Page 1

Viver Magazine

Marรงo 2010

1


2

Viver Magazine

Marรงo 2010


Viver Magazine

Marรงo 2010

3


EDITORIAL

O

i amigos e amigas,

Que bom poder falar ao seu coração hoje. Mas nessa edição especial de imigração, onde buscamos dar respostas aos nossos anseios imediatos, e chamar o povo brasileiro à união incondicional em busca do mesmo objetivo de liberdade imigratória, gostaria de deixar que as palavras de Martin Luther King Jr., falem por mim: “Também viemos a este lugar sagrado para lembrar à América da clara urgência de agora. Este não é o momento para descansar no luxo refrescante ou tomar o remédio tranqüilizante do gradualismo. Agora é o tempo para sairmos do vale escuro e desolado da exclusão para o iluminado caminho da justiça racial. Agora é a hora de abrir as portas da oportunidade para todos os filhos de Deus. Agora é o tempo para erguer nossa nação das areias movediças da injustiça racial para a rocha sólida da fraternidade.” “Eu digo a você hoje, meus amigos, que apesar das dificuldades e frustrações do momento, eu ainda tenho um sonho. É um sonho profundamente enraizado no sonho americano. Eu tenho um sonho que um dia esta nação se levantará e viverá o verdadeiro significado de sua crença: “Consideramos estas verdades como evidentes por si: que todos os homens nascem iguais.” “Eu tenho um sonho que minhas quatro crianças pequenas um dia vão viver em uma nação onde elas não serão julgadas pela cor da sua pele, mas pelo conteúdo de seu caráter.” “Esta é a nossa esperança. Esta é a fé com a qual regresso ao sul. Com esta fé nós poderemos cortar da montanha do desespero uma pedra de esperança. Com esta fé poderemos transformar as discórdias estridentes de nossa nação em uma bela sinfonia de fraternidade. Com esta fé poderemos trabalhar juntos, rezar juntos, lutar juntos, ir para a cadeia juntos, defender a liberdade juntos, sabendo que seremos livres um dia.” Acredito na luta incansável pela igualdade social em toda e qualquer parte do mundo. Almejo a união de todos aqueles que se sentem oprimidos e que repudiam a opressão que os donos do poder nos impõem a cada dia, a refletir sobre cada linha escrita nessa edição. Precisamos dar as mãos e fazer parte da nossa história nesse país, para dar um basta à opressão diária que nós e nossas famílias somos submetidos. Gostaria de sacudir os corações daqueles que viveram sob o autoritarismo da ditadura militar no Brasil, daqueles que um dia pintaram a cara para derrubar Fernando Collor de Melo, para que desenterrem da memória o gosto de sentir o sangue correndo nas veias quando cada palavra de ordem é gritada. É nosso dever enquanto vanguarda de nossa própria história conscientizar a mente da nossa juventude – e as nossas mesmas – no sentido de entender que mudanças normalmente não caem do céu, mas que para se tornarem realidade, é preciso muita luta. A palavra de ordem agora é mobilização. Boa Reflexão. Vanella Wrye Faça a sua assinatura receba na sua casa a maior, melhor e mais antiga publicação brasileira em Atlanta. Com apenas $29.99 você recebe sua revista no conforto de sua casa ou escritório, por um ano (12 edições). Envie money order ou cheque nominal à BrazilianUSA. 611 Garnet Ct - Canton, GA 30114

Expediente Edição e Publicação Vanella Wrye projeto gráfico Direção de Arte | Saulo Simão FOTOGRAFIA Marcello Novarino S2dm Reges Castro BrazilianUSA COLUNISTAS Dilla Campos Elaine Dias Kamilla Silva Katcha Moschitta Marcello Novarino Rachel Rush Thais Rezio Vanella Wrye A Viver Magazine® é uma publicação independente com a finalidade de informar a comunidade brasileira e divulgar produtos e serviços que sejam de interesse dessa comunidade. As informações aqui veiculadas são resultado da demanda de nossos leitores e variam de acordo com a atualidade, podendo ser alteradas sem aviso prévio. Esta é uma publicação aberta a participação de leitores e da comunidade brasileira em geral, na qual encorajamos e agradecemos. A publicação de conteúdo e fotografias enviadas para a redação está sujeita a aprovação e disponibilidade de espaço e não é prometida ou garantida.Os anúncios aqui contidos, bem como seus conteúdos são de responsabilidade de cada anunciante. A diversificação e conteúdo dos artigos são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião desta publicação. Todo e qualquer conteúdo e anúncio aqui contidos são de propriedade da Viver Magazine e não devem ser reproduzidos total ou parcialmente. Atualmente nossa publicação está atendendo a anunciantes e ao público em geral somente através do número de telefone, web site, comunidades e e-mail mencionados abaixo, e o endereço de nossa sede será informado em edições futuras assim que este estiver disponível. A versão impressa desta publicação é gratuita, assim como nossa versão online. Outros veículos de comunicação online na qual fazemos parte estão à disposição de nossos anunciantes e da comunidade em geral nos seguintes segmentos: Facebook / Twitter / MySpace / YouTube / Orkut E no nosso portal: www.vivermagazine.com. Tiragem: 5.000 exemplares

www.vivermagazine.com 770-953-4250

E-mail: vivermagazine@gmail.com

4

Viver Magazine

Março 2010


Conteúdo AGENDA COMUNIDADE CAPA “Marcha pela América: Pra Mudar é Preciso Coragem”

6 8 11 46 40

Já estamos em março e a urgência de ação sobre uma reforma de imigração abrangente só cresce. É hora de fazer acontecer. Em 21 de março milhares de trabalhadores, famílias, imigrantes e seus aliados estarão mobilizados em Washington, DC, para se certificar de que nossas vozes sejam ouvidas. Estaremos dizendo a Casa Branca e ao Congresso de que a hora é agora, e não há como voltar atrás nas promessas que nos foram feitas.

Imigração Direitos dos Estrangeiros nos Estados Unidos Todas as pessoas nos Estados Unidos, inclusive estrangeiros, têm determinados direitos básicos que devem ser respeitados pelos agentes da ICE – Immigration and Customs Enforcement.

Legal Driver’s License O que todo motorista deveria saber Todos nós brasileiros que vivemos no exterior, um dia deixamos nossas famílias, nossos amigos, nossas cidades e nosso saudoso país para tentarmos o sonho de construir um amanhã melhor para nós e para aqueles a quem amamos.

34 19

www.vivermagazine.com

Edição: Março 2010

Na capa

Edição Especial de Imigração

Comportamento Adolescência A fascinante busca da identidade

Sempre me causou desconforto ouvir pais se referirem aos seus filhos adolescentes como “aborrecentes”, e muitas das vezes na frente dos próprios, o que é ainda pior.

MODA

Procure, compre e economize

Estilo de Vida

Go Green Esse assunto nunca foi tão atual Você, com certeza já ouviu esta expressão dita por alguém, ou escrita em algum lugar. Mas você sabe o que ela realmente significa?

Veja ainda...

29

44 Consumo 50 Entretenimento Green Zone é um dos destaques nos Cinemas em Março.

Viver Magazine

Março 2010

5


AGENDA 14 Março

De 25 a 28 de Março

Meatball Contest. É uma história sobre amigos ajudando amigos devido a um especial “ingrediente secreto”! Traga sua família nesta aventura amorosa e feliz. Local: Fox Theatre 660 Peachtree St Ne Atlanta, Georgia 30308 Ingressos Limitados Já a Venda Horários Variados Preços: $19.80 $49.95

Local: Cobb Energy Performing Arts Centre 2800 Cob Galleria Parkway, Atlanta, GA 30339 Horários Variados Preços: $20.00, $120.00 www.atlantaballet.com

Março

John Mayer Turnê “Battle Studies” com convidados especiais Michael Franti e Spearhead Horário: 8:00 pm Ingressos limitados já a Venda Preços: $75.00, $50.00

21

27

Abril

Experience Hendrix

Nickelback

Horario: 6:00 pm A turnê 2010 Darkhorse com os convidados especiais Breaking Benjamin, Shinedown e Sick Local: Philips Arena One Philips Dr Atlanta, Georgia 30303 Ingressos Limitados Já a Venda Preços: $50.00 - $85.00 Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Março

Foto: Divulgação

17

Atlanta Ballet: Vivaldi’s Four Seasons

Foto: Divulgação

Horário: 08:00 pm Michael Bublé está se preparando para o lançamento de sua turnê de primavera/verão norte-americano com seu álbum “Crazy Love”que está no topo das paradas de sucesso. Imperdível Local: The Arena At Gwinnett Center 6400 Sugarloaf Parkway, Atlanta, GA 30097 Preços: $49.50 - $89.50

Curious George ao Vivo!

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Michael Bublé

De 1 a 4 de Abril

Um tributo que vai marcar 2010. Local: Fox Theatre Atlanta 660 Peachtree St Ne Atlanta, Georgia 30308 Ingressos Limitados Já a Venda Preços: $49.95 - $81.65 Divulgue seu evento para a comunidade. Envie um e-mail para: vivermagazine@gmail.com * Todas as programações estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

6

Viver Magazine

Março 2010


Viver Magazine

Marรงo 2010

7


COMUNIDADE Urgente: Embarque no dia 18 de Março

O Pastor Saulo do MSBN estará embarcando para uma missão no Haiti junto com um grupo de voluntários. Solicita-se a doação de medicamentos e analgésicos em embalagem fechada e dentro da data de validade, bem como itens de higiene pessoal (creme dental, sabonete, absorvente feminino, escova de dente, etc.). Informações de como doar através do telefone: 770-367-7752

Brasileiro Douglas Lima “The Phenom” Luta Pelo Título de Campeão Dia 26 de Março – Sexta-feira

O evento trará como atração as finais do Grand Prix Redline, um torneio de oito homens composta por alguns dos mais duros lutadores de peso-médio destas bandas, para determinar o melhor dos melhores. O vencedor levará para casa um prêmio de $ 10.000 mil. Na ocasião, outro brasileiro de Atlanta vai estar encarando seus adversários: Diego Saraiva “The Octopus”. Se você gosta de adrenalina e quer torcer para esses atletas da nossa comunidade, marque presença nesse evento. Local: Georgia World Congress Center Horário: Portas abrem as 7:00 pm – Luta inicia as 8:00 pm Ingressos a partir de $29.00 www.sportfightx.com

Abraçados com Sua Causa

Quem somos: Grupos formados para orações e visita nos lares. De onde viemos: ADM - Assembléia de 8

Viver Magazine

Março 2010

Deus Marietta Porque Fomos Criados: Estamos vivendo dias difíceis com muitos conflitos familiares, medo, solidão, enfermidades, pressão psicológica por falta de documentos no país, frustrações de não ter ainda alcançado os objetivos traçados... E como se isso não bastasse, saudade dos nossos que ficaram para trás. No que acreditamos: na Palavra de Deus em Mat. 11:28, Jesus disse: vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve. O Que Queremos: Queremos estar com você. Para visitas ou maiores informações ligue para: 678-237 6449 ou 678-873-3125

Ikebana Curso Grátis

Brasileira de Destaque Revista: Ms. CEO

A conhecida Rainha da Depilação foi destaque da revista americana Ms. CEO do mês de fevereiro. Andréia Longshore, que acaba de inaugurar seu quinto salão de depilação em Lawrenceville, falou sobre o segredo de seu sucesso: “Não há nenhum segredo. É uma combinação de trabalho duro e determinação, combinado com o benefício de ser auto-motivada. Além disso, no Brasil, minha criação contribuiu com valores familiares muito fortes na minha vida. Minha paixão pelos meus negócios me mantém energizada e minha fé em Deus me dá forças quando eu mais preciso, Ele me ensinou que não há nenhuma montanha grande demais para se escalar.”

O que é: A Ikebana Sanguetsu não se constitui apenas em um elemento decorativo, mas propicia o despertar da sensibilidade para o belo, enobrecendo o sentimento de respeito ao ser humano e à natureza, harmonizando a pessoa consigo e com o mundo. Nossa Mensagem: Vamos nos esforçar para que haja flores no interior das residências, nos locais de trabalho, enfim, em todos os lugares onde houver pessoas, fazendo com que por meio das flores, este mundo se transforme em paraíso. Quando: Quartas-Feiras Horário: Das 6:00 pm às 7:30 pm Oferecimento: Izunome Association - USA Convidados: Todos são bem-vindos Local: Atlanta Johrei Center 6820 Roswell Rd - Suite 2B Atlanta-GA 30328 Informações: 404-966-2068 - Ana Claudia 404-578-6764 - Karina Você tem algo importante para compartilhar com a comunidade? Envie um e-mail para vivermagazine@gmail.com * Todas as programações estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.


Viver Magazine

Marรงo 2010

9


10

Viver Magazine

Marรงo 2010 Fevereiro 2010


CAPA Reforma Imigratória

“Marcha pela América: Pra Mudar é Preciso Coragem”. Passeata Nacional no Dia 21 de Março – Faça sua parte!

A

s organizações de apoio ao imigrante GALEO & GLAHR estão coordenando a saída de vários ônibus na área de Metro Atlanta. Mais informações sobre a saída dos ônibus aqui no Viver Comunidade na pagina 8. Promessas Quebradas Quando candidato, o Presidente Obama, prometeu consertar o sistema imigratório no primeiro ano de mandato. O ano se passou e o que vimos foi a continuidade e expansão das mesmas políticas anti-imigrantes do governo de George Bush. O muro de 700 milhas na fronteira com o México está praticamente completo, faltando apenas algumas milhas de construção para estar concluído, o que só não aconteceu ainda, pois estão aguardando o julgamento de casos na justiça de alguns proprietários de terrenos na fronteira. O programa 287(g) iniciado por Bush ganhou apoio de Obama e agora

Foto: Jay Janner/Austin American-Statesman

Já estamos em março e a urgência de ação sobre uma reforma de imigração abrangente só cresce. É hora de fazer acontecer. Em 21 de março milhares de trabalhadores, famílias, imigrantes e seus aliados estarão mobilizados em Washington, DC, para se certificar de que nossas vozes sejam ouvidas. Estaremos dizendo a Casa Branca e ao Congresso de que a hora é agora, e não há como voltar atrás nas promessas que nos foram feitas. conta com 63 parceiros pelo país. Esse é o programa que concede aos departamentos de polícia a autoridade de exercer funções que antes eram tarefas somente de agentes de imigração, e a polícia local pode agora averiguar o estado imigratório de uma pessoa a partir de uma simples infração de trânsito. Em Georgia, Cobb County foi o primeiro condado a aderir ao programa, e agora Gwinnett County também utiliza do poder concedido pelo governo federa,l que também repassa às cadeias locais, uma determinada verba prevista no dito programa 287(g), que paga pelas despesas de todos os imigrantes detidos por mais de 72 horas, até que o ICE os transportem para uma cadeia de imigração. Entidades não governamentais de apoio e proteção ao imigrante têm denunciado através da publicação recente de relatórios que mostram o abuso e discriminação

dos policiais contra pessoas “com aparência não-americana” e, conseqüentemente, um possível imigrante ilegal. Isso se chama descriminação! Durante a campanha, Obama também disse ser a favor da liberação da licença de motorista para imigrantes não-documentados, no entanto, mais um ano se passou e milhões continuam sendo obrigados a dirigir sem carteira de motorista todos os dias no país inteiro e a lei que se esconde atrás do argumento de “criar uma licença de motorista mais segura”, que verifica o estado imigratório do indivíduo antes de emitir o documento, continua sendo imposta e se espalha por todo o país. Agora, são apenas três os estados que não perguntam pelo estado imigratório antes de emitir a carteira de motorista: Washington, New México e Hawaii. > Continua na página 12 Viver Magazine

Março 2010

11


Obama reduziu as batidas de surpresa nas empresas que empregam muitas pessoas com número de seguro social falso, em compensação, está aplicando as leis atuais e indo atrás dessas empresas exigindo documentos que comprovem que o trabalhador tenha permissão de trabalho e número de seguro social correto, o que tem levado várias empresas a dispensar pais de famílias e trabalhadores que, muitas vezes, trabalham no estabelecimento há mais de dez anos. Ele, além disso, confirmou o programa “E-Verify” que exige que qualquer empresa que queira fazer negócios ou contratos com o governo deva usar o sistema para verificar o estado legal de seus empregados. O senador Charles Schumer havia prometido apresentar uma proposta ao senado em setembro de 2009, mas com a demora na discussão da reforma da saúde, o mesmo tem sido adiado. Agora se fala em apresentar uma proposta durante a primavera, mas quando perguntado por uma data mais específica, ele preferiu não se comprometer como anteriormente.

A crise econômica e a continuidade das políticas anti-imigrantes fizeram com que, pelo segundo ano consecutivo, a estimativa do número de imigrantes não-documentados diminuísse para 10.8 milhões. Em janeiro de 2008 esse número era de 11.6 milhões e em 2007, o número chegou a 11.9 milhões. Apesar de ninguém saber com certeza qual o número correto de imigrantes não-documentados, todos concordam que os imigrantes foram um dos mais afetados pela crise econômica e foi o grupo que menos recebeu atenção do governo. Fazendo História Dessa vez, os imigrantes estão muito mais organizados e com um apoio muito maior de vários setores do país. Diversas campanhas próimigrantes foram lançadas e têm mantido a pressão para que os governantes consertem o atual sistema de imigração. Pela primeira vez, grupos próimigrantes se unem na defesa de uma proposta de reforma imigratória. Grupos como “The United Farm Workers of America”, “Change to

Win” e o AFL-CIO, que em 2007 não conseguiram chegar a um acordo unificado (o que acabou comprometendo as chances de uma reforma acontecer), dessa vez conseguiram definir um acordo em comum para uma reforma imigratória e não apresentam nenhum empecilho para o processo. Movimentos pro reforma imigratória têm se fortalecido de forma estrondosa pelo país, como o comandado por Luis V. Gutierrez (D-IL) que tem feito um tour chamado “Famílias Unidas” por várias cidades, sensibilizando a opinião pública através de depoimentos verídicos que relatam como as políticas imigratórias atuais têm despedaçado as famílias Latinas, onde pais e mães de cidadãos americanos têm sido deportados e maltratados em cadeias para imigrantes. Outro destaque são as campanhas pró-imigrantes, entre elas, “Justice for Immigration” coordenada pela Conferencia de Bispos Católicos dos Estados Unidos, que está coletando mais de um milhão de cartões postais para serem enviados aos parlamentares do congresso americano. > Continua na página 14

12

Viver Magazine

Março 2010


Viver Viver Magazine Magazine Fevereiro Marรงo 2010

13


Com as eleições de novembro se aproximando, o tempo disponível para a aprovação de uma reforma imigratória ainda em 2010 tem diminuído rapidamente, por isso os grupos pró-imigrantes estão convocando um dia de mobilização nacional e marcha em Washington DC dia 21 de março onde mais de 100 mil participantes são esperados na frente da Casa Branca para exigir uma solução para a crise imigratória de uma vez por todas.

O que falta para a reforma imigratória acontecer em 2010?

Foto: Image Bank

Falta Você! Falta você cidadã e cidadão “indocumentado”, começar a participar mais nas campanhas pró-imigrantes. Sua voz não será ouvida se sua boca estiver calada. Precisamos mobilizar todos: os não-documentados, os que já se legalizaram, os americanos que são cônjuges e amigos de imigrantes, os estudantes das escolas e universidades, os fieis das igrejas, os limpadores de casas, os trabalhadores das construções, as mães e pais de família que almejam um futuro digno para seus filhos... Temos que mobilizar a todos! Você sabe quem vai se beneficiar quando conseguirmos fazer essa reforma acontecer? Você conhece alguém cujo sonho de poder se legalizar não sai da cabeça por

nenhum dia sequer? Ou conhece alguma família que seria despedaçada caso um de seus membros fosse preso e deportado? É preciso perder o medo e o comodismo de esperar para que outros ergam nossa bandeira. Somos um povo de luta e de garra que sabe como reivindicar o que almeja, mas que tem optado em viver nas sombras do anonimato imigratório. É preciso olhar a nossa volta e ver que comunidades de imigrantes como nós mesmos, estão na linha de frente, articulando e participando pra fazer acontecer. Desfaça suas malas. É sim muito mais cômodo se agarrar à desculpa das dificuldades e voltar para o Brasil sem sequer ter tentado. Eu – Vanella – faço um chamado pessoal a todos vocês para que encontrem coragem e coloquem a boca no mundo. Participem das atividades, convoquem reuniões, mobilize sua escola, sua igreja, seus visinhos: conversem com seus amigos, esclareçam seus filhos, seus pais, seus patrões, seus empregados. Não joguem fora todos esses anos de esforço, suor, saudade, lágrimas ao telefone e muito trabalho duro para chegar onde você está. Faça agora o que você não fez em 2007 quando a oportunidade de uma reforma imigratória era possível. Mais uma vez temos a nossa frente

uma possibilidade de regularizar os que precisam ser regularizados, uma oportunidade de sair das sombras e ocupar nosso lugar ao sol, de permitir que nossos filhos tenham as mesmas oportunidades que os filhos de qualquer cidadão desse país, sem que tenha que enfrentar pela segunda vez o choque cultural de recomeçar a vida em um país que pra eles – agora – é estranho. É preciso entender que o governo dos Estados Unidos vai continuar apertando mais ainda as leis contra imigrantes não-documentados com leis anti-imigrante como testes de licença de motorista somente em inglês, taxa de imposto sobre envio de dinheiro internacional, entre tantas outras. Nessa luta falta você, residente permanente – portador de Green Card – entender que aqueles que são contra os trabalhadores mexicanos são contra qualquer tipo de imigrante, inclusive você. Que se você não é branco de olhos azuis tem uma grande chance de ser parado por policiais e ficar preso por vários dias ou até mesmo ser deportado caso não apresente seus documentos em tempo hábil. Existem situações onde residentes permanentes tiveram problemas sérios devido a pequenos contratempos com documentos, como por exemplo, o nome mal escrito. Falta você entender que o racismo contra você é o mesmo que matou Marcelo Lucero e Luiz Ramirez, que foram espancados até a morte por serem latinos, ou Brisenia Flores, criança de nove anos assassinada na sua própria casa por membro de um grupo anti-immigrante. Falta você, líder religioso, estar à frente dessa luta e liderar os membros de sua congregação em prol de mudanças sociais que estão afetando toda a comunidade de imigrantes, principalmente os latinos. Sigamos o exemplo do reverendo Martin Luther King Junior – oremos a Deus e também lutemos por uma lei justa para os membros da nossa comunidade. > Continua na página 16

14

Viver Magazine

Março 2010


Viver Magazine

Marรงo 2010

15


Falta você, cidadão americano, entender que a economia Americana está diretamente ligada ao trabalho dos imigrantes. Que ao invés de ficar reclamando pelo problema de um sistema de imigração sem controle (que permitiu 12 milhões de pessoas estabeleceram moradia nos Estados Unidos) trabalhe em conjunto com essa comunidade para encontrar a uma solução justa e humanitária. De acordo com vários estudos (sendo o mais recente, um relatório do “Center for American Progress”) provas concretas mostram que a deportação em massa geraria uma perda de $2.6 trilhões no GDP, por outro lado, um reforma imigratória geraria $1.5 trilhões para a economia nos próximos 10 anos. Os organizadores da marcha do dia 21 de março esperam mais de 100 mil pessoas em frente à Casa Branca, mas para isso é necessário o envolvimento de todos os interessados no assunto, já que se não for agora, vai ser quando?

16 16

Viver ViverMagazine Magazine Março Março2010 2010

Economistas já avisaram que o desemprego deve continuar mais de 8% até 2012; o número de nãodocumentados diminui pelo 2º ano consecutivo; o muro com o México está praticamente completo; os estados estão implementando cada dia maiores restrições para emissão de licença de motorista; mais e mais delegacias de polícia estão checando o estado imigratório e deportando pais e mães de família; o índice de crimes cometidos contra latinos tem aumentado pelo quarto ano seguido; imigrantes continuam morrendo tentando a travessia na fronteira ou devido a maus tratos nas cadeias de deportação. Não sei se a marcha terá 100 mil pessoas, eu particularmente, espero somente eu e mais uma pessoa: você. Como começar a participar? • Se informe, divulgue e participe ativamente das campanhas próimigrante. • Saiba como se informar melhor e deixe seus recados à comunidade brasileira através dos nossos outros

veículos de comunicação online que estão abertos a participação popular da comunidade brasileira na Georgia: Visite nosso portal: www.ViverMagazine.com. Procure por Viver Magazine no Orkut e Facebook. Adicione a Viver Magazine no seu celular 770-953-4250 e se cadastre para receber informações do que esta rolando através de mensagem de texto em português. Para se cadastrar, envie-nos uma mensagem de texto com a palavra: UNIAO. • Participe da passeata do dia 21 de Março em Washington, DC. Onde: Lincoln Memorial, Washington DC às 2 da tarde. • Se você não puder ir, participe on-line, faça uma ligação telefônica ou mande um fax. • Visite o site: www.GALEO.org para se envolver localmente em eventos pró-imigrante na Georgia. Eles estão organizados ônibus para irem à Marcha de Washington. Maiores Informações pelo telefone 404-745-2433 ou pelo e-mail: maria@galeo.org.


Viver Viver Magazine Magazine Fevereiro Marรงo 2010

17


18

Viver Magazine

Marรงo 2010 Fevereiro 2010


IMIGRAÇÃO Direitos dos Estrangeiros nos Estados Unidos Todas as pessoas nos Estados Unidos, inclusive estrangeiros, têm determinados direitos básicos que devem ser respeitados pelos agentes da ICE – Immigration and Customs Enforcement. Estes direitos derivam tanto da Constituição Americana, como das leis dos EUA. Como estrangeiro, você tem os seguintes direitos: Seu direito de recusar a entrada em sua casa: você tem o direito de negar a entrada de um agente do ICE em sua casa sem um mandado válido. O presente mandado deve ser assinado por um juiz. Você pode se recusar a abrir a porta, ou pode fechar a porta depois de descobrir que o agente não tem um mandado válido. Os agentes do ICE normalmente não portam uma ordem judicial. Estes agentes normalmente vão à casa de alguém com uma ordem final de deportação, logo no início da manhã. Por isso, se alguém está batendo em sua porta às 6:00 da manhã, você não é obrigado a abrir a porta. Olhe para fora primeiro. Se for um agente do governo, você pode falar com eles através da porta, sem abri-la. Eles podem gritar, ameaçar, ou mesmo ficar por ali por um tempo, mas eles acabarão por ir embora, e vão deixar no local um cartão com um número de telefone para que você ligue para eles. Pegue esse cartão e ligue imediatamente para um bom advogado de imigração. Reúna-se com o advogado naquele mesmo dia, para saber quais são suas opções e obrigações. Se agentes do ICE entrarem em sua casa à força, ou sem um mandado de busca, você deverá contactar um advogado imediatamente. Tenha sempre um numero de telefone de um advogado à mão. Seu direito ao silêncio: Você tem direito de se recusar a falar com os agentes do ICE ou com

policiais, como também o direito a recusar responder a quaisquer perguntas, ou se recusar a mostrar ao agente qualquer documento, a não ser que os agentes tenham um mandado com a listagem de todos os documentos que devem ser mostrados. No entanto, todos os estrangeiros são obrigados a carregar sempre consigo uma prova do seu status o tempo todo. Se você é um residente permanente, isso pode ser comprovado pelo seu cartão de recebimento do Registro de Estrangeiro (popularmente conhecido como “Green Card”), ou o seu passaporte também pode indicar o seu status. Se você é um nãoimigrante estrangeiro, é necessário ter um cartão de entrada-saída (I94), uma nota no seu passaporte, e/ou outra prova de seu status emitida pelo USCIS ou USCBP. Se você for parado ou detido na rua, e não têm seus documentos em si, ou é um estrangeiro em situação irregular, você tem o direito de permanecer calado sobre o seu status imigratório. Não há necessidade de mostrar qualquer documento. No entanto, em Georgia, no âmbito das regras relativas ao 287(g) que tem sido implementado em alguns municípios, como Cobb, Gwinnett, Hall, e Whitfield, a polícia local irá checar seu nome e impressões digitais através de um banco de dados de imigração e comunicar ao ICE para que estes te mantenham sob custódia imigratória. Seus Direitos se Você for Preso: Geralmente, os policiais estaduais e locais não têm o poder de te prender por violar leis de imigração. A aplicação das leis de imigração é geralmente deixada ao ICE. No entanto, como observado anteriormente, as normativas da lei 287(g) permitem às autoridades e polícia locais que prendam pessoas que violam leis criminais federais, incluindo o estatuto de imigração

penal. Além disso, uma lei federal de 1986 inclui a exigência de que policiais estaduais comuniquem ao ICE quando detiverem qualquer indivíduo suspeito de ser uma pessoa indocumentada em posse de drogas. Um oficial do ICE tem permissão para prendê-lo sem um mandato se ele acreditar que você está nos Estados Unidos ilegalmente e que você tem a probabilidade de fugir antes que este obtenha um mandado de prisão contra você. Se o agente do ICE te prender sem a apresentação de um mandado judicial, eles devem dar-lhe um formulário informando sobre os seus direitos. O formulário deve constar que você tem permissão para falar com um advogado ou outro representante. O ICE deve dar-lhe uma lista de advogados que vai lhe fornecer serviços jurídicos gratuitamente no evento de você não ter recursos para pagar os serviços de um advogado particular. Se você pedir para falar com um advogado, o ICE tem que lhe dar acesso a um telefone e, pelo menos, duas horas para tentar falar com um advogado. Durante esse tempo, o ICE não pode interrogá-lo, a não ser que seja somente para obter informações biográficas básicas. Se você for preso em um condado que impõe a 287(g), este condado vai estipular uma fiança para o crime que você supostamente cometeu e que levou à sua prisão. Se você paga essa fiança, então sua custódia é passada para ICE. Muitas pessoas são elegíveis para uma fiança junto ao ICE também, mas somente se eles se recusaram a assinar um documento concordando com sua deportação voluntária. O ICE freqüentemente tenta fazer com que pessoas detidas assinem esse documento. O melhor conselho a seguir é não assinar quaisquer documentos ou pedidos do ICE até você falar com um advogado de imigração que tenha conhecimento e experiência no assunto, para que você > Continua na página 20 Viver Magazine

Março 2010

19


possa entender as opções existentes para o seu caso específico. Seu Direito de Recusar-se a Assinar Qualquer Documento: Você tem direito de se recusar a assinar o seu nome em qualquer documento de imigração ou de pedir para falar com um advogado antes de assinar esses documentos. Ao assinar um documento dado a você por um agente do ICE, você poderá estar desistindo de certos direitos, ou concordar em voltar ao seu país e não recorrer ao tribunal de imigração. Ao fazer isso, você pode estar abrindo mão do seu direito legítimo de permanecer nos Estados Unidos. Se você estiver no país por mais de 10 anos, e você não tem nenhuma condenação significativa de outros crimes, você deve sempre lutar para permanecer nos aqui. Seus Direitos no Local de Trabalho: Para um agente do ICE entrar no seu local de trabalho ele deve ter um

20

Viver Magazine

Março 2010

mandado válido de busca ou prisão, ou ter a permissão do empregador para entrar. Se os agentes do ICE entrarem à força e te prender, você deverá permanecer em silêncio e exigir o direito de falar com um advogado. Lembre-se que qualquer informação que é dada aos agentes do ICE antes de falar com um advogado pode por em risco o seu caso. Outros Direitos Trabalhistas: Todos os trabalhadores, independentemente do seu status legal, deve receber pelo menos o salário-mínimo americano para trabalhar em período integral. Se você trabalhar mais de 40 horas por semana, em determinados postos de trabalho, seu patrão deve pagar-lhe hora extra, que é o valor da sua hora regular somada de 50% desse valor. Todos os trabalhadores têm por lei o direito de trabalhar num lugar livre de riscos susceptíveis de causar lesão grave ou morte. A entidade patronal deve fornecer equipamentos de segurança e remoção de materiais perigosos da área de trabalho.

Seu Direito de Enviar seus Filhos para Escolas Públicas: Todas as crianças têm direito à educação. Um processo judicial nos Estados Unidos confirmou a obrigação das escolas públicas de admitir todas as crianças, independentemente do seu status de imigração. As escolas públicas não devem pedir para verificar o seu status imigratório ou o status de seus filhos e, geralmente, não o fazem. Seu direito a Tratamento Médico: Hospitais com financiamento público são obrigados a fornecer serviços médicos de emergência, independentemente do estado de imigração do paciente. Elegibilidade para benefícios de saúde é complicado, e você deve procurar aconselhamento junto de uma agência comunitária ou um advogado. Mesmo se você não é elegível para determinados benefícios médicos, você pode conseguir solicitar os benefícios em nome de seus filhos, caso eles tenham nascido nos Estados Unidos.


Viver Magazine

Marรงo 2010

21


22

Viver Magazine

Fevereiro Marรงo 2010 2010


Viver Magazine

Marรงo 2010

23


Participe! Envie suas fotos para a seção Happy Birthday no e-mail: vivermagazine@gmail.com

24

Viver Magazine

Março 2010


Viver Viver Magazine Magazine Fevereiro Marรงo 2010

25


Participe! Envie suas fotos para a seção Clicks e Flashes no e-mail: vivermagazine@gmail.com

26

Viver Magazine

Março 2010


Viver Magazine Fevereiro Marรงo 2010 Viver Magazine 2010

27


28

Viver Magazine

Marรงo 2010 Fevereiro 2010


Legal

Por Katcha Moschitta Paralegal /CEO Grupo Total Help

Driver’s License

O que todo motorista deveria saber Foto: Image Bank

Todos nós brasileiros que vivemos no exterior, um dia deixamos nossas famílias, nossos amigos, nossas cidades e nosso saudoso país para tentarmos o sonho de construir um amanhã melhor para nós e para aqueles a quem amamos. Muitos deixamos para trás filhos, esposas, pais ou mães com idades já avançadas para lutar e vencer na “América”.

D

entre as muitas barreiras encontramos a dificuldade com o idioma, os costumes, a comida, a arquitetura, o trânsito e principalmente os documentos. Sabemos que em um passado não tão distante, o documento mais almejado era o Green Card. Depois passou a ser o Social e hoje, encaramos a dificuldade de obter um documento vital para nossa sobrevivência aqui: nossa CARTEIRA DE MOTORISTA. A carteira de motorista especialmente aqui no Estado da Georgia é imprescindível. Em grandes centros urbanos no país, como Manhattan, por exemplo, encontramos uma estação de metrô praticamente em cada esquina. Em Atlanta a situação é diferente. Felizmente não temos que lidar com a fúria da natureza que a maioria dos outros estados tem que enfrentar (neve, tornados, frio ou calor insuportáveis), mas temos que usar carros como principal forma de condução. Há até bem pouco tempo aqui na Georgia, para se obter uma carteira de motorista era necessário apresentar apenas duas formas legais de identificação, passar no teste de conhecimento das normas de trânsito e no teste de volante. Entretanto hoje, para conseguirmos esse documento tão necessário é preciso também provar sua

situação imigratória, por isso solicitam a apresentação de pelo menos um dos seguintes documentos: I-94 válido, Permissão de Trabalho, Green Card e, em alguns casos, comprovante de Cidadania Americana. Se não bastassem as dificuldades vividas pelo imigrante no dia-a-dia, em 2008 os Legisladores da Georgia aprovaram um aumento da penalidade para aqueles que são pegos dirigindo sem carteira, com carteira suspensa ou cancelada. De acordo com a O.C.G.N§ 40-5-120 uma pessoa que for pega dirigindo sem carteira de motorista válida deverá cumprir 48 horas de prisão e ainda pagar uma multa que varia de $500.00 a $1,000.00. Para o imigrante o efeito desta Lei não para por aí. Na maioria dos condados (hoje incluindo Cobb, Gwinnett, Hall and Whitfield) a polícia está trabalhando em parceria com o ICE (Immigration and Customs Enforcement) e ao ser preso, seu estado imigratório é checado e reportado às autoridades competentes. Então, um segundo problema se inicia, e se não houver uma ação rápida por parte da defesa do preso pode, muitas das vezes, acabar em deportação.

Mas o que fazer? Dirigir para nós é um ato de sobrevivência e desistir não é a solução. Se mudar para outros estados e deixar pra trás todos os laços que você criou em Atlanta resolvesse, não estaríamos observando o número crescente de brasileiros que estão saindo do norte do país em busca de oportunidades em Atlanta. Isso funcionaria como um “bandaid” tentando tapar uma ferida que já se alastrou por quase todo o corpo. Atualmente somente 3 estados americanos ainda emitem carteira de motorista independente do estado legal de quem a solicita. Enquanto não achamos a cura definitiva para a ferida, precisamos estar preparados para manter-la sob controle e aprender a sobreviver com ela. Se você por alguma razão for parado pela polícia no trânsito em uma situação de rotina, mantenha a calma. Na maioria das vezes hoje, o policial irá emitir uma multa com obrigação de comparecimento em corte ao invés de > Continua na página 30 Viver Magazine

Março 2010

29


Foto: Image Bank

te prender. Assim que receber a multa vá em busca de aconselhamento legal para que seu caso seja avaliado. O código colocado na multa é de suma importância. Existe um código específico para cada violação. Por exemplo, se a pessoa parada já teve carteira de motorista e esta venceu; se já teve carteira e esta foi cancelada; se nunca teve carteira da Georgia e possui carteira de outro Estado,

30

Viver Magazine

Março 2010

e assim por diante. Um advogado competente e experiente não somente na área criminal, como também na área de Imigração poderá resolver o seu problema, na maioria dos casos, sem que você tenha que comparecer em corte. Certifique-se da idoneidade do profissional que irá assisti-lo, já que sua experiência e conhecimento em casos como o seu pode ser decisiva na resolução de seu problema. Infelizmente existem ainda muitos que se dizem profissionais da área e que fazem uso da fragilidade e, às vezes, desconhecimento da lei ou domínio do idioma por parte de quem busca ajuda, para tirar vantagem da situação e no final, não fazer nada em defesa de seu cliente. Não ignore a multa que você recebeu como outros já fizeram por falta de conhecimento das leis locais. Se você receber uma multa e não comparecer em corte ou tiver uma resolução legal te dispensando do comparecimento, um mandato de prisão é automaticamente expedido contra você, e você se torna a partir daí, um foragido da justiça. Aí sim a coisa ficaria complicada. Mas também não se apavore como muitos fizeram no início, arrumando as malas e voltando para o Brasil. Não desista de seus sonhos, ainda há esperança. Somos um povo guerreiro. Somos uma gente que luta e trabalha com dignidade para ganhar o pão nosso de cada dia. Não nos curvamos diante das dificuldades, a contornamos e seguimos em frente. Deus sempre nos abençoa.


Viver Magazine

Marรงo 2010

31


32

Viver Magazine

Marรงo 2010


Viver Magazine

Marรงo 2010

33


ESTILO DE VIDA

Go green

Por Dilla Campos Empresária e Crítica de Música

Esse assunto nunca foi tão atual

Você, com certeza já ouviu esta expressão dita por alguém, ou escrita em algum lugar. Mas você sabe o que ela realmente significa? É claro que as palavras já esclarecem muito, mas na verdade “GO GREEN” ou “VÁ VERDE” é muito mais do que dizer que nos preocupamos com o desmatamento e o meio ambiente em geral. “Going Green” é uma expressão que envolve uma reeducação de hábitos, de costumes e conceitos do ser humano, uma nova visão que nos conscientiza de que não vivemos em um planeta indestrutível. Reaprender a viver, se disponibilizar a agir no dia a dia, definitivamente sem exageros e desperdícios, buscar alternativas menos agressivas e respeitar a natureza para que não sejamos vítimas de sua fúria em resposta ao nosso descaso atual, estarmos preparados e dispostos a colaborar, em conjunto e individualmente, é o que

nos torna praticantes e adeptos, literalmente desta expressão. Alguns dos melhores exemplos de como “GO GREEN”, é optar por executar cinco importantíssimas atitudes e mudanças de comportamento, mudanças fundamentais que, com certeza, vão mexer com a sua cabeça a curto prazo, mas os bons resultados o incentivarão a não parar jamais. Para começar: Compre Orgânicos – com isto você estará fazendo um bem imenso não só para o meio ambiente, mas

para o seu próprio corpo. Alimentos orgânicos, mesmo que muitas vezes não tenham aquela aparência maravilhosa que os outros produtos têm, são incomparavelmente melhores para a nossa saúde, como o próprio nome já sugere, são naturalmente cultivados, sem agrotóxicos, ou qualquer outro tipo de químico, se você tem espaço na sua casa para plantar as suas verduras e legumes, aproveite as sobras dos seus alimentos para fertilizar o solo, as cascas e talos das verduras que você não consome e as sobras de tudo o que você come (menos os ossos), podem ser utilizadas para tornar o solo fértil e ideal para o plantio de suas hortaliças. Procure se informar sobre isto, você vai ver que pode reaproveitar quase tudo o que sobra das suas refeições. Economize Água - Em pleno ano de 2010, termos que continuar falando sobre a seriedade que este tema representa parece absurdo, cansativo e desnecessário. Temos que olhar a água da mesma forma que a gente olha para os animais que já estão em extinção, pois todos nós sabemos que apesar de 75% do nosso planeta ser formado por água, infelizmente a maioria dela não é potável e o risco > Continua na página 36

34

Viver Magazine

Março 2010


Viver Magazine

Marรงo 2010

35


36

Viver Magazine

Março 2010

um pouco de exercício físico vai contar pontos a seu favor. Tenha bom senso – Analise as coisas que você consome, procure saber o tipo de matéria-prima que foi usado para a produção delas, opte sempre pelo que não polua o ambiente. Não coloque em risco ou extinção as riquezas do planeta, não compre roupas ou sapatos feitos com pele de animais. Não jogue o seu lixo nas ruas e ensine seus filhos a terem zelo e amor pela natureza. A partir do momento em que você se decidir a colocar em prática estas 5 dicas, você estará adicionando qualidade de vida à sua família, além de demonstrar respeito pelo futuro do planeta em que viverão os seus filhos e netos. Mudar a sua atitude no seu dia-a-dia é fazer desta mudança uma filosofia de vida, isto significa que você esta fazendo parte do movimento “GO GREEN”. Veja mais sobre assuntos relacionados ao meio ambiente e reciclagem no website:

www.ecopress.org.br

Arte fornecida pelo anunciante.

Desligar – Desligue os eletrodomésticos e eletroeletrônicos que você não está usando, isto não significa apertar o botão do controle remoto, mas literalmente tirar o cabo de eletricidade da tomada. Ainda que você não veja, o consumo continua enquanto estiver conectado, e você ainda corre riscos de uma descarga elétrica causada por raios ou pane no sistema elétrico. Apague as luzes dos quartos quando sair; opte por uma voltagem mais baixa ao escolher as lâmpadas. É claro que é mais confortável não ter que se levantar do sofá ou se abaixar pra desligar os cabos de energia, mas vamos lá gente,

Foto: Image Bank

Recicle – Se você não consegue reciclar com todos os critérios que são recomendados, pelo menos não misture tudo. Separe plásticos, vidros e papel. Isso não é tão complicado assim. Basta um pouco de boa vontade. Todos nós já sabemos que tudo misturado complica pra natureza dar um jeito. Quando for ao mercado, procure levar suas próprias sacolas, para não ter que trazer pra casa aquele monte de sacolas plásticas. Mas em todo caso, se você preferir levar as benditas, reutilize-as nos cestos de lixo da sua casa isto, ao contrario do que dizem algumas pessoas, não e sinal de “avareza”, mas sim de inteligência e economia. Preste atenção na quantidade de descartáveis que você

despreza no decorrer de uma semana, e possível reduzir este absurdo, basta um pouco de cuidado na hora das compras dos produtos. Um bom exemplo é evitar comprar garrafinhas de água, carregue sua própria garrafa e a reutilize sempre que precisar. Assim na hora da caminhada, você não vai deixar garrafas plásticas pelo caminho, como infelizmente fazem a maioria dos atletas.

Arte fornecida pelo anunciante.

de que em um futuro bem próximo, ela possa vir a nos faltar já é, nos dias de hoje, motivo de noites de insônia de muita gente. Então vale a pena lembrar que não precisamos deixar a torneira ligada enquanto escovamos os dentes, e nem lavar o carro todo final se semana – opte por “conservar“ o seu carro limpo por mais tempo.


Viver Magazine

Marรงo 2010

37


38

Viver Magazine

Marรงo 2010


Viver Magazine

Marรงo 2010

39


MODA

Por Kamilla Silva

Procure, compre e

economize Abercrombie Addison, cinza. Disponível com outras estampas. www.abercrombie.com

Designer Consigner Boutique

$34

$16.90

Designer Consigner é uma loja com grifes de luxo, bem como itens de peças únicas. Você encontra de Banana Republic - Chanel e outros, incluindo David Yurman, Marc Jacobs, Louis Vuitton, Milly, True Religion e muito mais. Centenas de novos itens chegam semanalmente, com os mais procurados produtos tipicamente vendidos na primeira semana que chegam. Os itens que não foram vendidos durante o período de consignação, mesmo com o marcados com desconto ainda são reduzidos para 75% do preço original ou são postos na prateleira $ 4,00 para liquidação.

American Eagle

Itens com 60% de desconto em liquidação. www.ae.com

$49.50

$24.99

$29.95

$14.99

Express Ela

Studio Stretch Cap-sleeve Belted Jacket. www.express.com

JCpenney

Arizona® Girls 7-16 Butterfly Doubler Top www4.jcpenney.com

Stonewood Village 670 N Main St, Suite 101 Alpharetta, GA 30009 770-777-0032

$79.50

$55.65

www.designer-consigner.net $90

$44.99

JCpenney

Calça St. John’s Bay® www4.jcpenney.com $36

$9.99

40

Viver Magazine

Março 2010

GAP

The ultimate cardigan disponível em 12 cores. www.gap.com $49.50

$30

JCpenney

Jones Wear®Charmuese Tie www4.jcpenney.com


Viver Magazine

Marรงo 2010

41


42

Viver Magazine

Marรงo 2010

Arte fornecida pelo anunciante.


Viver Magazine

Marรงo 2010

43


CONSUMO

Website: bananarepublic.gap.com Preço médio: R$98.00

Website: www.overstock.com Preço médio: $13.99

3

2

1

Website: www.hammacher.com Preço médio: $99.95

Website: www.fragrancezoo.com Preço médio: R$29.25

4 Website: www.overstock.com Preço médio: $28.94

6

5

Website: www.target.com Preço médio: $14.99

1

Dina gladiator wedge

Moderno, combina o clássico com a tendência gladiador. Exclusivamente construída de couro de alta qualidade e juta trançada no detalhe.

44

2

Clarins Self Tanning Milk

Adquira aquele bronzeado em minutos com o Clarins Self Tanning Milk.

3

The Plantar Fasciitis

Desenhado por um podólogo, estes sapatos ajudam a realinhar seus pés para uma posição neutra. Os solados são feitos para a absorção de choque e apoio aos ângulos do calcanhar.

4

Jonas Vol. 2: I Heart Jonas

Prepare-se para experimentar as palhaçadas adoráveis dos três músicos mais famosos do mundo, com 7 episódios especialmente selecionados do sucesso do Disney Channel Original Series em I Heart Jonas!

5

Jillian Michaels Fitness

Em Jillian Michaels Fitness Ultimatum 2009 jogadores tornam-se novos recrutas em um acampamento onde eles se inscrevem em um programa de treinamento exclusivo composto de testes de aptidão e série de exercícios.

6

Webkinz Horse

Webkinz Clydesdale Horse inclui 4 acessórios com camiseta, calça, e 2 pacotes com figuras.

*Todos os produtos e/ou preços aqui apresentados podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Viver Magazine

Março 2010


Viver Magazine

Marรงo 2010

45 Arte fornecida pelo anunciante.


COMPORTAMENTO

Foto: Image Bank

Por Elaine Dias Pastora e Psicóloga

Adolescência

A fascinante busca da identidade Sempre me causou desconforto ouvir pais se referirem aos seus filhos adolescentes como “aborrecentes”, e muitas das vezes na frente dos próprios, o que é ainda pior. Esta é uma fase transitória do desenvolvimento humano, caracterizada por ambivalências radicais, confusão, vulnerabilidade, profundos sentimentos de inadequação, desafios intensos e mudanças fascinantes. E certamente, a última coisa que o adolescente precisa, é crítica e rejeição pública dos seus pais.

46

Viver Magazine

Março 2010

S

egundo estudos e pesquisas precursoras dos maiores cientistas comportamentais do mundo, existem duas fases do desenvolvimento humano onde há um maior potencial e propensão para o desencadeamento da esquizofrenia (a mais ingrata de todas as psicopatologias): a adolescência e a senilidade. Como podemos ver, a complexidade que envolve este crucial período da vida humana, vai muito além do que a simples análise diária que fazemos à respeito do comportamento dos nossos filhos adolescentes; vai muito além do que eles externalizam e o que nós somos capazes de captar. A puberdade (período que se inicia entre 11 e 12 anos de idade) sinaliza o início da adolescência e é marcada por uma série de mudanças físicas, intelectuais, emocionais

e sociais radicais. Neste período ocorre um surto de crescimento e acentuamse as características sexuais primárias e secundárias. O início da puberdade precipita a atividade do hipotálamo (parte do cérebro que conecta os sistemas nervoso e endócrino), que por sua vez estimula as glândulas sexuais e a pituitária para a produção de hormônios, e uma vez que este seqüência hormonal de maturação sexual se inicia, a sua progressão é previsível. Nesta fase o cérebro do adolescente, que tem 95% do tamanho do cérebro adulto, continua seu refinamento e crescimento anatômico. Esta indefinição da arquitetura cerebral e das funções cerebrais, combinada com desequilíbrio hormonal e maturação dos processos do pensamento, pode comprometer a razão, as emoções, e planejamento acurado de decisões. Todas estas extremas alterações desencadeadas por maturação biológica e complexidade intelectual interferem severamente com a habilidade do adolescente de tomar decisões competentes e de controlar impulsividade. E ele é confrontado diariamente por situações que requerem decisões que são permeadas por dilemas morais e éticos, e nem sempre ele sabe como escolher adequadamente. Dependência de drogas, gravidez indesejada, delinqüência, e até mesmo morte prematura, são alguns dos problemas que adolescentes enfrentam hoje por causa do seu julgamento pobre e impulsividade. Também, nesta fase de desenvolvimento humano o centro de recompensa do cérebro está altamente ativado deixando o adolescente vulnerável a comportamentos de risco e de busca de prazer. O desencadear da puberdade gera profunda insegurança nestes indivíduos, pois as pobres criaturas têm que se ajustar a estas visíveis e súbitas mudanças físicas, bem como, as influências de novas pressões sociais que são causadas pelas mesmas. Ele é forçado a reavaliar o seu auto-entendimento e redefinir o seu auto-conceito. É aquela típica fase: é criança, não é criança. Eles não sabem como lidar consigo próprios, nem os seus pais ou sociedade em geral sabe exatamente em que grupo inseri-los. Antes da puberdade, segundo a Teoria Piagetiana, o pensamento infantil é dominado por operações concretas (objetos, ações, e etc.). Com o processo de maturação na puberdade, o pensamento sofre uma mudança estrutural, e agora o adolescente passa ao estado das operações formais, isto


Viver Magazine

Marรงo 2010

47


é, passa a ter a habilidade de abstração e de análise de possibilidades. Junto com estas, a capacidade (o que pode ser surpresa para muitos) de antecipar conseqüências de suas próprias ações a longo prazo. Ele agora é capaz de pegar o seu próprio pensamento como um objeto e racionalizar a respeito. Ele pode considerar não meramente uma única resposta para um problema ou situação, mas várias alternativas possíveis. De fato, ele pode logicamente esgotar todas as combinações possíveis. Ele é capaz de julgar hipóteses e, sistematicamente testá-las contra evidências. Pode pensar científica e objetivamente, com isto optimizando a sua capacidade de lidar consigo próprio e com o mundo ao seu redor. Subitamente, a criança que nunca se preocupou com o futuro, passa agora a ter a capacidade de considerar fatos que ainda não ocorreram. De repente, o entendimento do imprevisível e da morte também passam a fazer parte da sua realidade. Isto tudo combinado, gera profunda ansiedade, incertezas e inseguranças, o que muitas vezes contribui para as típicas mudanças do humor (alegria/ tristeza), fazendo-o introspectivo, taciturno e melancólico. A transição da infância para a adolescência é muito desgastante. O adolescente tem que abandonar a segurança da dependência infantil dos pais e dos outros; ele tem que ter agora uma idéia de quem ele é, onde está indo, quais as possibilidades de chegar lá, e o que fazer quando chegar lá. Com o estabelecimento da capacidade de operações formais, o adolescente começa o seu conflito interior e, a incessante busca por uma identidade própria: de ser um indivíduo separado dos seus pais. Esse é o início da montanha russa psicológica do mesmo, e sinto muito, mas da família também. Por isso, a próxima vez que você se deparar com um jovem de cabelos verdes, no estilo índio Mohawk (igual crina de cavalo aparada), com roupas rasgadas arrastando meio metro pelo chão, tênis desatado, calça caindo pelos quadris, ou qualquer outra coisa que você considere um perfeito absurdo ou completamente ridículo (que é o objetivo do adolescente alcançado), não ria e nem se assuste. Tente enxergá-lo além desta “capa”: o 48

Viver Magazine

Março 2010

que ele verdadeiramente está fazendo é uma forte e criativa declaração de que é um indivíduo à parte, diferente de todos os demais, com características exclusivas e, com autonomia para tomar decisões próprias, inclusive a respeito da sua própria aparência. O Conflito Pais X Adolescente Adolescentes são fascinantes (e testadores da sanidade mental dos pais!). Agora sério, eles realmente são! Estas radicais mudanças intelectuais e físicas requerem urgentes adaptações que geram confusão e incertezas de como agir apropriadamente. Isto o torna muito crítico a respeito de si próprio, da sua aparência, e o leva a experimentar um forte sentimento de inadequação. Neste período do desenvolvimento da identidade iniciase o processo de questionamentos e experimentos, inicialmente no contexto familiar. Pela primeira vez, ele passa a reter informações dos seus pais, o que é normal, mas que certamente assusta terrivelmente os mesmos. Ele passa neste período a antagonizar e a questionar valores e princípios fortemente definidos e estabelecidos na família. Que melhor lugar, que não a família, para ele questionar e discordar e ainda assim, depois de tudo, continuar sendo amado?! Percebe como é lógico e natural que os seus testes sejam primeiramente na família? Segundo Sigmund Freud, o pai da Teoria Psicanalítica, o conflito paisadolescente é uma tentativa do jovem, de quebrar os laços da dependência emocional da infância e se tornar capaz de funcionar independentemente. E durante este processo ele certamente rejeitará temporariamente os seus pais. E é essa quebra, que o capacitará a desenvolver um conjunto personalizado de crenças e valores que são únicos para ele. Aqui os amigos têm papel chave. Eles são de crucial importância, pois juntos compartilham sentimentos e problemas semelhantes. Ele passa a ser mais dependente dos amigos, na mesma progressão que vai se liberando da dependência dos pais. Certamente este é o processo que o levará para a resolução do conflito, a desenvolver uma identidade integrada, ou seja, a passar a ter um sentimento de ser um indivíduo unificado, com crenças consistentes e um senso seguro de dignidade, valor e

significância como ser humano. O Crucial Papel dos Pais Assim como o desenvolvimento muscular não acompanha o desenvolvimento ósseo, dando ao adolescente sua típica aparência desengonçada, o desenvolvimento emocional, definitivamente, não acompanha o desenvolvimento físico. E muitas vezes, nós pais, baseando apenas nos novos atributos físicos, delegamos mais liberdade e autoridade para as quais nossos adolescentes ainda não possuem maturidade emocional para administrar satisfatoriamente. Levando-o assim a experimentar ainda mais estresse, e o que é pior, muitas vezes, fracasso. Acima de tudo, nós pais, devemos amar os nossos filhos adolescentes, aceitá-los como indivíduos distintos, oferecer-lhes constante e consistente encorajamento; permanentemente nutrir sua auto-estima, motivá-los diariamente a buscar à Deus, e nos esforçarmos sempre, sempre, em mantermos comunicação com os mesmos. E finalmente, permitirmos, contribuirmos e liberá-los para a sua iminente emancipação. Conflitos?! Mais intensos ou menos intensos, eles sempre existirão nesta fase da vida. Entretanto, a maneira como os resolvemos é que poderá ou não contribuir satisfatoriamente para a formação desta nova identidade. Nós temos que nos ajustar a este jovem adulto, respeitá-lo e reconhecê-lo como uma pessoa. E estabelecermos um novo relacionamento equilibrado, onde controle e vontade não mais se colidem. Eventualmente, eles serão capazes de adotar uma visão mais diversificada e ampla, que incorporará um pouco da nossa (pais) perspectiva, algumas dos amigos e outras que serão geradas por ele mesmo. Neste processo ele descobrirá quem é. E certamente nesta gratificante época de colheita, nós pais (às vezes, semimortos!), teremos contribuído não somente para o ajuste deste jovem e o bem-estar de toda família, mas também para a sociedade como um todo. Entregando a ela, um resolvido, equilibrado, responsável, produtivo, importante e necessário membro, com o potencial para revolucioná-la!


Viver Magazine

Marรงo 2010

49


ENTRETENIMENTO

Cinema

Estreias para o mês de Março

Green Zone

Fotos: Divulgação

Estreia: dia 12 Gênero: Drama | Policial | Guerra | Adaptação

Estreia: dia 19 Gênero: Comédia | Ficção Científica | Policial | Fantasia

Remember Me

City Island

She’s Out of My League

Hubble 3D

Mother

The Runaways

Estreia: dia 12 Gênero: Drama | Romance

Estreia: dia 12 Gênero: Comédia | Romance

Estreia: dia 12 Gênero: Arte | Drama | Policial | Gangster

Our Family Wedding Estreia: dia 12 Gênero: Comédia | Família | Romance

Estreia: dia 19 Gênero: Comédia | Drama | Família | Criança

Estreia: dia 19 Gênero: Documentário

Estreia: dia 19 Gênero: Drama | Musical | Performance | Arte

Hot Tub Time Machine

Estreia: dia 19 Gênero: Comédia

The Bounty Hunter

The Eclipse

Diary of a Wimpy Kid

The Last Song

Estreia: dia 19 Gênero: Ação | Aventura | Comédia

Estreia: dia 19 Gênero: Criança | Família | Adaptação

CD Irmão Lázaro – Vai Mudar O álbum “Vai Mudar” marca a estreia de Irmão Lázaro com a gravadora Som Livre. O repertório do disco foi composto inteiramente pelo próprio artista e os destaques ficam por conta da canção que dá nome ao CD, “Vai Mudar”, e da faixa “Minha Alegria”, que promete encantar o público.

Website: www.submarino.com.br Preço médio: R$14.90 50

Repo Men

Viver Magazine

Março 2010

Estreia: dia 26 Gênero: Arte | Drama | Ficção Científica | Fantasia

Estreia: dia 31 Gênero: Drama | Romance | Família | Criança

Leitura

Campo de batalha da mente - Vencendo a batalha em sua mente Autora: Joyce Meyer Categoria: Gospel, Autoajuda

Neste poderoso livro, a popular autora e conferencista Joyce Meyer, o conduz através de uma auto-avaliação honesta compartilhando as provações, tragédias e principais vitórias do seu próprio casamento, família e ministério incluído a verdade que ela aprendeu sobre o que estava pensando e sentindo a cada passo do caminho. Você aprenderá como Joyce ganhou a batalha em sua própria mente e como você também pode ganhar.

Website: www.amazon.com Preço médio: $40.00

Por que Você Não quer Mais ir à Igreja? Autores: Wayne Jacobsen e Dave Coleman Categoria: Gospel

Depois de toda uma vida dedicando-se à Igreja e ao caminho que sempre lhe pareceu o certo, Jake Colsen está diante de uma dolorosa dúvida: como é possível ser cristão há tanto tempo e, ainda assim, se sentir tão vazio? Mas o amor divino está sempre a postos para transformar vidas.

Website: www.submarino.com.br Preço médio: R$19.90

Séries e Documentários Iraq for Sale: The War Profiteers Este é um documentário de 2006 sobre a Guerra do Iraque e do perigo das empresas que trabalham no país com contratos sem licitação.

Duração: 76 min Idioma: Inglês Direção: Robert Greenwald Website: www.freedocumentaries.org


Viver Magazine

Marรงo 2010

51


52

Viver Magazine

Marรงo 2010

Viver Magazine  

Publication for the brazilian Community living in Metro Atlanta Area, Georgia, USA