Page 1

ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

A4 – Outros Aspetos Avaliados Para além dos aspetos já avaliados, em termos de áreas de intervenção prioritárias, existem outros aspetos que também são importantes, quando se pretende gerir uma escola. Uma vez que envolvem grandes gastos do orçamento da escola deve ser otimizado o seu uso. Dentro destes aspetos, como já foi realizado no ano letivo transato, iremos avaliar em termos de gastos/desperdícios: a reprografia, cantina – refeições não servidas, o consumo de água e luz e o consumo de detergentes. À semelhança do que foi realizado no ano letivo transato, este ano também realizamos um pequeno inquérito direcionado aos Delegados de Turma, e cujos resultados incluímos também neste ponto.

A4.1 – Reprografia

Neste serviço são elaboradas grelhas mensais, e nelas são lançadas todas as fotocópias requisitadas por cada um dos seguintes sectores/serviços: Direção, SASE, Reprografia, Blocos, Ensino especial, Fichas de Avaliação, Fichas Formativas, Cursos Profissionais, Apoio/APAS, Estudo Acompanhado, Formação Cívica, Área de Projeto, Testes Intermédios, Coordenador, Subcoordenador, Direção de turma, Projetos e Secretariado de Exames. Neste ponto procedeu-se à análise das grelhas referentes ao corrente ano letivo. Significa que foram contabilizados os meses de Setembro/10, Outubro/10, Novembro/10, Dezembro/10, Janeiro/11, Fevereiro/11, Março/11, Abril /11 e Maio /11. De notar que efeitos de tratamento de dados consideramos o ano letivo apenas até 31 de Maio. Após à análise das grelhas da reprografia, referentes a cada mês, procedeu-se ao somatório dos valores obtidos nos diferentes meses para os diferentes serviços/sectores.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

73


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

Tabela 9 - Gasto de fotocópias em cada serviço/sector referenciado ao longo do período de tempo em estudo

Direção Psicóloga Reprografia Blocos Ensino Especial Fichas de avaliação Fichas Formativas Cursos Profissionais Apoio/APAS Estudo acompanhado Formação Cívica Área de Projeto Testes Intermédios Coordenadores Subcoordenadores Direção de turma Projetos Secretariado de exames Plano Língua Não Materna

7432 1006 2180 1007 295 127087 95404 108202 2930 3715 3028 2635 17700 13122 1669 19164 21262 250 20

Uma breve análise da tabela 9 mostra que o número de fotocópias requisitadas pelos diferentes sectores/serviços/cargos é muito díspar. Assim, para facilidade de análise foram calculados os gastos mensais de cada serviço/sector/cargo (ver tabela 10). Tabela 10 – Taxa Mensal - Gasto de fotocópias em cada serviço/sector por mês

Direção Psicóloga Reprografia Blocos Ensino Especial Fichas de avaliação Fichas Formativas Cursos Profissionais Apoio/APAS Estudo acompanhado Formação Cívica Área de Projeto Testes Intermédios Coordenadores Subcoordenadores Direção de turma Projetos Secretariado de exames Plano Língua Não Materna

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

825.7 111.7 242.2 111.8 32.7 14 120.7 10 600.4 12 022.4 325.5 412.7 336.4 292.7 1 966.6 1 458 185.4 2 129.3 2 362.4 27.7 2.2

74


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR Ano Letivo 2010/2011 À semelhança do que já foi feito em relatório anteriores, os resultados obtidos foram divididos em quatro grupos, de modo a facilitar a leitura dos resultados: - GRUPO I, onde foram incluídos os Serviços/Sectores/Cargos que apresentaram gastos compreendidos 10 000≥ n≥15000; - GRUPO II, onde foram incluídos os Serviços/Sectores que apresentaram gastos compreendidos 1000 ≥ n ≥2500; - GRUPO III, onde foram incluídos os Serviços/Sectores que apresentaram gastos compreendidos 999 ≥ n ≥100; - GRUPO IV, onde se incluíram os com gastos inferiores a 100 fotocópias. A tabela 11 que se segue reporta-se então ao GRUPO I. Tabela 11 – Grupo I – Taxa Mensal 10 000≥ n≥15000 Fichas de Avaliação Fichas Formativas Cursos Profissionais

14 120.7 10600,4 12022,4

Os resultados referenciados na Tabela 11 , são mostrado de forma gráfica no gráfico 58.

GRUPO I - 10 000≥n≥ 15 000 Cursos Profissionais

12022,4

Fichas Formativas

10600,4

Fichas de avaliação

14120,7

0

2000

4000

6000

8000

10000

12000

14000

16000

Nºfotocópias/mês

Gráfico 58 - Resultados Taxa Mensal - Grupo I. Como se pode verificar pela análise da tabela 11 e do gráfico 58, dentro deste grupo, as Fichas de Avaliação correspondem ao maior gasto mensal de fotocópias (14 120.7) da reprografia da escola. A tabela 12, refere-se agora ao Grupo II, onde os gastos mensais se encontram compreendidos entre 1 000 a 2 500 fotocópias. Tabela 12 - GRUPO II – Taxa Mensal 1000 ≥ n ≥2500 Testes Intermédios

1 966.6 Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

75


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR Direção de Turma Projetos Coordenadores

Ano Letivo 2010/2011 2 129.3 2 362.4 1 458

Os mesmos resultados são agora mostrados de forma gráfica (gráfico 59).

GRUPO II - 1000≥n≥2500 Coordenadores Projectos Direcção de turma Testes Intermédios 0

500

1000

1500

2000

2500

Nº fotocópias/mês

Gráfico 59 - Resultados Taxa Mensal - Grupo II. Como se pode visualizar no gráfico 59, dentro deste grupo, os Projetos são os responsáveis pelos maiores gastos mensais de fotocópias (2362.4). Dentro deste grupo o serviço/sector/cargo que menos gasta fotocópias, são os Coordenadores (apenas com cerca 1458 fotocópias). A tabela 13, refere-se agora ao Grupo III, onde os serviços/sectores/cargos que têm uma taxa mensal compreendida entre 999 e 100 fotocópias, Tabela 13- GRUPO III – Taxa Mensal 999 ≥ n ≥100 Direção Estudo Acompanhado Formação Cívica Apoio/APAS Área de Projeto Reprografia Subcoordenadores Blocos Psicóloga

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

825.7 412.7 336.4 325.5 292.7 242.2 185.4 111.8 111.7

76


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR Ano Letivo 2010/2011 Os mesmos resultados são agora mostrados de forma gráfica (gráfico 60).

GRUPO III - 999≥ n ≥ 100 Subcoordenadores Blocos Psicologa Área de projecto Formação cívica Estudo acompanhado Reprografia Apoio/APAS Direcção 0

100

200

300

400

500

600

700

800

900

Nº fotocópias/mês

Gráfico 60 - Resultados Taxa Mensal - Grupo III. Como se pode visualizar no gráfico 60, dentro deste grupo, a maior taxa mensal é a apresentada pela Direção (825.7). Por oposição, a taxa mensal mais baixa é a apresentada pelos Blocos e pela Psicóloga. Finalmente, no Grupo IV (Tabela 14), inclui-se os serviços/sectores/cargos cuja a taxa mensal foi inferior a 100 fotocópias. Tabela 14 - GRUPO IV – Taxa Mensal n ≥100 Ensino Especial Secretariado de Exames Plano Língua Não materna

32.7 27.7 2.2

Mostrando os dados da tabela 14 de forma gráfica vem,

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

77


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

GRUPO IV - ≤ 100 Plano Língua Não Materna Secretariado de exames Ensino Especial 0

5

10

15

20

25

30

35

Nº fotocópias/mês

Gráfico 60 - Resultados Taxa Mensal - Grupo IV. Uma vez que no ano letivo transato, apenas se efetuou a análise dos gastos da reprografia, nos meses de Março, Abril, Maio e Junho de forma conjunta, não vai ser possível efetuar uma comparação dos valores de taxa mensal obtidos este ano com os obtidos no ano letivo transato. Tal facto, no entanto, não compromete a auto avaliação da escola neste campo, uma vez que a metodologia adotada para a realização da referida avaliação reporta-se aos anos letivos de 2010 a 2013.

A4.2. – Cantina – Refeições Não servidas

Mantendo a metodologia adotada no ano anterior realizou-se uma análise comparativa dos resultados obtidos este ano letivo de 2010/2011, nos diferentes meses em análise. Assim, foi possível tendo por base os relatórios diários fornecidos pelo SASE estabelecer o número de refeições não servidas ao longo deste ano lectivo. De notar que a contabilização das refeições foi realizada apenas até 31 de Maio. O gráfico nº 61 pretende mostrar o número de refeições não servidas em cada um dos meses em estudo.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

78


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

Total de Refeições Não Servidas 600

Nº refeições

500

362,2

400 300 200 100 0

Gráfico 61 - Total de refeições não servidas durante o ano letivo 2010/2011. A análise do gráfico 61 mostra que, como já referido em relatórios anteriores, o número de refeições não servidas em cada mês é muito variável. Referimo-nos essencialmente ao facto de alguns meses, nomeadamente os meses de Setembro, Dezembro e Abril corresponderem a metade do mês já que correspondem a início/fim de períodos letivos. No entanto, em média podemos dizer que, cerca de 362 refeições/mês não são servidas. No gráfico 62, são mostrados os valores percentuais para as refeições não servidas.

% Refeições Não Servidas % refeições não servidas

7,5 7

6,4

6,5 6 5,5 5

Gráfico 62 - Percentagem de refeições não servidas nos meses em estudo. Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

79


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR Ano Letivo 2010/2011 Os resultados obtidos mostram que os valores percentuais são mantidos no intervalo de 6 - 7 %. Calculando a taxa média de refeições não servidas durante os meses em estudo vamos verificar que esta é de cerca de 6.4 %, inferior à verificada no ano letivo anterior em cerca de 1.6 pontos percentuais, já que o ano letivo transato esta situava-se nos 8%.

Passando à análise do número de refeições não servidas por grupo de utentes da cantina, a tabela 15 resume os resultados obtidos de forma percentual para cada um dos meses em estudo bem como a média de refeições não servidas por grupo de utentes.

Set.

Out.

Nov.

Dez.

Janeiro

Fev.

Março

Abril

Maio

Média

Escalão A Escalão B

52 9

43 9,5

49 8

51 7

51,2 9,1

48 7,06

53,4 4,8

50,5 8,1

51,5 9

50,0 8,0

Subsidio EP Subsídio EPA

17 3

13 4

13 4,4

14 12

15 6

14 6

14 4,6

10,2 6,45

14 6,6

13,8 5,9

Subsídio EPB

4

6

5

8

5,2

9

7

4,3

6

6,1

24 0,77

23,5 1

19,4 1,2

6 2

11,8 1,7

13,27 2

16 0,26

20 0,5

12,6 0,22

16,3 1,1

Normal Professor/funcionário

Tabela 15 - Resumo percentual da distribuição das refeições não servidas. A análise dos dados presentes na tabela anterior mostra que o número de refeições não servidas a cada grupo de utentes da cantina é sempre elevado embora com algumas oscilações. Assim, para os utentes que usufruem do escalão A podemos verificar que a percentagem de refeições não servidas referentes a este escalão oscila entre o 53.4 e 43 %, sendo o valor máximo atingido no mês de Março e o mínimo no mês de Outubro. Para os utentes que usufruem do escalão B, é possível verificar que a percentagem de refeições não servidas é máxima no mês de Outubro (9.5%). No caso dos alunos com subsídio EP , verificou-se que foi no mês de Setembro que foram atingidos os maiores valores. Por outro lado, a percentagem de refeições não servidas aos alunos que usufruem de subsídio EPA é máxima no mês de Dezembro , quando comparado com a percentagem registada nos restantes meses em análise. No caso das refeições não servidas aos alunos que usufruem de subsídio EPB, podemos verificar que a percentagem de refeições não servidas teve o seu valor máximo no mês de Fevereiro. Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

80


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR Ano Letivo 2010/2011 No caso das refeições não servidas aos alunos que não usufruem de qualquer tipo de subsídio (normal) a percentagem de refeições não servidas foi máxima no mês de Setembro. A percentagem de refeições não servidas no grupo Professores/funcionários é a mais baixa verificada nos grupos de utentes da cantina, sendo mantida sensivelmente constante ou com ligeiras variações. Em termos médios, e à semelhança do que já ocorreu no ano letivo transato, os utentes com escalão A continuam a ser os que se apresentam mais faltosos à cantina, sendo por isso responsáveis por cerca de 50% do total de refeições não servidas (gráfico 63).

Distribuição percentual média de refeições não servidas 2010/2011 1% 16%

6%

escalão A

50% 6%

escalão B subsidio EP subsídio EPA

14%

subsídio EPB

8%

Normal Professor/funcionário

Gráfico 63 - Distribuição percentual média de refeições não servidas por grupo de utentes da cantina.

O gráfico 64 permite-nos fazer uma análise comparativa das percentagens médias de refeições não servidas por grupo de utentes da cantina, referente aos anos letivos de 2009/2010 e 2010/2011.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

81


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

Comparativo das % médias de refeições não servidas nos anos referenciados 60

% média

50

50,0 47

40 30 20 10

5

8,0

12 13,8

1616,3 10

5,9

7 6,1

2009/2010 3 1,1

2010/2011

0

Gráfico 64 – Comparativo das percentagens médias de refeições não servidas, por grupo de utentes da cantina, nos anos letivos referenciados. Analisando os dados presentes no gráfico 64, podemos verificar que as variações, dentro de cada grupo de utentes são ligeiras. A tendência de ser grupo de escalão A o que apresenta maior percentagem de refeições não servidas e o grupo Professores/Funcionários o que apresenta menor percentagem de refeições não servidas. A análise dos resultados ao longo do período de tempo analisado permitiu-nos concluir que: - Durante o período em análise ocorreu desperdício de refeições por parte dos utentes da cantina; - Tal como o que se verificava no ano letivo transato, é mantida a tendência de serem os alunos os maiores responsáveis por esse desperdício, com especial relevância para os alunos que beneficiam do escalão A, cujo valor médio de desperdício de refeição aumentou cerca de 3 pontos percentuais relativamente ao ano letivo transato; - A taxa média de refeições não servidas é de 6.4% inferior à verificada no ano letivo anterior em cerca de 1.6 pontos percentuais; - Professores e funcionários são, tal como no ano letivo transato, o grupo de utentes em que se verifica menos desperdício, sendo que este ano o valor percentual ainda foi menor (1.1%); Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

82


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR Ano Letivo 2010/2011 - De notar ainda que relativamente ao ano letivo transato, a percentagem média de refeições não servidas referente ao grupo designado por EPA, sofreu um decréscimo de cerca de 4 pontos percentuais; - Em resultado do atrás exposto, este ano manteve-se o apoio a famílias e funcionários sempre que possível (dias em que existem excedentes) reduzindo assim o desperdício.

Na cantina existe ainda a possibilidade de consumir apenas a sopa, tornando assim a refeições mais económicas, podendo completar com outra coisa mais ligeira. O número de sopas servidas ao longo deste ano letivo é mostrado no gráfico 65.

nºsopas servidas

Nº sopas servidas 200 180 160 140 120 100 80 60 40 20 0

182 132

184 169

160

141

87 72

74

Gráfico 65 - Número de sopas servidas ao longo do período em estudo.

A análise do gráfico mostra, que o número de sopas é mantido sensivelmente constante, com ligeiras variações. Excetuam-se os casos dos meses de Setembro, Dezembro e Abril, que coincidem com inicio/fim de períodos e por isso correspondem a menos dias de aulas, logo menos sopas vendidas Esta modalidade de refeição contínua, à semelhança do verificado no ano transato, a ter algum impacto na comunidade escolar. Em média, podemos dizer que foram servidas durante o ano letivo cerca de 133.4 sopas /mês, ou seja, tendo em conta o número de dias de aulas cerca de 7 sopas diárias.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

83


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

A4.3 – Consumos de Água e Energia Elétrica A4.3.1 – Consumo de água No corrente ano letivo foram avaliados os consumos de água, tendo em conta os valores faturados pela empresa responsável (Indaqua). De notar que as faturas que são enviadas para a escola, deixaram de fazer referência aos consumos, mencionando apenas os gastos, o que impossibilitou a comparação com o mesmo tratamento efetuado no ano letivo transato. Assim, no gráfico que se segue podem ser visualizados os valores, faturados em euros, que foram solicitados à escola durante o corrente ano letivo. Mais uma vez, considerouse o final do ano letivo a 31 de Maio.

Custos de água 2010/2011 800 700 600

(€)

500 400 300 200 100 0

Set./Out.

Out./Nov.

Nov./Dez.

Dez./Jan.

Jan./Fev.

Fev./Março Março/Abril

Água - Escola

717,57

498,05

510,96

486,69

521,47

480,01

Água - Pav.

210,9

151,07

135,23

128,62

138,24

124,24

Abril/Maio 246,59

113,17

118,98

Gráfico 66 – Custos de água no ano letivo 2010/2011.

Como se pode ver pela análise do gráfico, na escola existem dois contadores, um referente apenas ao Ginásio e outro referente à restante escola. Também se torna evidente que o consumo de água no Ginásio é muito menor do que é verificado para a restante escola. Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

84


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

A4.3.2 – Consumos de energia elétrica Também a avaliação do consumo de energia elétrica é realizada tendo por base às faturas que são cobradas à escola. Também no caso da energia elétrica, ocorreram alterações nas faturas, o que levou a que fossem considerados os valores faturados e não os valores de consumo, como havia sido feito no ano letivo de 2009/2010. Convém salientar que em Janeiro do corrente ano a energia elétrica deixou de ser fornecida exclusivamente pela EDP passando a ser também fornecida pela Iberdrola. Assim, o contador do Pavilhão pertence à EDP e o contador dos outros edifícios da escola, pertence à Iberdrola. O gráfico 67 que se segue mostra-nos os custos de energia (Escola e Pavilhão), até Dezembro de 2010. Até a esta data, como foi acima referido, o fornecimento de energia elétrica era da responsabilidade única da EDP.

(€)

Custos de Energia - EDP 4197,09

4500 4000 3500 3000

2863,87

2500

Energia - Escola

2039

2000

Energia - Pav.

1500

Total

1000 500 0 Set./Out.

Out./Nov.

Nov./Dez.

Gráfico 67 - Custos de energia até Dezembro 2010.

No gráfico 68 (A e B), é possível visualizar os custos em energia elétrica para os restantes meses do ano letivo (até 31 de Maio), quer para a Escola quer para o Pavilhão.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

85


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

Custos de Energia - Iberdrola (Escola)

(€)

A

3000 2639,93 2500

2266,63 2080,76

2000

1673,12 1348

1500 1000 500 0 Jan.

Fev.

Março

Abril

Maio

Custos de Energia - EDP (Pavilhão) (€)

B

1200 1018 1000 800 626,05

594,36

Abril/Maio

Maio/Jun.

600 400 200 0 Jan./Fev.

Gráfico 68: A – Custos de energia elétrica da escola; B – Custos de energia elétrica do Pavilhão.

Foi possível ainda realizar a comparação entre os custos que a escola teve no passado ano letivo, quando era apenas servida pela EDP, com os custos que teve este não letivo (a partir de Janeiro). Estes dados encontram-se evidenciados no gráfico que se segue.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

86


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

Comparativo Custos Energia EDP (Escola2010)/Iberdrola (Escola 2011) (€)

3000 2500 2000 1500 1000 500 0

Jan.

Fev.

Março

Abril

Maio

Escola 2011 (Iber.)

1673,12

2639,93

2266,63

2080,76

1348

Escola 2010 (EDP)

2385,64

2535,61

2230,7

1961,68

1601,67

Gráfico 69 – Comparativo entre os custos de energia eléctrica em 2009/2010 e em 2010/2011.

Como se pode ver pela análise do gráfico, parece não haver diferenças significativas em termos de custos. À exceção dos meses de Janeiro e Maio, os custos em 2011 são ligeiramente superiores (diferença máxima 119 €) no corrente ano letivo, o que pode ser devido a atualizações de Tarifário. Assim, parece não haver grande diferenças em termos de custos, quando o fornecimento è da responsabilidade da EDP ou da Iberdrola. Salienta-se no entanto que em Janeiro os custos em 2011 são significativamente mais baixos (712,00€), o que é uma diferença muito acentuada.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

87


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

A4.4 – Consumo de produtos de Higiene e Limpeza Neste ponto é evidenciado o gasto dos diferentes tipos de produto de limpeza, em cada sector, durante o decorrer deste ano letivo.

Os dados que constam neste ponto, foram recolhidos através das grelhas de registo produtos que vão sendo preenchidas pela responsável pelo pessoal auxiliar. As diferentes funcionárias de cada sector requisitam junto da funcionária Chefe, o material que vão necessitando para a manutenção da higiene e limpeza dos diferentes sectores da escola. Esta, regista o material que vai sendo requisitado em grelhas e fornece-o a funcionária que o requisitou.

Para cada setor da escola foi elaborada uma tabela com o total de produtos de higiene e limpeza gastos, seguida da respetiva representação gráfica para mais fácil visualização das quantidades consumidas. Nas referidas representações gráficas, encontram-se assinalados pela cor vermelha, os três produtos mais consumidos.

A primeira tabela (tabela 16) aqui evidenciada reporta-se aos gastos do sector B da escola.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

88


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

Total/piso

Ajax Limpa vidros Apanhadores lixo cabo alto Bidão liq. Azul (10l) Cera (10l) CIF gel Esfregão Bravo inox Esfregão verde Esfregona Vileda Completa Esfregona Vileda Recarga Fósforos Lixívia 5l Luvas Pano Vileda Pano Vileda Suave Panos Flanela Sabonete Liquido (5l) Sacos Lixo 30 L Sacos Lixo 50 L Sacos Lixo 100L Sonasol Bioalcool SuperPop Louça Vassoura Grande Papel Higiénico Jumbo Toalhas de mão Mopa grande Esfragão verde c/esponja Detergente Tira tintas 10l

Total Global

1º piso 10 2 1,6 0 20 2 3 2

2º piso 7 0 1,5 0,5 14 2 4 1

3º piso 4 1 0,95 1 6 3 4 1

31 3 4,05 1,5 40 7 11 4

2

3

0

5

19 13 17 4 4

10 6 1 1

5 8 2 2

19 28 31 7 7

2

0

0

2

1 27 7 0 4 13 1 77 66 1 1 0

2 28 13 4 2 0 0 244 3 0 2 0,25

2 14 9 4 2 7 0 71 87 0 0 0,1

5 69 29 8 8 20 1 392 156 1 3 0,35

Tabela 16 – Gastos de produtos de Higiene e Limpeza referentes ao bloco B. Os gastos totais efetuados no bloco B durante o período em análise podem ser visualizados de forma gráfica no gráfico70, que se segue.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

89


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

500 400 300 200 100 0

392 156 69 Ajax Limpa… Apanhadores… Bidão liq.… Cera (10l) CIF gel Esfregão… Esfregão verde Esfregona… Esfregona… Fósforos Lixívia 5l Luvas Pano Vileda Pano Vileda… Panos Flanela Sabonete… Sacos Lixo 30 L Sacos Lixo 50 L Sacos Lixo… Sonasol… SuperPop… Vassoura… Papel… Toalhas de… Mopa grande Esfragão… Detergente…

Unidades

Gastos Totais - bloco B

Gráfico 70 – Gastos de produtos de Higiene e Limpeza no BLOCO B.

Ajax Limpa vidros Balde Vileda c/ espremedor Bidão liq. Azul (10l) Cera (10l) CIF gel Esfregão Bravo inox Esfregão verde Esfregona Vileda Completa Esfregona Vileda Recarga Lixívia 5l Luvas Pano Vileda Panos Flanela Sabonete Liquido (5l) Sacos Lixo 30 L Sacos Lixo 50 L Sacos Lixo 100L Sonasol Bioalcool SuperPop Louça Vassoura Grande Papel Higiénico Jumbo Toalhas de mão Detergente Tira tintas 10l

Total 4 1 3,4 2 19 8 9 3 3 12 6 2 4 1,2 20 5 19 4 8 3 164 28 0,05

Tabela 17 – Gastos de produtos de Higiene e Limpeza referentes ao bloco C.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

90


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

164

Papel Higiénico Jumbo

Vassoura Grande

SuperPop Louça

Sonasol Bioalcool

Sacos Lixo 50 L

Sacos Lixo 100L

Sacos Lixo 30 L

Sabonete Liquido (5l)

Panos Flanela

Pano Vileda

Luvas

Lixívia 5l

Esfregona Vileda Recarga

Esfregona Vileda…

Esfregão verde

Esfregão Bravo inox

CIF gel

Cera (10l)

Bidão liq. Azul (10l)

Balde Vileda c/…

Toalhas de mão

28

20

Detergente Tira tintas 10l

180 160 140 120 100 80 60 40 20 0 Ajax Limpa vidros

Unidades

Gastos totais - Bloco C

Gráfico 71 – Gastos de produtos de Higiene e Limpeza referentes ao bloco C.

Ajax Limpa vidros Apanhadores lixo cabo alto Baldes normais Bidão liq. Azul (10l) CIF gel Esfregão Bravo inox Esfregona Vileda Recarga Lixívia 5l Luvas Pano Vileda Sabonete Liquido (5l) Sabonetes Sacos Lixo 30 L Sacos Lixo 50 L Sonasol Bioalcool Papel Higiénico Jumbo Toalhas de mão

Total 2 1 1 2,35 5 1 2 7 3 1 0,5 6 10 6 2 52 65

Tabela 18 – Gastos de produtos de Higiene e Limpeza referentes à Secretaria.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

91


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

Unidades

Gastos totais - Secretaria 65

70 60 50 40 30 20 10 0

52

10

Gráfico 72 – Gastos de produtos de Higiene e Limpeza referentes à Secretaria.

Ajax Limpa vidros Apanhadores lixo cabo alto CIF gel Esfregão Bravo inox Esfregão verde Esfregona Vileda Completa Esfregona Vileda Recarga Fósforos Lixívia 5l Luvas descartáveis Luvas Luvas Pretas Pano Vileda Suave Sacos Transparentes kg Sacos Lixo 30 L Sacos Lixo 50 L Sacos Lixo 100L Sonasol Amoniacal SuperPop Louça Vassoura Grande Toalhas de mão Cera Acrílica Guardanapos Renova cx30 Toalhas de Mesa Rolos de Cozinha

Total 1 1 4 42 29 2 4 44 10 3 3 1 2 5,5 16 14 26 51 21 3 9 33 20 2,5 35,5

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

92


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR Suma Grill A8 Secante 20l D1 Manual 20l L1,7 20l Cem Mil Chão 20l Toalhetes tabuleiro Papel de Alumínio Esfregão verde c/esponja

Ano Letivo 2010/2011 62 3,5 5 5,5 109,5 31,5 6 2

Tabela 19 – Gastos de produtos de Higiene e Limpeza referentes à Cozinha.

nº unidades

Gastos Totais - Cozinha 109,5

120 100 80 60 40 20 0

51

62

Gráfico 73 – Gastos de produtos de Higiene e Limpeza na Cozinha.

Ajax Limpa vidros Apanhadores lixo cabo alto Balde Vileda c/ espremedor CIF gel Esfregão Bravo inox Esfregão verde Esfregona Vileda Recarga Lixívia 5l Luvas descartáveis Luvas Pano Vileda Suave Sabonete Liquido (5l) Sabonetes Sacos Transparentes kg Calgonit Liquido Sacos Lixo 30 L Sacos Lixo 50 L Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

Total 4 1 1 7 2 8 2 5 2 1 4 1 1 4,5 9 2 1 93


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR Sacos Lixo 100L SuperPop Louça Vassoura Pequena Papel Higiénico Jumbo Toalhas de mão Guardanapos Zig-Zag cx 250 Amaciador 2l Lixívia Neoblanc 4l Xau Máquina 80doses Esfregão verde c/esponja

Ano Letivo 2010/2011 13 27 8 9 6 7,75 17 25 7,5 1

Tabela 19 – Gastos de produtos de Higiene e Limpeza referentes ao Bufete.

30 25 20 15 10 5 0

Ajax Limpa vidros Apanhadores lixo… Balde Vileda c/… CIF gel Esfregão Bravo inox Esfregão verde Esfregona Vileda … Lixívia 5l Luvas descartáveis Luvas Pano Vileda Suave Sabonete Liquido (5l) Sabonetes Sacos… Calgonit Liquido Sacos Lixo 30 L Sacos Lixo 50 L Sacos Lixo 100L SuperPop Louça Vassoura Pequena Papel Higiénico… Toalhas de mão Guardanapos Zig-… Amaciador 2l Lixívia Neoblanc 4l Xau Máquina… Esfragão verde…

nº Unidades

Gastos totais - Bufete

Gráfico 74 – Gastos de produtos de Higiene e Limpeza no Bufete.

Ajax Limpa vidros Bidão liq. Azul (10l) CIF gel Esfregão Bravo inox Esfregão verde Esfregona Vileda Recarga Lixívia 5l Luvas descartáveis Luvas Luvas Pretas Panos Flanela Sabonete Liquido (5l)

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

Total 3 3,15 9 4 4 3 22 1 5 1 2 1,2 94


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011 18 18 4 6 4 5 2 189 1 34 2

Sacos Gelo Sacos Lixo 30 L Sacos Lixo 50 L Sacos Lixo 100L Sonasol Bioalcool SuperPop Louça Vassoura Grande Papel Higiénico Jumbo Papel Higiénico pequeno Toalhas de mão Cera Acrílica

Tabela 20 – Gastos de produtos de Higiene e Limpeza referentes ao Ginásio.

189

Papel Higiénico…

Papel Higiénico Jumbo

Vassoura Grande

SuperPop Louça

Sonasol Bioalcool

Sacos Lixo 100L

Sacos Lixo 50 L

Sacos Lixo 30 L

Sacos Gelo

Sabonete Liquido (5l)

Panos Flanela

Luvas Pretas

Luvas

Luvas descartáveis

Lixívia 5l

Esfregona Vileda…

Esfregão verde

Esfregão Bravo inox

CIF gel

Bidão liq. Azul (10l)

Gráfico 75 – Gastos de produtos de Higiene e Limpeza referentes ao Ginásio.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

95

Cera Acrílica

34

22

Toalhas de mão

200 180 160 140 120 100 80 60 40 20 0

Ajax Limpa vidros

nº unidades

Gastos totais - Ginásio


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011 Total

Ajax Limpa vidros

2

Baldes normais

1

CIF gel

1

Esfregona Vileda Recarga Pano Vileda Suave

1

Sacos Lixo 30 L

4

Sacos Lixo 50 L

1

Sacos Lixo 100L

13

Cera Acrílica

21

1

Tabela 21 – Gastos de produtos de Higiene e Limpeza referentes ao Polivalente.

Gastos totais - Polivalente 25

21

nº unidades

20 13

15 10 4

5 0 Ajax Limpa vidros

Baldes normais

CIF gel Esfregona Pano Vileda Vileda Recarga Suave

Sacos Sacos Sacos Cera Lixo 30 L Lixo 50 L Lixo 100L Acrílica

Gráfico 76 – Gastos de produtos de Higiene e Limpeza referentes ao Polivalente. Total Balde Vileda c/ espremedor Baldes normais Bidão liq. Azul (10l) Cera (10l) CIF gel Luvas descartáveis Luvas Pano Vileda Sabonete Liquido (5l) Calgonit Liquido Sacos Lixo 30 L Sacos Lixo 100L Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

1 2 0,55 1 13 1 4 2 1 2 19 2 96


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR Sonasol Bioalcool Vassoura Pequena Papel Higiénico Jumbo Papel Higiénico pequeno Toalhas de mão

Ano Letivo 2010/2011 2 6 40 14 50

Tabela 22 – Gastos de produtos de Higiene e Limpeza referentes à Biblioteca.

nº unidades

Gastos totais - Biblioteca 60 50 40 30 20 10 0

50 40 19

Gráfico 77 – Gastos de produtos de Higiene e Limpeza referentes à Biblioteca.

A análise dos dados acima mostra que continuam a ser os sectores de Blocos de salas os maiores gastadores de produtos de Higiene e limpeza o que facilmente se entende já que são os setores que mais movimento de alunos/professores apresentam ao longo do ano letivo.

A4.5 – Inquérito aos Delegados de Turma É habitual realizar nesta escola, um pequeno inquérito direcionado apenas aos Delegados de Turma. Resolvemos por isso utilizar aqui parte dos dados desse relatório. Nestes inquéritos, realizados duas vezes durante o ano letivo, é perguntado aos Delegados entre outros, o que significa para eles ser um aluno ESAS. As respostas obtidas encontram-se resumidas no gráfico.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

97


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

Aluno ESAS (%) 45 40 35 30 25 20 15 10 5 0

27 JAN. 07 JUN.

Uma opção

Uma boa opção

Um prazer

Um desafio

Uma marca para a vida

Gráfico 78 – Inquérito aos Delegados de turma.

A análise do gráfico 78, mostra o porquê de querermos incluir estes dados no presente relatório. Note-se que se em Janeiro alguns dos alunos inquiridos mostravam alguma indiferença face a esta escola afirmando que era apenas uma opção, em Junho todos os delegados são unânimes afirmando que Ser um aluno ESAS é …. … Uma boa opção… … Uma marca para a vida…. … Um prazer…

A4.6 – Faltas Neste ponto foram sistematizadas e analisadas as faltas, licenças e férias do pessoal docente e não docente da escola, bem como dos alunos. Ao pessoal docente aplica-se a legislação geral em vigor na Função Pública em matéria de férias, faltas e licenças, com as adaptações constantes do Estatuto da Carreira Docente (ECD). Ao pessoal não docente, aplicase também a legislação geral em vigor na Função Pública. No caso dos alunos, aplica-se o definido no Estatuto do Aluno (EA). Convém referir que as faltas do pessoal não-docente são contabilizadas durante um ano civil enquanto que as do pessoal docente são contabilizadas de 1 de Setembro a 31 de Agosto do ano seguinte. Para facilidade de exposição os resultados serão analisados separadamente.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

98


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

A4.6.1 – Pessoal Docente A tabela que se segue foi elaborada tendo por base a grelha fornecida pelos Serviços Administrativos que resulta do programa de registo de faltas do pessoal.

Pessoal Docente Gravidez de Risco Formação - Pessoal Docente Tratamento Ambulatório - Próprio Assistência a filhos < 12 anos Assistências a outros familiares Cumprimento de Obrigações Falecimento de familiar Doença com internamento hospitalar Reuniões e outras actividades superiormente autorizadas Tratamento Ambulatório - Familiar Assistência a filhos > 12 anos Trabalhador estudante Por conta do período de férias (próprio ano) Doença Doença (Junta Médica) Férias Doença prolongada Faltas Injustificadas Bolseiro ou equiparado Greve Motivos não imputáveis

Dias

Tempos

59 8 10 22 14 2 26 5 86 3 12 5 49 612 1702 2406 1003 2 364 32 1

0 10 (2 dias) 72 (15 dias) 2 (1 dia) 0 4 (1 dia) 0 0 188 (38 dias) 77(16 dias) 0 4 ( 1 dia) 119 (24 dias) 0 0 0 0 0 0 0 7 (2 dias)

Tabela 23 – Tabela referente às faltas, licenças e férias do pessoal docente. No caso do pessoal docente, o programa fornece os dias e tempos que cada professor usufruiu ao longo do ano. Assim, a tabela 16, mostra não só o total dias mas também o total de tempos. Assumindo que o “grosso” dos docentes desta escola possui horários completos, na coluna dos tempos é possível identificar ainda a sua conversão em dias, fazendo 1 dia igual a 5 tempos. De notar que no final do ano mesmo que só haja um tempo de falta, este será convertido num dia. O gráfico 79 (A e B), mostra de forma gráfica os resultados evidenciados na tabela 16.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

99


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR A

Ano Letivo 2010/2011

Faltas - Pessoal Docente Motivos não imputáveis Greve Bolseiro ou equiparado Faltas Injustificadas

Acidente em serviço ou doença… Por conta do período de férias (próprio… Trabalhador estudante Assistência a filhos > 12 anos Tratamento Ambulatório - Familiar Reuniões e outras actividades… Doença com internamento hospitalar Falecimento de familiar Cumprimento de Obrigações Assistências a outros familiares Assistência a filhos < 12 anos Tratamento Ambulatório - Próprio Formação - Pessoal Docente Gravidez de Risco 0

50 100 150 200 250 300 350 400 Nº dias

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

100


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

Faltas - Pessoal Docente Dias

B 5000

0 Doença

Doença(Junta Médica)

Férias Doença prolongada

Gráfico 79 (A e B) - Situações de falta, férias ou licença do pessoal docente.

A4.6.2 – Pessoal Não Docente As faltas, licenças ou férias do pessoal não docente encontram-se resumidas na Tabela 17.

Pessoal Não Docente

Dias

Gravidez de risco Maternidade adoção Falecimento de Familiar Férias (acumuladas) Doença (Junta Médica) Acidente em Serviço ou Doença Profissional Faltas Injustificadas Reuniões e outras atividades superiormente autorizadas Formação - Pessoal não docente Dispensa do trabalho Tratamento ambulatório - Próprio Tratamento ambulatório - Familiar Assistência a filhos < 12 anos Assistências a outros familiares Cumprimento de obrigações Por conta do período de férias (próprio ano) Por conta do período de férias ( ano seguinte) Greve Atividade Sindical Delegados Férias Doença

31 78 3 21 31 79 12.5 40.5 16 16 1 3 30 20

Horas

3 5 46 (6.5 dias) 30 (4 dias) 0 2

28.5 4 50 11(1 dia) 858 281

Tabela 24- Tabela referente às faltas, licenças e férias do pessoal não docente.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

101


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR Ano Letivo 2010/2011 À semelhança do efetuado para o pessoal docente os resultados presentes na tabela 24, podem ser visualizados no gráfico 80 (A e B)

Faltas - Pessoal Não Docente Actividade Sindical Delegados Greve Por conta do período de férias ( ano seguinte) Por conta do período de férias (próprio ano) Cumprimento de Obrigações Assistências a outros familiares Assistência a filhos < 12 anos Tratamento ambulatório - Familiar Tratamento ambulatório - Próprio Dispensa do trabalho Formação - Pessoal não docente Reuniões e outras actividades superiormente … Faltas Injustificadas Acidente em Serviço ou Doença Profissional Doença (Junta Médica) Férias (acumuladas) Falecimento de familiar Maternidade/Adopção Gravidez de risco 0

10

20

30

40

50

60

70

80

Dias

Faltas - Pessoal Não Docente Doença Férias 0

200

400

600

800

1000

Dias

Gráfico 80 (A e B) - Situações de falta, férias ou licença do pessoal não-docente.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

102


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

A4.6.3 – Alunos

Finalmente, as faltas dos alunos encontram-se resumidas na tabela 25 que se segue.

Nível Ensino

Ano

ENSINO BÁSICO

ENSINO SECUNDÁRIO

10º

11º

12º

Turma

Faltas injustificadas

Faltas Justificadas

A B C D E A B C D A B C D A B C D E F A B C D E F A B C D

110 257 131 140 243 58 52 439 501 21 196 161 3 28 12 30 158 71 127 72 5 49 0 32 36 14 25 82 10

515 857 402 551 617 519 509 797 272 639 505 476 430 150 149 243 214 595 450 184 210 166 97 161 277 300 117 126 55

Tabela 25 – Faltas alunos – Ensino regular.

Como se pode verificar pela análise da tabela 25, o número de faltas injustificadas a nível do ensino básico é superior ao número de faltas injustificadas no ensino secundário. Também no que toca às faltas justificadas, os alunos do ensino básico apresentam um maior número de faltas. O gráfico 81 (A e B) que segue mostra os resultados obtidos para os alunos em termos de faltas. Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013 103


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

Faltas - Alunos A

Ensino Básico 1000

Nº faltas

800 600 400

INJUSTIFICADAS

200

JUSTIFICADAS

0 A

B

C

D

E

A

7º ANO

B

C

D

A

B

8ºANO

C

D

9º ANO

Faltas - Alunos

B

Ensino Secundário 700 600

Nº Faltas

500 400 300

INJUSTIFICADAS

200

JUSTIFICADAS

100 0 A

B

C

D

10º ANO

E

F

A

B

C

D

11ºANO

E

F

A

B

C

D

12º ANO

Gráfico 81 – Faltas alunos ensino regular: A – Básico; B – Secundário.

A tabela 26, que se segue é referente às faltas dos alunos do ensino profissional. No caso do ensino profissional, as faltas dadas pelos alunos têm que ser repostas, i.e., todas as aulas a que os alunos faltam são depois assistidas por estes posteriormente. Portanto, no caso do ensino profissional, não podemos falar em faltas justificadas e injustificadas.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

104


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

10º ano

11º ano

12º ano

Turmas P S T P R S T P S T

1º P 322 239 299 2 0 0 29 0 0 0

Ano Letivo 2010/2011 2ºP 103 0 1269 0 10 0 55 0 1 0

TOTAL

3ºP 162 179 531 4 53 0 65 10 6 0

TOTAL 607 418 2099 6 63 0 149 10 7 0 3359

Tabela 26 – Faltas dos alunos do ensino profissional ao longo do ano letivo 2010/2011.

Como se pode visualizar na tabela 26, o número de faltas no ensino profissional é muito elevada principalmente nas turmas de 10º ano. Uma vez que estas aulas têm que ser repostas isto constitui uma sobrecarga para os professores do ensino profissional. No entanto, convém salientar que muitas vezes estas situações de faltas excessivas dos alunos correspondem a situações de desistência do(s) aluno(s), continuando a ser (em) registada(s) a (s) falta(s) do(s) aluno(s) até ao final do ano.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

105


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

Ano Letivo 2010/2011

A4.6.4 – Comparativo 2009/2010 e 2010/2011 A tabela 27, mostra comparativamente as faltas dadas, pelos docentes, nos dois últimos anos letivos. 2009/2010 dias Casamento

2010/2011

tempos

dias

tempos

15

0

0

0

Gravidez de Risco

48

0

59

0

Férias acumuladas

6,5

0

0

0

Formação - Pessoal Docente

5

0

8

10

Tratamento Ambulatório - Próprio

13

71

10

72

Assistência a filhos < 12 anos

41

0

22

2

Assistências a outros familiares

30

4

14

0

Cumprimento de Obrigações

2

9

2

4

Maternidade

98

0

0

0

Falecimento de familiar

24

0

26

0

Doença com internamento hospitalar

32

0

5

0

Reuniões e outras atividades superiormente autorizadas

57

81

86

188

Tratamento Ambulatório - Familiar

10

26

3

77

Assistência a filhos > 12 anos

9

0

12

0

Trabalhador estudante

13

11

5

4

Por conta do período de férias (próprio ano)

36

96

49

119

Acidente em serviço ou doença profissional

0

0

0

3

Faltas Injustificadas

0

0

2

0

Bolseiro ou equiparado

0

0

364

0

Greve

0

0

32

0

Motivos não imputáveis

0

0

1

7

Doença

767

10

612

0

Doença (junta médica)

539

2

1702

0

Férias

2597

0

2406

0

966 5308.5

0 310

1003 6423

0 486

Doença (prolongada) Total

Tabela 27 – Faltas docentes – 2009/2010 versus 2010/2011.

A comparação direta do total de dias de faltas, mostra-nos que no ano letivo de 2010/2011 o número total de faltas de pessoal docente foi superior ao verificado em 2009/2010. De notar que em 2009/2010 não ocorreu qualquer situação de faltas injustificadas e em 2010/2011 existem 2 dias de faltas injustificadas.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

106


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR Ano Letivo 2010/2011 A tabela 28 mostra o mesmo tipo de comparação que a Tabela 4 desta feita para o pessoal não-docente.

01-01-2009 31/12/2009 Gravidez de risco Maternidade/Adoção Falecimento de familiar Férias (acumuladas) Doença (Junta Médica) Acidente em Serviço ou Doença Profissional Faltas Injustificadas Reuniões e outras atividades superiormente autorizadas Formação - Pessoal não docente Dispensa do trabalho Tratamento ambulatório - Próprio Tratamento ambulatório - Familiar Assistência a filhos < 12 anos Assistências a outros familiares Cumprimento de Obrigações Por conta do período de férias (próprio ano) Por conta do período de férias ( ano seguinte) Greve Atividade Sindical Delegados Férias Doença Total

Dias 0 0 1 22,5 30 5 10

01-01-2010 31/12/2010

Tempos Dias 0 31 0 78 0 3 0 21 0 30 0 79 0 12,5

Tempos 0 0 0 0 0 0 0

2,5

0

40,5

3

13 13 1 0 5 20 0 24 0 30 0 758,5 114

0 3 32 11 0 0 0 0 0 0 11 0 0

16 16 1 3 30 20 0 28,5 4 50 0 858 0

0 5 46 30 0 0 2 0 0 0 11 0 281

1049,5

57

1321,5

378

Tabela 28 – Faltas pessoal não-docente – 2009 versus 2010. A comparação direta do total de dias de faltas, mostra-nos que no ano de 2010 o número total de faltas de pessoal não-docente foi superior ao verificado em 2009. De notar que em 2010 ocorreram mais 2,5 dias de faltas injustificadas.

Finalmente as tabelas 29 e 30 mostram as faltas dadas pelos alunos, nos anos letivos de 2009/2010 e 2010/2011. Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

107


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR

2009/2010 7º ANO

8ºANO

9º ANO

TOTAL

A B C D E A B C D A B C D

Ano Letivo 2010/2011

2010/2011

INJUSTIFICADAS JUSTIFICADAS INJUSTIFICADAS JUSTIFICADAS 59 31 110 515 139 63 257 857 60 59 131 402 56 82 140 551 160 0 243 617 35 91 58 519 22 95 52 509 183 164 439 797 65 22 501 272 53 87 21 639 138 0 196 505 33 113 161 476 55 31 3 430 1058 838 2309 7089

Tabela 29 – Faltas de alunos do ensino básico – 2009/2010 versus 2010/2011.

2009/2010

2010/2011

INJUSTIFICADAS JUSTIFICADAS INJUSTIFICADAS JUSTIFICADAS 10º ANO A 6 31 28 150 B 4 17 12 149 C 22 8 30 243 D 1 35 158 214 E 66 37 71 595 F 64 72 127 450 11ºANO A 43 6 72 184 B 9 28 5 210 C 33 30 49 166 D 0 18 0 97 E 12 47 32 161 F 36 12 36 277 12º ANO A 26 35 14 300 B 25 16 25 117 C 21 33 82 126 D 7 16 10 55 TOTAL 375 441 751 3494 Tabela 30 – Faltas de alunos do ensino secundário – 2009/2010 versus 2010/2011.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

108


ESCOLA SECUNDÁRIA ABEL SALAZAR Ano Letivo 2010/2011 A análise direta das tabelas 29 e 30 mostra-nos que o número de faltas justificadas aumentou consideravelmente, quer no ensino básico quer no ensino secundário, quando comparamos os valores totais obtidos para os dois anos letivos. No caso das faltas injustificadas também o total de faltas para o ano letivo de 2010/2011 é consideravelmente maior.

Relatório Final de Auto Avaliação - 2010/2013

109

Avaliação Interna IV  

outros aspetos avaliados

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you