Page 16

Lançamento do Intelsat-27 A 28 de Outubro de 2012 o navio de carga Condock-IV partia do porto de Oktyabrsky, Ucrânia, transportando o foguetão 11K77 Zenit-2S n.º SL36, chegando às instalações do porto de abrigo da Sea Launch em Long Beach, Califórnia, a 7 de Dezembro. O estágio superior Blok DM-SL n.º 35L encontrava-se já nas instalações da Sea Launch desde os princípios de 2012. O equipamento de acomodação de carga, fornecido pela Boeing Commercial Space Company, chegou ao Home Port a 5 de Dezembro. A 30 de Outubro, a Sea Launch AG, através da Energia Logistics Ltd., levou a cabo o denominado Hardware Acceptance Review do foguetão Zenit-2S que seria utilizado para o lançamento do satélite de comunicações Intelsat-27. Este processo verifica diversos parâmetros do foguetão antes do seu transporte para as instalações da Sea Launch nos Estados Unidos, sendo este processo levado a cabo por uma equipa de especialistas da Energia Logistics Ltd. juntamente com especialistas da Corporação RKK Energia ‘Sergei Korolev’. O satélite Intelsat-27 chegava às instalações da Sea Launch a 28 de Novembro. Após chegar à Califórnia, o satélite foi submetido a um série de testes para verificar a sua integridade e a não existência de danos devido ao transporte. Para além dos testes de integridade, o Intelsat-27 foi sendo submetido a outros testes, tais como testes eléctricos e mecânicos. Com todos os testes finalizados e comunicados à Intelsat, o satélite foi abastecido com os propolentes e gases de pressurização necessários para as suas manobras orbitais após a separação do último estágio do foguetão lançador. Finalizadas as operações de abastecimento, o satélite foi colocado no adaptador do veículo lançador (9 de Janeiro de 2013) que permite a sua ligação física com o foguetão e a separação do satélite uma vez em órbita através de um sistema pirotécnico. Colocado posteriormente no interior da carenagem de protecção, o conjunto foi então transportado para o Assembly Command Ship (ACS) (a 10 de Janeiro) onde foi acoplado ao último estágio do lançador que depois foi transferido para a plataforma Odyssey. Aqui, o foguetão foi colocado na posição vertical na plataforma de lançamento (11 de Janeiro) numa série de testes eléctricos e funcionais antes da partida da plataforma de lançamento para a zona no Oceano Pacífico a partir da qual teria lugar a missão.

Em Órbita – Vol.13 – .º 134 / Março de 2013

15

Profile for Rui Barbosa

Em Órbita n.º 134 - Março de 2013  

Edição de Março de 2013 do Boletim Em Órbita com vários artigos sobre os lançamentos orbitais levados a cabo em Fevereiro de 2013.

Em Órbita n.º 134 - Março de 2013  

Edição de Março de 2013 do Boletim Em Órbita com vários artigos sobre os lançamentos orbitais levados a cabo em Fevereiro de 2013.

Advertisement