Page 1

NA TERCEIRA IDADE DISTRIBUIÇÃO GRATUITA | CIRCULAÇÃO MENSAL

Novembro 2014 | Ano 8 ‐ Nº 87

www.sabervivernaterceiraidade.com.br

PERFIL

SAÚDE

Jaime Pinheiro: uma trajetória de sucesso

Como a andropausa afeta vida masculina

Conheça a história e as opiniões de Jaime Pinheiro, comerciante e proprietário da famosa fruteira que leva o seu sobrenome em Novo Hamburgo.

Dr. Leandro Minozzo fala sobre causas e tratamento do distúrbio que provoca no homem sintomas semelhantes aos da menopausa na mulher.

Novembro Azul faz alerta para câncer de maior risco a idosos

Reconhecimento aos parceiros da 3ª idade

Página 7

Homens acima dos 65 anos representam 62% dos casos de câncer de próstata diagnosticados no mundo. Em todo o país, mês de novembro é dedicado à disseminação de informações voltadas à prevenção e ao diagnóstico precoce da doença, que deve ter quase 70 mil novos casos em 2014 e que mata mais de 13 mil brasileiros anualmente. Acompanhamento médico periódico e adoção de hábitos saudáveis, que incluem reeducação alimentar e um novo estilo de vida, são medidas importantes para se manter longe de qualquer ameaça.

Página 3

Página 4

Sessão solene na Câmara de Novo Hamburgo entregou certificados de Empresa Amiga do Idoso a três tradicionais estabelecimentos do município.

Página 6

Retire gratuitamente seu exemplar do Jornal em: Campo Bom BANCA REVISTA

CENTRAL Av. Brasil, 2991

Novo Hamburgo

Tabacaria do

JUN A

Galeria Central

Tabacaria Bourbon Hipermercado

São Leopoldo

Tabacaria Central Rua Independência, 324


2 | NOVEMBRO 2014 |SABER VIVER NA TERCEIRA IDADE

OPINIÃO

Razão para sorrir O final de 2014 se aproxima e com ele o Natal já aparece no horizonte. O melhor dessa época são os sentimentos bons que tomam conta da maioria das pessoas. Por razões diversas, é em dezembro que os humanos são verdadeiramente mais humanos, se revelam mais solidários e altruístas, menos individualistas e mais preocupados com o bem-estar de todos e não apenas com o seu próprio. Não por acaso, o último mês do ano foi escolhido para abrigar uma campanha recente, mas que já nasceu fadada ao sucesso. Chamado de Dia de Doar, o 2 de dezembro é um movimento que une países das Américas, Europa e Ásia em torno de uma causa única: dedicar-se a dar um pouco de alegria à vida de necessitados, seja através de doações financeiras, de materiais ou mesmo de tempo. Nasceu em 2012, foi adotado pela primeira vez no Brasil no ano passado e agora volta com toda força e entusiasmo. Como não poderia deixar de ser, o jornal Saber Viver na Terceira Idade decidiu se engajar à ideia, com o objetivo de beneficiar um público especial, muito carinhoso, mas por vezes esquecido pelos governantes e carente de atenção: a população maior de 60. O objetivo é priorizar idosos em situação de vulnerabilidade e institucionalizados, cujas necessidades são muitas, mas as oportunidades são poucas. E nada melhor do que aproveitar uma data criada para ampliar a cultura de doação, juntar isso com a maior pré-disposição e sensibilidade das pessoas em participar com a proximidade do Natal e dar aos idosos da nossa região uma razão para sorrir. Ciente do seu compromisso com a faixa etária que mais cresce no país, o Saber Viver não limitará a sua campanha ao 2 de dezembro, mas estenderá as doações até o dia 10. Para aderir, basta enviar um e-mail para saberviver3@gmail.com ou contato@maiorde60.com.br com os dizeres “QUERO DOAR”. O jornal retornará informando o local mais próximo para coleta e auxiliará nesse processo. Sabemos que é uma ação pequena, mas importante e que deve ser compromisso de todo o veículo de informação voltado à comunidade. Mas o que doar? Para os nossos idosos, itens de higiene, como sabonete líquido, shampoo, desodorante, hidratante para o corpo, toalhas umedecidas, papel higiênico, escova de dentes (tipo para viagem), fraldas descartáveis e repelente para mosquitos . O que vale é participar. Você vai descobrir na prática que a doação faz bem a quem recebe, é capaz de arrancar um sorriso mesmo daquele idoso mais tímido, mas é ainda mais alentadora para quem doa.

EXPEDIENTE Jornal Saber Viver na Terceira Idade CNPJ: 12.322.553/0001-40 Inscrição Municipal: 6882 Rua Júlio de Castilhos, 600 CEP 93900-000 - Ivoti - RS

Fone: 51.8456.4614 E-mail: saberviver3@gmail.com

Diretor | Gilberto R. Winter Jornalista Responsável Rafael Geyger - MTB/RS: 12397 Diagramação | Direção de Arte Sandra Carvalho de Alcantara Tiragem | 10.000 exemplares Circulação | Ivoti e Vale do Sinos

Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores

www.sabervivernaterceiraidade.com.br saber viver na terceiraidade

TELENTREGA TELENTREGA

0800 703 7036 3563.1999

IVOTI

Atendimento Atendimento Segunda aa Sábado: Sábado: 8h 8h às às 20h 20h Segunda Domingos: 8h às 12h Domingos: 8h às 12h

Truff Catuch www.jacorudiplitzlamp.com.br

Novempro Assúl Cumôia! Bois acapô o odúpro róssa e gomezô o novempro assúl - uma gambãnha maravilhóssa tás Líca Feminín te Compát ao Gãnzer. E o gue é ingrível, é gue acóra elas achúda os hôm dampên! Adé borguê os hôm brezíssa te achúda, borgue non zê achúdan êls mesmo. Na vertáde nen guéren í no totor. Zê non zôn as frau arasdá êls, ían morê pên ãndes. Màiz o gue guería tizê, é gue êsde essâm esbecífic é o maior broplêm. Múits majôn núnga gué fassê o essãm, êls brefére morê to gue fassê! A ziduassôn zê acráva máiz aguí, borguê nóiz caúcho zômo uns tápas, uns goió, ajãndo gue tebôis tísdo non vômo máiz zê hôm. Encrassádo é gue vivian gandãndo a mússiga “a udilitáde to têdo” e acóra gue é brá ussá, zê póran dôtos. Ájo gue den mêto te costá! E zê alquén techá te zê hôm tebôis to essãm, é borgue chá non era ãnts. E zê dú chá fês o essãm, barapêns. Golapóra gon a gambãnha e fála gon os amíco brá techá te zê túm. Tangachên mêtchias tá Líca. O guê zería tá chênde zê non fosse as frau!

CLOSSÁRIO Acapô - acabou Achúda - ajuda Acóra - agora Acráva - agrava Ajãndo - achando Ájo - acho Alquén - alguém Amíco - amigo Ãndes - antes Arasdá - arrastar Assúl - azul Barapêns parabéns Bois - pois Borguê - porque Brefére - preferem Brezíssa - precisa

Broplêm problema Costa - gosta Dampên - também Encrassádo engraçado Esbecífic específico Essâm - exame Frau - mulher Gambãnha campanha Gandãndo cantando Goió - coió Golapóra colabora

Gomezô começou Gué - querem Guéren - querem Hôm - homem Líca - Liga Majôn - machões Mêtchias meninas Mêto - medo Morê - morrer Múits - muitos Mússiga - música Núnga - nunca Odúpro - outubro Pên - bem Póran - borram

Róssa - rosa Tangachên obrigado Tápas - bobo Tebôis - depois Techá - deixar Têdo - dedo Tísdo - disto Tizê - dizer Totor - doutor Túm - bobo Udilitáde utilidade Zería - sería Ziduassôn situação Zômo - somos

ZÔOBRAZ BRAZCÃO Crematório de Animais ‘‘Dê um destino digno e correto para o seu bichinho de estimação’’ www.zoobrazbrazcao.com.br

51.3568.0212/9976.8461/9114.5121 Estrada do Socorro, 1125 | Arroio da Manteiga | São Leopoldo


SABER VIVER NA TERCEIRA IDADE | NOVEMBRO 2014 |3

GERAL

Foco na saúde da próstata Novembro Azul conscientiza sobre câncer que predomina entre idosos Depois do Outubro Rosa, que teve foco na prevenção do câncer de mama, a chegada do Novembro Azul volta às atenções do país a uma doença perigosa e muito frequente entre o público idoso. O câncer de próstata é o tumor mais incidente sobre os homens brasileiros, segundo dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer), desconsiderando os tumores de pele não melanoma. Uma série de ações em todo o Brasil movimenta o mês. Para 2014, a entidade espera que 68.800 novos casos da doença sejam registrados. Esses valores correspondem a um risco estimado de 70,42 casos novos a cada 100 mil homens. Em 2011, esse tipo de câncer matou 13.129 brasileiros. Conforme análise do INCA, o aumento nas taxas de incidência do câncer de próstata nos últimos anos pode ser explicada por alguns fatores. Entre eles, o aumento da expectativa de vida, a melhoria e a evolução dos métodos diagnósticos, além da disseminação do rastreamento do câncer de próstata com PSA e toque retal. O único fator de risco bem estabelecido para o desenvolvimento do câncer de próstata é justamente a idade - o que coloca os idosos em alerta. Aproxima-

damente 62% dos casos diagnosticados no mundo ocorrem em homens com 65 anos ou mais. Com o aumento da expectativa de vida mundial, é esperado que o número de casos novos de câncer de próstata aumente cerca de 60% até o ano de 2015. Outro fator importante é a dieta. Dietas com base em gordura animal, carne vermelha, embutidos e cálcio têm sido associadas ao aumento no risco de desenvolver câncer de próstata. A obesidade também é apontada no aumento do risco. Em contrapartida, dietas ricas em vegetais, vitaminas D e E, licopeno e ômega-3 sejam capazes de conferir algum efeito protetor. Ainda conforme o INCA, esse tipo de tumor pode ser considerado de bom prognóstico se diagnosticado e tratado oportunamente. Para o câncer de próstata, um estudo apontou uma sobrevida aproximada de 80%.

A COMPRA E VENDA CELEBRADA ENTRE PAIS E FILHOS É muito rica e gratificante a experiência que se adquire no atendimento ao público. Outro dia atendi um casal, completando cinquenta anos de casamento. União duradoura e produtiva, do qual resultaram quatro filhos, todos já casados e com três filhos cada. O casal de união duradoura necessitava de orientações no âmbito patrimonial, pois a questão envolvia os filhos, infindável preocupação dos progenitores. Ocorre que um dos filhos desejava adquirir um imóvel de propriedade dos pais, atualmente desocupado, gerando apenas despesas aos seus titulares. A intenção desse filho era comprar o imóvel para ali morar com sua família, eis que tinha os recursos financeiros necessários. Já para os pais a venda do imóvel representaria a possibilidade de dar curso à reforma de sua casa, o que pretendiam havia muito tempo. O que faltava era o recurso financeiro. Mas restava uma grande dúvida aos pais: será que poderiam vender apenas para um, quando tinham quatro filhos? Pois a operação nesse formato é plenamente possível, observados os requisitos da lei. Prevê o Artigo 496 do Código Civil: “É anulável a venda de ascendente a descendente, salvo se os outros descendentes e o cônjuge do alienante expressamente houverem consentido”. Portanto, na situação pretendida pela família, poderiam os pais vender o imóvel a um dos filhos, desde que os demais filhos e seus cônjuges dessem anuência na venda, o que dependeria da concordância de todos os familiares com o negócio. Caso contrário, se a venda fosse feita pelos pais ao filho sem a anuência dos demais filhos e cônjuges, corresponderia a um ato anulável. Muito

embora a anuência, neste caso, pudesse ser dada posteriormente para a validação do ato, enquanto pendente este consentimento o ato poderia ser anulado por sentença, caso os demais filhos do casal discordassem da venda e tivessem interesse no seu desfazimento. Portanto, uma hipótese que não geraria segurança jurídica e que não deve ser adotada. Outro aspecto que deve ser considerado é quanto à real onerosidade do negócio. Necessariamente, numa venda nesse formato, deve acontecer, pela transmissão do imóvel, o pagamento de preço pelo comprador aos vendedores (e que não seja um preço vil), sob pena de ficar configurada uma doação disfarçada a um descendente protegido, em detrimento e prejuízo dos demais descendentes. Para tanto, tais circunstâncias deverão ser averiguadas quando do assessoramento do negócio e encaminhamento da escritura no Tabelionato, excluindo-se qualquer hipótese de simulação, pois a realização do ato gera uma série de consequências fiscais que devem corresponder à verdade dos fatos. Visto isso, resta noticiar que foi realizado o negócio pretendido por aqueles pais zelosos, com a lavratura da escritura pública de compra e venda deles para um dos filhos, com a anuência dos demais filhos e seus cônjuges. O preço do imóvel foi pago à vista pelo comprador, e os vendedores conseguiram aplicar o dinheiro e pagar parceladamente a reforma tão sonhada no seu imóvel de moradia. Todos saíram satisfeitos e a lei foi cumprida. Ah, e a casa nova, reformada, segundo me contaram, ficou um encanto. Texto é de autoria de Dra. Simone Bonalume, Tabeliã Substituta do TABELIONATO FISCHER

Rua Júlio de Castilhos nº 419 - Centro - Novo Hamburgo - Fone (51) 3594-1922 - site http://www.tabelionatofischer.not.br/


4| NOVEMBRO 2014 |SABER VIVER NA TERCEIRA IDADE

SAÚDE

Andropausa é a versão masculina da menopausa

INFORMATIVO

Dr. Leandro Minozzo

A fome oculta De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a fome oculta se caracteriza pela necessidade de um ou mais nutrientes em que não há sinais de carência, mas alterações silenciosas que deixam sequelas. A fome oculta é uma das principais consequências da monotonia alimentar: o corpo sente a necessidade oculta de certos nutrientes escassos na alimentação e a consequência pode ser o risco de desenvolvimento de doenças, como anemia, câncer, osteoporose, diabetes e problemas cardiovasculares. A OMS estima que uma a cada quatro pessoas no mundo possuam carências nutricionais. Uma alimentação saudável deve ser variada, composta por todos os grupos alimentares, como proteínas, carboidratos, gorduras, fibras, vitaminas e minerais, sem exageros ou escassez - caso contrário, se torna monótona e difícil de respeitar. Manter uma alimentação adequada e variada, ao contrário do que se tem construído socialmente, pode ser financeiramente acessível às classes com menor renda, pois se baseia em alimentos in natura e produzidos regionalmente. Produtos saudáveis, como legumes, verduras e frutas são uma importante alternativa para a melhoria da qualidade da alimentação. Ainda assim o consumo alimentar nestas classes é inadequado, pois ainda incorpora em seu padrão alimentar comidas muito calóricos, como cereais refinados, óleo e açúcar. O consumo em excesso desse tipo de alimento pode prejudicar o bom funcionamento do organismo, aumentando a carência de nutrientes. Uma boa dica é fazer sempre pratos bem coloridos. A vitamina é que dá cor aos alimentos, por isso um prato colorido normalmente também é mais nutritivo. Uma alimentação adequada desde a infância é o ideal para prevenir a fome oculta. ao desmame, a criança deve receber uma alimentação que a habitue a ingerir nutrientes importantes para o crescimento e a prevenção de doenças. Já na idade adulta o problema pode ser resolvido através da reeducação alimentar. Frutas, verduras, legumes, proteínas, carboidratos e gorduras boas devem ser consumidos todos os dias. Por Joseane Barth Nutricionista - CRN 10244 Diretora – Presidente: Eneida Genehr Diretor de Administração: Geraldo de Araújo Jornalista: Adriana Seibert de Oliveira www.ipasemnh.com.br

CRM 32053

Saiba mais sobre as causas, consequências e prevenção do distúrbio androgênico do envelhecimento masculino Calorões, irritação, ganho de peso, piora na autoestima, perda de libido. Estamos falando dos sintomas da menopausa? Na verdade, não. Com certeza, essas são queixas frequentes em mulheres na meia-idade, porém, há um fenômeno equivalente que pode acometer os homens. Corriqueiramente uso “andropausa”, porém cientificamente o termo correto é hipogonadismo secundário ou distúrbio androgênico do envelheci-

Dr. Leandro Minozzo CREMERS 32053

mento masculino (DAEM). Existem diversas diferenças entre esses dois fenômenos biológicos. Um fundamental é que, ao contrário do destino das mulheres, não são todos os homens que sofrem ou sofrerão com o distúrbio. Sabe-se que, com o passar dos anos, em todos os homens acontece uma queda nos níveis de testosterona. Estima-se que, após os 30 anos, essa redução ocorra numa taxa de 0,4 a 2% ao ano - e isso é normal. O grande problema é que algumas doenças resultam em disfunção das sensíveis células testiculares que produzem o hormônio ou, então, no eixo cerebral que o regula, potencializando essa queda. As estatísticas variam muito. Algumas chegam a apontar que até um em cada quatro homens acima dos 60 anos apresenta essa condição. É uma percentagem bastante elevada, só que, ao analisarmos a crescente onda de diabetes e obesidade, ela pode, sim, ser facilmente justificada. Clinicamente, diagnostica-se essa doença quando somamos as queixas dos pacientes aos resultados laboratoriais repetidos em, pelo menos, duas

Novo Hamburgo- RS Nações Unidas, 2475 / 202 Bairro Rio Branco

Acupuntura Arte

Clínica Geral Envelhecimento Saudável Nutrólogo

milenar de

Tel. (51) 3595.3815

www.leandrominozzo.com.br

harmonizar as energias, trazendo saúde para o corpo e para o espírito

araujopuntura@hotmail.com

Araújo Atendimento a domicílio

Fone: 9322.0332


SABER VIVER NA TERCEIRA IDADE | NOVEMBRO 2014 |5

SAÚDE

ocasiões. Acontece que grande parte das pesquisas leva em consideração apenas os resultados dos exames e em única dosagem. Além disso, os pontos de corte também variam: os limites inferiores de testosterona total ficam entre 280 e 400 ng/dl, não levando em consideração a idade do paciente, ou níveis de testosterona livre e estradiol.

SINTOMAS Destaco principalmente os da esfera sexual, como perda de libido, diminuição no vigor das ereções e ausência de ereções matinais. Há também associação com diminuição do tamanho e até mesmo deformidade do pênis. Outra pista de que os níveis de testosterona podem estar baixos é a pouca resposta ao Viagra ou similares. Geralmente, os pacientes nesse estágio chegam ao consultório desesperados e desacreditados. No entanto, os sintomas do DAEM estendemse a quase todos os aspectos relacionados à qualidade de vida do homem, como energia física, avidez mental, manutenção do estado de humor e motivação. Muitas vezes, sobrepõem-se aos apresentados em outra doença muito comum, que é a depressão - exigindo muita atenção diagnóstica tanto para clínicos quanto para psiquiatras. Irritabilidade, insegurança, tristeza, baixa autoestima, esquecimento e redução no prazer no dia a dia são sintomas comuns às duas doenças. Fisicamente, sabe-se que baixos níveis de testosterona se relacionam a ganho de peso - em especial de gordura visceral -, desenvolvimento de placas ateromatosas (de gordura) nas artérias, piora na resistência insulínica (que leva ao aumento da glicemia), diminuição da densidade óssea e perda de massa muscular. Um sinal que pode servir de alerta é a queda dos pelos nas pernas. A medida que resultados de pesquisas indicam o crescimento no número de pacientes com a doença e em tratamento, cresce a preocupação quanto à medicalização excessiva de uma condição própria da velhice, à exposição de pacientes a riscos e à influência da indústria farmacêutica no fenômeno – afinal, são bilhões de dólares envolvidos. Percebo que o grande ponto que envolvia a segurança da terapia de reposição com testosterona foi esclarecido e isso impulsionou muito tanto o diagnóstico

Fisioter Clínica de Fisioterapia Fisioterapia - Hidroterapia Hidrobike - Hidrojump Pilates Clínico - RPG

quanto a prescrição. Trata-se do mito associando a reposição do hormônio com o risco aumentado de desenvolvimento do câncer de próstata. Sabe-se, hoje, que existe uma ampla segurança da reposição nessa questão, sendo, inclusive, indicada para pacientes que tiveram a doença e fizeram tratamento com radioterapia.

BUSQUE AUXÍLIO Urologistas, endocrinologistas, geriatras e clínicos com experiência no assunto devem ser procurados para que cada caso seja bem esclarecido e acompanhado. Costumo atender esses pacientes em parceria com urologistas. Para aqueles homens preocupados em não desenvolver a doença, oriento a manutenção de hábitos alimentares saudáveis e prática regular de exercício físico. Manter os níveis de glicemia (açúcar) e ferro dentro dos limites recomendados também são duas estratégias preventivas válidas. Sobre as vantagens do tratamento, relato que o ganho em qualidade de vida dos pacientes é algo que realmente chama atenção, além disso, a reposição pode melhorar o controle da diabetes e favorecer o emagrecimento. Porém, a supervisão médica deve ser atenta e valorizada. (*) Mestre em Educação | Clínico Geral - Especialização em Geriatria PUCRS | Pós-graduado em Nutrologia pela ABRAN

Entraremos em férias coletivas no dia 19 de dezembro e reiniciaremos em 5 de janeiro 2015

Desde já desejamos aos nossos clientes e amigos uma coluna elástica, joelhos dobráveis, pernas saltitantes e uma postura feliz!

Atendimento particular e convênios: (consultar cobertura)

Aqui

V

60

MAIOR DE SESSENTA Fone: 51.8456.4614 E-mail: saberviver3@gmail.com

TEM privilégio

JORNAL

NA TERCEIRA IDADE

Floricultura Rio Branco ‐ Rua Joaquim Nabu‐ co, 87 ‐ Rio Branco ‐ Novo Hamburgo Tele‐Entrega: 3595.1509 / 3581.2008 www.floriculturariobranco.com.br ‐ 10% de desc.

Pontocasa Acabamentos Av. Presidente Lucena, 2365 ‐ Ivo Fone: 3563.2008 www.pontocasa.net ‐ 5% de desconto

Fones: 51.3594.8118 - 3582.5599 maribel@korpussaude.com.br www.korpussaude.com.br Rua Tapes, 542 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo


6| NOVEMBRO 2014 |SABER VIVER NA TERCEIRA IDADE

COMUNIDADE

Empresas homenageadas Em 6 de novembro, uma sessão solene na Câmara de Vereadores de Novo Hamburgo entregou o certificado de Empresa Amiga do Idoso. As premiadas foram HB Indústria, Comércio e Representações, Laboratório Exame e Panitz Extintores. Na ocasião, ocorreu a palestra do médico Leandro Minozzo. Segundo o médico, muitas pessoas chegam ao auge da produção intelectual após os 60 anos e, por isso, os médicos pregam o chamado envelhecimento ativo, que envolve saúde, grande participação social e um ambiente seguro. O presidente do Conselho dos Direitos e Cidadania do Idoso, Telmo da Silva, também palestrou e falou sobre o Fundo Municipal do Idoso, que pode ter como principal receita parte do Imposto de Renda de quem quiser aderir.

Divulgação

Tarde de beleza

Em 22 de outubro, idosos do grupo Conviver, de Estância Velha, tiveram uma tarde dedicada à beleza e à saúde. No encontro, as mulheres do grupo da terceira idade receberam cuidados estéticos, com direito a maquiagem, corte de cabelo e pintura de unhas. Os serviços foram oferecidos por cabeleireiros e manicures voluntários. Na oportunidade, as idosas também aprenderam a produzir sucos naturais. A atividade foi promovida pelo Gabinete da Primeira Dama e integrou a programação do Mês do Idoso.

Integração no esporte Ivoti reuniu cerca de 300 pessoas para os Jogos de Integração da Terceira Idade, em 25 de outubro. Participaram dos jogos de câmbio 13 equipes das cidades de Ivoti, Novo Hamburgo, Gravataí, Dois Irmãos, Igrejinha, Sapucaia do Sul, Gramado, Portão, Porto Alegre, Canoas e São Leopoldo. A abertura do evento contou com o grupo de danças do PLUG, que, com dez dançarinos, realizou um recorte do Musical Peter Pan na Cidade das Flores, com a coreografia “Índias”.

Circuito Sesc Acontece em 18 de novembro, a partir das 8h, a 3ª Etapa Verão do Circuito Sesc de Câmbio de Areia. O evento será realizado na Sociedade Ginástica de São Leopoldo, em sua sede recreativa. As equipes interessadas podem confirmar presença até às 12h do dia 17. Informações e contatos pelo e-mail fwolff@sesc-rs.com.br ou no telefone 3592-2129.

Reforço na saúde A comunidade do bairro 25 de Julho, em Campo Bom, já está usufruindo da nova estrutura da Unidade Básica de Saúde que passou por reformas e ampliação. Um investimento de R$ 100 mil reais da Prefeitura adequou o seu espaço interno. Agora, há uma sala fixa para a triagem dos pacientes e uma nova sala de curativos, entre outras melhorias. A UBS atende também a comunidade da Cohab Leste.


SABER VIVER NA TERCEIRA IDADE | NOVEMBRO 2014 |7

VARIEDADES PERFIL

Jaime Pinheiro Jaime Pinheiro, 65 anos, é natural de Rolante e atualmente mora em Novo Hamburgo. Foi no município do Vale do Sinos que o comerciante tornou-se conhecido com o seu negócio, a Fruteira e Mercearia Pinheiro Ltda., que é bastante famosa na cidade. Pinheiro também é blaster (perito em fogos). Ele é casado, tem três filhos e cinco netos. Nessa entrevista, ele faz uma análise da sua experiência de vida e relembra de acontecimentos marcantes.

O que faço: como é importante poder conciliar trabalho e prazer, ou seja, fazer aquilo que você realmente gosta. São 48 anos de atividades neste setor. Um orgulho: a família. Me orgulha e me emociona muito falar da mesma. Um desejo: o desejo de viver o dia seguinte como se fosse o primeiro. Uma lição que aprendeu: humildade, simplicidade, honestidade, requisitos básicos para tocar o dia a dia e ser feliz. Uma lição que ensinou: servir é o lema. Fazer o bem, sem olhar a quem, sempre que for possível. O que não sai da memória: duas lembranças, uma boa: as conquistas das Copas do Mundo e uma ruim: o acidente que vitimou Airton Senna. O que mais gosto em minha cidade é: como é bom você passear pela cidade e perceber que moramos em uma região bem arborizada, bem asfaltada, canteiros e praças limpos e bem cuidados. Nos dá a impressão, ser a extensão do jardim da nossa casa. Vamos cuidar. O que falta em minha cidade é: prevenção às drogas! Penso que deveria ser gestado um trabalho de base, incluindo aí alimentação, saúde, educação, atividades esportivas, a parte psicológica, cursos profissionalizantes em creches, maternais, escolas e afins. Um trabalho que ensinasse, preparasse, conscientizasse desde muito cedo a criança a dizer “não às drogas.” No primeiro momento em que lhe fosse oferecida, ela estaria pronta para dizer não e por que não. É um trabalho árduo e difícil, mas imagino que em longo prazo colheríamos os frutos desejados.

*Aparelhos *Implante *Clareamento

Convênio

*Restauração estética *Prótese fixa e móvel *Tratamento de canal *Cirurgia


*Buquets *Arranjos *Cestas para todas as ocasiões *Coroas e Decorações

Tele-Entrega 3595.1509 / 3581.2008 Agora, além de Peixe e Frutos do Mar, também com Grelhados de Carne e Frango

!

Especializado em Peixes e Frutos do Mar

I NOV

E!! D A D

Rua João Neves da Fontoura, 330 esquina José Bonifácio - São Leopoldo

51.3592.3242 51.3099.3242 Aceitamos reservas para Festas

Telefones: (51) 3581.2008 / 3595.1509 - Cel.: (51) 9807.3791 www.floriculturariobranco.com.br

contato@floriculturariobranco.com.br

Rua Joaquim Nabuco, 87 - Rio Branco - Novo Hamburgo - RS

PRONTO

Oferecemos

Acupuntura Quiropraxia Dra. Lisiane Chaves Vieira Crefito 5/15463F

Dr. Jeferson U. M. Vieira

Reabilitação Músculo-Esquelética

Crefito 5/15464F

Palmilhas

almílis

Agora em novo endereço

Consultas, Cirurgias, Dermatologia Eletrocardiograma Vacinas Importadas Anestesia Inalatória Profilaxia Dentária Colocação de Microship

Atendimento a domicílio em:

Dois Irmãos, Estância Velha, Ivoti

Rua Cristovão Colombo, 421 Vila Rosa - Novo Hamburgo

Rua Pinto Bandeira, 54 Centro - Novo Hamburgo/RS Telefones: (51) 3595.4550 | 9988.9661 prontofisio@fisioterapianh.com www.fisioterapianh.com

SABER VIVER NOVEMBRO  

Jornal dirigido à Terceira idade na grande Porto Alegre

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you