Page 33

Em Órbita

de serviço que contém o compartimento de acesso à cápsula espacial. Pelas 2018UTC estavam finalizados os testes dos sistemas do módulo de descida da Soyuz TMA-10M ao mesmo tempo que se iniciam os testes de pressurização dos fatos Sokol. O sistema de comando de lançamento é activado às 2028UTC, bem como o sistema de emergência. As duas metades da torre de serviço são então colocadas na posição de lançamento pelas 2033UTC. Os testes de pressurização dos fatos da tripulação são finalizados pelas 2043UTC, na mesma altura em que se completa a evacuação da plataforma de lançamento. Nesta fase o sistema de emergência é colocado em modo automático. Pelas 2048UTC os sistemas de orientação inerciais são colocados em modo de voo e os gravadores de bordo são activados pela tripulação. Estes gravadores irão registar todos os dados telemétricos do veículo bem como as conversações entre os cosmonautas e com o Centro de Controlo de Voo em Moscovo (TsUP). A sequência automática de lançamento é activada a T-6m 15s (2052:35UTC) com o complexo de lançamento e todos os sistemas da Soyuz TMA-10M e do foguetão lançador a serem declarados prontos para o lançamento a T-6m (2058:50UTC). Nesta altura a ‘Chave de Lançamento’ é entregue ao Director de Lançamento, sendo inserida no comando de ignição a T-5m (2053:50UTC). Nesta altura são activados os sistemas de telemetria de bordo e do solo, com os sistemas de bordo a serem transferidos para o controlo de bordo. Os sistemas de controlo do Comandante da Soyuz TMA-10M são activados. Por esta altura a tripulação começa a consumir o ar proveniente dos fatos pressurizados ao encerrar as viseiras dos seus capacetes.

A T-3m 15s (2055:35UTC) deu-se a purga com nitrogénio das câmaras de combustão dos motores do primeiro e do segundo estágio. A energia do mastro umbilical para o 3º estágio é desligada a T-2m 40s (2056:00UTC) e cinco segundos depois dá-se início à pressurização dos tanques de propolente do foguetão lançador (2056:05UTC). A T-2m 30s (2056:10UTC) são activados os sistemas de medição de bordo e é iniciada a pressurização de todos os tanques do lançador com nitrogénio. As válvulas de fornecimento, drenagem e de segurança dos tanques do lançador são encerradas a T-2m 15s (2056:25UTC) ao mesmo tempo que se termina com o abastecimento de oxigénio e nitrogénio. Em Órbita – Vol.13 – N.º 141 / Outubro de 2013

32

Profile for Rui Barbosa

Em orbita 141 Outubro de 2013  

O lançamento de três novos membros para a tripulação da ISS a bordo da Soyuz TMA-10M e a primeira parte dos artigos relacionados com os lanç...

Em orbita 141 Outubro de 2013  

O lançamento de três novos membros para a tripulação da ISS a bordo da Soyuz TMA-10M e a primeira parte dos artigos relacionados com os lanç...

Advertisement