Page 102

O último lançamento orbital de 2012 O culminar de um ano cheio de sucesso para a Arianespace marcou o último lançamento orbital de 2012. Reforçando a sua posição no mercado internacional de lançamento de satélites, em 2012 a Arianespace introduziu um novo lançador, o foguetão Vega, e consolidou as operações do foguetão Soyuz-ST a partir do CSG Kourou. Por seu lado, o foguetão Ariane-5ECA provou mais uma vez a sua robustez e fiabilidade ao lançar os mais variados satélites de comunicações e ao enviar mais um veículo de carga para a estação espacial internacional (na sua versão Ariane-5ES). O último lançamento de 2012 colocou em órbita dois novos satélites de comunicações: o Skynet-5D, um satélite de comunicações militares seguras para o Reino Unido, e o Mexsat-3 (Bicentenario), um satélite comercial de comunicações para o México.

A carga da missão VA211: Skynet-5D e Mexsat-3 (Bicentenario) O satélite Skynet-5D foi construído pela Astrium para a Astrium Services. Segundo um contrato feito com o Ministério da Defesa da Grã-Bretanha, a companhia baseada em Stevenage, Reino Unido, irá proporcionar serviços de voz e dados seguros de alta velocidade para as forças armadas britânicas, para a NATO e para outros países, tais como os Estados Unidos, Portugal e Austrália. As cargas de comunicações do Skynet-5D foram construídas pela Astrium em Portsmouth, Reino Unido. A montagem final e testes foram realizados nas instalações de Toulouse, França. O satélite completa assim um sistema de satélites triplo (Skynet-5A, Skynet-5B e Skynet-5C). A série Skynet-5 complementa e irá eventualmente substituir a série de satélites Skynet-4, também construída pela Astrium, e pertencente e operada pela Astrium Services. Este sistema proporciona ligações com terminais terrestres, navais e aéreos, através de terminais encriptados e transmissões de dados a alta velocidade.

O acordo para construir e lançar o 4º satélite da família Skynet-5 data de princípios de 2010. O Skynet-5D irá reforçar e apoiar o Skynet-5B ao cobrir o Médio Oriente, África e Ásia, enquanto que o Skynet-5B continua a cobrir a Europa e a África. As melhorias incorporadas no Skynet-5D irão torná-lo no mais utilizado satélite da Astrium Services. Por exemplo, a maior capacidade dos seus tanques irá permitir a optimização da sua posição orbital. O Skynet-5D tem por base a plataforma Eurostar-3000SX e tinha uma massa de 4.844,4 kg no lançamento. A sua vida útil em órbita deverá ser de 15 anos. O satélite é estabilizado nos seus três eixos espaciais na separação do lançador, durante as fases orbitais iniciais e durante a sua vida orbital operacional. O sistema MEXSAT é o sistema de telecomunicações da próxima geração do governo federal mexicano, sendo dirigido pela Secretaria de Comunicaciones y Transportes de México (SCT). O programa MEXSAT é um sistema de comunicações que consiste em três satélites, duas estações no solo, rede de sistemas operacionais associados, e terminais de utilização. O sistema de satélites consiste num satélite FSS (Fixed Satellite Services), denominado MEXSAT Bicentenário, projectado e construído pela Orbital

Em Órbita – Vol.13 – .º 132 / Janeiro de 2012

101

Profile for Rui Barbosa

Em Órbita 132 - Janeiro de 2013  

Primeira edição do Boletim Em Órbita para o ano de 2013. Neste número: a missão espacial Soyuz TMA-07M, os lançamentos orbitais realizados e...

Em Órbita 132 - Janeiro de 2013  

Primeira edição do Boletim Em Órbita para o ano de 2013. Neste número: a missão espacial Soyuz TMA-07M, os lançamentos orbitais realizados e...

Advertisement