Page 81

Estrutura - Estrutura de alumínio Subsistema AOCS (Attitude & Orbit Control Subsystem) - Aquisição magnética autónoma - determinação de atitude por giroscópios e sensores estelares - determinação da posição por GPS autónomo - controlo de atitude nos três eixos espaciais - 4 giroscópios (0.12 Nms) - 1 tanque de hidrazina, capacidade 4.7 kg (~65 m/s); 4 propulsores 1 N Subsistema EPS (Electric Power Subsystem) - Energia gerada por um painel solar (GaAs; 180 W EOL) - 1 bateria Li-ion 15 Ah BOL; PCDU (Power & Control Distribution Unit) Tratamento de dados a bordo - Computador de bordo (T805, 1 Gbit DRAM/EDAC, 8 Mbit Flash EEPROM) - 2 transreceptores de banda S para comunicações (CCSDS, 20 kbit/s TC, 25-384 kbit/s TM) Gestão de dados da carga - Transmissão em banda X: 60 Mbit/s - memória de armazenamento: 64 to 79 Gbit BOL – sem compressão Performance do satélite - Massa no lançamento: 115,30 kg - agilidade do satélite: ±30º de rotação em 90 s - performance da localização: 300 m CE90 (Erro circular de 90%) - tempo de vida útil = 5 anos

O satélite ESTCube-1 é o primeiro satélite da Estónia, desenhado e construído por alunos daquele país na Universidade Nacional de Tartu em colaboração com a Academia de Aviação da Estónia, com a Universidade de Tecnologia de Talin e com a Universidade de Ciências da Vida. A sua principal missão é a medição das cargas que podem ser aplicadas às velas solares eléctricas utilizando uma carga desenvolvida em conjunto com o Instituto de Meteorologia Finlandês e com o Centro Espacial Alemão (DLR). No lançamento o ESTCube-1 tinha as dimensões 0,10 x 0,10 x 0,10 metros e uma massa de 1.05 kg. Em Órbita – Vol.13 – N.º 137 / Junho de 2013

80

Profile for Rui Barbosa

Em Órbita n.º 137 - Junho de 2013  

Edição 137 para o Boletim Em Órbita onde encontraremos vários artigos sobre o voo espacial tripulado, sobre os lançamentos orbitais realizad...

Em Órbita n.º 137 - Junho de 2013  

Edição 137 para o Boletim Em Órbita onde encontraremos vários artigos sobre o voo espacial tripulado, sobre os lançamentos orbitais realizad...

Advertisement