Page 34

Fala Sério.

psicoafetivos através de bolas, brinquedos e jogos. “É fundamental estabelecer uma relação de confiança com as crianças

filhos especiais, carinho e atenção em dobro

utilizando os recursos lúdicos como facilitadores”, afirma. Para melhor promover o desenvolvimento escolar das crianças atendidas, a equipe da Humanize realiza reuniões semestrais com coordenadores e orientadores pedagógicos. Com a integração de todas as pessoas que convivem com as crianças, sejam da

Texto: Eliade Pimentel | Fotos: Klinger Brito

família ou ligadas à sua formação, as Saciar a sede de uma criança que

Humanize, Valéria conta que se identificou

terapias se tornam muito mais eficazes.

diz “aga” ou “apu” quando quer beber

com a área na época do estágio curricular,

“O planejamento integrado é realizado de

água é fácil. Imagine a dificuldade de pais

realizado no Serviço de Psicologia

modo que haja o melhor aproveitamento

que não conseguem entender o que os

Aplicada (UFRN), e explica como se

pedagógico“, afirma.

filhos querem expressar, mesmo quando

desenvolve o processo de atendimento

se trata de suas necessidades mais

terapêutico às famílias. “Nosso diferencial

básicas. Em lares onde existem crianças

é que atendemos até duas vezes por

Além dos cuidados normais que os

por Valéria. “Desde que recebemos o

com alguma síndrome ou distúrbios do

semana, de acordo com as necessidades

pais devem ter com relação aos filhos,

diagnóstico de que o nosso filho mais

desenvolvimento, a família deve redobrar

da criança, e temos um encontro mensal

é importante observar alguns detalhes

novo era autista, fomos orientados sobre a

os cuidados com atenção e carinho, mas

com os pais”. Os resultados, do suporte

do seu comportamento, que podem

necessidade do atendimento psicológico,

acima de tudo, procurar apoio profissional.

emocional aos pais, são bastante

revelar a necessidade de um atendimento

porém só agora encontramos a proposta

A psicoterapeuta Valéria Fernandes,

compensadores. Sua experiência

especializado. “Crianças que tem medos

de que não apenas a criança, mas

especializada em atendimento a crianças

profissional inclui também o Centro de

frequentes, que não gostam de brincar

também nós, os pais, precisávamos deste

especiais, recebe pacientes autistas,

Reabilitação Infantil (CRI), ligado ao

de areia, que tem receio de se sujar, que

acompanhamento terapêutico. A cada dia

ou com dificuldades de aprendizagem,

Governo do Estado.

apresentam dificuldades de se relacionar,

que saímos da sala, ampliamos nosso

ou que ainda falam como bebês, devem

olhar, começamos a perceber e pensar

síndrome de Down e atrasos

“Temos casos de crianças que chegam

emocional”, exemplifica. Seguindo as recomendações dos profissionais, pais e fihos aprendem novas formas de se relacionar, conforme

DE OLHO NOS DETALHES

atesta o depoimento de um casal atendido

neuropsicomotores diversos e destaca

para o atendimento com ausência da

ser avaliados para que seja realizada

sobre novas possibilidades, e saímos

a importância do acompanhamento

linguagem verbal, e com o processo,

uma intervenção de forma precoce.

diferentes. Estamos sendo tratados das

interdisciplinar para os casos citados. “Os

começam a se reconhecer, a se

Esses sintomas podem estar sinalizando

nossas angústias enquanto pais”, atestam

pais devem aprender a se relacionar com

comunicar e a interagir de uma forma mais

a existência de algum comprometimento

Graça Santos e Carlos Iremar.

os seus filhos especiais. Essa interação é

satisfatória,” relata. A psicóloga utiliza de

essencial para o bom desenvolvimento da

técnicas para desenvolver as capacidades

criança”.

e habilidades das crianças, como

Valéria Fernandes Dias Silva de Brito

também para a superação dos conflitos

Psicóloga clínica (UFRN/1996), Psicoterapeuta corporal. Clínica Humanize: avenida Senador Salgado Filho, 1791. Ed. Elali. Lagoa Nova. Tel.: (84) 3206 5277. E-mail: humanizenatal@gmail.com

Membro da equipe da Clínica 66 RV Pais AGOSTO 2011

RV Pais AGOSTO 2011 67

RV_pais03  

Revista Versailles especial Pais nº03

Advertisement