Issuu on Google+

Novena Ă  Bem Aventurada

Madre Maria Pia Mastena

3Âş Dia

A jovem Mastena e o ato de educar.

1


1. Refrão Contemplativo - O teu Rosto procuramos caminhando sobre a Terra / Cada rosto que encontramos te assemelha ó Senhor.

- A nossa noite vem, iluminar! - Nossa novena vem, iluminar!

2. Jaculatória - Glória, honra e reparação a vós, ó Rosto adorável de meu Jesus, graça e misericórdia para os pecadores.

- As nossas crianças vem, iluminar! - Os nossos jovens vem, iluminar!

3. Comentário introdutório Pres. – Sintamo-nos todos acolhidos pelo amor de Deus que se revela a nós pelo Espírito Santo e no Rosto de seu Filho Jesus. Estamos fazendo um percurso bonito, queremos continuar meditando hoje a atuação de Mastena nas escolas e no auxílio aos seminaristas. Foram tantas doações e gesto de caridade que levaram muitos responder suas vocações. No ensino, professora exemplar e dedicada, comprometida com o próximo, sem que pra isso lhe custes muito sacrifícios. 4. Invocação ao Espírito Santo - Pai em nome de Jesus, dai-nos o Espírito Santo. (3x) - Vem Espírito Santo vem, vem iluminar. (bis)

- As nossas famílias vem, iluminar! - Os nossos lares vem, iluminar!

5. Abertura - Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! (bis) - Vem, não demores mais, vem nos libertar! (bis) - Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito. (bis) - Glória a Trindade Santa, glória ao Deus bendito! (bis) - Aleluia, irmãs, aleluia irmãos! (bis) - Com Madre Mastena a Deus louvação! (bis) 6. Recordação da Vida Pres. – Continuando nosso itinerário, recordemos hoje a vida de Madre Mastena com o tema: A jovem Mastena e o ato de educar. Leitor 1 - Miane, uma cidade muito bonita aos pés da serra Dolomitica, lá, a Irmã Passitea ficou como Superiora até o ano de 1927. Era uma irmã muito estimada por

2


todos por suas qualidades e sua bondade, já neste tempo, a tinham como santa. Leitor 2 - A vida não era fácil e os cargos dela eram muitos: o ensino básico e a catequese, passando pela assistência aos doentes. A comida era sempre pouca e nesse aspecto as Irmãs conheceram uma autêntica pobreza. Mas para Irmã Passitea, qualquer sacrifício parecia-lhe coisa pouca. Leitor 3 - Sua generosidade para com o povo era sem limites e a Madre Superiora era bem consciente de sua capacidade e do seu espírito de dedicação e de apostolado, por isso, a incentivava para que continuasse neste caminho de caridade para com os pobres, crianças, doentes, velhos, que sempre visitava e ajudava. Leitor 4 - Tinha uma especial dedicação para com os rapazes e moças, chamados ao sacerdócio e à Vida Religiosa. Ajudava-os tanto espiritual como financeiramente. Por ela foram ajudados 22 jovens para o sacerdócio.

Leitor 1 - Um fato marcante aconteceu com um jovem seminarista que tendo contraído tuberculose e já estando desanimado, pensava que morreria sem se tornar padre. Então para reanima-lo, a Madre tentava infundir-lhes coragem e que o mal não era tão grave, (mas era muito grave) assim para lhe dar certeza disso, ela bebia do mesmo copo, comia no mesmo prato que ele, e, tanto fez que o rapaz ficou bom e se tornou padre. Leito 2 - Irmã Passitea viveu em Miane uns 19 anos, dedicando-se a um intenso apostolado junto das alunas, de todas as idades, juntos dos que sofriam, dos doentes, dos carentes. Na escola era uma professora e educadora maravilhosa. Amava os seus alunos e por isso conseguia os frutos esperados, mesmo dos menos capazes. Tinha o dom da comunicação e de clareza quando explicava as matérias. Leitor 3 - Abriu um orfanato, uma creche, e uma escola noturna para os homens e depois da guerra, abriu também uma escola de

3


alfabetização para as mulheres que não sabiam ler e escrever. Neste tempo de intensa atividade enfrentou muitas dificuldades e bastante sofrimento, mas tudo superou com aquela fé em Deus, vida de oração e intimidade com Jesus Eucarístico e aquela coragem que marcaram toda a sua vida. Leitor 4 - Conta-se ainda que mesmo diante de tantos trabalhos com a escola e com a ação pastoral e o cuidado aos pobres, Irmã Passitea não cessava de dedicarse das horas do dia em oração e recolhimento interior. - A esse respeito escrevia ela mesma no seu diário: “uma

professora (mas era ela mesma), que tinha 70 alunos e três classes... que conseguia fazer mais de 400 pequenos sacrifícios por dia e a rezar mais de 2.000 jaculatórias” apesar de ter que ensinar, preparar as lições, cuidar dos doentes, etc...” Leitor 1 - Sobre o seu modo de educar, quando as crianças dava muito trabalho, costumava escrever

para os pais a seguinte recomendação: “Cara senhora, mando-lhes este bilhetinho para que seu filho dê um passeio e volte a estudar com mais vontade” - testemunha Irmã Fernanda. Pres. Cantemos com alegria o nosso hino à Bem Aventurada Maria Pia Mastena 7. Hino - Na aurora do de um novo tempo, um sinal aparece reluz. Traz impresso no coração, a presença do doce Jesus. Nas marcas de Madre Mastena, continuamos a caminhada. Pra que seja em toda a Terra a Sagrada Face levada. - Fez em si um precioso sacrário. No silêncio gerou-se a missão. Que em meio a total tirania. Foi semente de libertação. - Propagar um projeto de amor. Reparando os rostos sofridos. Querendo restabelecer. Dignidade aos povos excluídos. - Heroína por suas virtudes. Caridade, esperança e fé. Merecendo a coroa da glória. Eis no altar uma santa mulher.

4


- A cruz que levou em seu peito. Selava a promessa de amor. Bem no centro uma Face estampada. Fulgurando de Cristo o esplendor. - Aclamemos com grande alegria. No céu brilha uma nova luz. É a Madre Maria Mastena, revelando ao mundo Jesus! Pres. - De pé, com voz jubilosa, entoemos o nosso canto de aclamação ao Santo Evangelho. 8. Aclamação ao Evangelho (Lucas 1, 1-4;4,14-21) - Aleluia, Aleluia, Aleluia. - Foi o Senhora quem me mandou, Boas notícias anunciar; ao pobre, a quem está no cativeiro, libertação eu vou proclamar! PARTILHANDO A PALAVRA Pres. – Qual o processo educativo se enquadra na sociedade atual; um compromisso social, ou profissionalismo educativo? - De que forma podemos promover as vocações nos dias atuais? - Eu me comprometo com a educação dos outros, ou faço pouco caso?

- E as vocações, eu tenho rezado pelas vocações? Pres. - Expressemos nosso ato de reparação ao Deus que se revela de diferentes modos, em diferentes rostos, rezando a Ladainha da Sagrada Face. 9. Ladainha da Sagrada Face - Senhor, tende piedade de nós! - Cristo, tende piedade de nós! - Senhor, tende piedade de nós! - Deus Pai do céu, tende piedade de nós! - Deus Filho Redentor do mundo, tende piedade de nós! - Deus, Espírito Santo, tende piedade de nós! - Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós! - Sagrada Face revelada no rosto humano, piedade de nós! - Sagrada Face, desfigurada pela exploração, - Sagrada Face desnutrida pela fome, - Sagrada Face humilhada pelo desemprego, Sagrada Face julgada injustamente, - Sagrada Face expulsa de sua Terra,

5


- Sagrada Face destruída nos jovens sem ideais, - Sagrada Face, abandonada nos sem voz e sem vez, - Sagrada Face explorada pelo consumismo, - Sagrada Face esmagada pelo poder e prepotência, - Sagrada Face marcada no rosto das viúvas e órfãos, - Sagrada Face sofrida na vida dos desabrigados e marginalizados, - Sagrada Face que grita por dias melhores, - Sagrada Face refúgio para quem vos invoca, - Sagrada Face gozo e alegria dos anjos, - Sagada Face resplandecente na vida de Madre Mastena. - Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, mostrai-nos a Vossa Sagrada Face, volvei a nós a Vossa Sagrada Face, a fim de sermos salvos. Amém! - Ó Sagrada Face tende misericórdia deste teu povo esmagado, e apagai os nossos pegados. 10. Preces (espontâneas) Nós te damos muitas graças, te louvamos ó Senhor.

11. Oração à Bem Aventurada Maria Pia Mastena - Senhor Jesus que chamaste Madre Maria Pia a ser um reflexo do teu amor para as famílias, os pobres, os doentes e os abandonados, ilumina o nosso coração a fim de que possamos reconhecer o teu rosto nos nossos irmãos e irmãs e dai-nos, por seu exemplo e pela sua intercessão, realizar gestos de caridade e de esperança, para assim alcançarmos a plenitude da vida nova. Escuta a nossa oração por aqueles que desfiguram o teu rosto e pelos que não o reconhecem em cada pessoa. Faze que nós, com a ajuda da Bem Aventurada Maria Piam sejamos capazes de restabelecer a tua imagem impressa em todo homem e em toda mulher, desde a criação. Concede-nos também a graça que, por sua intercessão, confiante te pedimos. Amém. Pai Nosso, Avé Maria e Glória ao Pai. 12. Avisos 13. Pensamento da Bem Aventurada Maria Pia Mastena - “Põem-nos obstáculos viva a Jesus! Somos caluniadas? Viva a

6


Jesus! Somos correspondidas com ingratidão? Viva a Jesus!” 14. Bênção: - O Senhor te abençoe e te guarde! Amém. - O Senhor faça resplandecer sobre ti o seu Rosto e te conceda a sua graça! Amém. - O Senhor volte para ti o seu Rosto e te dê a paz! Amém. - Que o Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém. 15. Canto de despedida - Propagar eis o nosso lema vem não temas pegue o avental servir é o sinal. - Propagar é levar a Palavra, restaurar é sarar feridas, restabelecer é abrir caminhos de conversão: eis a tua vocação. - Anunciar é dar testemunho, restaurar dá sentido à vida, recuperar é gesto concreto de conversão: segue o teu coração. ***

7


3º dia da Novena da Bem Aventurada Maria Pia Mastena