Page 28

Em Órbita

ao se medir o volume de gás aprisionado na válvula de controlo de força TCV (Thrust Control Valve). Em Agosto de 2010 tinha lugar um teste de prova de pressão ao PCM que seria utilizado na primeira missão do Cygnus. O teste, realizado nas instalações da Thales Alenia Space, decorreu como previsto sem a ocorrência de qualquer anomalia, com o interior do PCM a ser pressurizado até 1,4 vezes o valor normal. O mês de Agosto e os primeiros dias de Setembro viu a realização do denominado NASA/Orbital Joint Avionics Test #2 (JT2) no NASA Station Development and Integration Laboratory (SDIL) perto do Centro Espacial Johnson, Houston – Texas. Este teste inicial de integração entre o software da ISS e da Cygnus envolveu a participação de pessoal da NASA, da Orbital, da Boeing e da Mitsubishi Electric Company, e do processador desenvolvido pela Orbital. O objectivo do teste foi o de garantir que o software da Cygnus e da ISS fossem capazes de comunicar tanto via sistemas de comunicações conjuntos como via sistemas de comunicação de proximidade. O principal objectivo do teste foi o de demonstrar a transição de comandos básicos e de telemetria entre a ISS e a Cygnus. Outros objectivos secundários foram também atingidos. Durante o teste, os engenheiros da Orbital foram capazes de demonstrar 16 de 21 objectivos de verificação necessários para satisfazer os requisitos da NASA. Este foi um feito notável dado que esta foi a primeira vez que equipamento e software da NASA, da JAXA e da Orbital foram fisicamente integrados num sistema funcional. Em Outubro de 2010 o módulo de serviço da Cygnus finalizou com sucesso um teste de carga estática. O programa de testes passou pela aplicação de cargas na estrutura para simular as forças que o módulo iria sentir durante o lançamento enquanto transporta a carga máxima do módulo de carga pressurizado sobre si. Para simular a máxima aceleração axial foram aplicados cerca de 400 kN no anel de interface do módulo de carga e 155,7 kN na lateral da estrutura. No dia 8 de Outubro o primeiro 1º estágio do Taurus-II era enviado via caminhode-ferro desde Dnepropetrovsk, Ucrânia, para o porto de Oktyabrsk no Mar Negro, onde seria transferido para uma embarcação que o transportaria para os Estados Unidos onde chegaria ao Porto de Wilmington a 3 de Dezembro, sendo depois transportado para Wallops Island. Em Novembro a Orbital realizava com sucesso um teste do motor AJ26 no Centro Espacial Stennis. Este foi o primeiro de uma série de três testes e teve uma duração aproximada de 10 segundos, servindo como uma ignição de prontidão de curta duração para

Em Órbita – Vol.13 – N.º 142 / Novembro de 2013

27

Profile for Rui Barbosa

Em Órbita 142 Novembro de 2013  

Edição de Novembro de 2013 com a segunda parte dos artigos sobre os lançamentos orbitais de Setembro de 2013 e os lançamentos de Outubro de...

Em Órbita 142 Novembro de 2013  

Edição de Novembro de 2013 com a segunda parte dos artigos sobre os lançamentos orbitais de Setembro de 2013 e os lançamentos de Outubro de...

Advertisement