Page 1

Novena à Bem Aventurada

Madre Maria Pia Mastena

5º Dia

Uma jovem planta regada na fé.


1. Refrão Contemplativo - A Face do meu Senhor/ a Face do meu Senhor / Eu a contemplarei. - A Face do meu Senhor/ a Face do meu Senhor/ sempre e sempre amarei. 2. Jaculatória - Esta é a geração dos que o procuram, dos que buscam a tua Face, ó Deus de Jacó. 3. Comentário introdutório Pres. – Queremos rezar hoje neste 5º dia de nossa novena, especialmente pela família que nos acolhe. Pedimos que a intercessão de Madre Mastena, conduza sempre na fé e na saúde os moradores desta casa. E a nós, o amor e fidelidade evangélica para continuarmos seguindo as marcas de Madre Mastena 4. Invocação ao Espírito Santo - Pai em nome de Jesus, dai-nos o Espírito Santo. (3x) - A nós descei, Divina Luz! A nós descei, Divina Luz! Em nossas almas acendei, O amor,

o amor de Jesus! Em nossas almas acendei O amor, o amor de Jesus! - Vinde, Santo Espírito, e do céu mandai / Luminoso raio, luminoso raio! - Vinde, Pai dos pobres, doador dos dons / Luz dos corações, luz dos corações! - Grande defensor, em nós habitai / E nos confortai, e nos confortai! - Na fadiga, pouso; no ardor, brandura / E na dor, ternura, e na dor, ternura! 5. Abertura - Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! (bis) - Vem, não demores mais, vem nos libertar! (bis) - Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito. (bis) - Glória a Trindade Santa, glória ao Deus bendito! (bis) - Aleluia, irmãs, aleluia irmãos! (bis) - Com Madre Mastena a Deus louvação! (bis) 6. Recordação da Vida


Pres. – Queremos refletir hoje o seguinte tema: Um jovem planta regada na fé Leitor 1 - Irmã Passitea entra no querido ninho das monjas e lá encontra finalmente repouso e paz para o seu espírito cansado da dura luta. Longe da tempestade deixada fora, ela se entrega à contemplação da Vítima Divina e goza a intimidade do seu Esposo. Leitor 2 - O dia 02 de junho, faz a vestição religiosa, o Bispo mesmo preside a Celebração. Ela tomou o nome de Maria Pia para lembrar o grande Papa Veneto, Pio X. Leitor 3 - Irmã Maria Pia intergrou-se muit bem na vida contemplativa, mostrando especial fervor pela Eucaristia, pela Paixão de Jesus e pela Santa Face. Recebeu encargos de dar aulas de Latim e canto litúrgico. Contudo, passou apenas 7 meses na clausura e a pedido de Dom Eugênio Beccegato, retorna a Miane para o ensino até que se complete o tempo de seu aposento. Leitor 4

- Em Miane, Irmã Maria Pia não encontra mais o carinho do povo que ela ama. As pessoas chamam-na de doida, é desprezada e até as crianças por incentivo dos adultos, jogam pedra nela. A bondosa Irmã aceita tudo silenciosa e amavelmente. Leitor 1 - Mais tarde, em Miane ela ganha novamente a admiração das pessoas. Passado o ano escolar é transferia para Carpesica. Tomando conta das atividades da Paróquia, os fiéis encontram em Maria Pia uma fervorosa animação e organização, e desejam que seja lá a fundação do Instituto. Leitor 2 - Mas não era a vontade de Deus que Carpesica fosse a terra escolhida. Mais tarde, com o incentivo do Bispo e auxílio de seu irmão advogado, Plinio Mastena compra uma casa perto da igreja. Os primeiros anos foram duros e cheios de dificuldades, especialmente pelos


turbulentos trabalhos realizados na escola. Leitor 3 - Lá, as crianças eram briguentas, não queriam estudar, faziam barulho, pulavam a janela para fazer graça. A paciência e a bondade da Madre transformaram aqueles inquietos e teimosos meninos, em bons e educados garotos. Perto dela, se tornavam educados e tranquilos e foi justamente estes, já homens casados que levaram, chorando, o fénetro da querida e saudosa Madre no dia de sua morte. Leitor 4 No fim de 1931, juntam-se à Madre lagumas jovens para dar vida a nova Instituição. Dom Eugênio, vendo que já era possível dar início a tão sonhada obra, concorda com a Madre para dar um curso de retiro espiritual e a vestição religiosas das primeiras filhas. Leitor 1 - O número de irmãs ia crescendo e a Madre precisava prepara a Regra de Vida a fim de

paresentá-la em Roma, à Sagrada Congregação dos Religiosos. A Madre se preparou para este importante trabalho com orações, vigílias e atos de heroica penitência. As filhas se untavam a ela rezando dia e noite para obter do Senhor o grande dom as Santa Regra. Leitor 2 - A Madre nas horas vagas o trabalho escolar e muitas vezes à noite, invocando a Luz do Espírito Santo e a ajuda de Jesus e da Virgem Maria, compôs as Constituições das Irmãs da Sagrada Face, que as fundamenta na caridade. Leito 3 - Uma frase da Regra Primitiva é esta: “O vínculo da caridade deve ser mais forte que o de sangue, para fazer de muitos corações, um só coração e de muitas almas, uma só alma”. Leitor 4 - O diabo invejoso o bem que a nova família religiosa iria fazer à Igreja de Cristo, aumentou a luta contra a Mdre Fundadora e o Bispo.


- Escreviam cartas à Sagrada Congregação dos Religiosos acusando a Madre com blasfêmias e calúnias, algumas vezes iam diretamente ao Bispo falarem mal da Madre. Essa empreitada foi organizada por uma professora que tinha inveja da Madre. Leitor 1 - Depois de idas e vindas a Roma para apresentar a Regra que era reprovda devido as acusações, certo dia ela mesma se dirigiu à Sagrada Congregaçãopara falar com o Monsenhor Pasetto, que vendo a fé dauela mulher, suave e forte, disse: “É chegado o momento de e acabar com estas cartas traiçoeiras”! Mostrou a ela todas as cartas com a assinatura das pessoas que as tinha escritas e com um gesto inspirado por Deus, rasgou tudo e disse: “Minha filha a tua fé te salvou”. Leitor 2 O Senhor quis provar a sua fé como a fé de Abraão no monte, quando ia sacrificar seu filho Isac, mandando-lhe o anjo consolador, para poupar-lhe a grande dor de

ver destruída a sua pequena e querida Congregção. Pres. Cantemos com alegria o nosso hino à Bem Aventurada Maria Pia Mastena 7. Hino - Na aurora do de um novo tempo, um sinal aparece reluz. Traz impresso no coração, a presença do doce Jesus. Nas marcas de Madre Mastena, continuamos a caminhada. Pra que seja em toda a Terra a Sagrada Face levada. - Fez em si um precioso sacrário. No silêncio gerou-se a missão. Que em meio a total tirania. Foi semente de libertação. - Propagar um projeto de amor. Reparando os rostos sofridos. Querendo restabelecer. Dignidade aos povos excluídos. - Heroína por suas virtudes. Caridade, esperança e fé. Merecendo a coroa da glória. Eis no altar uma santa mulher. - A cruz que levou em seu peito. Selava a promessa de amor. Bem no centro uma Face estampada. Fulgurando de Cristo o esplendor.


- Aclamemos com grande alegria. No céu brilha uma nova luz. É a Madre Maria Mastena, revelando ao mundo Jesus! Pres. - De pé, aclamemos a Palavra de Deus. 8. Acolhida da Palavra (Gênesis 22, 1-13) - Escuta Israel o Senhor é nosso Deus, um é o Senhor! Pres. – Tendo recebido a Palavra de Deus, partilhemos seus frutos. - Como vencer a fé diante das dificuldades? - Como faço para que minha oração ganhe forças? Pres. - Expressemos nosso ato de reparação à Face do Senhor que se apresenta a nós em diferentes meios e no rosto dos nossos irmãos e irmãs. 9. Ladainha da Sagrada Face - Senhor, tende piedade de nós! - Cristo, tende piedade de nós! - Senhor, tende piedade de nós! - Deus Pai do céu, tende piedade de nós!

- Deus Filho Redentor do mundo, tende piedade de nós! - Deus, Espírito Santo, tende piedade de nós! - Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós! - Sagrada Face revelada no rosto humano, piedade de nós! - Sagrada Face, desfigurada pela exploração, - Sagrada Face desnutrida pela fome, - Sagrada Face humilhada pelo desemprego, Sagrada Face julgada injustamente, - Sagrada Face expulsa de sua Terra, - Sagrada Face destruída nos jovens sem ideais, - Sagrada Face, abandonada nos sem voz e sem vez, - Sagrada Face explorada pelo consumismo, - Sagrada Face esmagada pelo poder e prepotência, - Sagrada Face marcada no rosto das viúvas e órfãos, - Sagrada Face sofrida na vida dos desabrigados e marginalizados,


- Sagrada Face que grita por dias melhores, - Sagrada Face refúgio para quem vos invoca, - Sagrada Face gozo e alegria dos anjos, - Sagada Face resplandecente na vida de Madre Mastena. - Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, mostrai-nos a Vossa Sagrada Face, volvei a nós a Vossa Sagrada Face, a fim de sermos salvos. Amém! - Ó Sagrada Face tende misericórdia deste teu povo esmagado, e apagai os nossos pegados. 10. Preces (espontâneas) - Senhor aumentai a minha fé. 11. Oração à Bem Aventurada Maria Pia Mastena - Senhor Jesus que chamaste Madre Maria Pia a ser um reflexo do teu amor para as famílias, os pobres, os doentes e os abandonados, ilumina o nosso coração a fim de que possamos reconhecer o teu rosto nos nossos irmãos e irmãs e dai-nos,

por seu exemplo e pela sua intercessão, realizar gestos de caridade e de esperança, para assim alcançarmos a plenitude da vida nova. Escuta a nossa oração por aqueles que desfiguram o teu rosto e pelos que não o reconhecem em cada pessoa. Faze que nós, com a ajuda da Bem Aventurada Maria Pia sejamos capazes de restabelecer a tua imagem impressa em todo homem e em toda mulher, desde a criação. Concede-nos também a graça que, por sua intercessão, confiante te pedimos. Amém. Pai Nosso, Avé Maria e Glória ao Pai. 12. Avisos 13. Pensamento da Bem Aventurada Maria Pia Mastena - “A porta dos céus não se abre que aos incansáveis nas fadigas, aos contentes nas angústias, aos confiantes na morte... E’ preciso, portanto trabalhar e lutar com a consciência de cumprir o próprio dever mesmo se este trabalho devesse custar-vos o sangue e a vida.”


14. Bênção: - O Senhor te abençoe e te guarde! Amém. - O Senhor faça resplandecer sobre ti o seu Rosto e te conceda a sua graça! Amém. - O Senhor volte para ti o seu Rosto e te dê a paz! Amém. - Que o Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém. 15. Canto de despedida - Nascidos do amor de Deus / Da ternura do seu coração / Cultivados no jardim do céu / Transplantados pra morar aqui / No meio desta multidão / Tenho um rosto que é somente meu / E o meu jeito de gostar da vida / É uma luz que no meu rosto brilha / E a certeza de que eu sou de Deus. Por isso eu canto esse amor que me fez / Que me fez ser assim tão feliz / Por seguir os teus caminhos / E vou falar do que eu sei, do que eu sou / E vou amar, teu amor me mandou, não vou sozinho / Comigo vai, vai comigo a tua paz. ***

5º dia da Novena da Bem Aventurada Maria Pia Mastena  
Advertisement