Page 89

O lançamento apanhou de surpresa mesmo os serviços de informação norte-americanos que certamente se apoiaram nas informações relativas ao possível adiamento da missão. Este foi um grande feito para aquele país asiático e um verdadeiro 'momento Sputnik' para o mundo ocidental e em especial para os Estados Unidos que não anteciparam este lançamento. Entretanto, alguns serviços de informação reportavam que o lançador havia se despenhado perto da costa das Filipinas, com outros a referir que o primeiro estágio e o segundo estágio se haviam separado como previsto. De facto, o primeiro estágio terá caído do mar a 200 km a Oeste da costa da Coreia do Sul às 0058UTC, com as duas metades da carenagem de protecção a caírem às 0059UTC a 300 km a Sudoeste da costa da Coreia do Sul. Pelas 0101UTC o lançador sobrevoava a Ilha de Okinawa e às 0105UTC dava-se o impacto do segundo estágio a 300 km a Este das Filipinas. O Kwangmyongsong-3 (2) ter-se-á separado do terceiro estágio do foguetão Unha-3 às 0059:13UTC e entrou numa órbita com um apogeu a 584,18 km de altitude, um perigeu de 499,70 km, inclinação orbital de 97,4º e um período orbital de 95 minutos e 29 segundos.

Lançamento 1998-F04 2009-F02 2012-F01

Data 30-Ago-98 04-Abr-09 14-Abr-12

Lançador Paektusan-1 Unha-2 Unha-3

Hora (UTC) 03:07:00 02:20:15 22:38:55

Local Lançamento Tonghae / Musudan-ri Tonghae / Musudan-ri Sohae

2012-072

12-Dez-12

Unha-3

00:49:51

Sohae

Carga Kwangmyongsong-1 Kwangmyongsong-2 Kwangmyongsong-3 Kwangmyongsong-3 (2) (39026 2012-072A)

Horas após o lançamento, e segundo fontes oficiais norte-americanas citadas pela NBC News, o satélite norte-coreano Kwamgmyongsong-3 (2) estaria descontrolado em órbita. No entanto, e nesta altura, isto não significava necessariamente que haveria algum problema com o satélite. De facto, e desconhecendo-se verdadeiramente o método de estabilização orbital do veículo, este é um estado natural no qual muitos dos satélites se encontram após se separarem dos seus lançadores. Muito provavelmente, as informações que circularam relativas ao facto de o satélite estar descontrolado em órbita, foram emitidas por fontes norte-americanas

Em Órbita – Vol.13 – .º 132 / Janeiro de 2013

88

Profile for Rui Barbosa

Em Órbita 132 - Janeiro de 2013  

Primeira edição do Boletim Em Órbita para o ano de 2013. Neste número: a missão espacial Soyuz TMA-07M, os lançamentos orbitais realizados e...

Em Órbita 132 - Janeiro de 2013  

Primeira edição do Boletim Em Órbita para o ano de 2013. Neste número: a missão espacial Soyuz TMA-07M, os lançamentos orbitais realizados e...

Advertisement