Page 5

Voo espacial tripulado O regresso da Soyuz TMA-03M e da Soyuz TMA-04M A Soyuz TMA-03M tripulada por Oleg Dmitrievich Kononenko (Comandante), André Kuipers e Donald Ray Pettit, regressou à Terra a 1 de Julho de 2012. O regresso decorreu normalmente e sem qualquer problema com a aterragem a ter lugar às 0814:50UTC. Por seu lado, a Soyuz TMA-04M tripulada por Gennadi Ivanovich Padalka (Comandante), Sergei Nikolayevich Revin e Joseph Michael Acaba, regressou à Terra a 17 de Setembro de 2012 com uma aterragem às 0252:53UTC.

O regresso à Terra das tripulações da Soyuz TMA inicia-se com a entrada dos cosmonautas na cápsula envergando os seus fatos de trabalho. De seguida procede-se ao encerramento das escotilhas de ambos os veículos e depois os cosmonautas no interior da Soyuz TMA envergam o conjunto anti-gravidade e os seus fatos espaciais pressurizados. Estando tudo a postos dá-se a separação entre os dois veículos.

As cápsulas Soyuz TMA separam-se dos módulos aos quais estão acopladas após a tripulação ter executado a verificação da não existência de fugas na área do vestíbulo entre o módulo e a cápsula espacial, dos seus fatos espaciais pressurizados e da escotilha entre o Módulo Orbital e o Módulo de Descida.

Em preparação para o regresso à Terra, a tripulação enverga o fato angi-G Kentvar por debaixo dos fatos espaciais pressurizados Sokol. O vestuário Kentvar é um fato de protecção que consiste de calções, polainas, cuecas, meias e um casaco, que agem como uma contra-medida para distúrbios circulatórios, previne a sobrecarga de um tripulante durante a descida e aumenta a tolerância ortostática durante a adaptação após o voo. Os tripulantes são também aconselhados a ingerirem fluidos com aditivos de electrólitos para preparar os seus corpos para os rigores do regresso. Estes fluidos são constituídos por três tabletes de cloreto de sódio ao pequeno-almoço e após o almoço, juntamente com 300 ml de fluído e duas pastilhas durante a refeição a bordo da Soyuz TMA antes da retro travagem. Os três tripulantes dedicaram especial atenção à colocação do cinto médico com sensores, assegurando-se de um bom contacto entre os sensores e o corpo. Durante os preparativos para o regresso, antes da reentrada atmosférica, os tripulantes sentam-se confortavelmente nos assentos Kazbek, apertam os cintos de segurança e asseguram-se de um contacto justo entre o corpo e os assentos. Com a estação espacial internacional a entrar em derive livre, a Soyuz TMA separava-se da estação espacial com a primeira queima de separação manual ocorre entre cerca de 15 a 20 metros.

Em Órbita – Vol.12 – .º 129 / Outubro de 2012

4

Profile for Rui Barbosa

Em Órbita n.º 129 - Outubro de 2012  

Edição do Boletim Em Órbita referente ao mês de Outubro de 2012. Nesta edição: o regresso da Soyuz TMA-03M e da Soyuz TMA-04M; uma actividad...

Em Órbita n.º 129 - Outubro de 2012  

Edição do Boletim Em Órbita referente ao mês de Outubro de 2012. Nesta edição: o regresso da Soyuz TMA-03M e da Soyuz TMA-04M; uma actividad...

Advertisement