Page 80

Em Órbita

Mastros condutores de relâmpagos;

Instalações adjuntas da zona frontal (armazéns, bases, zona de recepção de carga);

Uma zona de exaustão das chamas semelhantes às existentes no Cosmódromo de Baikonur;

Uma torre de serviço móvel que permite o acesso a todas as partes do lançador uma vez na posição vertical, integração do sistema compósito superior no lançador e remoção da torre móvel de serviço para o lançamento;

A Zona de Preparação com o seu edifício de integração (MIK) alargado para permitir operações de preparação em separado (montagem e teste) para o foguetão Soyuz, estágio Fregat e edifícios de serviço associados;

A zona posterior que consiste de um centro de controlo para operações antes da contagem decrescente, escritórios, posto de segurança e instalações de produção de serviços;

O Centro de Lançamento utilizado para as operações finais e para o lançamento;

O sistema de ‘controlo e comando’ incluindo um posto de controlo operacional fornecido pela Rússia e uma unidade de manutenção fornecida pelo lado europeu;

Instalações de comunicações incluindo um sistema para comunicações e telemetria bem como instalações ópticas, sonoras e de vídeo, etc.

Em Órbita – Vol.12 – .º 130 / ovembro de 2012

79

Profile for Rui Barbosa

Em Órbita 130 - Novembro de 2012  

Edição do Boletim Em Órbita para o mês de Novembro de 2012.

Em Órbita 130 - Novembro de 2012  

Edição do Boletim Em Órbita para o mês de Novembro de 2012.

Advertisement