Page 27

Pais na escola.

Texto | Eliade Pimentel | Fotos | Aurino Neto e Marcos Alexandre

A despedida e o retorno, o cuidado, o afago, o vai-e-vem diário na correria do

“Todos os dias, eu chego no

caos urbano geram uma afeição mútua

horário para buscar o Breno e

para sempre prolongada. Levar e trazer

juntos esperamos pela Beatriz,

os filhos para a escola é uma forma de

que sai meia hora depois. Eles não

manter o diálogo em dia com a prole.

moram comigo, então aproveito

Quem pode cumprir essa função, sente-

bastante este momento para

se privilegiado por ter a oportunidade de

interagir.”

acompanhar o cotidiano dos seus bens mais preciosos. Na porta das escolas, a reportagem da RV Pais se deparou com muitas surpresas, e a palavra mágica que conduziu todas as entrevistas foi interação. Os pais se sentem recompensados por poder interagir com os filhotes, dividindo momentos especiais com as crianças.

UM CERTO FUSCA Antônio Carlos Júnior, 37, construtor, pai de Breno, 4, e Beatriz, 9. (Nota da redação: O charmoso fusca laranja faz parte da performance diária do pai dedicado, que adquiriu o carro exclusivamente para o “transporte escolar”).

“Todos os dias, eu chego no horário para buscar o Breno e juntos

No trânsito da vida escolar 52 RV Pais AGOSTO 2011

esperamos pela Beatriz, que sai

REALIZAÇÃO PESSOAL André Pinto, 31, administrador, pai de Pedro Farias, 2 anos.

meia hora depois. Eles não moram comigo, então aproveito bastante este momento para interagir.”

RV Pais AGOSTO 2010 53

RV_pais03  

Revista Versailles especial Pais nº03

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you