Page 19

Fase

Plataforma

11:16:59.998 93523 / 99525

III

LC200 PU-39

19:36:36,986 93524 / 99526

III

LC200 PU-39

2012-011

25-Mar-12 12:10:32,079 93528 / 99537

III

LC200 PU-39

2012-015

23-Abr-12

22:18:12,966

4925146738 93527 / 99529

III

LC200 PU-39

2012-026

17-Mai-12

19:12:13,975 93529 / 99530

III

LC81 PU-24

2012-036

09-Jul-12

18:38:29,994

4923656742 93530 / 99531

III

LC81 PU-24

2012-044

06-Ago-12

19:31:00,018

5113656743 93531 / 99532

III

LC81 PU-24

2012-057

14-Out-12

08:36:59,997

6305146737 93526 / 99534

III

LC81 PU-24

2012-061

02-ov-12

21:04:00

6303656744 93532/99533

III

LC81 PU-24

2012-065

20-ov-12

18:30:59,977

4923656745 93533/99528

III

LC200 PU-39

Lançamento

Data

2011-074

11-Dez-11

2012-007

14-Fev-12

Hora (UTC)

º Série

Satélites Amos-5 (37950 2011-074A) Luch-5A (37951 2011-074B) SES-4 (38087 2012-007A) Intelsat-22 (38098 2012-011A) YahSat-1B (38245 2012-015A) imiq-6 (38342 2012-026A) SES-5 (38652 2012-036A) Telkom-3 (38744 2012-044A) Express-MD2 (38745 2012-044B) Intelsat-23 (38867 2012-057A) Luch-5B (38977 2012-061A) Yamal-300K (38978 2012-061B) EchoStar-16 (39008 2012-065A)

Esta tabela indica os últimos dez lançamentos levados a cabo utilizando o foguetão 8K82KM Proton-M/Briz-M referindo-se as várias fases de desenvolvimento. Todos os lançamentos são levados a cabo a partir do Cosmódromo de Baikonur, Cazaquistão. Tabela: Rui C. Barbosa

Luch-5B e Yamal-300K A bordo desta missão do foguetão Proton-M encontravam-se dois satélites russos, o Luch-5B e o Yamal-300K. A série de satélites Luch-5 (Луч-5) vem substituir os satélites Luch e Luch-2 utilizados para a retransmissão de dados e comunicações em órbita (este tipo de satélites é muito similar à rede norte-americana Tracking and Data Relay Satellite System). A série é composta por dois satélites, Luch-5A e Luch-5B, sendo ambos baseados na plataforma Express-1000A (desenvolvida pela ISS Reshetnev ex-"PO Prikladnoi Mekhaniki, NPO PM) estabilizada nos seus três eixos espaciais e equipada com dois painéis solares para fornecimento de energia. Os satélites são capazes de reorientar as suas antenas de alta precisão em direcção de objectos em órbitas mais baixas para assim captarem e os seguir ao longo das suas trajectórias, tendo ainda a capacidade de cada antena seguir um objecto diferente em simultâneo. Uma das antenas opera em banda Ku (150 Mbit/s), enquanto que a outra antena opera em banda S (5 Mbit/s). O satélite Luch-5B transporta um dispositivo de comunicação por laser (não presente no satélite Luch-5A). No lançamento o satélite tinha uma massa de 1.282 kg. As suas dimensões são 6.212 mm x 20.821 mm x 11.670 mm. Os satélites desta série transportam uma carga adicional de banda L para melhorar o sinal do sistema de posicionamento global GLONASS.

Em Órbita – Vol.12 – .º 131 / Dezembro de 2012

18

Profile for Rui Barbosa

Em Órbita 131 - Dezembro de 2012  

A última edição de 2012 do Boletim Em Órbita.

Em Órbita 131 - Dezembro de 2012  

A última edição de 2012 do Boletim Em Órbita.

Advertisement