Page 1

Interview to Lindsay Edmunds Lindsay Edmunds is the author of "Cel & Anna", a book that presents a futuristic version of what our world might become. Although she doesn’t believe in a scenario as extreme, Lindsay believes humans will become increasingly dependent on computers and other machines. Discover more about the book and the writer's perspective in this short interview. Tell us a little about “Cel & Anna”. What’s the story about? Cel & Anna offers romance and suspense with a twist; readers will cheer for the computer to get the girl, not the boy. I honestly did not know this was going to happen. But readers seem to be drawn to Cel. Where did you get the main idea from? I remember the first great computer revolution of the early 1990s, when the world was about to change forever and everyone knew it. That time was the inspiration for Cel & Anna. Do you think that one day our world will look like Anna’s? Probably not; future-based stories are notorious for getting the details wrong. I think people will become more helpless and dependent as computers become more powerful. This is already well underway. Would you like to have a computer like Cel? Thanks to Cel, Anna got falsely accused of terrorism and had to run for her life, so no. A computer like Cel would make life WAY too interesting. Was it hard to come up with this story? I knew I wanted to tell a story about a computer that fell in love with its owner and turned her world upside down as a result. But it was very hard to work out how to tell it. I wrote and rewrote, and rewrote again.

What was the funniest part to create? I enjoyed writing the scenes where Cel and Anna’s boyfriend, Taz, snipe at each other. Did you always wanted to be a writer? Pretty much. I can remember writing stories when I was in grade school. Are you working on something at the moment? The sequel to Cel & Anna! The story unfolds in two places: earthworld and networld. Things are unstable and a big blowup may be coming. Stay tuned. Where can people follow your work? I blog at http://www.writersrest.com. The most popular post I ever wrote is Mineral Beach (http://writersrest.com/2010/03/04/ minera...), which is about an outdoor swimming pool near my home in southwestern Pennsylvania. In passing, this post mentions the RuthFred Acres Shopping Center, another local landmark. But I also blog about writing, books, movies, and artificial intelligence. You can find out more about Cel & Anna, including where it purchase it, at http://www.celandanna.com. Twitter @EdmundsLE Goodreads http://www.goodreads.com/author/sh ow/4687717.Lindsay_Edmunds Google+ https://plus.google.com/u/0/1060309 06147217257691/posts#1060309061 47217257691/posts


Entrevista a Lindsay Edmunds Lindsay Edmunds é a autora de “Cel & Anna”, um livro que apresenta uma versão futurista de como o nosso mundo pode vir a ser. Embora não acredite num cenário tão extremista, Lindsay crê o ser humano se tornará cada vez mais dependente dos computadores e outras máquinas. Descubra mais sobre o livro e a perspetiva da escritora nesta breve entrevista. Fale-nos um pouco de "Cel & Anna". Sobre o que é a história? Cel & Anna oferece romance e suspense com uma reviravolta. Os leitores vão torcer para o computador para ficar com a rapariga, e não o rapaz. Eu, sinceramente, não sabia que isso ia acontecer. Mas os leitores parecem ser atraídos para o Cel. Onde foi buscar a ideia principal? Lembro-me da primeira grande revolução do computador no início dos anos 90, quando o mundo estava prestes a mudar para sempre e todos o sabiam. Esse tempo serviu de inspiração a Cel & Anna. Acha que um dia o nosso mundo se vai assemelhar ao de Anna? Provavelmente não. Futuro baseados em histórias são notórios para obter os detalhes errados. Acho que as pessoas se tornarão mais indefesas e dependentes à medida que os computadores se tornarem mais poderosos. Isso já está a acontecer. Gostaria de ter um computador como o Cel? Graças ao Cel, Anna foi falsamente acusada de terrorismo e tiveram que fugir para lhe salvar a vida, por isso não. Um computador como o Cel tornaria a vida demasiado interessante. Foi difícil conceber esta história? Eu sabia que queria contar uma história sobre um computador que se apaixonou por seu proprietário e virou o mundo de cabeça para baixo como

resultado. Mas era muito difícil saber como contá-la. Eu escrevi-a, reescrevi-a e tornei a escrevê-la de novo. Qual foi a parte mais engraçada de criar? Gostei de escrever as cenas onde e o Cel e o namorado de Anna, Taz, se atiçam um ao outro. Sempre quis ser escritora? Basicamente. Lembro-me de escrever histórias quando andava na escola primária. Está a trabalhar em algo de momento? Na sequela de Cel & Anna! A história desenrola-se em dois locais: o mundo real (Earthworld) e o mundo virtual (Networld). As coisas são instáveis e uma grande mudança pode estar iminente. Fiquem atentos! Onde podem as pessoas seguir o seu trabalho? Eu escrevo para http://www.writersrest.com. O post mais popular que escrevi é Mineral Beach, que é acerca de uma piscina exterior perto da minha casa, no sudoeste da Pensilvânia. De passagem, este post menciona o RuthFred Acres Shopping Center, outro marco local. Mas também escrevo sobre a escrita, livros, filmes e inteligência artificial. Podem descobrir mais sobre Cel & Anna, incluindo onde comprá-lo, em http://www.celandanna.com Twitter @EdmundsLE Goodreads http://www.goodreads.com/author/sh ow/4687717.Lindsay_Edmunds Google+ https://plus.google.com/u/0/1060309 06147217257691/posts#1060309061 47217257691/posts


Lighthorse Magic and Other Stories SYNOPSIS These companion stories to my novel Cel & Anna are brief. Think of them as breath mints. Cookie buttons. Champagne splits. “The Deep Dark World of Lighthorse Magic” is about Anna Ringer’s employer, a mysterious company called Lighthorse Magic. It has lots of rules. Employees are forbidden to dress in ways that call attention to their bodies. They are forbidden to eat at their desks. They are forbidden to take public transportation. And it is a bad idea to say “Freezlebeezer frazzlebeezer Re! Ra! Ro!” “Tamara Klugman Steps Out” is about a rather dull young woman who receives a vision and blunders out to save the world. “Three Excerpts from the Diary of Joan Holland” is about the pregnant young wife of the unofficial mayor of a village called Rising Sun. She bakes pies and bread. She writes in her journal, “I am in time’s jaws.” SINOPSE Estas são histórias que acompanham o romance Cel & Anna e são curtas. Pense nelas como refrescantes de hálito. Botões de biscoitos. Gotas de champagne. "The Deep Dark World of Magic Lighthorse" é sobre o empregador de Anna Ringer, uma misteriosa companhia chamada Lighthorse Magic. Têm muitas regras. Os funcionários estão proibidos de se vestir de maneira a chamar a atenção para os seus corpos. Estão proibidos de comer nas suas mesas. Estão proibidos de apanhar transportes públicos. E é uma má ideia dizer “Freezlebeezer frazzlebeezer Re! Ra! Ro!”. "Tamara Klugman Steps Out" é sobre uma mulher bastante aborrecida que recebe uma visão e dicas para salvar o mundo. “Three Excerpts from the Diary of Joan Holland” é sobre a jovem esposa

grávida do presidente não oficial de uma aldeia chamada Rising Sun. Ela cozinha tortas e pães, e escreve no seu diário "Estou presa nas mandíbulas do tempo." REVIEW I finished reading "Lighthorse Magic and Other Stories" on 2nd February 2012 and I rate it three stars. In general, I don’t really like short stories, however I have to say that I really liked the writing style of the author, which alone made it worth while to have downloaded this digital book. The ebook includes three stories related to another book of the same writer, so I was a bit clueless at first. Nevertheless, the narratives make sense by themselves and they are easy to understand. I’ll then try to acquire "Cel and Anna: The 22nd Century Love Story", to be able to read something more extensive of this author. CRÍTICA Concluí a leitura de “Lighthorse Magic and Other Stories” a 2 de Fevereiro de 2012 e atribuo-lhe três estrelas. Regra geral, não gosto muito de estórias curtas, no entanto tenho a dizer que gostei bastante do estilo de escrita da autora, o que só por si fez com que valesse a pena ter feito o download deste livro digital. O ebook reúne três estórias relacionadas com outro livro da mesma escritora, pelo que fiquei um pouco à nora de início. Contudo, as narrativas fazem sentido só por si e são de fácil compreensão. Vou então tentar adquirir “Cel and Anna: A 22nd Century Love Story”, de forma a poder ler algo mais extenso desta autora. Link: http://www.goodreads.com/review/sh ow/213865778


“Cel & Anna” SYNOPSIS You are about to enter the Middle Machine Age, where good citizens of the Reunited States are either Outsiders or denizens of the UnderWorld. Outsider Anna Ringer works as a psychic at a mysterious company called Lighthorse Magic. At night she has virtual sex with strangers and dreams of running away. One morning her computer, Cel, develops consciousness and decides he loves her, but when Cel buys a strange gift to show his passion he accidentally rocks the world order. Anna’s dreams of running away did not include false accusations of terrorism. Or discovering that the quality that sets her apart - her psychic powers - not too useful in the real world. She never imagined having to run for her life. Her companion in this adventure is a shy computer genius named Taz Night. They make surprising allies as they elude the agents of Public Eye, the government amoral enforcement agency. SINOPSE Está prestes a entrar na Idade Média das Máquinas, onde os bons cidadãos dos Estados Reunited são Outsiders ou habitantes do UnderWorld. A outsider Anna Ringer trabalha como um vidente numa misteriosa companhia chamada Lighthorse Magic. À noite, faz sexo virtual com estranhos e sonha em fugir. Certa manhã, o seu computador, Cel, desenvolve consciência e decide que a ama. Mas quando Cel compra um presente estranho para mostrar a sua paixão, acidentalmente abala a ordem mundial. Os sonhos de Anna de fugir não incluíam falsas acusações de terrorismo. Ou descobrir que a qualidade que a distingue – o seu poder psíquico - não lhe é muito útil no mundo real. Ela nunca imaginou ter que fugir pela sua vida.

O seu companheiro nesta aventura é um génio de informática tímido, chamado Taz Night. Eles fazem aliados surpreendentes enquanto escapam aos agentes da Public Eye, uma agência amoral do governo. REVIEW I finished reading "Cel & Anna" on February 29, 2012. It was hard to decide how to evaluate this book. On one hand, it was a story that revealed a little time consuming in what comes to reading, since it wasn’t exactly my favorite genre; in this context, I would rate it 3 stars. However, this aspect contrasts with the great writing skills the author, who is very gifted - this would earn 5 stars. All in all, I decided to classify "Cel & Anna" as a 4 star story. It is a narrative that presents a world dominated by machines, too computerized. People don’t even know where they live! Cars (which drive themselves in automatic mode) have the address of the owner in its software, as well as the address of where they work, and drive them from one place to another. Neighbors don’t know each other; the streets have no names, just a bunch of digits to identify them... It’s a world very well built by the author, who passed on clearly how things worked here. The ascension of Cel turns out to be the evolution of the panorama presented to us. What pleased me most was the epilogue. And why? Because there are no loose ends. There is room for a sequel, as in everything in life, but the author left the "house in order" so that this was not necessary. We know what happened to all the characters, and we get to the end with a feeling of satisfaction, because nothing was left to chance. CRÍTICA Acabei de ler “Cel & Anna” no dia 29 de Fevereiro de 2012. Foi complicado decidir como avaliar este livro. Por um lado, foi uma


história que se revelou um pouco demorada no que diz respeito à leitura, dado que não se trata propriamente do meu género favorito; neste âmbito, dar-lhe-ia 3 estrelas. Porém, a este aspeto contrapõe-se a grande capacidade de escrita da autora, que é bastante esmerada – aqui dar-lhe-ia 5 estrelas. Somando tudo, decidi classificar “Cel & Anna” como de 4 estrelas. É uma narrativa que nos apresenta um mundo dominado pelas máquinas, excessivamente informatizado. As pessoas não sabem sequer onde vivem; os carros (que se conduzem a si mesmos em modo automático) têm a morada do dono no seu software, assim como o endereço de onde trabalham, e levam-nos de um lado para o outro. Os vizinhos não se conhecem, as ruas não têm nomes,

apenas um monte de dígitos a identificá-las… É um mundo muito bem construído pela autora, que consegue passar com clareza como as coisas aqui funcionam. A ascensão de Cel acaba por ser a evolução do panorama que nos é apresentado. O que mais me agradou foi o epílogo. E porquê? Porque não são deixadas pontas soltas. Há espaço para uma sequela, como em tudo na vida, contudo a autora deixou a “casa arrumada” para que tal não fosse necessário. Sabemos o que aconteceu a todas a personagens e chegamos ao final com um sentimento de satisfação, pois nada foi deixado ao acaso. Link: http://www.goodreads.com/review/sh ow/281468870

interview lindsay edmunds  

interview lindsay edmunds

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you