Page 1

A Jangada

Editorial

Gestão-2002/2004 No próximo mês de julho estaremos entregando o Clube dos Jangadeiros a nova Comodoria, a ser eleita pela primeira vez diretamente pelo voto de todos os Associados, para dirigir o Clube pelos próximos dois anos. Esse mandato que ora se encerra, foi de bastante trabalho, satisfação e realização de diversos projetos importantes, os quais temos certeza, vieram ao encontro das expectativas dos Associados. Quando assumimos, estabelecemos três objetivos a serem alcançados. O primeiro, a implantação de uma administração financeira austera e transparente que possibilitasse o nosso equilíbrio financeiro; o segundo objetivo foi o início de obras necessárias, a manutenção e recuperação do nosso patrimônio; e por fim como terceiro passo, a implantação de um trabalho de qualificação da nossa equipe de funcionários, a contratação de profissionais terceirizados e parceiros comerciais, trabalho cuja continuidade iremos recomendar à Comodoria que nos suceder. Preocupados em oferecer maior conforto aos nossos Associados, otimizamos a utilização de um antigo pavilhão ao surgimento do nosso Centro Náutico, lojas e serviços que atendem aos interesses dos proprietários de embarcações, que passaram a dispor em seu próprio Clube da maior loja de artigos náuticos da Região Sul, bem como seus familiares passaram a contar com os serviços de uma estéti-

ca com profissionais de renome e equipamentos de última geração. No atendimento operacional, adquirimos um trator de maior porte para a utilização no pátio das lanchas e recuperamos o guindaste para poder atender as embarcações de até 15 toneladas, entre tantas outras realizações de não menos importância e que se refletem no dia-a-dia do nosso Clube. Na vela, o fato mais relevante em nossa Comodoria foi a classificação de três tripulações para as Olimpíadas de Atenas: Fernanda Oliveira/Adriana Kostiw, Alexandre Paradeda/Bernard Arndt e André Fonseca/Rodrigo Duarte, velejadores que nos brindaram com a vitória desta classificação, e temos a certeza que terão atuação de destaque nas Olimpíadas. Destacamos também a Escola de Vela Barra Limpa, através da qual cumprimos nossa função social e esportiva na formação de novos velejadores. E em relação ao nosso quadro social, a Campanha “Indique um Novo Associado” registrou o expressivo número de 54 (cinqüenta e quatro) novos Sócios Contribuintes em apenas quatro meses. Finalmente, queremos agradecer a todos aqueles que de uma forma ou outra cooperaram e apoiaram o nosso trabalho ao timão do Jangadeiros durante os últimos dois anos. Waldemar Bier Comodoro

A Jangada Boletim Informativo do

Clube dos Jangadeiros. Rua Ernesto Paiva, 139, P.Alegre/RS - CEP 91900-200. Fone: (51) 3268.0080

EXPEDIENTE Manuel Ruttkay Pereira Pres. Conselho Deliberativo Waldemar Bier Comodoro Felipe Anselmo Olinto Vice-Comodoro Administrativo André Luiz Becker Vice-Comodoro Esportivo Antônio Carlos B. da Motta Vice-Comodoro Obras e Patrimônio Ivan Nogueira de Carvalho Vice-Comodoro Planejamento e Desenvolvimento Eduardo Kucker Zaffari Diretor Jurídico Jaime Heitor Vilhena dos Santos Diretor Financeiro Valéria Matzenbacher Brito Diretora Social Luiz Alberto Aydos Diretor de Qualidade José Francisco Flores Lisboa Diretor do Depto Médico Luiz Francisco Gerbase Diretor de Informática Renato Reckziegel Diretor de Escola de Vela Milton Cavalheiro Mendez Diretor do Porto André Wahrlich Diretor de Monotipos Paulo Renato Reis Bohrer Diretor de Oceano Milton Cavalheiro Mendez Diretor do Porto Geraldo Luiz de Almeida Diretor de Meio Ambiente Carlos Guilherme Grinas Diretor de Mononáutica Sônia Szabo Diretora de Parques e Jardins Edição Sinapse Comunicação Empresarial Telefone: (51) 3381-3936 Jornalista responsável Leandro Koehn Telefone: (51) 9191-4365 Editoração Cia Design Comercialização Alexandre Dallapicola - alx@via-rs.net (51) 3233.7334


!

A Jangada

Eleições diretas para Comodoria Pela primeira vez na história do Clube dos Jangadeiros, o quadro social elegerá diretamente sua Comodoria. Esta novidade é uma das várias adequações do Estatuto do Clube ao novo Código Civil brasileiro, com mudanças estudadas e propostas pela Comissão de Reforma Estatutária no ano passado. O pleito, marcado para o próximo dia 26 de junho, contará com a participação de duas chapas disputando os cargos de Comodoro e Vice-comodoros Administrativo, de Obras, de Desenvolvimento e Esportivo. Segundo o Presidente do Conselho Deliberativo do Clube, Manuel Ruttkay Pereira, o Jangadeiros, ao se adequar rapidamente às exigências do novo Código Civil está demonstrando ousadia e se coloca à frente de vários outros clubes do nosso Estado que ainda não definiram a forma de escolha de seus dirigentes. “A Comissão de Reforma Estatutária trabalhou com êxito

e conseguiu terminar a reforma em tempo hábil. Indiscutivelmente, um dos aspectos importantes desta reforma é a eleição direta da Comodoria”, afirmou. A Secretaria do Jangadeiros informa que estão aptos para votar os sócios titulares com mais de um ano de Clube e que estejam em dia com as mensalidades. Estima-se que aproximadamente 600 pessoas possam votar no próximo dia 26 de junho. Para o Presidente do Conselho Deliberativo, o novo processo eleitoral permite uma participação mais direta e efetiva do associado, o que, em sua opinião, é muito saudável. “Exercendo o direito de escolha da Comodoria o associado confirmará seu interesse pelos destinos da associação e testemunhará que, junto à manutenção de valores tradicionais e caros à história do Jangadeiros, houve ousadia e modernização, tornando-se o Clube um dos primeiros a escolher seus dirigentes através do voto direto”, concluiu o

Dr. Ruttkay Pereira. As eleições serão realizadas das 9h às 18h do sábado dia 26 de junho na sede do Continente. Outras informações poderão ser obtidas na Secretaria ou através do telefone (51) 3268-0080.

Eleições

Presidente do Conselho convida associados a votarem no próximo dia 26


"

A Jangada

Comodoria

O clube focado nos seus objetivos A experiência do atual ViceComodoro Administrativo, o advogado Felipe Anselmo Olinto, que colabora há 10 anos com o Clube dos Jangadeiros, atuando em várias áreas, possibilita seu entendimento de que a próxima Comodoria terá condições de um melhor direcionamento dos recursos financeiros do que o pagamento de passivos, como ficou marcada a atual gestão. Ao longo da sua colaboração, além dos investimentos nas obras realizadas e mais de R$ 90.000,00 de repasse para o Fundo de Vela, foi pago o valor de R$ 450.000,00 em débitos que se acumulavam ao longo dos últimos anos, dispondo o Clube, atualmente, de um passivo de R$ 165.000,00, o qual deverá estar totalmente quitado até o mês de dezembro de 2004, mantida a

atual forma de gerenciamento. “Infelizmente pela enorme dificuldade de caixa que assumimos, a Gestão 2002/2004 gravitou em torno da Vice-Comodoria Administrativa, mas temos a certeza que em razão do equilíbrio alcançado nas contas do Clube a próxima Comodoria deverá ser pautada pela atuação preponderante da Vice-Comodoria Esportiva e Vice-Comodoria de Obras - com o apoio da Vice-Comodoria de Marketing - que representam a persecução dos objetivos do Jangadeiros e o seu desenvolvimento”, afirma o Vice-Comodoro Administrativo. A Vice-Comodoria Administrativa, juntamente com a equipe de profissionais do Clube, trabalhou de forma absolutamente transparente, convocando o Con-

selho Fiscal a cada três meses para apresentação das contas e abrindo a reunião para a participação dos associados: “Foi uma medida inovadora e que desafiou não só o Vice-Comodoro, como os membros do Conselho Fiscal a serem precisos e profissionais na participação dos trabalhos”. Em 2003 a atual Comodoria, se antecipando ao Código Civil, realizou uma assembléia para apresentar aos associados a situação financeira e administrativa do Clube, fato que foi marcante pelo seu ineditismo e transparência que caracterizou o atual grupo de gestores, sendo sugerido pelo ViceComodoro que anualmente ocorra este tipo de apresentação para que todos tenham a possibilidade de acompanharem a destinação dos recursos financeiros.

Relatório de valores pagos Gestão 2002 / 2004 Passivos assumidos em julho/2002 e pagos até maio/2004: 1. Ações trabalhistas R$ 15.000,00 2. Transpavi Codrasa (draga) R$ 66.000,00 3. Refis (total de R$ 328.000,00) R$ 11.955,04 4. Banco Votorantin R$ 62.000,00 5. Banco de Boston R$ 54.800,00 6. Outros fornecedores R$ 40.000,00 7. Sede Continente R$ 55.000,00 8. Banco Votorantin R$ 60.217,00 Sub total....................................R$ 364.972,04 Passivos de responsabilidade da atual gestão e pagos até maio/2004: 1. Ações Trabalhistas: R$ 10.320,00 2. INSS Ações Trabalhistas: R$ 4.884,95 3. Trator R$ 12.000,00 4. Centro Comercial Náutico R$ 57.135,98 Sub total...................................... R$ 84.340,93

Total pago na Gestão 2002/2004 até maio/2004:

R$ 449.312,97

Verbas liberadas para Fundo de Vela até maio/2004:

R$

Total

R$ 539.591,41

90.278,44

Passivos existentes em maio/2004 com previsão de quitação até dezembro/2004: 1. INSS Ações Trabalistas: R$ 10.213,94 2. Transpavi Codrasa (draga) R$ 5.147,20 3. Banrisul (cheque especial) R$ 100.000,00 4. Outros fornecedores: R$ 49.367,00 Total.................................................R$ 164.728,14


A Jangada

AnĂşncio

#


$

Olimpíadas Alexandre Paradeda no comando da tripulação do 470 masculino

A Jangada

Garotada do Ja brigarpelo ou Os velejadores do Clube dos Jangadeiros André Fonseca, Rodrigo Link Duarte, Alexandre Paradeda e Fernanda Oliveira já carimbaram seus passaportes para os jogos olímpicos de Atenas, no ano que vem. No mundial de vela da ISAF, realizado em Cádiz, Espanha, no ano passado, os meninos garantiram vagas nas suas respectivas classes para o Brasil. No entanto, o ingresso definiti-

vo de Alexandre, Rodrigo e André na equipe brasileira só foi garantido no pré-olímpico de Búzios no verão passado. Já a tripulação feminina, comandada por Fernanda Oliveira, garantiu vaga somente no último mês de abril no último Mundial da ISAF, realizado em Zadar, Croácia. Com a conquista do Jangadeiros, o Brasil passa a ter nove tripulações na disputa pelas me-

Carinhosamente chamados de Leiteiro e Bochecha, formam dupla no 49er


A Jangada

angadeiros vai uro em Atenas dalhas em Atenas: Laser, Soling, Star, Prancha a vela masculino e feminino, 49er, 470 masculino e feminino, e Finn; E o Clube dos Jangadeiros representa 30% da equipe. Até o fechamento desta edição da Jangada, ainda estava indefinida a participação da paulista Roberta Borges na classe Europa. A preparação final para a equipe do Clube será realizada em Ilhabela em junho e julho e nas raias de Atenas, no início de Agosto. As classes 470 e 49er

disputam ainda os campeonatos europeus de junho e julho. A ida para Atenas está programada para o início de agosto, e a disputa pelas medalhas começa somente no dia 14 de agosto.

Fernanda Oliveira é a timoneira do 470 feminino

% Dupla do 49er disputa o Europeu antes das Olimpíadas de Atenas


&

A Jangada

Investimentos em infra-estrutura para o associado

Obras

Os últimos dois anos no Jangadeiros foram marcados pelos investimentos em infra-estrutura para o associado. Além das obras de reforma da sede do Continente e da criação do Cen-

tro Comercial Náutico, outras pequenas e mais pontuais obras destacaram-se devido a sua importância. Mesmo que não sejam totalmente visíveis para todos os associados, por trata-

rem-se de melhoras de infraestrutura que às vezes não aparecem por não estarem na “vitrine”, vieram para resolver grandes problemas como podemos ver logo abaixo:

• Enrocamento - Foi implementado enrocamento no lado sul da ilha com o objetivo de combater a erosão ocorrida há algum tempo e que colocava em risco a própria estrutura da Escola de Vela. Foram usados 36 caminhões de blocos de pedreira além de 18 caminhões de argila e manta bidin. • Trator – Foi adquirido um trator Walmet 85 atendendo a antigas solicitações de associados.

• Bate-estaca – Investimento de R$ 4mil na reforma do equipamento primordial para manutenção das estacas dos boxes das embarcações.

• Guincho – O guincho do Jangadeiros teve sua capacidade aumentada para 15 toneladas para possibilitar que mais sócios utilizem a máquina. Nesta empreitada foi desembolsado um valor de R$ 15 mil com a participação indispensável do adiantamento de mensalidade efetuado por um grupo de sócios.


'

A Jangada

Spa urbano é opção de serviço no Centro Comercial Náutico Praticidade, segurança e qualidade são os três fatores diferenciais na concepção do In Jangadeiros, Spa urbano que opera no Centro Comercial Náutico, do Clube dos Jangadeiros. O espaço oferece diversas opções de serviços relacionados à estética, além de uma área dedicado a técnicas como massagem e outras práticas terapêuticas. Mariela Stock, que ao lado de Vivian Cecere, dirige o espaço, destaca ainda a conveniência de estar colocado ao lado de outros empreendimentos, em um complexo que oferece opções simultâneas e complementares. Nos fins-desemana, são atendidas cerca de 80 clientes. Entre segunda e sexta-feira, a média fica entre 40 e 50 pessoas. “Oferecemos aqui equipamentos e técnicas de última geração,

Cuidados com a estética no SPA

Novidades

além de trabalharmos com algumas das marcas mais conceituadas do mundo”, enfatiza. O mix de serviços vai desde os tradicionais tratamentos de cabelo, pele e mãos até opções menos comuns, como o ofurô (banho em tanque com ervas, rosas, leite, vinho, entre outras O SPA urbano ocupa local privilegiado no Centro Comercial do Jangadeiros opções) e a massoterapia. Massagens para fins estéticos, terapêuticos e relaxantes são outro destaque da casa. Outra técnica ainda pouco conhecida oferecida pelo In Jangadeiros é a aplicação da máscara de chocolate com folhas de ouro, que tem como função hidratar e revitalizar o rosto. Vale lembrar que o spa atende também o público masculino, que tem no espaço uma barbearia e salão de cabeleireiro. Além de estar situado nas dependências do Clube, o In Jangadeiros oferece preços especiais no atendimento aos sócios. O horário de atendimento vai das 08h às 20h, de segunda a sábado e das 12h às 19h nos domingos. Informações adicionais podem ser obtidas pelo telefone 51 3269 2679.




A Jangada

JangaWear

Equinautic expande e diversifica operações O Centro Comercial Náutico passa a contar, a partir da segunda quinzena de junho, com um novo empreendimento. É a Equinautic Wear, extensão para vestuário da loja de mesmo pronome. Como a marca indica, as linhas seguem tendências esportivas, predominantemente náuticas, mas contemplando também outros estilos. Além dos trajes impermeáveis, próprios para a prática dos esportes náuticos, a Equinautic

Wear oferece também calças e bermudas, acessórios e demais peças na linha esporte e aventura. Marcas como Mormaii, Samelo, Rumo Impermeáveis, Condor e Dumont dividem espaço com produtos de etiqueta própria. “A loja nasce com a expectativa de contemplar tanto os sócios do Clube quanto clientes de fora, atendendo as expectativas de cada um desses públicos”, comenta Cláudia Lima,

uma das responsáveis pelo empreendimento. Grife Jangadeiros Um dos diferenciais oferecidos pela Equinautic Wear é a comercialização de produtos personalizados com a marca do Clube dos Jangadeiros. Um dos destaques é o Relógio Dumont, que tem no display o logo do clube, mas camisetas pólo, casacos e outras peças na mesma linha também podem ser encontrados.


A Jangada

Aprenda a velejar no inverno A Escola de Vela Barra Limpa está com inscrições abertas para os cursos de iniciação à vela para crianças e adultos, além dos cursos de habilitação para navegar. Cursos de Vela para Crianças na classe Optimist Optimist IV - táticas de Regatas Para crianças de 7 aos 15 anos Finais de semanas: aulas sábados e domingos Período de: 19 de Junho a 18 de Julho/04 = 5 finais de semanas Horário: 10 às 17 horas Cursos de Vela para adultos Curso de Técnicas e Aperfeiçoamento - Nível II (nas classes: Laser - Day Sailer - Slick - Tropical - Hobie Cat 16 - Snipe) Aulas sábados e domingos = 5 finais de semanas - Início: 19 de Junho a 18 de julho/04 Horário: 10h às 17h Curso de Iniciação a Vela Oceânica na Classe Ranger 22 Início: 19 de Junho a 18 de

Julho/04 - Aulas sábados e domingos Horário: 10 às 16 horas Habilitações para Navegar: Arrais Amador - para navegação em águas Interiores Curso teórico (Legislação Náutica) Inscrições abertas - Início: 28 de junho a 1º de julho/04 Horário: das 19h30 às 21h30min Mestre Amador - para navegação em águas Costeiras (entre Portos) (aulas teóricas): navegação costeira e estimada entre Portos Nacionais, Meteorologia, navegação e condições adversas, GPS, Radar, Rádio VHF, Ecobatímetro, Radiogoniômetro, Cartas Náuticas. (aula prática noturna): embarcado: Plotagens, Rumo, Marcação, Velocidade e Tempo 7 aulas - Inscrições para formação de turma Inscrições abertas - Início 14 a 23 de junho/04 Horário: das 19h30 as 21h30



EVBL




A Jangada

Investimentos

Novos ambientes tornam o Clube mais agradável

Além das melhorias já mencionadas na matéria da página 08, que fala sobre investimentos na infra-estrutura, pequenas obras foram concluídas na sede do continente e na Ilha para tornar o Clube mais agradável a todos os associados. No continente, o ajardinamento da praça central (foto) e o Centro

Comercial Náutico (ao fundo na foto) padronizam as melhoras implementadas na atual. O spa urbano, as lojas e o café instalados no antigo – e reformado – pavilhão do continente são opções de serviços e entretenimento para os sócios e visitantes. Na sede da ilha, as obras

de infra-estrutura como a reconstrução do molhe sul, manutenção dos azulejos das piscinas e das estacas dos trapiches somam-se à reforma dos quiosques com o intuito de oferecer ao quadro social maior conforto, segurança e qualidade nos vários ambientes do Jangadeiros.

A Jangada: Junho de 2004  

Revista do Clube Jangadeiros