilebaldo Aguiar-garantindo o acesso à avenida Dom Luís pela Avenida dos jangadeiros data prevista para o dia 07/06. A construção do sistema bi-

nário facilitará o trânsito nessa região em até 45%, incluindo também ciclo faixas para os ciclistas. Em relação às modificações na praça, 225 árvores nativas estão sendo plantadas ao longo da Dom Luís. A Câmara Municipal aprovou, na tarde desta quinta-feira, 05/06, o projeto da prefeitura para modificações na Praça Portugal. Por 30 votos contra sete, a maioria dos vereadores aprovou a demolição do equipamento para dar lugar a quatro áreas de convivência. A praça é vista por muitos apenas como uma rotatória e a sua modificação estará contribuindo ainda mais para o reajuste do trânsito em Fortaleza. Por: Samara Lima

Por: Naiara Kécia

10 de Junho de 2014, Fortaleza - CE

7


EXPRESSO IMPRESSO

Obras do Metrofor

Linha está programada para transportar usuários da Caucaia até o Bairro Edson Queiroz

Obra na Avenida José Bastos- por: Carlos Augusto Rocha

Obra na Via Expressa, por Carlos Augusto Rocha

Fortaleza é a quinta capital maior do Brasil, o trânsito é muito congestionado, mesmo assim, a capital conta com poucos meios de transporte, a cidade só tem uma parte do metrô funcionando. Desde 1987 que o projeto do metrô estava no papel, mas apenas em 1999 a companhia de metrôs, a METROFOR, resolveu seguir com o projeto adiante. Apesar disso, teve muitas paralisações e intervenções. Em 2007 no início do segundo governo, as obras foram retomadas. Após 13 anos desde o início das obras em 1999, a linha Sul teve seu primeiro trecho inaugurado por autoridades locais em 15 de junho de 2012. Com testes no qual o serviço era totalmente gratuito e com horários limitados. Últimas estações que estavam em obras com Chico da Silva e José de Alencar foram inauguradas em 18 de julho de 2013, com a presença da presidente Dilma Rousseff. Durante as copas o funcionamento do metrô vai ser integral, com cobrança de tarifas e integração ao sistema bilhete única. A linha oeste em Fortaleza liga o bairro central da cidade ao bairro central de Caucaia. Em 2010, a Metrofor

investiu cerca de R$125 milhões de reais, com as estações e a reforma de treze trens conhecidos como Pidners: quatro locomotivas foram modernizadas e 31 carros de passageiros receberam nova fuselagem e sistema de climatização. Foram recuperados 17 quilômetrosde via permanente e duplicados outros 2,5 quilômetros, reformadas nove estações, e realizado o trabalho de sinalização das passagens de nível. Também foi concluído o viaduto rodoviário Visconde de Cauípe, em Caucaia. Cerca de 13 mil passageiros, que fazem o trajeto Caucaia-Fortaleza diariamente, serão beneficiados ação. Com as melhorias, a quantidade de passageiros que utiliza a linha aumentou. A linha leste é apenas um projeto de metrô de Fortaleza, orçamento em cerca de R$ 3,5 bilhões. A linha é totalmente subterrânea com traçado de 12,4 quilômetros de extensão. A obra fará a ligação entre o Centro, partindo da estação Chico da Silva, até o Fórum Clóvis Bevilaquia, no Bairro Edson Queiroz. Por: Samara Lima

Entrevista com Antônio Feitosa, funcionário da Etufor

Servirdor público alega que existe hoje um crescimento de frotas particulares, prejudicando o trânsito Baseado nas estáticas do instituto Brasileiro geográfico, e estática IBGE Fortaleza é a quinta capital mais populosa do Brasil. Qual frota de ônibus disponível para a população de Fortaleza? - 2000 aproximadamente. Existe hoje um crescimento de frota de carros particulares e isso dificulta O trânsito. Você acha que se fosse implantado o rodizio de placas em fortaleza, isso iria melhorar o trafego na cidade? - Em um primeiro momento sim, mas não seria a solução para os problemas de congestionamento e sua fluidez no trânsito. Porque os motoristas continuam recebendo passageiros, mesmo quando o ônibus estando lotado? -Nos transporte alternativo isso acontecem por conta do porcentual ganho sobre as passagens. Porque permitem que os motoristas atuem como cobradores colocando em riscos a vida deles mesmos e dos passageiros?

8

- Não é permissão em si, uma brecha encontrada na lei onde os empresários se beneficiam. Fortaleza receberá seis partidas durante a copa do mundo de 2014, sendo quatros deles na primeira fase. A prefeitura detectou dois feriados. Como será feito o transporte dos cidadãos para irem trabalhar e para os torcedores? Afrota de ônibus irá aumentar para atender a demanda? - Vai ser feito como já está sendo feito o momento, para os jogos da copa será disponibilizado veículos específicos para os jogos, sem prejudicar a população. A empresa de transporte urbano de Fortaleza modificou o nome de algumas linhas de ônibus para muitos a mudança pode criar uma confusão. Porque essa mudança? - Amudança em algumas linhas não trouxeram transtornos para a população e muito menos confusão. Essa mudança ocorreu por conta de uma necessidade logística das linhas, outrasfo-

10 de Junho de 2014, Fortaleza - CE

ram criadas por conta da necessidade

solicitada pela própria população.

TRABALHO DE COMPUTAÇÃO E EDITORAÇÃO GRÁFICA  

Por: Samara Lima e Naiara Kecia - Curso de Jornalismo - Estácio FIC - VIA CORPUS Professor: Eugênio Furtado Turma: Seg e Qua - 16:50 Noite...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you