Page 1

SINDICAL

Nº 66 - Junho 2010

Coragem e força dos trabalhadores brasileiros

O PMDB Sindical tem uma história de lutas com os trabalhadores de todo o país sempre conquistando melhorias substanciais no padrão de vida das famílias brasileiras. O passado recente prova as ações contra o armamento pesado da ditadura militar com prisões e tortura cruéis de sindicalistas ou de participantes de movimentos populares. Foram mais 20 de anos de perseguições que não intimidaram os peemedebistas. Pelo contrário, representaram o fortalecimento de sindicalistas que se uniram de todas as formas possíveis contra as bombas que explodiam em todas as manifestações. Era a ditadura de um lado e de outro a democracia em marcha. Ninguém impedia as lutas populares por melhores condições de trabalho e de salário, liberdade Sindical, eleições Diretas para a Presidência da República, Constituinte e muito mais! Uma página da história brasileira que representou o sofrimento de milhares de lideranças sindicais que foram parar nos porões dos DOI-CODI, mas tudo isso não foi em vão.

Presidente Nacional do PMDB Sindical

presente na Assembleia Nacional

da Classe Trabalhadora Presidente Nacional do PMDB Sindical Washington Santos (Maradona) presente na Conferência Nacional da Classe Trabalhadora O presidente Nacional do PMDB Sindical, Washington Santos (Maradona) participou em 01/06/2010 no Estádio do Pacaembu, em São Paulo, da Assembléia Nacional da Classe Trabalhadora que reuniu cerca de 30 mil trabalhadores de diversas categorias de todo o país. Em seu discurso, Washington Santos defendeu a união da classe trabalhadora em defesa da manutenção dos direitos históricos conquistados com o apoio incondicional do governo. Ele destacou ainda a participação importante e vital dos trabalhadores, lideranças sindicais que foram perseguidas pela

Washington dos Santos (Maradona) Presidente Nacional do PMDB Sindical

Presidente do PMDB Sindical Nacional, Washington dos Santos (Maradona)

ditadura militar por causa da defesa intransigente dos direitos daqueles que sempre construíram a riqueza do país. O presidente Nacional do PMDB Sindical, Washington Santos (Maradona), defendeu ainda maior atenção de todos às lutas que estão na ordem do dia, entre elas, a redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais e o fim do Fator Previdenciário. Washington Santos se posicionou favorável à defesa

O presidente Nacional do PMDB Sindical, Washington dos Santos, Maradona

Cada um desses líderes que um dia foram chamados de “Terrorista” e que morreram pela pátria deve ser reverenciado. A luta dessas pessoas foi imprescindível para conquistarmos a soberania do país e a liberdade de manifestação. Avante Brasil com nosso líder e presidente do PMDB, Michel Temer que sempre esteve ao lado do PMDB Sindical. Todos juntos rumo à vitória dos trabalhadores de todo o pais.

Foto: Acácio Nascimento

Editorial

Informe do PMDB Sindical

O presidente da Cut, Arthur Henrique e o presidente Nacional do PMDB Sindical, Washington dos Santos (Maradona)

de um projeto de desenvolvimento que valorize o trabalho, distribuição de renda, igualdade e inclusão social com prioridade à saúde e educação dos menos favorecidos, e que o PMDB na figura de nosso presidente Michel Temer terá papel importante na consolidação das conquistas Trabalhistas e sociais implementadas pelo governo.


MICHEL TEMER "Economia cresce pela força do trabalhador"

O Brasil vive um período de crescimento palpável. Passamos do sonho de viver em um País melhor para a realidade: famílias comemoram aumento no consumo, mais geração de empregos, desenvolvimento sustentado. A economia está fortalecida. A melhor fase do mercado de trabalho na história recente do País se confirmou em abril passado, quando foi registrada a primeira inflexão da taxa de desemprego no ano, quando apenas 7,3% da população economicamente ativa estava desempregada, o menor índice

para o mês de abril desde 2002, segundo dados do IBGE. Outra boa notícia é o aumento da renda e do nível recorde de emprego com carteira assinada. Em abril, 51,% dos trabalhadores tinham carteira assinada e, junto aos funcionários públicos e militares, o índice atingiu 59,8% dos empregados que estão no mercado formal. Nos últimos 12 meses encerrados em abril, foram geradas 907 mil vagas. Nesse novo Brasil, o Programa de Aceleração do Crescimento, com investimentos em infraestrutura, e o programa Minha Casa, Minha Vida, que

concretos à participação sindical e popular"

Nós trabalhadores, queremos participar da construção do plano de governo, pois sentimos na pele as dificuldades que enfrentamos. Temos muito a contribuir para o desenvolvimento e a justiça social, para isso estamos nos colocando à disposição, para discutirmos as mudanças que se fazem necessárias, sabemos que não será fácil. Mas as mudanças só virão se o povo se organizar e pressionar, porque se o povão não fizer, quem fará serão os banqueiros, os grandes capitalistas e as multinacionais. Essa gente não quer perder poder e muito menos abrir mão de privilégios e jogará pesado (como sempre) contra os interesses do povo, principalmente dos trabalhadores. Nosso apoio a pré candidata Dilma Rousselff e o nosso grande líder Presidente da Câmara Michel Temer pré-candidato a vice presidência da República, o que nos da muito orgulho, pois sabemos que esse grande líder sempre esteve à frente das questões que envolvem os trabalhadores de todo o país. Queremos espaços concretos à participação sindical e popular. Se fizer assim, o Brasil começara a mudar para melhor! Telma Cardia Presidente do Sindicato dos Frentistas de Guarulhos e Região e do Núcleo Sindical do PMDB de São Paulo

também, por intermédio de ações para capacitá-lo, portanto, investir na profissionalização de jovens e adultos é uma maneira de preparar o Brasil para o futuro, para dominar novas tecnologias e atender às demandas do mercado. O futuro já começou, mas ainda tem muito Brasil pela frente. E a nossa economia vai continuar crescendo graças à força de nossos trabalhadores. Michel Temer Presidente Nacional do PMDB

INÁCIO MARTINS

TELMA CARDIA "Queremos espaços

visa reduzir o déficit habitacional, criou centenas de canteiros de obras por todo o País. Entretanto, nenhuma mudança seria possível se não fosse a força do trabalhador brasileiro. Sua importância é inegável e esse fato nos leva a defender a implementação de novas políticas voltadas para a valorização do trabalho e distribuição de renda. É o trabalho que possibilita o verdadeiro desenvolvimento social, o combate à pobreza, a retomada da dignidade. E é importante assegurar não só o emprego, mas a qualidade do emprego. O apoio ao trabalhador vem,

"Justiça social baseada no trabalho"

A participação dos movimentos de defesa dos interesses dos trabalhadores, manifesta através das organizações sindicais, dentro dos partidos políticos e, sobretudo nos órgãos de administração do nosso país, é fator preponderante para alcançarmos uma justiça social baseada no trabalho, renda e dignidade de todas as famílias brasileiras. Enquanto a atuação direta das lideranças sindicais através dos partidos políticos leva a vontade dos trabalhadores aos planos governamentais, a atuação direta através de cargos públicos quer seja através do voto com mandato eletivo, ou dirigindo órgãos públicos, é o meio mais prático para se colocar os interesses dos trabalhadores no foco das atenções dos diversos programas de governo. Nesse sentido, o PMDB Sindical, cumpre importante papel, ao levar para dentro do maior Partido Político do Brasil, as questões que mais afligem a classe trabalhadora. Não podemos abrir mão de espaços públicos representativos dos trabalhadores, pois aqueles a quem o país se socorre nos momentos de crise também devem ser lembrados nos momentos de desfrutar os resultados de seu trabalho, permitindo o acesso daqueles que mais contribuem com o desenvolvimento do Brasil, receber parte dos benefícios sociais para si e para suas famílias, através de uma distribuição de renda com justa remuneração que permita a todo Cidadão Trabalhador Brasileiro auferir melhorias em sua qualidade de vida por meios próprios. É importante lembrar também, que nos momentos de estabilidades devemos aproveitar para reequilibrar o valor do trabalho, bem como revermos o acesso aos demais benefícios sociais, (educação, saúde, segurança, habitação), vitais para se viver uma sociedade mais justa. Inácio Martins Ribeiro Presidente do PMDB Sindical do Mato Grosso do Sul.


Governabilidade com responsabilidade O presidente do PMDB Sindical Nacional, Washington dos Santos (Maradona) leva ao presidente Luis Inácio Lula da Silva as principais inquitações dos

trabalhadores e considera o seu apoio incondicional às propostas de garantia constitucional dos direitos adquiridos dos trbalhadores. Além disso, Washington dos

Santos enfatizou a luta do PMDB para conquistar verdadeiros e sólidos índices de melhoria das condições de vida das populações mais carentes de todo o país. Com este objetivo o PMDB em

uma aliança progamatica estará junto com presidente Michel temer nesta aliança pela consolidação das conquistas sociais e trabalhistas preservando assim todas as nossas conquistas.

LINEU NEVES MAZANO HENRIQUE PIRES

"A luta dos trabalhadores tem que se dar no campo democrático"

Engenheiro Henrique Pires Vice presidente nacional do PMDB Sindical

"Mais qualidade de vida e proteção aos trabalhadores"

O presidente nacional do PMDB, Michel Temer, defende a redução gradual da jornada de trabalho para 42 horas. O que levará a melhor qualidade de vida do trabalhador assalariado brasileiro. Junto a isto temos em nossa pré-proposta de governo “Um programa para o Brasil” – Tem muito Brasil pela Frente, o item “Mercado de Trabalho”, onde fica claro que o PMDB, maior partido do Brasil, não está satisfeito com as atuais relações de trabalho e produção. É necessário inovar essa relação para que o desenvolvimento crescente do país tenha como primazia os interesses do trabalho e da produção. Resguarda a qualidade de vida do trabalhador porque a “obra prima do Estado deve ser a felicidade do seu povo”, segundo nosso imortal Ulysses Guimarães. O PMDB propõe duas ordens de respostas aos problemas centrais no campo do trabalho. A primeira é a desoneração radical da folha de salários, com o financiamento dos direitos legítimos na base dos impostos gerais. Também defende a efetivação, ao lado da CLT, de um segundo corpo de regras, destinado a proteger, organizar e fazer representar estes trabalhadores, informais e terceirizados, que já atuam na economia formal. Engenheiro Henrique Pires Vice presidente nacional do PMDB Sindical

Presidente Lula e Presidente do PMDB Sindical Nacional, Washington dos Santos (Maradona)

LOURENÇO FERREIRA PRADO

Com o objetivo de debater as principais questões de interesse geral dos trabalhadores, foi organizado o PMDB SINDICAL. Nesta matéria quero destacar um ponto específico de interesse da segunda maior categoria de trabalhadores no país que é a dos servidores públicos, pois perdemos apenas para a categoria dos comerciários. Nossa luta de décadas pela ratificação da Convenção 151 da OIT (Organização Internacional do Trabalho) se concretizou este ano, foi aprovada nas duas Casas de lei e já foi sancionada pelo Congresso, faltando agora a publicação de um decreto presidencial para dar seqüência nos projetos da normatização final. A 151 garante a liberdade da organização sindical dos servidores públicos, negociação coletiva no serviço público e o direito de greve na administração pública. É um marco histórico para a nossa categoria, e afirmamos que esta questão sempre foi perseguida pelos governos de plantão. Nossos agradecimentos em especial ao Presidente do PMDB e da Câmara Federal, Deputado Michel Temer.

"Luta pelo respeito à dignidade dos trabalhadores da ativa e aposentados"

¨Histórica e sociologicamente, os núcleos sindicais de qualquer Partido Político alimentam e realimento o partido, como se fossem verdadeiras artérias que levam e trazem sangue ao coração, mantendo a continuidade da vida. Todas as reivindicações, inquietações, apoio ou críticas construtivas da classe trabalhadora devem chegar ao Partido por meio de seu Núcleo Sindical, via legítima, real, objetiva para tais postulações, as quais atualizam de forma permanente como deveriam atuar os Parlamentares e Governantes eleitos pela instituição partidária, quanto aos direitos, interesses e deveres da classe trabalhadora. O movimento Sindical do PMDB, ao lado dos demais Movimentos Mulher, Negro e Juventude do partido, tem atuado de forma clara, tempestiva e com muita luta para que sejam respeitados a dignidade dos trabalhadores da ativa e aposentados, tais como Salário Mínimo digno e capaz de atender as necessidades básicas do assalariado, extinção do Fator Previdenciário, reajuste de 7,72% para os aposentados, reformas Política, Agrária e do Sistema Financeiro e redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais. Sem radicalismo, mas de maneira firme e altiva, atua o Movimento Sindical do PMDB, cuja conduta é sempre pautada na defesa intransigente dos direitos gerais e coletivos. Assim é o Movimento Sindical do PMDB. Assim Vamos continuar. Núcleo Sindical do PMDB Lourenço Ferreira Prado Presidente do PMDB Sindical (Distrito Federal) - Presidente da CONTEC (Confederação Nacional dos Bancários e Securitários) e Vice-Presidente da UGT Nacional. Foi Ministro do Tribunal Superior do Trabalho, representando os trabalhadores e Membro do Conselho Monetário Nacional.

PMDB SINDICAL


Comerciários de São Paulo "Em defesa dos direitos e conquistas dos trabalhadores" O PMDB-Sindical tem como objetivo principal a defesa dos direitos e conquistas dos trabalhadores e dos interesses dos sindicalistas de forma coletiva e das entidades por eles representadas. Ele nasceu da necessidade de sindicalistas ligados ao PMDB, desenvolver uma ação política voltada para os anseios da classe trabalhadora, conscientes de que só através de um partido político é possível avançar nas conquistas. Avelino Garcia Filho e Josimar Andrade, sindicalistas e dirigentes do Sindicato dos Comerciários de São Paulo, são filiados ao PMDB com atuação no PMDB - Sindical. Eles afirmam que os objetivos peemedebistas são praticamente idênticos aos dos comerciários, um sindicato moderno e pluralista que busca profundas modificações na sociedade, diante da necessidade de um novo ciclo histórico ofensivo no movimento sindical do país. Segundo Avelino Garcia, todo partido político tem que estar sempre voltado ao movimento sindical porque é o segmento da sociedade que melhor representa o trabalhador. “Os sindicatos podem contribuir com os partidos fornecendo-lhes dados substanciais para a elaboração de suas propostas de governo”, salienta Avelino. Já Josimar Andrade, lembra que o presidente da república é oriundo do movimento sindical e essa experiência tem sido fundamental para a governabilidade do País e também para os avanços na área econômica. "Só quem viveu a realidade de uma empresa sabe o quanto é importante o emprego para o trabalhador, isso ajuda a tomar medidas corretas como as que o presidente Lula tomou para evitar que a crise econômica, que assolou a Europa e os Estados Unidos, trouxesse prejuízos ao Brasil", ressaltou Josimar.

Avelino Garcia Filho

Josimar Andrade

Avelino Garcia Filho e Josimar Andrade Sindicalistas e Dirigentes do Sindicato dos Comerciários de São Paulo

RUMIKO TANAKA "A democracia em primeiro lugar"

No Brasil mais da metade da população é composta por mulheres, cerca de 52% da população economicamente ativa, está segregada do processo de decisão sobre suas vidas. Este ano teremos eleições para presidente, Deputados Federais, Governadores e Deputados Estaduais, mas a realidade sobre a igualdade na representação é desoladora, pois as mulheres ainda tem uma presença tímida no parlamento. Embora a Conferência Nacional de Mulheres tenha deliberado sobre a criação do eixo “Participação das mulheres nos espaços de poder e decisão”, estamos muito distantes da recomendação do Comitê para Eliminação de todas as formas de Discriminação contra a Mulher – CEDAW, da Organização das Nações Unidas, que diz: o Brasil deve realizar campanhas de conscientização sobre a importância da participação plena e igualitária da mulher na vida política e pública e na tomada de decisões, como um componente necessário de

uma sociedade democrática. Para alcançarmos o cumprimento desta recomendação, precisamos de política de enfrentamento para todas as formas de discriminação e desigualdades. O PMDB Sindical tem a responsabilidade de participar de todos os Fóruns de debates, bem como de programas e atividades que abordem este tema, pois só assim as mudanças ocorrerão. As mulheres do PMDB são aguerridas e segue elaborando projetos de lei que tem conteúdo de proibição a qualquer forma de discriminação de gênero, raça, étnica e opção sexual é de fundamental importância. A participação das mulheres nos espaços de poder contribui para fortalecer a questão de igualdade de oportunidade no mundo do trabalho. A luta pela não discriminação salarial, idade e o alcance da qualificação através da educação é outra responsabilidade que o PMDB Sindical tem em sua plataforma de trabalho. Trabalhadores urbanos,

rurais e domésticos, sempre puderam contar com o apoio do PMDB e este ano, quando formos escolher nossos governantes, o PMDB com certeza irá às urnas buscar os votos com a convicção de contar com a confiança dos eleitores, pela forma atuante que tem sido no parlamento. O PMDB, sempre primou pela forma democrática de administrar as coisas públicas e mais uma vez deverá repetir seus resultados em todos os Estados do Brasil. O PMDB Sindical se estrutura nos estados e com objetivo de sempre incluir as mulheres. Cada vez mais as mulheres ocupam cargos nas diretorias regionais e isso só fortalece o trabalho de buscarmos a igualdade de oportunidade no mundo do trabalho. Promover o desenvolvimento sustentável, preservar o meio ambiente, contribuir na elaboração de propostas de emprego decente aos jovens e aos empregados domésticos, combater o trabalho infantil, o trabalho escravo,

forçoso e promover a inclusão dos deficientes, no mercado de trabalho, preocupar com os idosos, participar de todas as lutas dos trabalhadores e combater a exploração e violências de toda natureza, é que o PMDB Sindical seguirá firme, com toda sua militância, Núcleos de Mulheres e Homens, seus afiliados, em conjunto com os trabalhadores do Brasil, América Latina e de todo o mundo, buscando uma forma cada vez mais democrática para os povos. Rumiko Tanaka Secretária Nacional do PMDB Sindical


Trabalhadores e Empresários buscam soluções para atender municípios da Bacia do Rio Paraná Jupiá e Porto Primavera. Nessas visitas feitas, o presidente Nacional do Núcleo Sindical do PMDB Washington Santos (Maradona) e o Secretário de Comunicação do Núcleo Sindical do

PMDB de São Paulo José Joaquim Rodrigues Filho (JJ), ouviram dos trabalhadores e empresários que a região necessita de maior incentivo para seu desenvolvimento e geração de empregos. Foto: Acácio Nascimento

O Núcleo Sindical do PMDB esteve visitando no final do ano de 2009 e início de 2010 a região da Bacia do Rio Paraná onde estão localizadas as Usinas Hidroelétricas de: Ilha Solteira, Três Irmãos,

Deputado Michel Temer, Washington Santos “Maradona”, José Joaquim Rodrigues Filho “JJ” e Antonio Joaquim Gomes

Hoje na região há uma desigualdade social provocada por falta de uma Lei específica que atenda os municípios envolvidos trazendo investimento tanto do governo federal e estadual, pois somente com a boa vontade e trabalho dos governantes locais isto fica difícil. Diante deste cenário, o Núcleo Sindical do PMDB se comprometeu a trabalhar junto com trabalhadores e empresário para formar um grupo de trabalho a fim de buscar uma solução. No ultimo dia 24/05/2010 foi realizada uma reunião com o Deputado Michel Temer presidente da Câmara Federal que se comprometeu estar junto neste projeto. Nos próximos dias, o Núcleo Sindical do PMDB irá visitar a região para agendar com as força política locais ( Prefeitos, Câmara Municipais, Associações Comerciais, Empresários e Representantes dos Trabalhadores) para dar andamento ao projeto, onde teremos o apoio do Deputado Michel Temer que já se comprometeu com o Núcleo Sindical do PMDB a ir visitar a região em breve.

O Presidente Nacional do Núcleo Sindical do PMDB Washington Santos (Maradona), o secretário de comunicação do Núcleo Sindical do PMDB de São Paulo, José Joaquim Rodrigues Filho (JJ) e o empresário do setor elétrico especializado em construção, manutenção de PCH´s (Pequenas Usina Hidroelétrica), Usinas Termoelétricas e treinamento de mão de obra qualificada para o setor, Antonio Joaquim Gomes da cidade de Ilha Solteira-SP, representando os empresários da região, foram recebidos (04/05/2010) pelo presidente da Câmara dos Deputados o deputado Michel Temer em seu escritório político de São Paulo. O presidente Nacional do

Núcleo Sindical do PMDB Washington Santos (Maradona) apresentou ao deputado Michel Temer (PMDB/SP) um projeto que poderá minimizar os problemas causados pela falta de uma legislação específica que hoje provoca uma desigualdade social em toda região ligada à bacia do Rio Paraná na divisa de estado de São Paulo com Mato Grosso do Sul. A preocupação é dos trabalhadores e dos empresários. O deputado Michel Temer parabenizou a iniciativa principalmente pelo fato dessa ação estar sendo desenvolvida em conjunto com os trabalhadores e empresários. Ele disse estar  solidário ao projeto de desenvolvimento para a região. Michel Tmer se colocou à

Foto: Acácio Nascimento

Michel Temer conhece projeto que vai reduzir a desigualdade social na região de Ilha Solteira

disposição para conhecer de perto os empresários e trabalhadores envolvidos e debater com as autoridades locais o projeto. Este encontro foi organizado pelo Presidente Nacional

do Núcleo Sindical do PMDB Washington Santos (Maradona) e pelo o secretário de comunicação do Núcleo Sindical do PMDB de São Paulo, José Joaquim Rodrigues Filho (JJ).


Célio Moreira da Silva é eleito presidente do PMDB Sindical de Minas Gerais

A criação do PMDB Sindical de Minas Gerais foi aprovada durante reunião da executiva do Partido, realizada dia 26 de abril, em Belo Horizonte. À sua frente está o líder sindical e vereador Célio Moreira da Silva, que é presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Uberlândia e Região (Sindttrans). Nesta entrevista concedida à jornalista Cristina Gonçalves, Célio falou

sobre a importância da criação do PMDB Sindical salientando que o partido tem a maior bancada na Câmara dos Deputados, além de fazer parte do Governo Federal. “Temos mais chances de aprovar nossas propostas”, frisa. Quanto ao PMDB Sindical de Minas Gerais, ele disse que pretende, ao lado dos sindicalistas, traçar prioridades para fortalecimento da sigla, a começar com o lançamento oficial que vai ocorrer na cidade de Uberlândia, dia 26 mês de junho, com a presença do senador Hélio Costa, o presidente do PMDB nacional, Michel Temer, Antônio Andrade (Presidente PMDB/Minas) e Washington Santos (Maradona), que é presidente nacional do PMDB Sindical nacional, no qual Célio ocupa o cargo de 3º vicepresidente. De acordo com Célio, o PMDB vai garantir a participação do movimento nas próximas

Entrevista

MAGNO LAVIGNE

"PMDB: Maior partido dos trabalhadores brasileiros"

¨O PMDB é o maior partido do Brasil, e o principal responsável pela reconstrução de nossa democracia, por isso não pode prescindir de ter uma forte ação no movimento sindical, e esta ação está sendo feita pelo companheiro Washington dos Santos (Maradona). O que é um marco na organização do PMDB Sindical Nacional. Na Bahia estamos seguindo este exemplo. A nossa principal luta é a redução da jornada de trabalho sem redução de salários e para isso o nosso partido é fundamental pois o PMDB é o maior partido dos trabalhadores brasileiros”. Magno Lavigne Membro da Esquerda Democrática do PMDB Bahia. Membro da Executiva Nacional da UGT. Presidente do PMDB Sindical da Bahia.

Cristina G. – Como nasceu o PMDB Sindical em Minas Gerais? Célio Moreira da Silva (CMS) – Historicamente, o PMDB sempre abrigou movimentos sociais e desenvolveu inúmeras políticas voltadas para a classe trabalhadora. Como ocorre em outros Estados, o Núcleo Sindical do PMDB/Minas, nasce para formalizar o trabalho sindical do partido no estado. Na verdade não nasce agora um partido trabalhista em Minas. Estamos resgatando a história do PMDB combativo e que sempre esteve à frente da luta pelos direitos dos trabalhadores do Brasil. CG – Quais as metas do PMDB Sindical para os sindicatos mineiros? CMS – Ampliar, em todo Estado de Minas Gerais, o envolvimento dos trabalhadores do PMDB Sindical para fortalecimento das ações futuras. CG – O PMDB Sindical só contempla sindicatos ligados ao partido ou suas ações são pluripartidárias? CMS – De maneira nenhuma. O PMDB Sindical é a representação nacional do trabalhador. Estamos vigiando todas as ações que envolvem o trabalhador e em qualquer delas onde ele é

ameaçado em seus direitos, o PMDB Sindical atuará visando a manutenção de seus direitos e novas conquistas. CG – No campo político, quais as ações principais do PMDB Sindical? CMS – Dar suporte aos sindicatos de Minas Gerais para que as representações sindicais possam discutir com maior poder político e representativo juntos aos poderes públicos no momento das reivindicações. O PMDB é a maior bancada na Câmara dos Deputados e levará as demandas dos trabalhadores ao plenário, com o objetivo de garantir os direitos dos trabalhadores. Também vamos garantir a participação do movimento nas próximas eleições.

Expediente Informativo do PMDB Sindical Diretor Washington dos Santos (Maradona) Jornalista Responsável Acácio Nascimento (MTb 16.984) Diagramação e Arte Marcio Rualonga Fotos Acácio Nascimento Tiragem 50.000 exemplares

Jornal pmdb sindical junho 2010  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you