Page 22

Em Órbita China havia aperfeiçoado o desenho da sua nave tripulada e que os primeiros yuhangyuans viajariam num veículo que era tecnicamente idêntico ao utilizado na missão Shenzhou-3. À medida que as semanas passavam os rumores relacionados com o voo da Shenzhou-4 avolumavam-se e a 12 de Junho de 2002, uma notícia publicada pelo portal SpaceDaily4 anunciava que os preparativos para o próximo voo já estavam a decorrer e que provavelmente a missão teria lugar antes do final do ano. O portal SpaceDaily anunciava que “...a Shenzhou-4 será quase idêntica à sua predecessora”. O voo da Shenzhou-4 seria quase uma repetição da missão Shenzhou-3 que teria finalmente validado o desenho e a configuração dos seus subsistemas. Eram também referidas especulações acerca da possibilidade da Shenzhou-4 poder tentar acoplar com o módulo orbital da Shenzhou-3 que na altura ainda permanecia em órbita. A 1 de Julho de 2002 o mesmo portal SpaceDaily anunciava5 que o lançamento da Shenzhou-4 poderia ter lugar em Setembro de 2002. Era também referido que o foguetão CZ-2F Chang Zheng-2F que lançaria a Shenzhou-4 poderia também colocar em órbita dois satélites do projecto OlympiadSat (a 19 de Abril, “China Space ews” anunciava que os OlympiadSat seriam colocados em órbita por volta de Setembro de 2002 e a 20 de Maio o jornal “Beijing Entertainment ews“ anunciava o lançamento juntamente com a Shenzhou-4). Juntando estas duas informações chegava-se à conclusão que a missão da Shenzhou-4 deveria ocorrer em Setembro desse ano. As notícias relacionadas com o lançamento de outros satélites juntamente com as Shenzhou já haviam surgido a quando do lançamento da Shenzhou-3. Na altura havia sido anunciado que o satélite Chuang Xing-1 teria sido lançado com a Shenzhou-36, porém tal não se revelou verdade. Muito provavelmente os rumores do lançamento de um satélite juntamente com a Shenzhou-3 resultaram do facto da China levar a cabo o teste do sistema de emergência de salvamento durante a fase de ascensão do foguetão lançador. A China nunca anunciou este teste antes do lançamento e os rumores podem ter sido originados por este facto. No entanto a verdadeira natureza destes pequenos satélites também é de certa forma desconhecida. Apesar de serem anunciados como pequenos satélites de comunicações, estes veículos, que podem ser largados em diferentes órbitas após a separação da nave Shenzhou, podem ter um objectivo militar e constituir um ensaio de armas anti-satélite. Os rumores acerca do voo da Shenzhou-4 foram aumentado à medida que o final do ano se aproximava e no Ocidente as notícias surgiam regularmente: •

“Report: China to launch fourth unmanned space capsule this year”, por Associated Press a 8 de Julho de 2002 http://www.space.news/missionlaunches/china_update_020813.html

“China’s space ambitions keep western experts guessing”, por Leonard David a 8 de Julho de 2002 http://www.space.com/missionlaunches/stroming_heaven_020708-1.html

“Manned Chima space mission ‘just around the corner’”, por Associated Press (Pequim) a 14 de Agosto de 2002 http://www.spacedaily.com/news/020814042606.cq8f0k7a.html

“China’s last test before manned space mission ‘due by January’”, por AFP (Pequim) a 22 de Agosto de 2002 http://www.spacedaily.com/news/020822075622.323kwbcm.html

“Two test dummies to ride on SZ-4”, por Wei Long a 27 de Agosto de 2002 http://www.spacedaily.com/news/china-02zv.html

“The next great leap forward – China readies Shenzhou-4”, por Leonard David a 30 de Agosto de 2002 http://www.space.com/missionlaunches/Shenzhou_update_020830.html

“TaikoBot tests critical to safety of Shenzhou Yuhangyuans”, por Wei Long a 4 de Setembro de 2002 http://www.spacedaily.com/news/china-02zx.html

“Report: China prepares Shenzhou-IV shakeout flight”, por Leonard David a 4 de Novembro de 2002 http://www.space.com/missionlaunches/Shenzhou_update_021104.html

“China to launch next space vessel as rehersal for manned flight”, por AFP (Pequim) a 4 de Novembro de 2002 http://www.spacedaily.com/news/021104033708.pnsln07q.html

“China edges closer to manned space flight”, por CNN (Pequim) a 10 de Novembro de 2002 http://www.cnn.com/space

4

“Shenzhou unknows continue to confuse China watchers”, por Morris Jones http://www.spacedaily.com/news/china-02zn.html 5 “Shenzhou-4 may rocket into space in September”, por Wei Long http://www.spacedaily.com/news/china-02zq.html 6 Em Órbita (n.º 13 – Abril de 2002) 21

Profile for Rui Barbosa

Em Órbita n.º 128 - Setembro de 2012  

Edição do Boletim Em Órbita para Setembro de 2012. Nesta edição podemos encontrar um artigo sobre a missão Shenzhou-9 e um outro sobre a mis...

Em Órbita n.º 128 - Setembro de 2012  

Edição do Boletim Em Órbita para Setembro de 2012. Nesta edição podemos encontrar um artigo sobre a missão Shenzhou-9 e um outro sobre a mis...

Advertisement