Page 14

Em Órbita

Japão lança HTV-4 para a ISS O Japão lançou o seu quarto veículo de carga para a ISS no dia 3 de Agosto de 2013. O HTV (H-II Transfer Vehicle) é totalmente desenhado e fabricado no Japão, sendo para além do módulo Kibo, a contribuição desta país para a estação espacial internacional. Tendo feito a primeira missão em Setembro de 2009, o HTV-1 (TDV – Technical Demonstration Vehicle) demonstrou as suas capacidades autónomas e de voo, ao mesmo tempo que transportava 4.500 kg de carga para a ISS.

O HTV ‘Kounotori’ O veículo HTV (H-II Transfer Vehicle) foi baptizado com o nome Kounotori após um concurso nacional para escolher um nome para o veículo. ‘Kounotori’ significa ‘Cegonha Branca’. Aspecto geral do HTV ‘Kounotori’. O PLC transporta a carga que será utilizada a bordo da ISS. O ULC alberga a denominada Exposed Pallet que por sua vez transporta experiências externas ou unidades de substituição orbital. A parte inferior do veículo é composta por dois módulos: um módulo de aviónicos (que consiste nos sistemas de navegação e controlo, sistemas de comunicações, sistemas de tratamento de dados, e sistemas de fornecimento de energia) e o módulo de propulsão (que contém o motor principal, motores de manobras e tanques de propolentes). Imagem: JAXA.

Várias cargas têm de ser transportadas de forma regular para estação espacial internacional durante o seu período operacional. Estas cargas incluem água, alimentos, roupas, equipamentos de investigação, unidades e amostras experimentais, e equipamentos de manutenção. O HTV é um veículo de transporte não tripulado que tem um comprimento de 9,8 metros e um diâmetro máximo de 4,4 metros. A sua massa inicial no lançamento é de 16.500 kg, podendo transportar uma carga total de 6.000 kg acomodada nos contentores logísticos. O Kounotori possui dois tipos de contentores logísticos: o PLC (Payload Logistics Carrier) onde os tripulantes podem trabalhar no interior do HTV quando este está ancorado à ISS, e o ULC (Unpressurized Logistics Carrier) que é utilizado para transportar dispositivos experimentais para serem colocados no exterior da ISS nas Exposed Facilitys do módulo experimental japonês Kibo. O HTV junta-se assim uma frota de veículos logísticos que fazem o transporte de mantimentos e equipamentos para a ISS, mas diferencia-se destes pois possui a capacidade de transportar dois tipos de carga, isto é, materiais utilizados no interior e no exterior da ISS.

Em Órbita – Vol.13 – N.º 140 / Setembro de 2012

13

Profile for Rui Barbosa

Em Órbita 140 Setembro de 2013  

Edição n.º 140 do Boletim Em Órbita. Nesta edição pode-se encontrar vários artigos sobre os lançamentos orbitais realizados em Agosto de 201...

Em Órbita 140 Setembro de 2013  

Edição n.º 140 do Boletim Em Órbita. Nesta edição pode-se encontrar vários artigos sobre os lançamentos orbitais realizados em Agosto de 201...

Advertisement