Page 140

O VIF foi construído de forma a suportar ventos de furacão até uma velocidade de 225 km/h. Possui várias plataformas móveis que possibilitam o acesso às diferentes zonas do foguetão e está equipado com uma porta reforçada com uma largura de 12,5 metros e uma altura de 84 metros que se recolhe na vertical, permitindo o transporte dos vários estágios do Atlas-V para o interior do edifício e a posterior saída do lançador para a plataforma de lançamento. Na construção do VIF foram utilizados 200 camiões de cimento (que equivaleram a 1.376 m3 de cimento) para a construção das suas fundações e 3.250 t de aço para a construção das suas paredes. Lançamento

Data

Veículo

Missão

Local Lançamento

Plataforma Lançamento

2010-046

21-Set-10

501

AV-025

Vandenberg AFB

SLC-3E

2011-010

5-Mar-11

501

AV-026

Cabo Canaveral

SLC-41

2011-014

15-Abr-11

411

AV-027

Vandenberg AFB

SLC-3E

2011-019

7-Mai-11

401

AV-022

Cabo Canaveral

SLC-41

2011-040

5-Ago-11

551

AV-029

Cabo Canaveral

SLC-41

2011-070

26-ov-11

541

AV-028

Cabo Canaveral

SLC-41

2012-009

24-Fev-11

551

AV-030

Cabo Canaveral

SLC-41

2012-019

4-Mai-12

531

AV-031

Cabo Canaveral

SLC-41

2012-033

20-Jun-12

401

AV-023

Cabo Canaveral

SLC-41

2012-046

30-Ago-12

401

AV-032

Cabo Canaveral

SLC-41

Carga USA-215 'ROL-41' (37162 2010-046A) USA-226 'X-37B OTV-2 FLT-1' (37377 2011-010A) USA-229 ‘RO L-34 'Odin' (37386 2011-014A) USA-229 deb (37391 2011-014B) USA-230 ‘SBIRS-GEO 1’ (37481 2011-019A) Juno (37773 2011-040A) Mars Science Laboratory ‘Curiosity’ (37936 2011-070A) MUOS-1 (38093 2012-009A) USA-235 ‘AEHF-2’ (38254 2012-019A) USA-236 ‘ROL-38 Drake’ (38466 2012-033A) RBSP-A (38752 2012-046A) RBSP-B (38753 2012-046B)

Esta tabela mostra os últimos dez lançamentos levados a cabo pelo foguetão Atlas-V. Tabela: Rui C. Barbosa.

Lançamento da missão RBSP O lançamento das duas sondas RBSP ocorreu sem problemas às 0805:27,029UTC do dia 30 de Agosto de 2012 depois de dois adiamentos registados a 24 de Agosto e 25 de Agosto. O foguetão Atlas-V/401 (AV-032) foi transportado para a plataforma de lançamento SLC-41 no dia 22 de Agosto e todos os preparativos para o lançamento correram como previsto. No entanto, um problema com uma baliza de rádio no Eastern Range levou a sucessivos adiamentos a partir da abertura da janela de lançamento disponível. A informação sobre o problema é escassa, mas o gestor da NASA, Tim Dunn, referiu que o problema poderia estar relacionado com o sistema de banda C do foguetão lançador. Assim, e como o problema não foi resolvido dentro da janela de lançamento, este acabou por ser adiado por 24 horas às 0820UTC. Chegando à conclusão que o problema anterior não colocaria qualquer entrave ao lançamento, foi decidido prosseguir com uma segunda tentativa no dia 25 de Agosto. Porém, e apesar de haver 60% de probabilidades de ocorrência de condições atmosféricas favoráveis ao lançamento, este seria novamente adiado devido à possibilidade de ocorrência de trovoadas durante o período da janela de lançamento. Este seria então agendado para o dia 30 de Agosto, mas no dia 26 o foguetão teria de ser transportado de volta para o edifício de integração vertical para assim o proteger das duras condições meteorológicas originadas pelo Furacão Isaque. O foguetão seria transportado de volta para o complexo SLC-41 a 28 de Agosto. A tabela seguinte mostra as diferentes fases do lançamento. A separação da sonda RBSP-A teve lugar às 0924UTC, enquanto que a separação da sonda RBSP-B teve lugar às 0936UTC. Em Órbita – Vol.12 – .º 128 / Setembro de 2012

139

Profile for Rui Barbosa

Em Órbita n.º 128 - Setembro de 2012  

Edição do Boletim Em Órbita para Setembro de 2012. Nesta edição podemos encontrar um artigo sobre a missão Shenzhou-9 e um outro sobre a mis...

Em Órbita n.º 128 - Setembro de 2012  

Edição do Boletim Em Órbita para Setembro de 2012. Nesta edição podemos encontrar um artigo sobre a missão Shenzhou-9 e um outro sobre a mis...

Advertisement