Page 19

A segunda queima do Briz-M é executava no primeiro nodo de ascensão da órbita de suporte e após esta queima a Unidade de Ascensão atinge uma órbita intermédia. Esta segunda queima do Briz-M ocorreu entre as 1943:33,158UTC e as 2000:56,491UTC. Após a realização da segunda queima do estágio Briz-M, o conjunto ficou colocado numa órbita com um apogeu a uma altitude de 4.999,86 km, perigeu a uma altitude de 269,86 km e uma inclinação orbital de 50,3º. A terceira e quarta queima irão ter lugar após a Unidade de Ascensão executar uma órbita em torno do planeta e têm lugar no perigeu, formando uma órbita de transferência com um apogeu próximo do que será conseguido na órbita final. A terceira queima teve lugar entre as 2204:30,055UTC e as 2218:45,562UTC, seguindo-se a separação do tanque auxiliar de combustível às

Em Órbita – Vol.13 – .º 136 / Maio de 2013

18

Profile for Rui Barbosa

Em Órbita n.º 136 - Maio de 2013  

Edição de Maio de 2013 para o Boletim Em Órbita. Para além da habituais secções, nesta edição temos um artigo sobre a 32ª actividade extrave...

Em Órbita n.º 136 - Maio de 2013  

Edição de Maio de 2013 para o Boletim Em Órbita. Para além da habituais secções, nesta edição temos um artigo sobre a 32ª actividade extrave...

Advertisement