Page 1

Capítulo 1 Sendo amigo do tempo

“Estar ocupado não significa sempre trabalho real (...) parecendo fazer é não fazer.” Thomas Edison

 INTRODUÇÃO Tudo tem a sua ocasião própria, e há tempo para todo propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar; tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar; tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de abster-se de abraçar; tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de deitar fora; tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar; tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz. Eclesiastes 3: 1-8


Administração do tempo não é o mesmo que simplesmente dedicar mais tempo para alguma atividade isolada. Por exemplo, imagine que você se encontra sem tempo para se dedicar a seus estudos, à sua família ou a algum novo projeto que atraia seu coração. Seria bem mais fácil organizar seu tempo se essa atividade fosse a única que você fosse desempenhar. No entanto, você certamente desempenha diversas outras atividades em sua vida: filho(a), pai, mãe, tio(a), funcionário, amigo(a), namorado(a), esposo(a), neto(a), atleta, empresário(a), empregado(a), professor(a), aluno(a), dentre inúmeras outras atribuições. Assim, a administração do tempo abrange o tempo de cada uma de nossas diversas atividades, algo tão grave e sério que as vezes nos causa certa angústia. A Bíblia, em muitas passagens, fala a respeito da administração do tempo. Em Efésios 5:16 fala em agir remindo o tempo, porque os dias são maus, sendo que uma tradução mais recente utiliza os termos usando bem cada oportunidade. Remir, como se sabe, significa salvar, resgatar, adquirir de novo. Essa preocupação com o tempo excede em muito a preocupação com a data da prova. Ela se liga à fugacidade da vida, ao seu caráter transitório e efêmero. Isso foi retratado por Tiago (Cap. 4, verso 14) ao dizer: Que é a vossa vida? Sois, apenas, como uma neblina que aparece por um instante e logo se dissipa, ao passo que o Salmista disse que tudo passa rapidamente, e nós voamos (Salmo 90:10). Desse modo, nos próximos capítulos, abordaremos diversas técnicas que não apenas tornarão seu tempo de estudo mais produtivo, mas também possibilitarão uma maior harmonia entre as diversas atividades agregadas ao seu cotidiano.

 TEMPOS MODERNOS Recentemente, quase todos os canais internacionais de notícias (CNN, Bloomberg...) e até mesmo nacionais (Globonews, Bandnews...) passaram a inserir uma legenda dinâmica na porção inferior da tela de TV. O objetivo? Transmitir manchetes relacionadas, ou não, com as reportagens transmitidas naquele momento.

http://blogs.embarcadero.com/files/2008/11/williamoncnnholographic_818.jpg

2

ADMINISTRAÇÃO DO TEMPO ALBERTO DELL’ISOLA & WILLIAM DOUGLAS


Por que fazem isso? Atualmente, devido às facilidades tecnológicas, o volume de informação a ser transmitido pelos veículos de comunicação se torna cada dia maior. Devido a esse acúmulo, as legendas dinâmicas surgem como uma solução que permite à mídia manter seus telespectadores informados, mesmo com o grande volume de informações. Além disso, muitos telespectadores simplesmente não têm tempo para assistirem ao telejornal diário, precisando obter as informações no exato momento em que elas acontecem. Essas legendas dinâmicas são apenas mais um exemplo da maneira como os avanços tecnológicos têm contribuído para facilitar o acesso à informação. Quando Abraham Lincoln morreu, a notícia de sua morte levou 13 dias para chegar até a Europa. Em contrapartida, a notícia da crise financeira mundial, surgida em 2008, se espalhou quase instantaneamente. Esse rápido acesso às informações tem permitido uma revolução similar à revolução industrial: a revolução da informação. Nos dias de hoje, é possível mandar um e-mail com as informações acerca de todos os produtos vendidos por sua empresa em questão de segundos. Utilizando ferramentas como o Powerpoint ou o Impress, é possível criar apresentações de slides realmente fantásticas, em apenas alguns minutos. O avanço tecnológico tem permitido até mesmo reuniões telepresenciais, evitando a perda de tempo com reuniões internacionais.

 DID YOU KNOW? O vídeo Did you know (Você sabia?), criado por Karl Fish, se transformou em uma grande febre no youtube.1 Esse vídeo mostra diversos dados estatísticos que demonstram o quanto a tecnologia e a comunicação têm mudado constantemente nosso mundo. Ainda que o vídeo não identifique a fonte de todos esses dados (provavelmente, muitos deles são simplesmente inventados, sem qualquer critério), assisti-lo rende alguns momentos de reflexão acerca da importância da informação e da comunicação nos dias de hoje. O surgimento das novas tecnologias está alterando de maneira definitiva a maneira como as pessoas se comunicam. Ferramentas como o Youtube e o Myspace permitem uma maior democratização da informação: é possível que um ilustre desconhecido se torne reconhecido pelo seu trabalho devido a um vídeo ou música de sua autoria deixados nesses sites de internet. Assim, a tecnologia tem mudado nosso ambiente constantemente. Você está pronto para essas mudanças? Veja, a seguir, algumas das estatísticas esboçadas no filme. 1  http://www.youtube.com/watch?v=jpEnFwiqdx8 SENDO AMIGO DO TEMPO

3


 Você Sabia? • Que a China será, em breve, o país número 1 em falantes da língua inglesa? • Que 25% da população da Índia com o QI mais elevado é maior que toda a população dos Estados Unidos? Conclusão: a Índia tem mais crianças brilhantes do que todas as crianças dos EUA. • Que os 10 empregos que mais oferecerão vagas em 2010, não existiam em 2004? • Que estamos preparando nossos estudantes para trabalharem em cargos que ainda não existem, usando tecnologias que ainda não foram inventadas, para resolver problemas que ainda nem sabemos que são problemas? • Que o Ministério do Trabalho dos EUA estima que o estudante atual terá entre 10 e 14 empregos até os 38 anos? • Que um em cada quatro trabalhadores esteve no mesmo emprego por menos de 1 ano? E que um em cada dois trabalhadores não ficam em seu emprego por mais de 5 anos? • Que um em cada oito casais dos EUA é formado por pessoas que se conheceram na Internet? • Que existem 200 milhões de usuários registrados na rede social MySpace? Assim, se o MySpace fosse um país, ele seria o quinto mais populoso do mundo (ficando entre a Indonésia e o Brasil). • Que o primeiro país no ranking de “acesso à internet de banda larga” é um país chamado Bermuda? Os EUA são apenas os 19º e, o Japão, o 22º. • Que são feitas 31 bilhões de buscas no google mensalmente? Em 2006, esse número era de “apenas” 2,7 bilhões. A quem perguntávamos todas essas coisas antes do Google? Ou não perguntávamos? • Que para atingir um público de 50 milhões de pessoas o rádio levou 28 anos, a TV levou 13 anos, a internet levou 4 anos, o IPOD levou 3 anos e o Facebook apenas 2 anos? • Que atualmente existem cerca de 540.000 palavras na língua inglesa? Cinco vezes mais do que na época de Shakespeare! • Que se estima que em uma semana o jornal lhe dê mais informação do que uma pessoa do século XVIII receberia em toda a sua vida? • Que a quantidade de informações técnicas dobra a cada ano? Isso significa que, para alguém começando um curso técnico de quatro anos este ano, metade de tudo o que ele aprender hoje estará ultrapassado nos próximos dois anos. Assim, a tecnologia mudou para sempre a maneira como trabalhamos e nos comunicamos com nossos pares.

4

ADMINISTRAÇÃO DO TEMPO ALBERTO DELL’ISOLA & WILLIAM DOUGLAS


 MULETAS TECNOLÓGICAS Conforme visto anteriormente, a tecnologia nos tem permitido novas possibilidades. Em contrapartida, também nos trouxe novos problemas, dentre os quais destacaremos a falta de tempo. O computador pessoal e todas as suas tecnologias, notáveis poupadores do tempo do ser humano, têm se mostrado verdadeiros consumidores de nosso tempo livre. Quantas vezes você não se viu navegando por algum site de venda em um momento que deveria apenas checar rapidamente seus e-mails? Quantas vezes você não se viu checando seu e-mail insistentemente à cada 10 segundos, na espera de um e-mail importante? Certamente também não foram raras as vezes em que, para descobrir alguma informação, você ficou por horas e horas navegando em várias páginas da net em busca de alguma novidade. Quantas vezes você não se viu perdendo horas e horas de seu precioso tempo tentando programar o videocassete ou até mesmo para formatar uma tabela do processador de texto Word? Desse modo, a tecnologia surge como uma das grandes responsáveis pelo consumo do tempo do homem moderno. Assim, o excesso de informação também tem gerado dois problemas para o ser humano do século XXI: • Ansiedade, gerada pela velocidade das informações – mesmo que não faça muita diferença receber as informações agora ou daqui a um tempo, as pessoas insistem em recebê-las o quanto antes – mesmo que isso signifique perder tempo. A multitarefa e a necessidade cada vez maior de resultados expressivos têm apenas aumentado essa ansiedade e, consequentemente, a perda de tempo. • Distração, pelo excesso de informação – o excesso de estímulos informativos podem levar à perda da concentração, levando à procrastinação contínua de projetos e à perda de tempo. São tantas coisas a fazer e tantas informações disponíveis, e essas mudam tão rápido, que as pessoas acabam ficando paralisadas. A única solução definitiva para esses problemas é o gerenciamento do tempo.

 QUANTO VALE O TEMPO? Definitivamente, o tempo é uma das comodities mais preciosas. Enquanto estava deitada em seu leito de morte, a rainha Elizabeth I (1533-1603), disse: “Trocaria toda minha fortuna por um pouco mais de tempo”. Imagine um banco que, a cada manhã, credita R$  86.400 em sua conta-corrente. SENDO AMIGO DO TEMPO

5


Administração do Tempo  

Projeto gráfico da obra “Administração do Tempo”. Autor(es): Alberto Dell Isola e William Douglas. __________ *Publicado pela Editora Impetu...

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you