Page 1

Rui Miguel Cunha

ARQUIVO ARCHIVE vol.

02

Fotografia | 2018 | Photography 1


2


3


Edição/Edition Rui Miguel Cunha Fotografias/Photographs Rui Miguel Cunha Texto/Text Fidalgo Pedrosa Paginação/layout José Eduardo Real Impressão e acabamento/Printing and finishing conceptina.com Tradução e Revisão/translation and revision go4word.pt Depósito Legal/Legal Deposit 446603/18 ISBN 978-989-20-8849-5 1ª Edição/1st Edition © 2018 Rui Miguel Cunha. Todos os direitos reservados. All rights reserved. www.ruimiguelcunha.com info@ruimiguelcunha.com

Inspirado na vida diária contemporânea, ARQUIVO é uma obra editorial do fotógrafo Rui Miguel Cunha. A ideia consiste na publicação em volumes, de parte dos registos do autor ao longo do seu percurso. Inspired by contemporary daily life, ARCHIVE is an editorial work by photographer Rui Miguel Cunha. The idea consists on the publication in volumes, of part of the author’s records throughout his route. 4


ARQUIVO ARCHIVE vol.

5

02


6


Indice / index

14 16 17 18 19 20 21 22 23 24 26 27 28 29 30 31 32 34 36 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 50 51 52 54 55 56 57

-

Sampaio - Sesimbra, 2017 Aldeia de Santa Margarida - Castelo Branco, 2017 Parque dos Poetas - Oeiras, 2017 Grândola, 2017 Sesimbra, 2017 Lisboa, 2017 Lisboa, 2017 Lisboa, 2018 Lisboa, 2018 Lisboa, 2018 Sesimbra, 2018 Azoia - Sesimbra, 2018 Jardim Zoológico - Lisboa, 2017 Óbidos, 2018 Centro Cultural de Lisboa, 2018 Sesimbra, 2017 AngKor Wat - Cambodja 2019 Lisboa, 2018 Azoia - Sesimbra, 2018 Lisboa, 2018 Azoia - Sesimbra, 2017 Maçã - Sesimbra 2017 Jardim Zoológico - Lisboa, 2017 Cabo Espichel - Sesimbra, 2015 Sesimbra, 2018 Sampaio - Sesimbra, 2017 Sesimbra, 2017 Lisboa, 2018 Sesimbra, 2018 Maçã - Sesimbra 2017 Lisboa, 2018 Sesimbra, 2018 Sesimbra, 2018 Sesimbra, 2000 Sesimbra, 2010 Sesimbra, 2009 Lisboa, 2018

7


Prefácio

Fidalgo Pedrosa (fotógrafo)

Atores da vida Rui Miguel Cunha centra as suas opções fotográficas nas diferentes atividades de interação social e económica dos seres humanos, como se fossem «atores» que entram e saem de palcos onde os cenários e os «protagonistas» mudam a cada instante. A forma como ele entende a vida, as pessoas, a felicidade, a tragédia e sobretudo a «comédia humana», faz-me associá-lo, embora metaforicamente e com as devidas «distâncias», a Honoré de Balzac e à sua obra «A comédia humana», a qual, editada em vários volumes, representa os costumes e hábitos humanos dessa época, que de alguma forma estão representados nas fotografias de «mil palavras» que o Rui faz sobre a sociedade atual apresentadas no seu projeto fotográfico «Arquivo», neste segundo volume. O conceito «Fotografia de rua» tem por definição a captação de momentos humanos únicos e irrepetíveis numa perspetiva de que vida é fugaz, efémera e não se repete, sendo a - Fotografia - a única arte capaz de registar o instante numa imagem fixa, perpetuando o que o olho humano não consegue. Fotografando por prazer e como um privilégio, não deixa de desenvolver a sua atividade fotográfica com a responsabilidade de quem pretende oferecer à sociedade uma opinião crítica social e cultural, por vezes, numa interpretação jornalística e documental, mas sempre com um «olhar» próprio, personalizado e artístico.

8


Preface

Fidalgo Pedrosa (photographer)

Actors of life Rui Miguel Cunha focuses his photographic options on the different activities of social and economic interaction of human beings, as if they were “actors” who come in and out of stages where the scenarios and “protagonists” change and shift at every moment. The way he understands life, people, happiness, tragedy and, beyond all, “human comedy”, makes me relate him, though metaphorically and with the due “distances”, to Honoré de Balzac and his work “The Human Comedy”, which, edited in several volumes, represents the customs and human habits of that time and that, somehow, are represented in the photographs of “a thousand words” that Rui takes on present society, portrayed in his photographic project “Archive”, in this circumstance - Vol. 02. The concept of “street photography” is by definition the capture of unique and unrepeatable human moments from a perspective that life is fleeting, ephemeral and never repeats itself, being - Photography - the only art capable of recording the moment in a fixed image, perpetuating what the human eye cannot. Photographing for pleasure and as a privilege, he does not fail to develop his photographic activity with the responsibility of those who want to offer to society a social and cultural critical opinion, sometimes in a journalistic and documentary interpretation, but always with a (somehow) personalized and artistic “look” of his own.

9


Algumas das caraterísticas que encontro nas suas fotografias são a proximidade às pessoas e a sua capacidade de nos fazer perceber o ambiente onde os momentos de vida ocorrem, possibilitando desta forma que o espetador perceba os conteúdos e os contextos sociais e/ou psicológicos que regista. Nesse sentido Rui Miguel Cunha mostra-nos como se retratam com paixão, responsabilidade, consciência e generosidade os momentos humanos, onde múltiplos planos de leituras e emoções acontecem para nos permitir ver, sentir e aprender, observando! Todos somos Observados. Todos somos Observadores. Assim faz sentido gostar de Fotografia.

10


Some of the characteristics I find in his photographs are the proximity to people and his ability to make us understand the environmental surroundings where the moments of life occur, thus allowing the viewer to perceive the contents and the social and/or psychological contexts that he registers. In this sense, the photographer Rui Miguel Cunha shows us how to portray human moments with passion, responsibility, conscientiousness and generosity, where multiple levels of understanding and emotions materialize in order to allow us to see, feel and learn, through observation! We are all Observed. We are all Observers. This is the road that makes us enjoy photography.

11


12


«Gostaria que as pessoas tivessem paciência ao olhar cada uma das minhas fotografias. Queria que as interpretassem sobre a importância da luz, composição e pela mensagem retratada. No final, que reflectissem sobre o sentimento que lhes provoca…»

“I wish people could dedicate some time looking at each of my photographs. I wanted them to interpret on the importance of light, composition and the message portrayed. That is to say, that they could reflect on the feeling it causes upon themselves...”

13


Fotogr photog Rui Mig Cunha 14


rafias graphs guel 15


16


17


18


19


20


21


22


23


24


25


26


27


28


29


30


31


32


33


34


35


36


37


38


39


40


41


42


43


44


45


46


47


48


49


50


51


52


53


54


55


56


57


58


59


biografia

Rui Miguel Cunha nasceu em Lisboa a 1 de Junho de 1976. Inspirado na vida diária contemporânea, o fotógrafo vai traçando, na sua obra, uma narrativa documental através do conceito fotojornalístico com forte ligação à Fotografia de Rua “nua e crua”. Director e editor da publicação periódica Magazine Reportagem. O autor conta também com inúmeras participações noutros editoriais, publicações e exposições de renome nacionais e internacionais.

60


Biography

Rui Miguel Cunha was born in Lisbon on June 1st, 1976. Inspired by contemporary daily life, the photographer traces out in his work a documentary narrative through the photojournalistic concept with a strong connection to “naked� Street Photography. Director and editor of the periodic publication Magazine Reportagem. The author also counts on numerous participations in other editorials, publications and nationally and internationally renowned exhibitions.

61


Agradecimentos

Dedico esta obra editorial aos meus filhos. Um beijinho muito especial à minha mulher, ao resto da minha família e amigos, pois todos eles sabem quem são…. Aos patrocinadores e a todos os que pelas mais diferentes formas me apoiaram na concretização desta ideia… MUITO OBRIGADO!!! Bem hajam!!!

62


Acknowledgment

I dedicate this editorial to my children. A special kiss to my wife, the rest of my family and friends, because they all know who they are.... To the sponsors and to all those who in the most diverse ways supported me in the accomplishment of this idea... THANK YOU SO MUCH!!!

63


Patrocinador | Sponsor

Apoios | Supports

64


65


66


67


Rui Miguel Cunha centra as suas opções fotográficas nas diferentes atividades de interação social e económica dos seres humanos, como se fossem «atores» que entram e saem de palcos onde os cenários e os «protagonistas» mudam a cada instante. Rui Miguel Cunha focuses his photographic options on the different activities of social and economic interaction of human beings, as if they were “actors” who come in and out of stages where the scenarios and “protagonists” change and shift at every moment.

68


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.