Page 1

www.maiorde60.com.br

MAIO de 2017 Ano 11 - Nº 115

COMUNIDADE

Os 40 anos do Grupo Girassol de São Leopoldo O Grupo de terceira idade mais antigo do Vale, completou 40 anos no dia 20 de abril

Página 6

INFORMATIVO

ATAPNH - Associação dos Trabalhadores Aposentados e Pensionistas de Novo Hamburgo Páginas 4 e 5

Convivência com avós ainda é fundamental

Por mais que a figura dos avós tenha mudado, pois hoje eles estão mais ativos e ocupados com suas próprias tarefas, o convívio entre eles e seus netos continua a ser fundamental no resgate das histórias familiares. É através deles que as crianças criam raízes que fortalecem os elos e aprendem conceitos que serão primordiais na vida adulta; representam sempre a identificação com os valores morais e culturais da família que a criança absorve de forma especial. Os avós costumam desenvolver uma cumplicidade muito grande com os netos, sem carregar a função primordial de educar, acabam incentivando os bons costumes através de exemplos que a maturidade lhes

confere. A criança, por sua vez, se enriquece muito com esse contato, já que recebe mais estímulos, amplia seu repertório e aprende a conviver em um ambiente distinto com pessoas diferentes. Para os pais também é interessante esse convívio, pois podem encontrar nos avós parceiros na criação de seus filhos, contando ainda com a presença deles quando precisam se ausentar. Segundo a especialista, Rita Calegari, psicóloga do Hospital São Camilo de São Paulo: "esse convívio também é muito importante para os avós, pois ter a responsabilidade de cuidar de uma criança é sinônimo de valorização social. A experiência dele é importante ali. Ele tem papel utilitarista, está ajudando outras pessoas, e isso dá sentido à sua vida”. O convivo entre pais, filhos e avós é, pois, muito saudável para todos, devendo ser incentivado e valorizado por toda a família.


2 | MAIO DE 2017 | MAIOR DE 60

OPINIÃO

A Cobra e o Vagalume Vilson Moraes

Ex-presidente da ATAPNH Ex-diretor da FETAPERGS

Fábulas são contos imaginários, criados para divertir e para orientar nossas mentes e ações. Nóia gambeôn, uma vêiz! Das muitas fábulas que conheço, escolhi uma que vem bem a calhar nos nebulosos dias atuais, neste mundo de Meu Deus: A cobra perseguia um vagalume. Este luzia, mas o cansaço o venceu. O Vagalume pergunto à Cobra: - Posso lhe fazer três perguntas? A Cobra responde: - Não costumo dar esta chance para as minhas vítimas, vá lá. O Vagalume então pergunta: Adams Futebol Clube 1939 - O redratíst nôn veio e bor - Eu lhe fiz algum mal? ísdo eu direi a a fót e figuêi te fora. A Cobra responde que não. O Vagalume então fez a segunda pergunta: A drachedória to glube comezô em brimêro te Eu faço parte da sua cadeia alimentar? maio te 1911, guãnto eu drapalháva no fabríq tos Galzáto Átams. Dôto ano nêsde tía a chênde gomía jurásgo e tebôis chocava póla gôn a tiredoría. Naguêl ano a chênde tezitiu griá um dím te vertáde e endôn zurchíu o Chpórt Glúb Novo Hampúrgo, o Aniláto, borgue as cor zôn assúl e prãngo, uma vêiz. E chá zaímo bertêndo na brimêra bartída, gôndra o Nazionál te Solopolda, bor 3x0, Main Cott! Máiz tebôis a chênde foi canhãndo múits chôgo e dínha um crãnde rival na zitáde, o Esberãns te Alt Hámpúrch. Êsde incomotô um pocádo, dínha chocatôa múido pon dampên. O crãnde testác foi em 1937, guãnto cânhamo o Gambeonát Medrobolitãn e em 1940 fomo vize-gambeôn to Esdáto. Taí na quéra a chênde foi forzáto a mutá o nôm brá Floriãn, borgue era múida bressôn bolític brá homenacheá o marejál Floriãn Beixôt. E êsde nôm figô adé 1968, guãnto a chênde griô verconha e voldô bro nôm orichinál. Em 1947, o Nóia gonzequiu checá maiz uma veiz adé a final, enfrendãndo o Indernazionál, gue naguêl ano era jamáto te “Rolo Gombressôa”. Em 2008 inaucurô o aduál esdátio, ônte múido chôgo ponído agondezêu. Menos um: o tá vidória esbedagulár zôpre o Golorát, no tia 7 te maio te 2017, gue vái figa na hisdória, uma vêiz! E olha gue o dím ta Gabidál fêis te dúto brá gue a chênde bertêsse... Aduál - atual Alt hámpúrch Hamburgo Velho Aniláto - anilado Assúl - azul Átams - Adams Beixôt - Peixoto Bertêndo - perdendo Bertêsse - perdesse Bolític - político Bressôn - pressão Chocatôa - jogador Chpórt - esporte Dím - time Drachedória - trajetória Drapalháva -

CLOSSÁRIO

trabalhava Jamáto - chamado Esberãns Jurásgo - churrasco Esperança Main cott Esdáto - estado Meu Deus Fabríq - fábrica Medrobolitãn Figuêi - fiquei metropolitano Floriãn - Floriano Mutá - mudar Forzáto - forçado Naguêl - naquele Fót - foto Nôm - nome Gabidál - capital Prãngo - branco Galzáto - calçado Quéra - guerra Gambeôn Redratíst - retratista campeão Solopolda - São Leopoldo Gombressôa compressor Tezitiu - decidiu Gôndra - contra Tiredoría - diretoria Inaucurô - inaugurou Zaímo - saímos

Novamente a Cobra responde que não. - Por quê então, você que me devorar? A Cobra responde: - Porque a tua luz me incomoda. Existem pessoas que não conseguem conviver com o sucesso alheio. Ao invés de imitá-los, procuram apagar a LUZ do outro. Aos aposentados, o meu respeito.

Nosso Jornal também está a disposição nas Tabacarias:

São Leopoldo Novo Hamburgo Estância Velha CNPJ: 12.322.553/0001-40 Inscrição Municipal: 6882 Rua Júlio de Castilhos, 600 CEP 93900-000 - Ivoti - RS Fone: 51.98456.4614

Diretor geral: Gilberto R. Winter maiorde60@maiorde60.com.br Jornalista Responsável Rafael Geyger - MTb/RS: 12397 Criação e redação:

Sandra Carvalho de Alcantara Circulação | Ivoti e Vale do Sinos www.maiorde60.com.br

Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores

maiorde60


MAIOR DE 60 | MAIO DE 2017 | 3

GERAL

Alternativas à Reforma Previdenciária Paulo André Fernandes Solano Advogado - OAB/RS 56.724

A Comissão Especial da Reforma da Previdência encerrou seus trabalhos apreciando todos os destaques apresentados ao substitutivo do relator e no final do processo de votação, onze destaques foram retirados pelo autor, dez foram rejeitados e apenas um foi aprovado De outro lado, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência, instalada no Senado, que objetiva investigar a contabilidade da Previdência, esclarecer as receitas e despesas do Sistema de Seguridade Social no Brasil, e os desvios de recursos existentes. Nessa semana, em audiência na CPI, os representantes da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional informaram que a Dívida Ativa da União possui estoque superior a R$ 1,8 trilhão. Porém, a PGFN está sendo deliberadamente sucateada, em razão do desinteresse do Governo em cobrar os grandes devedores, os sonegadores e os poderosos que financiam ilegalmente as campanhas eleitorais. Com efeito, a realidade mostra o fechamento de unidades da PFN, em decorrência, principalmente, da redução do orçamento da Instituição. Inclusive, existe a denúncia de agravamento da situação quando senadores e deputados federais aprovaram uma anistia para as próprias dívidas: de forma relâmpago, a Comissão Mista da Medida Provisória 766/17, sobre o Programa de Regularização Tributária (PRT) conhecido como Refis, aprovou a concessão de 99% de desconto em multas, juros e encargos da Dívida Ativa da União. Outro dado impressionante é o montante de débito de grandes empresas

com o INSS no que se refere à contribuição previdenciária dos empregados: cerca de R$ 200 milhões por ano de valores sonegados! O governo federal escolhe o caminho de arrochar a vida dos segurados ao invés de equacionar a gigantesca dívida ativa, apertar o cinto aos sonegadores e deixar de editar leis que beneficiam apenas um dos lados da relação. A surrada tática da bondade com o chapéu alheio! Em véspera do dia delas, a Previdência se mostra a maior ‘mãe’ de recursos no país: além de sustentar toda a Seguridade Social, tem a traição da sonegação e a retirada de seus valores por meio da DRU! O que falta aos sucessivos governos e aos políticos é respeitar e cuidar a ‘mãe’ Previdência do jeito que merece, fazendo uma reforma para todos e não para uma meia dúzia de compadres da grande teta previdenciária!


6 | MAIO DE 2017 | MAIOR DE 60

IVOTI

SÃO LEOPOLDO

Palestra sobre um novo envelhecer

Girassol, o grupo mais antigo do Vale

No dia 12 de maio, o dr. Leandro Minozzo proferiu a palestra “Um Novo Envelhecer – Tempo de Ser Feliz”, para uma platéia atenta, na sede da Associação de Moradores da Morada do Sol. De uma forma aberta e direta, numa conversa agradável, falou das diversas formas de ser feliz. De ser feliz com pouco, de ser feliz todos os dias. Após, um bate-papo esclareceu dúvidas de alguns participantes, o que tornou mais abrangente a interação. Como forma de colaborar com as pessoas carentes do município, foram doados alimentos não-perecíveis como ingresso.

Há 40 anos, o Prof. Gerstenberger, da Faculdade de Teologia (Faculdades EST), trouxe a ideia de formar um grupo de 3ª idade, na Comunidade de São Leopoldo, baseado na experiência do período pós-guerra da Alemanha, onde, devido à perda de seus familiares, muitos idosos viviam sozinhos. Juntamente com a sra. Hanelore Weber a idéia foi apresentada à reunião da OASE e um grupo de senhoras aceitou o desafio. Em um chá, que reuniu 98 idosos, no dia 20 de abril de 1977, foi fundado o Centro de Lazer GIRASSOL, pioneiro deste gênero no Brasil. No dia 19 de abril, o grupo, comemorou seu aniversário com um almoço, seguido de baile, onde homenagearam as duas fundadoras ainda vivas: Isolde Feldmann e Lia Paz e a integrante mais idosa, Elisa Silva, com 96 anos de idade.

No dia 4 de junho a Associação dos Trabalhadores Aposentados e Pensionistas de Novo Hamburgo estará completando 32 anos de existência, juntamente com seus 4.200 associados que, com uma mensalidade de apenas 1% do valor de sua aposentadoria, usufruem de inúmeros benefícios, como atendimento gratuito em sua sede com advogado, geriatra, fisioterapeuta, educadora física e descontos em lojas, farmácias, laboratórios, clínicas e comercio em geral. A partir desta edição, contaremos com mais estes novos parceiros, que se juntam aos que já acompanham a entidade há anos.

Rua Florença, 703 . Canudos . Novo Hamburgo (51) 3781-2007 contato@clinicaprimos.com.br

Rua Augusto Jung, nº 400 - Sala 103 / NH

facebook/clinicaprimos www.clinicaprimos.com.br

MAIOR DE 60 MAIO 2017  

Jornal dirigido à Terceira Idade na Grande Porto Alegre

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you