Issuu on Google+

cerveja beer cerveza olut sõr bière bier pils or bier bier pivo piwa bira biro bia birra öl mpira øl cerveja bira bere biral bjór ob e dzhu birra pivo biar biéra cervesa serves pia birrë alus beoir béier garagarnoa bier beoìr fita labiera sirwisa biyar bir bia biya maekju pia garejure cerveja beer cerveza olut sõr bière bier pils or bier bier pivo piwa bira biro bia birra öl mpira øl cerveja bira bere biral bjór ob e dzhu birra pivo biar biéra cervesa serves pia birrë alus beoir béier garagarnoa bier beoìr fita labiera sirwisa biyar bir bia biya maekju pia garejure JORNAL - COLECIONISMO CERVEJEIRO – olut CERVEJA EM PORTUGAL NOVEMBRO 2011 cerveja beer cerveza sõr bière bier pils orEDIÇÃO bier24 –bier pivo piwa bira biro bia birra öl mpira øl cerveja bira bere biral bjór ob e dzhu birra pivo biar biéra cervesa serves pia birrë alus beoir béier garagarnoa bier beoìr fita labiera sirwisa biyar bir bia biya maekju pia garejure cerveja beer cerveza olut sõr bière bier pils or bier bier pivo piwa bira biro bia birra öl mpira øl cerveja bira bere biral bjór ob e dzhu birra pivo biar biéra cervesa serves pia birrë alus beoir béier garagarnoa bier beoìr fita labiera sirwisa biyar bir bia biya maekju pia garejure cerveja beer cerveza olut sõr bière bier pils or bier bier pivo piwa bira biro bia birra öl mpira øl cerveja bira bere biral bjór ob e dzhu birra pivo biar biéra cervesa serves pia birrë alus beoir béier garagarnoa bier beoìr fita labiera sirwisa biyar bir bia biya maekju pia garejure cerveja beer cerveza olut sõr bière bier pils or bier pivo piwa bira biro bia birra öl mpira øl cerveja bira bere biral bjór ob e dzhu birra pivo biar biéra cervesa serves pia birrë alus beoir béier garagarnoa bier beoìr fita labiera sirwisa biyar bir bia biya maekju pia garejure cerveja beer cerveza olut sõr bière bier pils or bier pivo piwa bira biro bia birra öl mpira øl cerveja bira bere biral bjór ob e dzhu birra pivo biar biéra cervesa serves pia birrë alus beoir béier garagarnoa bier beoìr fita labiera sirwisa biyar bir bia biya maekju pia garejure cerveja beer cerveza olut sõr bière pils or bier pivo piwa bira biro bia birra öl mpira øl cerveja bira bere biral bjór ob e dzhu birra pivo biar biéra cervesa serves pia birrë alus beoir béier garagarnoa bier beoìr fita labiera sirwisa biyar bir bia biya maekju pia garejure cerveja beer cerveza olut sõr bière bier pils or ob e dzhu birra pivo biar biéra cervesa serves pia birrë alus öl beoir béier garagarnoa bier beoìr fita labiera sirwisa biyar bir bia biya maekju pia garejure cerveja beer cerveza olut sõr bière bier pils or bier pivo piwa bira biro bia birra öl mpira øl cerveja bira bere biral bjór ob e dzhu birra pivo biar biéra cervesa serves pia birrë alus beoir béier öl MENSAL – GRATUITO


EDITORIAL Rui Avilez Valente Director executivo COLECIONISMO CERVEJEIRO... PORQUE NÃO

Nesta edição: - Capa: Cervejas de inverno. - Agradecimentos, noticias curtas. - Colecionismo, copos (novidades) e bandejas. - Cervejas de inverno - Visita a Espanha, cervejarias em Madrid - Sociedade Central Cervejas, UNICER, Cerveja Artesanal Sovina - Rapidinhas mundo cervejeiro. - Gastronomia - Humor e fotografias.

Chegado o inverno, nada como falarmos um pouco das cervejas à venda em Portugal e que se podem considerar cervejas de inverno. Cervejas que devem ser consumidas a temperaturas totalmente diferentes das cervejas normais. Algumas delas são cervejas sazonais, produzidas em determinadas alturas do ano devido ao seu fraco consumo fora dessas alturas.

ESTE JORNAL É UMA PUBLICAÇÃO INTERNA DO SITE

Visitámos Espanha, onde tive a companhia do sócio da ACCP e amigo Jose Benedicto que nos levou a conhecer algumas das famosas ENTREVISTA cervejarias de Madrid em que destaco a Oldenburg que faz parte do Livro dos Recordes e a La Casa de la Cerveza com cerca de 500 cervejas de garrafa e 22 de barril. Colecionismo, apresentamos mais cinco copos que fazem a preferência da maioria dos colecionadores de Portugal. Dois da Cerveja Sagres, os outros ofertas trazidas de Espanha. Falamos também de um item maravilhoso e raro (Bandejas), visto o reduzido número que se conseguem encontrar. As noticias relacionadas com a cerveja em Portugal nesta edição: Sociedade Central de Cervejas e UNICER.

www.inlocomundodacerveja.com

Colaboraram nesta edição: Rui Avilez Valente Sociedade Central Cervejas Unicer

Redacção: Rui Avilez Valente Revisão e tradução: Gisela Vieira

As opiniões emitidas nos artigos são da responsabilidade de quem os assina, não representando necessariamente a opinião deste jornal. A reprodução total ou parcial é autorizada desde que seja citada a fonte.

A cerveja Artesanal em Portugal também estará presente com uma cerveja nova fabricada na cidade do Porto e que se dá pelo nome de Cerveja SOVINA.

1 1


AGRADECIMENTOS

Gisela Vieira, por me ter assessorado nesta viagem a Madrid. Está a ficar uma profissional da cerveja… pelo menos já bebe uns copitos… de cerveja.

Jose Luis (mestre cervejeiro) e ao amigo pela forma como nos recebeu nas suas cervejarias e principalmente pelos copos e cervejas oferecidas para a minha coleção. La Cerveceria Oldenburg

Jose Benedicto e esposa pela companhia e terem sido os nossos cicerones, nesta aventura pelas cervejarias de Madrid.

Um agradecimento à Andrea e a Ana pela simpatia e pela oferta da cerveja que bebemos. Cerveceria La Casa de la Cerveza

Noticias curtas Visite a página web da ACCP: www.accp.com.pt. Associcação Colecionismo Cervejeiro de Portugal

Visite a página Web: https://picasaweb.google.com /111179895890045748644 Coleção itens cervejeiros

Visite a página Web: http://www.koposdokiko .com/

Visite a página Web: http://www.coposinfashio n.gethost4you.com/

Coleção itens cervejeiros

Coleção itens cervejeiros

2 3


Copos… o item mais requisitado entre os colecionadores de Portugal. Este mês três novidades: Copo Sagres – Manga Rosa (ano 2008) Copo Sagres – Manga Rosa (ano 2008) Copo - La Fábrica - Espanha Copo – TeDeum – Bélgica Copo – Naturbier -Espanha

3 3


O item escolhido (Bandejas), difíceis de arranjar devido à sua utilidade. Este item pode ser fabricado em metal, ferro, alumínio e plástico. Em relação à sua forma a mais usual é redonda, mas podem ser encontradas tanto quadradas como rectangulares. O seu valor no mercado do colecionismo é difícil de calcular, embora algumas das mais antigas (estrangeiras) possam alcançar valores na ordem dos 100€.

4 4


Erdinger Pikantus Origem: Alemanha Tipo: weissbier Grau álcool: 7,3º Dados técnicos: garrafa 50cl

Gordon Finest Platinum Origem: Bélgica Tipo: ale/ strong ale Grau álcool: 12,0º Dados técnicos: garrafa 75cl

Leffe Brune Origem: Bélgica Tipo: abadia Grau álcool: 6,5º Dados técnicos: garrafa 33cl

CERVEJA DE INVERNO? La Trappe Dubbel Origem: Holanda Tipo: trappist Grau álcool: 7,0º Dados tecnicos: garrafa "stone bottle" 50cl

Leffe Radieuse Origem: Belgica Tipo: abadia Grau álcool: 8,2º Dados técnicos: garrafa 33cl

Símbolo do Verão a cerveja também pode ser apreciada no Inverno. Ai entram as cervejas ditas de Inverno principalmente porque na estação mais fria do ano o consumidor está mais receptivo a bebidas com alto teor alcoólico, com maior corpo e de longa persistência aromática. Os hábitos estão a mudar e, aos poucos, os Portugueses deixam de ver o vinho como sinónimo de bebida de inverno e a cerveja como a bebida oficial do verão. Mesmo assim as levíssimas pilsen lideram o consumo o ano todo, mas nunca é demais lembrar: existem cervejas que são muito melhores do que a loirinha gelada para os dias mais frios.

45 4


Erdinger Weissbier - DUNKEL Origem: Alemanha Tipo: pretas Grau álcool: 5,6º Dados técnicos: garrafa 50cl

Chimay Grande Resèrve Origem: Bélgica Tipo: trappist Grau álcool: 9,0º Dados técnicos: garrafa 75cl

Erdinger Schneeweisse Origem: Alemanha Tipo: weissbier Grau álcool: 5,6º Dados técnicos: garrafa 50cl

DeuS Origem: Bélgica Tipo: ale/ strong ale Grau álcool: 11,5º Dados técnicos: garrafa 75cl

Difícil de imaginar? Basta recordar que os países com grandes escolas de produção cervejeira têm temperaturas muito mais amenas do que as nossas no Verão e invernos bem rigorosos. O que os apreciadores fazem em dias frios é trocar os tipos mais leves pelos encorpados e vale a pena lembrar que a cerveja de inverno deve ser bebida a temperaturas mais altas, entre 8 e 12 graus centígrados. Em dias frios, prefira cervejas com maior teor alcoólico e com mais corpo. Se diante da prateleira dos hipermercados nos cafés e bares a dúvida ainda persistir na hora de escolher a cerveja para uma noite mais fria, aqui fica uma dica: algumas marcas têm cervejas sazonais, adequadas especialmente para cada estação. Com esta explicação vamos deixar aqui algumas cervejas que se podem encontrar à venda em Portugal e são excelentes para serem consumidas nesta altura do ano: Estilos como Dubbel, Bock, Weinzenbock, Barley Wine, Porter, Stout, Old Ale, Quadrupel, Strong Ale, Schwarzbier, são ideais para serem apreciados no frio.

46 4


Chimay Rouge Origem: Bélgica Tipo: trappist Grau álcool: 7,0º Dados técnicos: 33cl

Triple Karmeliet Origem: Bélgica Tipo: ale/ strong ale Grau álcool: 8,0º Dados técnicos: garrafa 33cl

Super Bock Classic Origem: Portugal Tipo: especial Grau álcool: 5,8º Dados técnicos: garrafa 33cl

Guinness – Special Export Origem: Irlanda Tipo: stout Grau álcool: 8,6º Dados técnicos: garrafa 33cl

La Trappe Quadrupel Origem: Holanda Tipo: trappist Grau álcool: 10,0º Dados técnicos: garrafa 75cl

Sagres Bohemia Origem: Portugal Tipo: especial Grau álcool: 6,2º Dados técnicos: garrafa 33cl

Maredsous Triple Origem: Bélgica Tipo: abadia Grau álcool: 10,0º Dados técnicos: garrafa 33cl

47 4


8 14


9 14


10 14


Na continuação da nossa estadia por terras de Madrid e já na companhia do sócio (ACCP) e amigo Benedicto e esposa, visitámos a Cerveceria La Casa De La Cerveza, um espaço onde fomos recebidos de forma cordial pela gerência e onde pudemos degustar algumas das mais de 500 cervejas de garrafa e 20 de barril que esta cervejaria tem para oferecer a todos os clientes. A decoração é mais uma vez composta por itens cervejeiros, no dia da nossa visita o espaço já estava decorado para a noite do Halloween. Como não podia deixar de ser regressamos no dia seguinte para provar mais umas cervejas e degustar alguns dos pratos confecionados nesta cervejaria. Um espaço a visitar por todos os apaixonados pela cerveja. Um agradecimento à gerência e funcionários pela disponibilidade e pelas cervejas oferecidas.

11 14


12 14


La Fábrica Biermuseum é um espaço muito conhecido em Madrid e onde a CELCE realiza reuniões e sessões de trocas entre os seus sócios. Uma cervejaria muito agradável e onde se podem consumir cerca de 25 cervejas diferentes, a decoração deste espaço é ligado ao mundo cervejeiro e ao colecionismo onde estão expostos alguns itens propriedade de dois colecionadores Espanhóis sócios da CELCE.

13 14


Naturbier, mais uma cervejaria por nós visitada. A cerveja vendida é produzida no local, segundo a minha opinião agradável de beber, mas nada de excepcional . É de realçar a simpatia dos funcionários. Este foi o local eleito para jantar neste dia. Tendo pedido uma salsicha alemã conforme era anunciado na ementa, fiquei decepcionado pois não a consegui encontrar no prato, encontrei sim uma salsicha que de alemã nada tinha… em todos os aspectos.

14 14


Cerveja Sagres quer mercado brasileiro em 2012

A Cerveja Sagres ofereceu as esplanadas ao Contingente Português, integrado nas forças da Nato, em missão no Afeganistão

15 14


Duque de Bragança visita a produção da Cerveja Sagres BOHEMIA na Fábrica de Vialonga

cervejeiras estabelecidas em Lisboa no século XIX, sendo que três delas foram agraciadas por alvará régio com o honroso título de “Fornecedor da Casa Real”. Neste âmbito a cerveja Sagres BOHEMIA passou a incluir nas suas embalagens a designação de fornecedora da Casa Real Portuguesa, uma novidade exclusiva no panorama das marcas cervejeiras nacionais e que reforça o posicionamento desta marca no segmento Premium das cervejas Portuguesas, estando as mesmas já disponíveis no mercado.

16 14


Marcas de Cerveja Sagres, Heineken e a Ă gua de Luso presentes no FINOV 2011 promovido pela SONAE na Casa da MĂşsica

17 14


CERVEJA SAGRES E ÁGUA DE LUSO FORMALIZAM PARCERIA COM TECNICIL INDÚSTRIA

18 14


19 14


20 14


Igreja oferece cerveja para atrair novos fiéis Uma nova igreja está sendo plantada na cidade de San Jose, Califórnia, com uma abordagem “diferente” visando atrair novos convertidos à sua congregação. Ela oferece cerveja aos participantes depois do culto que é realizado em um bar. O pastor Bill Jenkins é o responsável por essa igreja-bar chamada Urbanlife (Vida Urbana), que utiliza as dependências do bar Loft e Bistro. Os encontros ocorrem todos os domingos às 9h30 da manhã.

Monges belgas vendem 'melhor cerveja do mundo' Milhares de belgas correram nesta semana aos supermercados onde estava sendo vendida, pela primeira vez, uma cerveja famosa, produzida por monges, em troca de recursos para financiar as obras de reforma do mosteiro onde vivem. A Trappiste Westvleteren XII foi designada a "melhor cerveja do mundo" por um site americano especializado, em 2005.

21 14


Obama é o primeiro presidente americano a produzir cerveja dentro da Casa Branca Presidente comprou máquina com seu próprio dinheiro para fabricar artesanalmente sua cerveja, que leva mel produzido pelas abelhas da residência oficial Por Época NEGÓCIOS Online O presidente Barack Obama aprecia uma cerveja feita na Casa Branca junto com o sargento Dakota Meyer, um dia antes de lhe conceder uma medalha de honra Obama já fez história inúmeras vezes como presidente dos Estados Unidos. Mas por essa creio que os americanos não esperavam. Ele é o primeiro presidente americano a produzir sua própria cerveja dentro da Casa Branca. Obama comprou uma máquina de fazer cerveja – com seu próprio dinheiro, é claro – e a estreou numa festa durante a final do campeonato nacional de futebol americano, o Superbowl, em fevereiro deste ano. Na ocasião, foram consumidos o equivalente a 100 garrafas, segundo o Newslite. De acordo com historiadores, é a primeira vez que o endereço presidencial produz sua própria cerveja. Batizada de White House Honey Ale, a bebida dos Obamas recebe entre seus ingredientes mel feito pelas abelhas da Casa Branca.

Uma cerveja belga MONGOZO fez sucesso numa feira que aconteceu mês passado em Dortmund, no oeste da Alemanha. O motivo era o seu exótico sabor de coco. Sim, coco. Aquele mesmo que as pessoas usam para fazer cocadas. Além da bebida de coco, a empresa também produz cervejas de manga, banana e dendê. Sim, dendê. Aquele mesmo do azeite que as pessoas usam pra fritar acarajé.

22 14


Os pesquisadores Francisco Pereira e Filipe Macieira, da Universidade de Minho (Braga, Portugal), criaram uma cerveja 100% natural e artesanal que faz bem à saúde. De acordo com o site português Ciência Hoje, o produto começará a ser vendido em um restaurante que vai ser aberto pelos responsáveis pelo projeto. A produção também será feita no local. De acordo com Pereira, a cerveja não é filtrada, ou seja, ela traz a própria levedura que contém sais minerais, vitaminas e compostos para a regulação do organismo humano. Além disso, o líquido não tem produtos químicos nem conservantes, tornando-o, assim, um benefício para a saúde. "É um conceito inovador em Portugal, que acreditamos ter viabilidade. No próprio restaurante teremos uma mini-fábrica de cerveja 100% natural, feita exclusivamente a partir de cereais de produção biológica. E é essa mesma cerveja que será servida ao cliente", afirma um dos pesquisadores.

Pereira e Macieira abriram uma empresa que tem capacidade de produzir cerca de 300 litros de cerveja por mês. De acordo com os dois pesquisadores, o produto é escoado em poucos dias, e tem tido uma grande aceitação do público. A cerveja é servida em garrafas de 0,75 litros com rolhas de cortiça - semelhantes às do champanhe -, ao preço de 3,5 euros. Até o momento, os pesquisadores já desenvolveram cinco tipos de cerveja, entre elas a cerveja de trigo chamada "belgian ale" que, com 10% de álcool, é a mais forte e preferida do público. Já a "pilsner", de origem checa, é a mais leve de todas.

23 14


Modo de Preparar:

Linguado na Cerveja Ingredientes: - linguado - gengibre - limão - cerveja gelada - sal - pimenta do reino branca - coentro (ou salsinha) - farinha de trigo

Corte o linguado em pedaços médios e tempere com limão, sal a gosto e a pimenta do reino branca. Passe o linguado na farinha de trigo. Reserve um pouco da farinha para a massa de cerveja. Coloque um pouco de sal e pimenta do reino branca moída. Misture bem. Acrescente raspa de limão. Coloque a cerveja aos poucos, até a massa dar o ponto. Mexa bem para a farinha não empelotar. Depois, acrescente o gengibre bem picado na massa e mexa. Coloque o peixe na massa. Num frigideira, aqueça o oleo (cerca de 180º). Coloque o peixe no óleo com cuidado. Espere fritar e tire da frigideira. Passe no papel toalha para tirar um pouco do óleo. Está pronto. Você pode servir com o coentro ou a salsinha, e temperar com um pouco de limão.

Rosquinha doce de cerveja Modo de Preparação:

Ingredientes:

Numa tigela grande, peneire a farinha de trigo junto com o fermento em pó. Junte a manteiga e amasse, alternando com a cerveja, até formar uma massa lisa e homogénea. Caso precise, use mais ou menos cerveja, até a massa ficar no ponto de enrolar. Faça rolinhos finos e corte em pedaços de uns 4 cm de comprimento. Feche as pontas, formando uma argola. Passe as rosquinhas pelo açúcar. Unte e enfarinhe uma assadeira grande e coloque as rosquinhas nela. Asse em forno préquecido médio até dourar, o que leva mais ou menos 20 minutos.

Rende: 50 rosquinhas 500 g de farinha de trigo 1 colher (sopa) de fermento em pó 250 g de manteiga 1 xícara (café) (80 ml) de cerveja clara, quente 2 1/2 colheres (sopa) de açúcar cristal Para untar: Manteiga Farinha de trigo

24 22


Imagens retiradas do livro: Uma hist贸ria com sabor aut锚ntico.

22


Edição nº 24