Issuu on Google+


EXPEDIENTE EDITORAS: Anne Raysa, Ivy Lemes, Manoele Luize REDAÇÃO BELEZA: Manoele Luize, Ivy Lemes, Karen Carneti, Kelly Costa | MODA: Ivy Lemes, Manoele Luize | ESPECIAL: Paula Cândido | DECORAÇÃO: Anne Raysa | Saúde: Fran Freire, Ivy Lemes | INTERNACONAL: Manoele Luize, Bárbara Mendonça | ANIMAL: Dandara | CRÔNICA: Fran Freire DIAGRAMAÇÃO: Manoele Luize

CAPA

PRODUÇÃO E STYLING: Anne Raysa, Ivy Lemes e Manoele Luize | FOTOGRAFIA: Monica Berlitz | TRATAMENTO DE IMAGEM: Manoele Luize | CABELO E MAQUIAGEM: Tiago Souza | Modelo: Tatiane Alves (MN Management International Models) As imagens contidas nessa edição que foram retiradas de fontes de internet, receberam seus devidos créditos. Caso essa edição possua algum material de sua autoria, favor entrar em contato. O conteúdo das matérias expressa o ponto de vista do autor, não tendo a Revista Saia e Salto Alto responsabilizada pelo sua opinião. Essa edição não possui fins lucrativos. CONTATO: saiaesaltoalto@gmail.com http://www.twitter.com/SSAonline


Carta Editorial Acredito que não existe época mais divertida do que o verão. É o tempo em que nos divertimos na praia, na piscina, com os amigos, família, amores... É a época em que mais comemoramos, tudo é motivo para festa, e, acredito eu, que a festa mais aguardada pelos brasileiros (e inúmeros estrangeiros) é o Carnaval. Festa, folia e muita animação. E é a diversidade de bailes que ocorrem por todos os cantos do Brasil é o que nos inspirou para essa edição. Na quarta edição da SSA você pode conhecer obras sobre o carnaval de artistas brasileiros consagrados, e se apaixonar por Florianópolis e por suas atrações durante essa época festiva. Portugal também aparece nessa edição, apresentando o Fado, música típica do país. Conheça os perigos das dietas rápidas e saiba como cuidar bem do seu animal de estimação e evitar problemas como a obesidade. Saiba como Paris inspira o estilo da jornalista e fotógrafa Ana Garmendia, que nos concedeu uma entrevista e comentou também sobre os famigerados blogs de moda e não deixe de conferir as matérias sobre as semanas de moda. E por último, aprecie e se inspire no divertido editorial de Carnaval que preparamos para vocês! Boa leitura!


Quem faz Quem faz

• •••••• • • ••• ••••• • •••••••••

• •• As responsáveis por fazer a Saia e Salto Alto acontecer! • • •••••• • • ••• ••••• • ••••••••••• ••••••• •••• •• ••• •••• • •••••• •• •• Editora • - PR e ado•ANNE • • • ••RAYSA, • • • • •••21. • ••• Nasceu ••••• •••em•• Curitiba • ••••• ••••• • ••••• • ••• •• ra esse clima da cidade. Públicas ••••••••• •••• instável •••• •••• ••••• •• ••••É••Relações ••••• •••• • • •••••• • formação, seu ••maior desejo profissional é •por • •••• •• •••• •••mas •••••• ••• ••• ••••• •• •• • •••• • ••••• • trabalhar em ••uma revista, agora torna real. Se•• •••• ••• ••••• • ••••• •••••••que • •••• • ••••o ••• •• ••••••••• interessa e assuntos •• •••••••••por • •••moda, • • ••••beleza •••••••••••• • •• ••• que • ••••envolvem • • •• •• •• • também adora conversar e ler •o•universo •• •••• ••••femino, •• • ••• mas •••••• • •• ••• • ••••• • • •••••••••••• sobre e ações comunicação, resultado •• • ••••marketing ••• •••• • •••••• ••••de•••• • • • •••••• •••••• •••• • • •de•• •quatro • •••• • anos •• • •• estudando •••• • •• • • •e••se ••• apaixonando •• ••• • • •• • • •pela • •••• • • •• • •• • • • • • ••• • ••• • •••• • ••••• •profissão •• • •••• ••de •••RP. ••• • ••• •••••• • ••••••• ••• • ••• ••• •• •• ••• • •• • • •• •• •• ••• ••• ••••• ••• •• •• • • •••• • ••• ••••• ••••• • ••••• •••• •••••• •• • ••• •• ••• •••••••••••• •••• ••• • •••••• •• ••• • ••••••• • ••• ••••••••• •••••••• • •• • • •• • •• • • • • • ••• • ••• • •••• • ••••• •• ••••• • ••••••••••• • •••• ••• • • ••• •••••• • ••••••• ••• • ••• ••• •• •• •• •• •••• • ••••• ••• • •••• ••• • •• • • •• •• •• ••• ••• ••••• ••• •• •• •• •• ••• • • •• • • •••• •••• • •••• • ••• ••••• ••••• • ••••• •••• •••••• •• ••••• • ••• •• ••••• • ••••• •• ••• •• ••• •••••••••••• •••• ••• • •••••• •• •••••• •••••••• ••••• •• •• Editora ••• • ••••••• • •••mora ••••••••• • •••- •PR. •••• Designer • • ••••••••••••••• IVY, 23 anos, em•••••••• Curitiba de •• • •moda, • ••• • produtora e stylist apaixonada por tudo o que • • envolve esse universo. Pesquisadora 24 horas por dia, •• • lê e se interessa também por arte e literatura. Adepta de •••• rotinas bem organizadas, em sua agenda não pode faltar •• •• espaço para atividade física, um bom café e momentos ••• para ficar só. •• • ••• • ••• • •••• • ••••• •• • ••••• ••••• • ••• •••• • •••• •• • •• • • • •••• •• • • •• •••••••• ••••••• ••• • • •• ••• • •••• • • •• •• • •• •• • • •• •••••••• • •• •••• ••• ••• • •••• • •••• • •• • ••••• • ••• •••• •••••••••• ••••••••••• • •• •• • ••••••••••••••••• ••••• • •• •••• •• •• ••• •••• •• •• •• •• •••• •••••• ••• •••• •• • ••• •• •• • • ••••••••• ••• ••• •• •••••••• •• •• ••••••••••• • •• • • ••••••••• • • •• •• •• • ••••• •••••• •


•• ••• • •• •••••• ••• •• • •• •••• •• ••• • •••• • ••• • • •••• • •• •• • • • • •••• • •• • •• •••• • • •• ••••• •• ••• • • •••••••• ••• • •••• • • •••••••• •••• ••• •••••••• ••• ••• • •• ••• ••• • •••••• •• •••••••• • •• • ••• • ••• • ••• • ••• • ••••••• •••• •••• • ••••• • • •••••• •• •••• ••••• •••••• • •••• •••••• • •••

Quem faz

Editora MANOELE LUIZE mora em Curitiba - PR. Formada em • • • • • • • e•• • Propaganda •• • ••• • ••• • ••••pela • ••••• •• • ••••• • ••• •sempre •• •• •• Publicidade UFPR e ••••• desde •• •• • • ••••• •• moda, ••••• •• beleza • •• •• • e•••maquiagem, ••••• • • • ••••• ••• • • •• • •• apaixonada por realizou o ••• curso • • •••• ••••••••• •• • ••• •• ••• • • •••• School • •••••• •na • •••• •• ••••••••• de• Fashion Communication Summer Central Saint• •• • • •••••••• ••••••••• •••••••••assim • ••••como •• •••••• • •••••••• Martins. Adora•••música pop•• e• dance, artes visuais, suas outras paixões incluem Londres e Paris.

Quem faz

• • • •• •• • • • • ••• •• ••• • ••••• • ••• • •••• • ••••• • • •• •••• • • • ••••• • •• • • •••• • • • • • • •• •••••••• •• • ••• • •• •• •••• ••• •• •• • ••• ••• • ••• • ••• • • •••• •••••• • • •••• •••••• ••••••• •••• •• ••• •••••• •••••••••• •••• •• •• •••••••• ••• •• ••••••••••••••• • •• •••• •••••••• • •• •••••• ••••• • • •••• • ••• • •••••• • ••• ••••• • •••• •• ••• •••• • •• •• •••••••••• •••• •••• ••• 21 FRANCIELE CRISTINA FREIRE tem • • • • vive • •• •em • • Curitiba • • •• • ••e •é •formada • • • •• •em • ••• • ••• anos, Letras, •• • •••• •• •••• ••Escritora • ••••• •••••••• •• •• ••••didáticos •• ••••••• pela PUCPR. de materiais • • • • de ••• Língua •••••• •••• ••• •••••••••• •• Freire ••••• •• e• ••••• professora Portuguesa, Fran ••• •• ••••• •••• ••• •• • •romances ••• • ••• • • •••••• ••• •• •••••• costuma escrever e fanfictions, •• ••• • •• ao •••••• ••• •• •juvenil. •• •••• •• • •••• • ••• voltados público A ••• curitibana, • • •••• •• •Nora • • • •••• • •• • ••e •••• • •• ••••• •• ••• que é •fã••de Roberts de •cultura latina, • • •••••••• ••• • •••• • •••••••• ••••uma ••• •••••••• ••• também costuma se •divertir com boa dose ••• música • •• ••• internacional, ••• • •••••• •• •••••• •• • •• mexicanas • ••• • ••• • ••• de novelas e •seriados ••• • ••••••• •••• •••• • ••••• • • •••••• •• •••• ••••• americanos. •••••• • •••• •••••• • •••

••• •••• • ••••••

• • • • • • • •• • •• • ••• • ••• • •••• • ••••• •• • ••••• ••••• • ••• • •• •• •• •• •• • • ••••• •• ••••• •• • •• •• • ••• ••••• • • • ••••• ••• • • •• ••• • •• • • • •••• ••••••••• •• • ••• •• ••• • • •••• • •••••• • • •••• •• ••••••••• •


Quem faz

KAREN CARNETI (Kakah), 24 anos, São Paulo/ SP. Formada em Jornalismo pela Cásper Líbero. Ama ler, ouvir música, assistir séries, viajar e tudo relacionado ao mundo da beleza. Apaixonada pela Itália e pela cultura italiana.

DANDARA (Dandy), 23 anos, mora em Mogi das Cruzes/São Paulo. É formada em Medicina Veterinária na USP, e além de sua profissão, também é apaixonada por música, livros e claro, a internet. Costuma se arriscar compondo canções, desenhando, escrevendo e testando diversas outras formas de arte.

MARIA PAULA (Paulinha), 19 anos, mora em Florianópolis-SC. Cursando Administração. Estuda e trabalha (muito), mas nas horas livres, prefere algo bem mais tranquilo do que a correria do dia-a-dia, ouvir uma música boa, ler um livro, ver um filme, e claro, internet.


Quem faz Colaboradora da edição KELLY COSTA, 33 anos – Formada em jornalismo e com pós-graduação em comunicação corporativa, desde que se descobriu como jornalista, atua como assessora de imprensa no segmento de beleza. Há mais de 12 anos pesquisa, escreve e é apaixonada pelo tema. Vem encantando-se também com as descobertas dos canais de beleza na internet e irá compartilhar conosco várias dicas em produtos, tratamentos e o que rola na mídia on line sobre o assunto.

Colaboradora da edição BÁRBARA MENDONÇA, 21 anos. Vive em Portugal onde estuda Gestão e Direcção Hoteleira. Uma das suas paixões é a moda e expressa-a através do seu fashionblog. Realizou o curso de Fashion Communication Summer School na Central Saint Martins e a partir daí lançou-se como stylist, fashion adviser e produtora de moda. As suas produções fotográficas contam sempre uma história e unem elementos que Bárbara adora como a música, artes plásticas, viagens... E claro, a moda e as tendências do momento! Inside Covers é seu blog.


Sumário

ARTE: Cores do Carnaval ................................. 10

SAÚDE: Energia e hidratação antes, durante e depois do verão ............................................................. 14 O perigo das dietas rápidas .................. 16 BELEZA: Beleza Pós-Sol ................................... 20 Não deixe que o frio compromote os cuidados com a sua beleza .............................................. 24 Beleza Inversa ..................................... 28 Beleza de Inverno ................................ 30 Lábios rosados e as escolhas de Milene Uehara .......................................................................... 34 MODA: Estações Invertidas ................................... 36 Ouro, prata e bronze ........................... 38 E nos pés... ......................................... 41 Anote ..................................................... 43 3&3 ......................................................... 46 Da estação passada ............................... 48 Melindrosa Moderna .............................. 51 Fora do escritório .................................. 54 Alta costura, Alta fantasia ...................... 55


Sumário

INTERNACIONAL: Vestir o fado ......................... 57 Versalhes, muito além da galeria de espelhos .................................................................. 60

EDITORIAL: Carnaval .......................................... 65

ESPECIAL: Carnaval na praia e longe de Rio e Salvador ................................................................. 74 ENTREVISTA: Saiba como Paris inspirou o estilo de Ana Garmendia ................................................ 76 DECORAÇÃO: O trabalho é em casa e é uma delícia ............................................................................. 79

DIY: Mascarada ................................................. 82

ANIMAL: Um alerta para a obesidade animal ... 90

CRÔNICA: Sinônimos ........................................... 92


Arte CORES DO CARNAVAL

imagem: blog.clickgratis.com.br/

IVY LEMES

Chico Laranjeira

Parte importante da identidade cultural brasileira, o Carnaval não poderia deixar de ser inspiração para nossos artistas. Cada qual em seu estilo, pintores brasileiros retratam diferentes faces dessa festa cultural que acontece dentro e fora da avenida durante o ano todo. O samba mantém o espírito do Carnaval mesmo fora de época, e ninguém melhor que um sambista para transformar o ritmo em pintura. Heitor dos Prazeres, instrumentista e letrista, pintou, entre outros temas tipicamente nacionais, o samba. Os traços simples e as imagens cheias de cor reforçam o caráter popular de sua obra.

10


Arte

imagens: dicavalcanti.com.br

Di Cavalcanti, pintor carioca idealizador da Semana de Arte Moderna de 1922, traz em suas obras festas populares, samba e carnaval. Um dos temas recorrentes em seus quadros s達o os personagens dessa festa: os carnavalescos.

Obras de Di Cavalcanti

Heitor dos Prazeres

11


imagens: vermutecomamendoim.com e terramagazine.terra.com.br

Arte

Tarsila do Amaral

Elifas Andreato

Outro importante expoente do modernismo brasileiro, Tarsila do Amaral pintou o Carnaval com seu estilo inconfundível na obra Carnaval em Madureira, de 1924.

Elifas Andreato é paranaense, mas, carnavalesco de uma tradicional escola de samba de São Paulo, levou o tema para suas gravuras após assinar capas de discos de música brasileira.


Arte

Aécio e o pernambucano Chico Laranjeira retratam em seus quadros o Carnaval regional de Pernambuco, com os famosos bonecos de Olinda, frevo e blocos de rua.

Camilla Pallavicini

E se o Carnaval é feito de cores, são elas as protagonistas dos retratos abstratos dessa festa por Camilla Pallavicini. Independente da visão de cada artista, o interesse e a intimidade com outras áreas da cultura nacional transforma a arte do Carnaval em diferentes tipos de arte para documentar a história do país.

imagens: ajurspvendedoredivulgadordaartenaif.blogspot.com e democrart.com.br

Obras de Aécio

13


Saúde ENERGIA E HIDRATAÇÃO ANTES, DURANTE E DEPOIS DO VERÃO IVY LEMES

O químico e fitologista Lelington Lobo Franco reuniu no livro 100 Sucos Com Poderes Medicinais, sucos e vitaminas que agem contra males do organismo. A partir do estudo dos princípios ativos das plantas, cada suco contribui para o melhor funcionamento de funções específicas do corpo. E para manterse saudável no verão, época em que o corpo perde mais líquido, uma opção diferente é substituir a água pela água de coco no preparo de alguns sucos. A água de coco “contém muitos minerais, que são ótimos para hidratar e remineralizar o organismo”, além de baixa caloria (são apenas 20 por 100 ml). Conserve sua energia para aproveitar essa estação e hidrate-se, preparando a pele também para o inverno com sucos de frutas com água de coco. • • • •

Suco energético 200 g de polpa de açaí 200ml de xarope de guaraná 100 g de granola 2 copos de água de coco

Bater do liquidificador e servir com cubos de gelo.

14


Saúde

• • • •

Suco para deixar a pele bonita 3 framboesas 3 morangos 1 copo de água de coco 1 colher de mel

Bater tudo no liquidificador e tomar dois copos por dia (dose recomendada).

*Receitas retiradas do livro 100 Sucos Com Poderes Medicinais, de Lelington Lobo Franco.

imagens: sharegfx.net

15


Saúde O PERIGO DAS DIETAS RÁPIDAS FRAN FREIRE

Algumas pessoas têm verdadeira fixação quando assunto são o peso e a imagem. Não conseguir entrar naquele vestidinho ou perceber que a calça jeans anda “incomodando” são alguns dos pretextos para iniciar uma “dieta de última hora”. O problema é que essas dietas nem sempre vêm acompanhadas de auxílio nutricionista e a ilusão dos “três quilos em uma semana” faz algumas maluquinhas exporem a saúde e o bem estar a riscos inestimáveis. Para começar, é necessário ter em mente que dietas milagrosas são inadequadas, e isso quem diz são os profissionais da área e membros da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO). O primeiro passo que você deve dar quando pretende eliminar gordurinhas e entrar naquela tal calça apertadinha, é uma reeducação alimentar acompanhada de exercícios físicos. É preciso levar em conta que dietas voltadas para algum alimento específico fazem com que haja carência em determinados nutrientes, principalmente porque estes não são fornecidos em quantidades suficientes para o organismo. É comum que os emagrecimentos flash venham acompanhados de perda do tecido orgânico e não do tecido adiposo. Procurar uma solução rápida não é sinônimo de procurar uma solução eficaz. Imagine que em uma questão de tempo, com o abandono da dieta mágica e a alimentação desregulada, seu corpo reagirá com o famoso “efeito sanfona”. Resultado: diminuição da elasticidade da pele, flacidez e propensão a estrias. Seu paraíso se tornará um pesadelo, não é?

16


Para quem tem sobrepeso ou obesidade, os riscos podem ser ainda maiores, principalmente porque a má alimentação está fatalmente relacionada com doenças sérias. Nem sempre, é claro, há problemas cardíacos ou mesmo a diabetes, ainda assim, é bom não brincar com a alimentação: nem para mais, nem para menos. Chega um momento que não se trata mais do bem estar com a imagem de um corpo magro, mas com a obsessão pelo corpo ideal – que é uma verdadeira utopia. Para iniciar uma reeducação alimentar também é necessário estar preparado psicologicamente, ou as maluquices iniciais se tornarão problemas gigantescos, como a bulimia e a anorexia. Um exemplo dessas dietas rápidas é a tal dieta do líquido, uma das mais perigosas. Ingerindo apenas líquido o seu corpo não fará digestão e o conteúdo será eliminado em aproximadamente uma hora. Com a sopa é a mesma coisa, o alimento é liberado com facilidade. O problema é que o adepto dessas dietas ficará completamente debilitado. O problema é que o adepto dessas dietas ficará completamente debilitado. Cuidado com a dieta da água de coco, que pode causar doenças crônicas, como úlceras e tumores, embora a água de coco em si seja excelente fonte de energia. Quanto aos remédios: nem pense em tomar qualquer coisa sem acompanhamento médico. É mais do que loucura, é suicídio. Se você estiver disposta a pagar por uma cartelinha de comprimidos, faça isso com o acompanhamento necessário, provavelmente você nem necessite de algo assim, mas a melhor orientação virá de seu nutricionista.

imagem:reprodução

Saúde

17


imagem: reprodução

Saúde Uma dieta deve ser rica em vitaminas, proteínas, sais minerais e fibras. O ideal é que você emagreça com saúde e sem riscos. Isso quer dizer que aquilo de suprimir de vez os carboidratos da pura tolice. Dieta da lua, do sol, das cores, da sopa, do vento, do líquido... nada disso é inteligente e, convenhamos, o ideal é emagrecer com o corpo e a mente em sintonia. Se você tem consciência de que quer emagrecer e estabelecer essa meta, vai conseguir independentemente do tempo que seu corpo leve para se adaptar às mudanças em sua alimentação e exercícios físicos. Lembre-se que começar nunca é fácil, e que quando sua alimentação saudável e seus exercícios se tornarem um hábito, ser saudável se tornará parte do seu dia a dia. Em todo caso, algumas dicas da ABESO são úteis para você que ainda não se decidiu em procurar um acompanhamento médico e quer tomar alguma decisão para sua relação com os alimentos e a alimentação, em geral: • Não belisque enquanto cozinha! Se estiver com muita fome, programe um lanche entre as refeições principais. Um iogurte ou outro derivado de leite (magro) pode ser uma boa opção; • Procure fazer as compras quando não estiver com fome. Ir ao supermercado com fome pode impulsionar a compra de alimentos calóricos e desnecessários; • Leia os rótulos! Fique atento aos produtos dietéticos porque nem sempre eles serão as melhores opções. Verifique e compare o valor calórico e o teor de gorduras;

18


• Não faça nada diferente enquanto come (ver tv ou ler jornal, por exemplo); • Alimente-se no local adequado, sentado - não coma em pé ou andando; • Prepare-se com antecedência para eventos especiais e situações que podem colocar seu emagrecimento em risco; • Procurar realizar uma atividade nos horários de maior vontade de beliscar: caminhar, ir ao shopping, sair com o cachorro, etc; • Quando der vontade de comer doces procurar os caseiros, sem creme de leite, leite condensado e chocolate; • Aumente as caminhadas e procure sentir prazer em caminhar.

Fontes: Blog M de mulher; ABESO; Blog Laranja Limão.

imagem: Getty Images

Saúde

19


Beleza BELEZA PÓS-SOL KAREN CARNETI

PELE

• Ressecamento

A pele fica ressecado por causa do calor que, com o tempo, desidrata e provoca uma leve descamação. Uma das primeiras recomendações é tomar banhos mais rápidos, com pouco sabonete e água fria ou morna, sem esquecer do hidratante corporal ao final. Em algumas pessoas, as temperaturas mais altas estimulam as glândulas sebáceas e a pele fica mais oleosa, aumentando o surgimento da acne. Neste caso são indicados produtos sem óleo. Outra modo de reverter os estragos que o verão causa na pele é cuidar da alimentação, já que a falta de hidratação causa a escamação cutânea, mesmo que você não veja. A indicação é evitar alimentos condimentados, embutidos e industrializados, bem como bebidas alcoólicas e consumir bastante agrião, couve, maçã, limão, mamão, melancia, melão e caju. Anote nossa receitinha caseira para hidratar a pele: misture iogurte natural, mel e abacate (ou mamão) e espalhe pelo corpo.

20

imagem: sxc.hu by pat herman

Seu cabelo e sua pele estão super danificados depois do combo verão e praia? Nós te ajudamos a recuperá-los já!


Beleza Seu cabelo e sua pele estão super danificados depois do combo verão e praia? Nós te ajudamos a recuperá-los já!

• Manchas

imagem:reprodução

Depois de muita exposição ao sol, é normal aparecerem algumas manchas na pele, ainda mais se você não usou o protetor solar com a frequência devida. Para se proteger do sol, a pele passa por uma etapa inflamatória que bagunça a produção de melanina, fazendo com que algumas regiões do corpo fiquem mais escuras do que outras. As manchas discretas podem ser tratadas em casa, com ácidos, mas sempre com acompanhamento médico. Para as maiores é recomendado um tratamento específico, que apenas o seu dermatologista poderá determinar. Como o sol faz com que a produção de radicais livres seja grande, é importante apostar em alimentos antioxidantes como cenoura, mamão, tomate, beterraba, uva e soja.

Produtos indicados para a pele pós-praia: Água Termal Acqua, Purainova (R$ 33), Balm Ultra Suavizante para Área dos olhos e Lábios, Adcos (R$ 80), Hidratante Hydrane FPS 20, Avène (R$ 60)

21


Beleza CABELO

• Ressecamento

Os cabelos também pagam um preço alto no verão: os fios ficam mais frágeis, queimados e desidratados devido à exposição solar .Além disso, as pontas duplas nas madeixas costumam aparecer mais nessa estação. Mas isso não significa que você será obrigada a encarar a tesoura; tudo depende do grau de dano sofrido pelos fios. Se estavam bem tratados e foram expostos ao sol, tratamentos intensivos com máscaras e hidratantes podem recuperar o brilho e a maciez. Se já estavam danificados, com química ou tinta, por exemplo, às vezes é impossível a recuperação das pontas, e nesse caso o indicado é um bom corte. Tinturas, reflexos e uso de secador devem ser evitados quando os cabelos estão ressecados.

Aqui vão algumas dicas para recuperar a saúde de seus cabelos:

• Para hidratar em casa, a indicação é utilizar produtos que contenham queratina, proteínas do leite, soja, aminoácidos da seda, ceramidas, lanolina, vitaminas, óleos vegetais e silicone em sua composição. • Para substituir a máscara hidratante por uma receita caseira, use um copo de iogurte natural como máscara. O iogurte possui nutrientes que são ótimos para a boa saúde dos fios.  • Xampus infantis, para cabelos tingidos ou quimicamente tratados (geralmente mais suaves pois são cabelos por si só mais fragilizados), ou específicos para as altas temperaturas (como muitas empresas lançam nesta época do ano), são sempre bons porque são produtos neutros.

22


Beleza

• Cabelos verdes

imagem:reprodução

Muitas loiras nem pensam em pisar na piscina por medo dele, o temido cabelo verde. Ele acontee por causa do cobre presente na água para tratá-la, e não do cloro, como muitos pensam. Para evitar que isso aconteça é necessário usar algum produto que faça uma película protetora nos fios, como muitos dos produtos específicos para essa estação. Mas, se o dano já está feito e a intenção é revertê-lo, a dica é aplicar leite no cabelo, deixando os fios bem encharcados e dar uma pausa de 10 minutos, retirando o excesso de leite com pente e repetindo a operação até eliminar o verde. Se o tom esverdeado persistir, deve-se realizar o processo por mais alguns dias. Outra indicação é passar vinagre de maçã nos fios, diluindo uma pequena quantidade (aproximadamente meio copo) em água limpa e deixando agir no cabelo por 15 minutos. Depois é só lavar o cabelo normalmente. Recomendase fazer intercalado às lavagens.

Produtos indicados para os cabelos pós-praia: Spray Huile Généreuse, Kérastase Soleil, da L’Oréal, (R$ 95), Sérum Protetor Cabelos Coloridos C.Kamura (R$ 23), Natura Plant Proteção Verão Máscara Pós-sol, com filtro UV, Natura (R$ 22,90)

23


Beleza NÃO DEIXE QUE O FRIO COMPROMETA OS CUIDADOS COM A SUA BELEZA KELLY COSTA Logo mais o inverno está aí e alguns cuidados especiais com a beleza serão necessários. Mas não se preocupe, pois já separamos algumas dicas para você ficar por dentro e garantir a beleza e, principalmente, a saúde da pele (rosto/ corpo) e do cabelo que ressecam muito na estação mais fria do ano. Estes cuidados são sempre essenciais em qualquer época, mas no período do inverno passam a ser praticamente obrigatórios. Por isso, não se renda à preguiça do frio e mantenha a disciplina diária. Prevenir é o melhor remédio Pele acinzentada e rachaduras são os principais sintomas de que a pele precisa ser cuidada, mas não precisa esperar a este ponto. Você pode prevenir que isso aconteça com cuidados simples, no dia a dia. “Quem tem pele oleosa está em vantagem porque ela pode ficar normal e saudável. Já quem tem pele do tipo normal, ela pode ficar ressecada. Isso acontece tanto no inverno ou quando a pessoa vai para uma região de clima mais frio”, terapeuta estética Fabiana Teles. As opções de produtos são diversas: cremes, óleos, loção… Tanto para o corpo, rosto e até mesmo para o cabelo, devendo aplicar os produtos pela manhã e à noite para garantir hidratação prolongada. Evite o uso de espumas de banho e produtos do tipo porque eles removem a gordura natural da pele, diminuindo a resistência e ainda provocando ressecamento. Confira algumas dicas:

24


Beleza

imagens: reprodução

Corpo e rosto: Para o rosto, o mais recomendado é o uso de produtos indicados para peles normais a secas, sempre com proteção UV, durante o dia, e fórmulas nutritivas para usar à noite. A área dos olhos que é uma região mais sensível também precisa de produtos específicos. Já no corpo, os óleos hidratantes não são tão gelados para aplicar na pele e pode ser uma opção para não pular o cuidado de hidratação. “Em geral, mudar periodicamente os produtos proporciona atender as várias necessidades da pele, cada hora tratando com um tipo de ativo”, declara a técnica de estética, Fabiana.

1

2

3

1.Soro Hidratante, Knut Cosméticos: Hidrata profundamente com ureia e deixa a pele sedosa o dia inteiro. | Preço Médio: R$ 14,85 - sac@knut.com.br 2. Óleo Corporal Amêndoas e Semente de Uva, Betulla: Hidrata intensamente e ainda perfuma a pele. | Preço médio: R$ 5,50 - SAC: 0800 0197366 3. New Active Antissinais FPS 35, VitaDerm: Promove hidratação 24 horas e aumenta a firmeza da pele. | Preço Médio: 36,90 - SAC: 0800 17 92 92

25


Beleza Boca: A pele dos lábios é bem macia e muito sensível ao frio, normalmente, chegando a rachar. Assim, é preciso recorrer aos batons de fórmulas altamente hidratantes. Não recomendamos muito o gloss porque sua função principal é dar um brilho e não hidratar. “Aliás, ao perceber que os lábios estão rachando com o frio, aplique um pouco de mel e logo perceberá o resultado” revela a técnica. Apesar de tradicional, a manteiga de cacau mais resseca do que protege a pele dos lábios.

4 4. Anew Platinum Avon - Creme para o contorno dos olhos & lábios: Hidratação, nutrição e firmeza das regiões mais sensíveis do rosto. | Preço Médio: Sob consulta

Pés: É preciso enxugar bem os pés e esperar um pouco antes de colocar a meia. O uso de creme não está dispensado até porque os ativos antissepticos previnem a frieira e o mau odor, conhecido como chulé.

26

imagens: reprodução

Mãos: As mãos também sofrem muito com as baixas temperaturas. Por isso, precisam ser de cremes altamente concentrados em ativos emolientes para melhorar a elasticidade e hidratação da pele. Fabiana sugere ainda que o produto seja levado na bolsa para ser reaplicado várias vezes ao dia.


Beleza

Cabelo: O cabelo também sofre muito com as baixas temperaturas e tendem ao ressecamento. Quem já tem o cabelo ressecado por natureza recomendamos até o uso de chapeus ou toucas para proteger as madeixas do vento. O técnico capilar da Lacan Cosméticos, Elias Oliveira, sugere a substituição do condicionador pela máscara capilar que é mais concentrada com ativos hidratantes. “Também existem no mercado uma gama de finalizadores capilares, inclusive hidratantes de cabelo noturnos para reforçar os cuidados”, declara o especialista. No inverno, o cabelo também tende a oleosidade e até mesmo caspa, isso porque a água quente do chuveiro estimula as glândulas sebáceas, daí entram em cena os shampoos de controle da oleosidade e que atuam também contra a caspa.

5

6

5. Shampoo Autoajustável, Lacan: Produção de ação inteligente que atua removendo o excesso de oleosidade e ao mesmo tempo hidratando equilibradamente. Prolonga o efeito da escova. | Preço Médio: 25,00 – sac@lacan.com.br 6. Condicionador Inovathi – Desembaraça e nutre rapidamente os fios, evitando o efeito frizz. Contém Aloe Vera, Mel, Papaya, Kiwi e Amêndoa Doce. | Preço Médio: 20,00 - SAC: (43) 3027-5656

27


Beleza BELEZA INVERSA MANOELE LUIZE

imagens: reprodução

Conheça qual é a referência de beleza do inverno 2011/12 do hemisfério norte e prepare-se para entrar no clima. Se na moda a década da vez é a dos anos 70, engana-se quem pensa que a maquiagem segue a mesma inspiração. Hello, sixties, hello cílios de baixo. O make característico dos anos 60s marca os cílios de baixo e os de cima não precisam ser perfeitos e separadinhos, o look que é cara dos anos 60 ficou eternizado no rosto de Twiggy, modelo e ícone da década. Para repetir o make, muita máscara de cílios.

28

Twiggy, a modelo ícone dos anos 60


Beleza

As bocas vieram em duas tendências: os lábios são de cor nude para o dia-a-dia, para a noite prepare o vermelho ou vinho. O make da Gucci para o Inverno 2011/12 é o exemplo das tendências, os olhos 60s e o batom vinho.

1. Batom na cor English Rose, Burberry. 2. Lipstain Just Bitten na cor Beloved, Revlon. 3. Esmalte na cor Wait Until Dark, Ciaté.

1 3

2

fotografia: Manoele Luize

imagens: ffw.com.br

Gucci - Outono/Inverno 2011/12:

29


Beleza

BELEZA DE INVERNO MANOELE LUIZE

imagens: ffw.com.br

Passadas as principais semanas de moda do país em suas edição de inverno 2012, já podemos sugerir o que será tendência nos makes da próxima estação. As maquiagens continuam com um ar clean e leve para as brasileiras, com aparições pontuadas de tons neutros em suas versões metálicas e em algumas bocas, a cor vinho.

30

Belezas naturais nos desfiles de Alessa e Tufi Duek


Beleza

imagens: ffw.com.br

Para produções noturnas, olhos mais escuros é a inspiração, como nos desfile da Animale e de Bianca Marques, mas respeitando o esquema de olho escuro, boca nude.

Animale

Bianca Marques

31


Beleza Esmaltes pretos s達o as apostas das passarelas de inverno 2012.

imagens: ffw.com.br

Juliana Jabour

32

Tufi Duek


Beleza

imagens: ffw.com.br

Para cabelos, se tivermos que escolher um, os rabos de cavalo que já estavam em alta em estações anteriores, agora vem mais baixos e são a escolha da estação.

Fernanda Yamamoto

Maria Bonita Extra

33


Beleza

LÁBIOS ROSADOS E AS ESCOLHAS DE MILENE UEHARA IVY LEMES

imagem: models.com

Os batons ultra coloridos cedem espaço para propostas mais clean com um toque romântico na próxima estação. O batom cor-de-rosa é democrático, ou seja, com uma enorme variedade de tons, atende diversos gostos e estilos. Para o verão do hemisfério norte, a Revlon apresentou diversas tonalidades da cor.

1 2

1. Viva Glam, M.A.C 2. Gloss, Victoria’s Secrets

34

Milene Uehara, secretária de palco do Programa do Ratinho, é adepta do batom cor-de-rosa e entre seus favoritos estão os tons da coleção Viva Glam, da MAC. O efeito molhado que começa a reaparecer após algumas estações de bocas com efeito mate, pede acabamento com gloss; os preferidos da Milene são os da Victoria’s Secret.


Beleza

Estilo oriental em ensaio fotográfico com Marco Máximo:

foto: Marco Máximo

KELLY COSTA Diariamente, a morena leva muita alegria para o público e encanta com sua beleza, simplicidade e simpatia. Na TV a maquiagem é mais forte e as roupas bem ao estilo secretária, mas nós demos uma olhada no arquivo pessoal dela e até nas fotos postadas na internet para ver qual, realmente, é o estilo de Milene longe das câmeras. Confira:

foto: Lourival Ribeiro

Conheça um pouco do estilo de Milene Uehara longe das telinhas

35


Moda ESTAÇÕES INVERTIDAS MANOELE LUIZE

Accessorize £32

Asos.com £75

Carvela by Kurt Geiger £140

36

imagens: asos.com, kurtgeiger.com, accessorize.co.uk

Enquanto começamos a pensar em inverno, o hemisfério norte se prepara para a primavera e liquida as coleções de inverno 2011/12. Se for fazer uma visita, aproveite para trazer peças e aproveitar no inverno que está por vir ou conheça as peças chaves que podem influenciar nosso inverno.


Moda

Roupas e até acessórios de pele estiveram nos mais variados desfiles da temporada de A/W 11.12, aposte em faux fur (pele falsa) e aproveite que é super atual e acessível. Tons metálicos deixam de ser peças coadjuvantes e aparecem em blazers e jeans.

Zara £59,99

Topshop £100

Dune £60

imagens: topshop.com, zara.com e dune.co.uk

Topshop £150

37


Moda

OURO, PRATA E BRONZE

IVY LEMES

Ao lado do dourado, presença certa nas últimas e na próxima estação, prateados e tons envelhecidos desfilaram nas passarelas das duas principais semanas de moda do país. E engana-se quem pensa que os tecidos metalizados estão ligados obrigatoriamente a tendências que remetem ao futurismo ou às tecnologias. Outro tabu que vem sendo quebrado é o que restringe o uso dessas peças à noite e, principalmente, às ocasiões formais. Inspire-se no styling das passarelas e confira como os metalizados acrescentam brilho às principais tendências do inverno.

imagens: ffw.com.br

Alexandre Herchcovitch

38

Bianca Marques

OURO Discretos pontos dourados iluminam o tricô feminino da Bianca Marques. Dourado texturizado, combinado ao laranja, no inverno oriental da Patachou e sem detalhes na alfaiataria da Alexandre Herchcovitch.


Moda

imagens: ffw.com.br

PRATA Modelos estruturados da coleção inspirada nas roupas de astronautas da Coca-Cola Clothing, e em proposta clássica na passarela de André Lima. No vestido Tufi Duek, o prata é misturado com o preto, em detalhes e acessórios.

Coca-Cola Clothing

André Lima

Tufi Duek

39


Moda BRONZE Bronze e tons “enferrujados” ou avermelhados aparecem em coleções com referências culturais na Coven, onde uma das inspirações é a civilização Maia, e na Animale, que tem como referência antigas roupas e jóias russas; e tiram o rock do óbvio na coleção da Iódice.

Iódice

40

Animale

imagens: ffw.com.br

Coven


Moda E NOS PÉS... IVY LEMES

Samuel Cirnanck Ellus

imagens: ffw.com.br

Neon Patachou

O metalizado das roupas ganha espaço nos calçados. Diferentes detalhes em dourado enriquecem os modelos para o próximo inverno. Quem não gosta dos modelos inteiros, como os desfilados na Neon e Samuel Cirnansck, pode apostar em sapatos onde apenas o salto é dourado. Eles apareceram na passarela da Patachou e da Ellus.

41


Moda

Nas tradicionais ponteiras, o dourado também predomina. A boa notícia é que elas estão presentes não apenas em sapatos delicados, como o do desfile da Andrea Marques. Em proposta hi-lo, a Ausländer aplicou o detalhe em botas rústicas.

Andrea Marques

Ausländer

42

Alexandre Herchcovitch

imagens: ffw.com.br

Para começar aos poucos, os pequenos detalhes da passarela de Alexandre Herchcovitch e Huis Clos são uma boa pedida. A primeira – que também apresentou modelos com ponteira – traz um delicado metal acompanhando parte do solado, e a segunda, inseriu metais na sola.

Huis Clos


Moda ANOTE! IVY LEMES

• Costura exposta

Ellus

Herchcovitch

Há algum tempo a costura não é apenas função. Pespontos coloridos, grandes, ou que preenchem boa parte das roupas ou acessórios são utilizadas como detalhe estético para transformar o básico. Na Herchcovitch, a costura forma listras no jeans; e na Ellus, pontos grandes costuram recortes.

imagens: ffw.com.br

43


Moda • Pernas “de fora”

imagens: ffw.com.br

Saias longas ou médias e transparentes deixam as pernas à mostra com muito charme. O modelo feito em tecido fino, com o forro cobrindo apenas o necessário – ou acompanhada de hot pants -, é uma ótima pedida para dias de outono ou em locais sem inverno rigoroso.

Alexandre Herchcovitch

44

Cori


Moda

• Lente de aumento

imagens: ffw.com.br

Designers conceituados voltaram a apostar em conjuntos nas últimas temporadas, e quanto o assunto é estampa o truque fica por conta do tamanho dos desenhos. O novo conjunto coordena a mesma estampa em tamanhos diferentes, onde uma das peças ou algum detalhe, no caso de peças únicas, traz o padrão aumentado.

Andrea Marques

Printing

45


Moda

3&3

IVY LEMES

COORDENAÇÃO DE CORES

Colcci

Alexandre Herchcovitch

46

Andrea Marques

imagens: ffw.com.br

Andrea Marques escolheu o azul para colorir dois neutros do inverno: caramelo e ferrugem. As duas cores estão em alta, e outras boas opções para esquentar a dupla são o amarelo e o pink. O roxo berinjela também é tendência. Na passarela da Alexandre Herchcovitch, uma combinação fácil e clássica acrescentando marrom e bege em mais de uma tonalidade. Marrom escuro e verde militar são clássicos do inverno. Para deixar a composição chique invista no vermelho, que pode estar na roupa, nos acessórios ou na maquiagem, como na Colcci. Não faltam tons para escolher.


Moda

TRUQUES

imagens: ffw.com.br

Assimetrias estão na moda, mas não é necessário ter uma peça com a barra desigual para apostar nessa tendência. O desfile da Cantão ensina a colocar apenas um lado da camisa para dentro, deixando uma ponta do lado de fora. Fica despojado e chique. Linhas verticais alongam a silhueta e geometrias estão na moda. Porém, a linha não precisa ser necessariamente parte da roupa. Para criar esse efeito, use casacos abertos, formando um retângulo sobre a peça de baixo. Na Ellus a pele faz parte da peça, mas inspira um bom truque para acessórios. Se o cachecol ou a gola de pele parecem exagerados demais, coloque-os em baixo da gola do colete ou casaco.

Cantão

Alessa

Ellus

47


Moda

DA ESTAÇÃO PASSADA IVY LEMES

imagens: ffw.com.br

Colcci - Verão 2012

48

Juliana Jabour - Inverno 2012

PINK: O pink, e as outras cores fortes do verão, são camufladas por cores escuras no inverno. Para evitar um contraste muito forte, evite o preto. Azuis e roxos são cores em alta que funcionam ao lado do rosa.


Moda

imagens: ffw.com.br

RENDA COLORIDA: Para ganhar cara nova, as peças de renda colorida podem ser cobertas por uma camisa transparente. Outra opção é utilizar uma peça de alfaiataria opaca, deixando apenas a barra de renda à mostra.

Giuila Borges - Inverno 2012

Iódice - Verão 2012

49


Moda MINI-VESTIDOS OU TÚNICAS: Aproveite o mini comprimento dos vestidos ou as túnicas para coordenar com as saias longas e transparentes. A cintura baixa da década de 1920 está com tudo.

50

Giuila Borges - Inverno 2012

imagens: ffw.com.br

Osklen - Verão 2012


Moda MELINDROSA MODERNA IVY LEMES Quando o espartilho sai de cena, a cintura desce e o corpo feminino se esconde em vestidos “sem forma”. As curvas deixam de ser o principal atrativo feminino, em uma época onde as mulheres são inseridas no mercado de trabalho e passam aproveitar a vida noturna. A funcionalidade exigida pelas mulheres que dirigem suas próprias vidas no período pós Primeira Guerra Mundial é encontrada nas linhas retas das artes decorativas, oficialmente apresentadas durante a Exposição Internacional de Artes Decorativas, realizada em 1925, em Paris. Ao contrário do movimento Art Nouveau, que trabalha com formas orgânicas, o Art Déco é construído a partir de diversos movimentos artísticos do início do século XX ligados à modernidade, ao industrial e às formas geométricas. Além do cotidiano agitado, os momentos de lazer e principalmente a dança pediam roupas leves para a liberdade de movimentos. A indústria do espetáculo era crescente, e o “desejo de divertimento assumia proporções jamais vistas”, como conta o livro História da Moda do Século XX, de Gertrud Lehnert (Editora Könemann, 2001). Apesar da silhueta parecer austera, o movimento das franjas e os ornamentos decorativos chegam para descontrair o inverno 2012. Como não poderia deixar de ser, o revival tem seu toque atual: metalizados fazem com que os franjados, antes étnicos, pareçam produto da tecnologia.

51


imagens: ffw.com.br

52 Animale

I贸dice

Espa莽o Fashion

Moda

Coven


Juliana Jabour

Triton

Patachou

imagens: ffw.com.br

Moda

Maria Bonita

53


Moda

FORA DO ESCRITÓRIO

IVY LEMES

As bolsas que lembram pastas de escritório passeiam também fora dele, ganhando cores fortes, combinações inusitadas, e tamanho maxi.

2nd Floor

imagens: ffw.com.br

Triton

54

Uma


Moda

ALTA COSTURA, ALTA FANTASIA

MANOELE LUIZE

A sala fica escura, a iluminação sobe, a música começa e as modelos saem do backstage. Podia ser qualquer desfile, mas é alta costura, no clima mágico de Paris. O número de consumidores reais de alta costura no mundo inteiro é um grupo muito pequeno, imagine isso em um mundo com mais de 7 bilhões de habitantes. O valor despendido na criação de uma coleção de alta costura, no seu cenário, trilha sonora, iluminação e, claro, as mais famosas top models, e também as mais caras do métier, é enorme. O valor de uma peça apresentada em um desfile desses, também é enorme, imagine algo a partir de $25.000 por um vestido de alta costura, esse provavelmente será um vestido básico, pois os valores podem ter ainda mais casas decimais e chegaram a milhões de dólares por uma única peça. O que resta para mais de 7 bilhões de habitantes, que não fazem parte desse seleto e super privado grupo, é sonhar, por isso toda uma fantasia existe em volta de desfiles de alta costura. Esses desfiles também servem como forma de divulgação da marca, afinal, as coleções de prêt-a-porter possuem um público bem maior, ou ainda, o de perfumes e maquiagens, itens bem mais acessíveis. John Galliano não pode deixar de ser citado quando se fala em drama na passarela, com suas criações incríveis para a linha de alta costura da Dior, durante o tempo em que esteve à frente da direção criativa da marca, seus desfiles shows sempre foram parte dos highlights das temporadas. Um verdadeiro show era criado, não só as roupas eram uma fantasia, era construído todo um cenário, uma trilha sonora e até mesmo a coreografia das modelos eram integrantes para transportar quem assiste a um

55


Moda

novo mundo durante o tempo do desfile. Com Galliano afastado da moda, vimos mais uma semana de alta costura sem tantos mundos de fantasia. Nessa temporada de Primavera/Verão conhecemos uma alta costura mais “pé no chão”, mais real e menos conceitual. Elie Saab

Armani Privé

Giambatista Valli

Chanel

Maxime Simoens

imagens: ffw.com.br e style.com

Elie Saab

56


Internacional VESTIR O FADO BÁRBARA MENDONÇA

O Fado, típico estilo musical português, foi recentemente adicionado à Lista do Patrimônio Cultural da UNESCO. O triângulo entre fado, moda e música é tão apertado e sincronizado mas parece que ninguém o reconhece ou se deixa envolver. Por isso mesmo,o que vou trazer aqui hoje é a minha maneira de “vestir” o Fado. Hoje em dia, temos artistas portugueses que re-inventaram o gênero e deram-no a conhecer à nossa geração não só aqui em Portugal, mas também noutros cantos do mundo. Falo de grandes fadistas portugueses dos quais destaco os meus preferidos Mariza, Carlos Paredes, Carminho e Camané. Mas agora passando à moda! Fado é tradição. É preto. É vinho tinto. É voz e alma. É Saudade. É Portugal. Apesar disso, eu ainda acho que o Fado não se consegue explicar nem ter um próprio estilo, limito-me a ouvir e sentir. Acho que temos de re-adaptar esta tradição aos dias de hoje sem esquecer a sua mensagem. Inspira-te em algumas peças criadas por estilistas portugueses na última moda Lisboa Outono/Inverno 2011-12 bem ao estilo do Fado Português. As minhas preferências vão para:

57


58

imagens: reprodução

Katty Xiomara

Luís Buchinho

Ana Salazar

Nuno Baltazar

Internacional


Filipe Faísca

imagens: reprodução

Ricardo Preto

Miguel Vieira

Internacional

Daqui para o Brasil vai a mensagem: Ouve, sente e veste o fado!

59


Internacional VERSALHES, MUIT O ALÉM DA GALERIA DE ESPELHOS

fotografia: Manoele Luize

MANOELE LUIZE

Muita gente já ouviu falar do Palácio de Versalhes, próximo à Paris, um castelo luxuoso com criação atribuída ao reinado de Luís XIV. Mas nem todos sabem que os domínios de Versalhes não oferecem apenas um castelo para visitar e sim três, incluindo 67 escadas, 200.000 árvores e 2.153 janelas, sem contar os vários bosques e jardins, além de uma mini-aldeia que fora construída para a rainha.

60


Internacional

imagem: chateauversailles.fr

O Palácio de Versalhes é o mais conhecido entre eles, os outros são: Grand Trianon e Petit Trianon, todos, além de já serem obras da arquitetura em si mesmos, abrigam uma enorme coleção de obras de arte e podem trazer novas exposições temporárias. No verão francês do ano passado o Grand Trianon foi o local escolhido para a incrível exposição “Le XVIIIe siècle au goût du jour”, que apresentou a influência do século XVIII na moda contemporânea, trazendo vestidos originais do século (a inspiração) e os modernos criados por estilistas como Karl Lagerfeld para Chanel, Yves Saint Lauren, Pierre Balmain, Comme des Garçons, Vivienne Westwood, Jean Paul Gautier, Alexander McQueen para Givenchy, entre outros. A sala mais famosa do Palácio de Versalhes é, sem dúvidas, a Galeria de Espelhos. Com seus 73 metros de comprimento, a sala já foi palco de momentos históricos, como a assinatura do Tratado de Versalhes em 1919. O Palácio compreende uma variedade de quartos e salas, como o grande apartamento da rainha, o do rei, apartamentos do dauphin e dauphine, e muitos outros. Se houver tempo disponível prepare-se para passar o dia nos domínios de Versalhes e andar bastante. Ao passear pelos jardins, além de flores e fontes, muitas estátuas e esculturas fazem parte da paisagem.

Galeria de Espelhos

61


Internacional

imagem: chateauversailles.fr

A ostentação e o dourado, presente em larga escala no palácio principal, continuam no Grand Trianon. Destaque para a Galerie des Cotelle que tem em suas paredes vinte e quatro quadros que retratam os bosques de Versalhes do século XVII.

62


fotografia: Manoele Luize

Internacional

O Petit Trianon ficou conhecido como parte dos domínios de Maria Anonieta, apesar de ter sido construído para Madame Pompadour, e possui um estilo arquitetônico diferente dos outros, ele foi criado em um formato cúbico e com linhas puras, seu interior traz paredes em tons pastel, mais uma referência de Maria Antonieta que ficou para a história. A famosa pintura da rainha por Élisabeth Vigée-Lebrun “Marie-Antoinette à la rose” é uma das obras expostas no pequeno château.

63


Internacional

fotografia: Manoele Luize

A moda da ĂŠpoca pedia o retorno Ă  natureza, por isso, de 1783 a 85 foi criada uma pequena vila para a rainha, ela conta com doze casas e um lago artificial.

64


Editorial

C A

R N A V A L 65


66

Regata, R$ 29,00 Appalu; Biquíni, R$ 48,00, Composição; Colar, R$ 64,00, Gringa do Brasil; Pulseira, acervo.


Bolero, acervo; Biquíni, R$54,00, Composição; Vestido longo usado como saia, R$89,00, Appalu; Cinto, acervo; Colar, R$90,00, Gringa do Brasil; Corente, acervo; Máscara, acervo.

67


68

Top, R$100,00, Sinistra na Gringa do Brasil; Biquíni, R$ 45,00, Composição; Saia, R$ 50,00, Appalu; Pulseiras, acervo.


Biquíni (top), R$ 57,00, Composição; Biquíni (calcinha), R$ 48,00, Composição; Saia usada como vestido, R$ 230,00, Gabriela AB; Colares, acervo.

69


Vestido, R$200,00, Gabriela AB na Gringa do Brasil; Colar, R$70,00, Gabriela AB.

Ficha Técnica Produção e Styling: Anne Raysa, Ivy Lemes e Manoele Luize. | Direção de Arte: Manoele Luize | Fotografia: Monica Balestieri Berlitz | Tratamento de Imagem: Manoele Luize | Cabelo e Maquiagem: Tiago Souza (Palco Cabelereiros) | Modelos: Tatiane Alves e Camilla Dinis (MN Management International Models)


Biquíni, R$54,00, Composição; Saia longa, R$230,00, Gabriela AB; Colar, R$70,00, Gabriela AB.

71


Especial CARNAVAL NA PRAIA E LONGE DE RIO E SALVADOR

PAULA CÂNDIDO

Se você gosta de praia e pretende passar o carnaval longe do Rio de Janeiro ou das praias do nordeste, então se programe para conhecer Florianópolis, capital de Santa Catarina e um dos mais belos litorais brasileiros, apreciado por estrangeiros de todos os cantos do planeta. Carnaval. É uma palavra que lembra praia, agito e diversão. Mas há também os que preferem aproveitar a folga para descansar e economizar as energias para o longo ano que vem pela frente. Há quem diga que a rotina em Florianópolis só volta ao normal após o carnaval. E realmente é verdade. Com praias lindas e um clima acolhedor, que vai do agito de uma capital até a tranquilidade de uma cidade do interior, Floripa, como carinhosamente é chamada, está atraindo cada vez mais turistas para aproveitarem aqui seus dias de folga. Durante o dia é possível curtir muita coisa da Ilha da Magia. Surfar nas Dunas da Praia da Joaquina, almoçar e curtir a bela paisagem em um dos restaurantes localizados na Lagoa da Conceição.

74

Dunas da Praia da Joaquina


Especial Indo para o Norte da Ilha, estão alguns dos destinos mais visitados: Canasvieiras, Ingleses e Santinho. Mas com certeza nada chega perto da famosa Praia de Jurerê Internacional. Uma bela praia que atrai turistas de todos os lugares. O P12 é uma parada obrigatória para os baladeiros de plantão, um Day Club sofisticado que reúne os melhores DJ’s, com um ambiente moderno e um serviço de qualidade de frente para a praia de Jurerê. E para quem quer mais tranquilidade no Sul da Ilha temos o famoso Ribeirão da Ilha, um dos lugares mais antigos da Ilha, que além dos prédios históricos destaca-se por ser um dos maiores produtores de ostras do Brasil, e é também uma ótima opção gastronômica. E para curtir a night na ilha o El Divino, uma das casas noturnas mais frequentadas, e para quem curte um bom House é o lugar certo. E como estamos falando de carnaval, não podemos esquecer a Passarela Nego Querido onde as tradicionais Escolas de Sampa de Florianópolis e Região desfilam seu colorido e contagiam todos que vieram prestigiar o carnaval na ilha. Lagoa da Conceição

Praia de Jurerê

75


Entrevista SAIBA COMO PARIS INSPIROU O ESTILO DE ANA GARMENDIA A SSA entrevista Ana Garmendia, que revela um pouco mais sobre seu estilo. Ela é jornalista e fotógrafa de moda. Seus registros de desfiles e street style de Paris estão expostos em seu blog desde 1994, e também em sites dos principais veículos de comunicação de moda, como a Vogue Paris e Vogue Brasil. Além disso, também escreve para o jornal Gazeta do Povo, de Curitiba, cidade onde reside quando não está em Paris. Estamos falando de Ana Clara Garmendia, que nos concedeu uma entrevista sobre estilo e, como pioneira no assunto, até comentou sobre os blogs de moda.

fotografia: Ana Clara Garmendia

ANNE RAYSA

Clique da russa Ulyana Sergeenko por Ana Garmendia na semana de moda Paris. Clique aqui para acessar a foto no blog.

76


Entrevista

fotografia: Ana Clara Garmendia

Ana revelou que a moda em Paris influenciou principalmente sua maneira de olhar para a moda e se relacionar com ela. “Fiquei mais cool, acho que tem a ver com maturidade na vida também, aprendi a me conhecer melhor”, afirma. E observando o estilo das francesas, Ana diz que usa uma roupa para fortalecer os seus pontos fortes. Ponto para ela! Quando questionada sobre a diferença entre o estilo das francesas e das brasileiras, ela afirma que aquelas possui uma relação diferente com a roupa, uma vez que são mais ousadas (e nem por isso vulgares) e que o ponto principal é que a intenção é mostrar a roupa e brincar com isso. E se para as francesas, o ponto forte é ter a mente mais aberta, para as brasileiras o foco é evidenciar o corpo. “O ponto forte das brasileiras é sua sensualidade, seu jogo de corpo com a roupa. Sua audácia”. Perguntamos a ela quais são seus ícones de estilo aqui no Brasil e na França, e a resposta foi incisiva: no Brasil, apesar de não ser brasileira, Costanza Pascolato, já na França, são muitas. “A gente vê mulher elegante em todo canto e de todas as idades. A elegância é cultural. Vem de pequeno”. O que nos dá uma nítida ideia de como foi importante a convivência com as francesas para a maturidade do estilo da jornalista.

Costanza Pascolato posando para as lentes de Ana. Clique aqui para acessar a imagem no blog.

77


Especial Ana Garmendia possui uma madura relação com a internet também, e principalmente com blogs de moda, já que desde 1994 possui o endereço eletrônico www.anaclara.com.br, e que desde 2006 se tornou em blog. Lá, ela publica importantes registros e fotos do street fashion de Paris e dos grandes desfiles internacionais, como os de Chanel das fashion weeks e os intimistas da Dior. Aproveitando toda essa experiência, perguntamos qual a visão dela sobre os blogs de moda: “Como pioneira na internet e nos blogs, posso dizer que houve uma grande ruptura no mercado e no jornalismo de moda depois desse boom”, afirma. E complementa lembrando que, assim como aconteceram coisas boas, como um open mind em relação ao assunto, houve também aqueles que vulgarizaram o assunto e deram espaço ao que ela chama de egosfera: “algo quase insuportável que desvirtuou o sentido mais sócioeconômico-cultural da moda”. E para finalizar, não pudemos deixar de perguntar qual sua foto preferida, aquela que representa exatamente o seu estilo. Ela afirma que tem algumas, como uma feita num desfile da Chanel e também uma feita por sua sobrinha, Luiza, em Curitiba. “Estou com uma saia Vivienne Westwood e é uma das minhas preferidas”.

Ana Garmendia posa com sua primeira saia Vivienne Westwood. Clique aqui para acessar a imagem no blog de Ana Garmendia.

78


Decoração O TRABALHO É EM CASA E É UMA DELÍCIA Deixar aquele seu cantinho do trabalho (ou estudo) a sua cara é fácil, é só achar seu estilo. E para lhe ajudar, a SSA traz nessa edição dicas para deixar o seu Home Office mais confortável e estiloso. São cada vez mais freqüentes as ofertas de trabalho em casa. Consultorias, assessorias e diversos projetos, não importa a profissão, a moda – para o bem da praticidade, é trabalhar (e estudar) em casa. E nada melhor do que trabalhar em um cantinho que além de confortável, recebe a decoração de acordo com o seu gosto pessoal e estilo. Minimalista: Branco, organizado e apegado aos detalhes. Geralmente é a melhor opção para pessoas que apreciam a organização e harmonia no trabalho.

imagem: reprodução

ANNE RAYSA

79


Estampados: Contemporâneo e prático. Essas características estão presentes nos objetos de cores fortes, como poltronas estampadas e quadros de pop art.

80

imagens: reprodução

Decoração


Decoração

Happy: Trabalhar de frente para uma parede colorida deixa o trabalho muito mais divertido. Por isso, cores quentes ou papéis de parede são uma ótima opção para alegrar o ambiente.

imagens: reprodução

Organized: Para quem é (ou tenta) ser organizado, nada melhor que caixas (definidas por cor) e prateleiras com divisórias ao redor da mesa.

81


DIY MASCARADA

fotografia: Manoele Luize

MANOELE LUIZE

Máscaras de carnaval podem ser tão divertidas e impactantes quanto uma fantasia completa, principalmente se a escolha for por um visual um pouco mais sofisticado. Na hora de escolher uma, pode-se comprar uma pronta ou usar do faça você mesmo. Nessa edição da Saia e Salto Alto em que celebramos o carnaval, o DIY ensina como fazer uma máscara para aproveitar essa festa.

82


Materiais:

DIY

• Papel Metálico da cor escolhida • Papel cartão • E.V.A • Cola, ela deve ser daquela que fica transparente quando seca • Acessórios como penas, lantejoulas, pérolas ou purpurina para decorar • Elástico ou palito de churrasco

Você pode escolher comprar um modelo pronto básico e customizar do seu jeito. Para adaptar tendência de moda até no carnaval, a escolha é o glitter, acessórios com glitter são os acessórios da vez. É bem simples: espalhe a cola por toda a superfície da máscara e depois espalhe a purpurina por cima. Aguarde secar, retire o excesso da purpurina virando a máscara de cabeça para baixo, se estiver faltando em algum pedaço, repita a operação.

fotografia: Manoele Luize

Opção 01: Customizar

83


fotografia: Manoele Luize

DIY

Outro modo de customizar, é colocando uma pena de um dos lados da máscara para dar um acabamento diferenciado. Você encontra penas em lojas que vendem peças e acessórios para bijuterias. É interessante finalizar com algum acessório no final da pena, para ficar bem acabada, como lantejoulas ou pedras.

84


DIY Opção 02 : DIY - Começar do zero.

Desenhe o formato desejado no papel cartão. Em geral o papel metálico mais comum vendido em papelarias não é muito grosso, por isso é preciso colá-lo sobre o papel cartão, caso o que você utilizará seja de uma espessura maior, desenhe diretamente no verso do papel metálico.

fotografia: Manoele Luize

Se preferir, você pode utilizar o mesmo modelo da foto baixando o desenho aqui. Você também pode criar seu próprio desenho ou se inspirar nos inúmeros formatos tradicionais.

Antes de recortar seu modelo do papel cartão, é mais fácil colar o papel colorido antes, assim você já recorta ambos em uma vez só. Lembre-se de deixar o lado com o desenho aparente para você se guiar na hora de cortar.

85


fotografia: Manoele Luize

DIY

Uma máscara básica já está pronta. Agora vamos decorá-la. Decore como preferir, aqui foram usadas uma espécie de lantejoula furta-cor, em um tamanho maior do aquela que encontramos em roupas, como o típico paetê. Encontra-se à venda em loja de peças e acessórios para bijuterias.

86


DIY

No lugar do típico elástico de máscaras, por que não colocar um palitinho como apoio? Para lembrar dos antigos bailes de máscaras, cole um palito de churrasco ou, como usado aqui, uma pulserinha daquelas de festa que brilha no escuro (não a dobre para não ficar marcada).

Meça o tamanho do elástico necessário e passe-o pelos furos, faça um nó na parte de trás da máscara para evitar que ele se solte. No lugar do elástico, pode-se usar um fio de silicone transparente, para ficar mais discreto.

fotografia: Manoele Luize

Na busca por uma máscara mais divertida, use um E.V.A colorido. Desenhe o formato escolhido diretamente no material. Recorte. Faça dois furos pequenos de cada um dos lados, nos cantos da máscara para passar o elástico.

87


DIY

Para esconder os furos, na parte da frente, cole uma lantejoula em cada um dos lados.

fotografia: Manoele Luize

Caso deseje, decore toda a linha da frente com lantejoulas.

88


fotografia: Manoele Luize

DIY

89


ANIMAL

UM ALERTA PARA A OBESIDADE ANIMAL

DANDARA

E então o ano se inicia. As férias, para quem tem, são bem aproveitadas, novos projetos surgem, e é claro que o período é marcado pelas famosas resoluções. Melhorar a alimentação, maneirar nas guloseimas, implementar exercícios físicos à rotina, eliminar alguns quilinhos na balança. Tudo isso faz parte da listinha que elaboramos ao final de um ano e início de outro, buscando melhorias em nossas vidas. Mas será que somos somente nós que precisamos aderir a um estilo de vida mais saudável? Basta prestar atenção ao redor para descobrir que isso não é verdade. E nem é necessário sair de casa. O quintal, o sofá, o tapete ao lado da cama. Esses são os locais, entre inúmeros outros dentro de nossas moradias, habitados pelos nossos melhores amigos não humanos. A correria a que nos submetemos diariamente permite que prestemos atenção a sua alimentação e condições físicas? O sobrepeso animal exige sim nossa preocupação. Primeiramente porque pode favorecer o aparecimento de doenças como a hipertensão e a lipidose, sendo esta segunda comum em gatos obesos que passaram por algum período de jejum. Por conta disso, o organismo tenta dispor das reservas corpóreas, sobrecarregando o fígado com o excesso de gordura. Além disso, o sobrepeso pode se combinar com características raciais, como o tronco comprido e pernas mais curtas encontrados no Dachshund, predispondo o aparecimento de problemas na coluna, por exemplo. O sobrepeso, ainda, pode mascarar uma infinidade de outras enfermidades como a diabetes e o hiperadrenocorticismo, uma doença endócrina causada pela produção exagerada de cortisol no organismo. Todas essas doenças podem abreviar a vida dos nossos companheiros, além de torná-la mais difícil. A obesidade nos nossos animais deve ser tratada com seriedade, e com

90


a consciência de que somos os únicos que podem fazer algo a respeito. Diferente do que acontece quando temos aquele pneuzinho a mais, ou quando existe uma ocasião num futuro próximo na qual queremos estar mais magros ou magras, os animais não têm essa consciência. Seu potencial e forma física dependem diretamente de nós, os humanos que os abrigam e alimentam. Sabendo disso, a primeira coisa que se deve ter em mente é que a orientação de um profissional, o médico veterinário, é indispensável na adoção de uma dieta ou rotina na vida dos nossos animais. Isso é de extrema importância, já que somente o profissional habilitado pode fornecer as informações adequadas e estabelecer um plano de ação, visando a saúde e o bem-estar animal acima de tudo. Outra coisa importante a se ter em mente é que cada animal é um indivíduo, portanto as dietas e rotinas devem ser também individuais. Além disso, deve-se levar em conta que nós, os proprietários, também temos nossa rotina, e esta deverá ser integrada harmoniosamente com o novo plano de alimentação e exercícios pretendido. Independente das orientações, alguns pontos são comuns. Duas a três refeições diárias, caminhadas leves sempre que possível e algumas brincadeiras são sempre bem-vindas. Dessa forma, além de prestarmos mais atenção aos pequenos, também garantimos sua saúde.

imagem: Chris Johnson sxc.hu

ANIMAL

91


CRÔNICA

SINÔNIMOS FRAN FREIRE

Uma vez ouvi dizer que o grupo Chiclete com Banana tinha o trio elétrico de maior popularidade baiana e que arrastava multidões de todo o país. Chiclete com Banana é sinônimo de festa, tradição e Carnaval na Bahia. No sul não é habitual pensar em Carnaval. Quer dizer, não em Carnaval com direito a blocos de quinhentos mil integrantes, enredos sobre a história dos clipes de papel e pessoas chorando por dois milésimos de pontuação a menos do que a escola campeã. Na verdade, nem trio elétrico que arrastem pessoas e levem multidões à loucura é habitual por aqui. Digamos que para os sulistas ‘verão’ seja sinônimo de praia e ‘chiclete com banana’ seja o que mais se aproxima da definição do Bubbaloo amarelo dos anos 90. Ok, sem generalizar, há quem conheça duas, talvez três músicas da banda... Daquelas advindas de uma infância remota e repleta de singles do É o Tchan – daquelas músicas que os karaokês bregas insistem em deixar na lista de canções, embora eu não consiga entender qual é o sentido de deixar músicas desconhecidas em karaokês. Se bem que ninguém mais canta em karaokê, hoje em dia. Seguindo a lógica “verão no sul é sinônimo de praia”, teríamos surfistas loiros e gatos, no litoral de Santa Catarina. Jovens (ou meias idade?) da geração Armandinho, no litoral do Rio Grande do Sul. E, para completar, todos que não têm dinheiro para uma viagem mais “adequada”, no litoral do Paraná. Um dos motivos: as praias do Paraná não têm areia. Afirmação complicada e difícil de ser estabelecida cientificamente. Afinal, de acordo com o Wikipedia: “Uma praia é uma formação geológica composta por partículas soltas de rocha tais como areia, cascalho, seixo ou calhaus ao longo da margem de um corpo de água...”. O fato é que não existe nada de excepcional em passar temporadas de veraneio em praias paranaenses, então, a “elite curitibana” vai para Santa Catarina. Ouvi dizer que Dalton Trevisan está entocado pensando em um enredo

92


CRÔNICA para o título “Bombinhas, o paraíso do vampiro”, mas deve ser difícil competir com Twilight, agora que as deidades demoníacas temidas por aborígenes orientais e americanos brilham no sol. Em outras palavras, seria difícil esconder o “Vampiro de Curitiba” em Balneário Camboriú. Voltando ao centro de exploração das perspectivas folclóricas nacionais, ao qual vampiros americanos não pertencem, temos algumas regiões sustentadas por terra firme que não dispõe de rápido acesso ao litoral. Minas, Roraima e Goiânia, por exemplo. Eu gostaria de saber o que os estados sem praia e sem grandes blocos carnavalescos fazem no Carnaval – se bem que, alguma síndrome de perseguição possa apontar sem demora que a única capital do país a não ter um carnaval “digno de brasileiros” seja a minha (e a do Acre, claro). O fato é que nem todo mundo gosta de Chiclete com Banana. Nem todo mundo gosta de Carnaval. Nem todo mundo gosta de praia. De sol. De mar. De suar feito um porco no espeto, bebendo cerveja, dançando Michel Teló e usando protetor fator 90, enquanto o fedor de peixe invade as narinas e crianças de pais desconhecidos gritam e correm na areia. Alguns amantes do rock costumam dizer que não suportam o verão e o Carnaval, o que eu atribuo a alguma síndrome europeia não identificada ou inexplicável em âmbitos acadêmicos, já que meia dúzia de roqueiros de terras não tupiniquins se sentem, digamos, atraídos pelo Carnaval (carioca). Verão e carnaval juntos têm outros sinônimos, tipo: férias e música grudenta. Um milhão de carros estacionados ao redor da praia, garotas com corpos esculturais, caras com óculos de sol e calções estampados, todo mundo de Havaianas e o som tocando no último volume – entre uma e outra música desconhecida do cantor/banda sensação, àquela que faz a cabeça do povão na estação mais esperada (?) do ano. Na verdade, para mim, Carnaval é sinônimo de início de ano. Só importa que a festa não termine tão cedo, porque depois da quarta-feira mais esperada das comunidades do Rio e São Paulo, chega a quinta-feira que inicia o ano de fato. E até lá estamos livres do assunto “Fim do Mundo Maia” ocupando tendências do Twitter.

93


Saia e Salto Alto - 4a. Ediçao - Fev/Março 2012