Page 6

Em Órbita

Ariane-5ECA lança novo satélite meteorológico europeu Fazendo parte de um sistema global de observação meteorológica, o satélite MSG-3 colocado em órbita juntamente com o satélite de comunicações Jupiter-1/EchoStar-17, era a carga principal da missão VA207 lançada a 5 de Julho de 2012, a terceira missão comercial da Arianespace em 2012 e a quarta missão no corrente ano.

A carga da missão VA207 A bordo do foguetão Ariane-5ECA (VA207/L563) foram transportados os satélites Jupiter1/EchoStar-17 e MSG-3. A EchoStar Corporation é o principal fornecedor a nível global de serviços FSS (Fixed Satellite Services) e soluções de TV e vídeo. Baseada em Englewood, Colorado, a EchoStar tem sido pioneira nos avanços das indústrias de satélites durante cerca de 30 anos. A EchoStar Corporation detém ou gere uma frota de 14 satélites (em finais de 2011) que são utilizados para a transmissão de serviços inovadores de banda larga e de vídeo, transmitindo mais de 6.800 canais. A Hughes etwork Systems, LLC (Hughes), é uma subsidiária totalmente detida pela EchoStar Corp., sendo a líder a nível mundial de serviços de banda larga por satélite para residências, escritórios e serviços governamentais, fornecendo tecnologias de rede inovadoras e serviços de gestão. A Hugheset é o serviço líder de Internet nos Estados Unidos com mais de 640.000 subscritores. A Hughes forneceu mais de 2,8 milhões de sistemas para clientes em mais de 100 países, representando mais de 50% do mercado. A Hughes detém e opera serviços comerciais em toda a Europa, Estados Unidos, Índia e Brasil, fornecendo conectividade por satélite e por terra à escala continental e um crescente número de aplicações – tais como acesso de Intranet / Internet de alta velocidade, ensino à distância, TV comercial, assinatura digital, e Voice over IP (VoIP) O satélite Jupiter-1/EchoStar17 foi construído pela Space Systems/Loral e é baseado na plataforma LS-1300E, que representa mais de 1.900 anos de serviços em órbita (juntando o tempo de serviço de todos os satélites baseados nesta plataforma). O lançamento do satélite EchoStar-17 utilizando a tecnologia de banda larga Júpiter, proporciona aos subscritores uma cadência de mais de 100 Gbyte por segundo. A sua arquitectura de multi-transmissão irá melhorar e aumentar a cobertura e terá como alvos as áreas na América do Norte onde a demanda é maior. O novo satélite irá suplementar o satélite Spaceway-3 colocado em órbita a 17 de Agosto de 2007 pela Arianespace, que e proporciona uma cobertura global dos Estados Unidos. O novo satélite irá fornecer acesso de Internet de alta velocidade a cerca de 2 milhões de clientes extra, oferecendo-lhes assim um acesso media único. O satélite tinha uma massa de 6.100 kg no lançamento e as suas dimensões são 8.00 x 3.20 x 3.10 m, tendo uma envergadura de 26,07 metros em órbita. A sua carga consome entre 17,7 kW e 16,1 kW, sendo a energia fornecida por três baterias de iões de lítio e recebendo estas energia de dois painéis solares. O satélite tem um sistema próprio de propulsão com um motor de apogeu de 455N e pequenos motores de 22N para controlo orbital. Os motores são de bipropolente (MMH e NTO). A estabilização do satélite é feita por rotação durante a separação e nos três eixos espaciais enquanto em órbita. Está equipado com 4 antenas e duas antenas cónicas fornecendo 60 fontes de transmissão em banda Ka. O satélite opera na órbita geossíncrona a 107,1º longitude Oeste. O seu tempo de vida útil é de 15 anos.

Em Órbita – Vol.12 – .º 127 / Agosto de 2012

5

Profile for Rui Barbosa

Em Órbita n.º 127 - Agosto de 2012  

A edição do Boletim Em Órbita referente ao mês de Agosto de 2012 com vários artigos sobre os lançamentos orbitais não tripulados do mês de J...

Em Órbita n.º 127 - Agosto de 2012  

A edição do Boletim Em Órbita referente ao mês de Agosto de 2012 com vários artigos sobre os lançamentos orbitais não tripulados do mês de J...

Advertisement