Issuu on Google+

EF

SEGUNDA-FEIRA, 23 DE MARÇO DE 2009 ★

Serviço de atendimento ao assinante: 0800-775-8080 Grande São Paulo 0/xx/11/3224-3090 Ombudsman: ombudsman@uol.com.br

C1

INFÂNCIA

PESQUISADOR AMERICANO DIZ QUE REDES DE PEDOFILIA SÃO RARAS Pág. C5

Luiz Guarnieri/Futura Press

cotidiano

Tel.: 0/xx/11/3224-3402 Fax: 0/xx/11/3224-2285 E-mail: cotidiano@uol.com.br

FOTO 2.0 18.0

ACIDENTE DA TAM

FAMILIARES PROTESTAM E FECHAM CHECK-IN EM CONGONHAS Pág. C3

Parentes de vítimas do acidente da TAM durante ato em SP

‘Trânsitoon-line’nãoé100%confiável Dados são defasados, valem só para principais vias e não há informação precisa nos fins de noite, fins de semana e feriados Rádio dá informação mais atualizada; nos serviços por telefone da CET e da Vivo, atendentes desconhecem vias importantes da cidade ................................................................................................

ALENCAR IZIDORO RICARDO SANGIOVANNI DA REPORTAGEM LOCAL

O administrador de empresas Julio Santana Neto, 29, recorre ao mapa de fluidez do trânsito da CET, na internet, antes de sair do escritório. Já a secretária Renata Pitanga, 32, costuma mandar mensagens de texto por celular para uma emissora de rádio para ouvir, dentro do carro, a opção de caminho menos engarrafada. Os serviços de informação do trânsito se expandiram dos tradicionais boletins de rádio aos sites, operadoras de celular e até GPS automotivo que promete levar os motoristas pelos trajetos mais livres. Mas, embora possam ser úteis para fugir das principais vias congestionadas e de pontos de alagamento em dias de chuva, as recomendações da parafernália tecnológica estão longe de ser 100% confiáveis. A Folha testou na última se-

INFORMAÇÕES DO TRÂNSITO Folha testou serviços usados por motoristas para saber dos congestionamentos em SP VANTAGEM

>> Permite que os motoristas tenham uma noção do trânsito (e, às vezes, pontos de alagamento) em algumas vias antes de sair de casa ou do trabalho DESVANTAGEM

>> A CET só enxerga 835 km de um total de 17 mil km de vias; as informações são transmitidas com atraso e escassas das 21h às 6h e aos finais de semana

mana serviços de informações do tráfego em São Paulo. As principais constatações: 1) Os gratuitos —como boletins de rádio, telefone 1188 e site da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego)— costumam ser tão ou mais precisos do que outros serviços pagos; 2) A malha monitorada é res-

TELEFONE OU CELULAR Número 1188, da CET

>> Ligação não é tarifada. Às vezes dá

ocupado; atendentes desconhecem vias Número *365, da Vivo

>> É tarifado (R$ 1,50 por minuto); atendentes desconhecem vias SMS 690, da Oi

>> É tarifado (R$ 0,22 por boletim) wap.folha.com.br

>> Acessível por celulares das diversas

operadoras. Informações não abrangem todas as vias monitoradas pela CET

trita, por isso só são válidos para os principais corredores; 3) Todos apresentam atrasos de informação; 4) A maioria não dispõe de informações precisas e confiáveis no fim da noite, de madrugada e fins de semana. Quinta-feira à tarde, quem seguia as dicas de operadoras

RÁDIO Sulamérica Trânsito (92.1 FM)

>> Dá informação mais precisa

que a dos outros serviços. Às vezes a informação só chega quando a pessoa já está presa no trânsito

GPS DO TRÂNSITO

Serviço Indica, da Movix/Grupo Bandeirantes de Rádio/Maplink

>> Oferece rotas para fugir de

algumas vias congestionadas Trajetos costumam ser mais longos

de celular, sites ou atendentes da CET recebia informações de que a rua Domingos de Morais, Vila Mariana (zona sul), e a av. Faria Lima, perto do Itaim Bibi (oeste), tinham tráfego livre. Na prática, via-se trânsito parado em diversos pontos. Quando passadas ao usuário, algumas informações costu-

INTERNET cetsp1.cetsp.com.br/monitran smapa/agora/

>> Informações são transmitidas com atraso

www.apontador.com.br

>> Mapa das ruas é detalhado e permite calcular rotas. Repete deficiências da CET www.urbanias.com.br

>>Fornece informação simplificada e gratuita, via SMS e e-mail, nas rotas e horários definidos pelo usuário. Repete deficiências da CET

mam estar defasadas —devido à demora que vai da constatação do fato na rua até o mapa oficial da fluidez. No teste feito, atendentes do telefone 1188 também desconheciam a localização de vias importantes da cidade. E, não raro, a ligação dava ocupado. No telefone *365, da Vivo,

que fornece dados do trânsito via celular a R$ 1,50/minuto, a atendente desconhecia a Domingos de Morais e levou quatro minutos para concluir que “não sabia” se havia trânsito. A estratégia da secretária Renata, que mora na região da Guarapiranga (zona sul) e estuda na Radial Leste, é mandar mensagens para a rádio antes de sair do trabalho. Entre as ferramentas testadas, o rádio foi o que mais se aproximou da ideia de “tempo real”. A desvantagem é que os intervalos entre os boletins podem ser tempo suficiente para ficar preso no trânsito. Especializada no assunto, a rádio Sulamérica Trânsito leva em conta, além dos dados da CET, informações enviadas por ouvintes (cerca de 50 mil por minuto em horários de pico). A média diária é de 4.000 ligações, 1.500 mensagens de celular e 1.200 e-mails (95% dos ouvintes estão no carro). “Hoje [sexta], três ouvintes avisaram que três carretas bateram no viaduto Aliomar Baleeiro (zona sul). Demos a notícia 50 minutos antes do site da CET”, diz o editor-chefe Ronald Gimenez. A rádio tem dez repórteres de carro nas ruas.


1FL01SCA0323