Issuu on Google+

ANÁLISE DE CURTA-METRAGEM

Rúben Tomás 12ºAV1


Esta curta-metragem consegue fazer-nos pensar pode não parecer no inicio mas é a ultima vez que o pai e a filha se vêem. Trata-se de uma metáfora para abordar a morte de um pai que deixa saudade a sua filha. Depois da sua morte, a menina passou a ir sempre ao local de despedida recordar o seu pai que partiu.

PLANOS/MÚSICA/COR De inicio a música é alegre até o pai se separar da filha. Aparece vários tipos de planos, o plano ângulo-picado; o plano de pormenor. A música passa a ser mais triste quando o pai se despede da menina.

A música e a cor começam a mudar com o passar das estações, com as chuvas, com as dificuldades que passa para voltar ao sitio onde se despediu do seu pai.


Esta curta-metragem faz-nos pensar que o ciclo da vida é mesmo assim, e que quando um dia perdemos as pessoas que gostamos, mais cedo ou mais tarde vamo-nos encontrar de novo com elas.

Ao longo da curta-metragem mostra-nos vários Planos de Pormenor em que consiste no enquadramento de um objecto isolado ou parte dele ocupando todo o espaço da imagem; o Plano Geral onde mostra a área de acção; e o Plano ângulopicado onde a área de acção é vista de cima para baixo.


Curta-Metragem Father and Daugther